SlideShare uma empresa Scribd logo
@Cristiane.pantoja
SOCIOLOGIA Aula 01 e 02
SOMOS TODOS SERES SOCIAIS
TEORIA CLÁSSICA
• SOMOS TODOS SERES SOCIAIS –
- Relações comportamentais entre indivíduo e instituições – históricas, dinâmicas e em suas
várias formas de manifestações;
- Homem não é passivo diante da sociedade cultural, constrói a si e a realidade que o cerca;
- SOCIEDADE – normas, valores, hábitos, leis, regras, política, economia, artes, psicológico,
instituições, vestimentas, moradias..
• SOCIABILIDADE E SOCIALIZAÇÃO –
- Privação de convívio, isolamento que prejudicam a socialização.
- Desenvolvimento da linguagem / comunicação e interação com os pares;
• A SOCIEDADE COMO PROBLEMA / ORIGEM DA SOCIOLOGIA -
• O mundo social não estava incorporado ao saber científico antes do séc. XVIII. Sociologia
como manifestação do mundo moderno e como resposta intelectual às novas relações
surgidas.
SOCIEDADE COMO ORGANISMO VIVO, COM AS PARTES DESEMPENHANDO FUNÇÕES ESPECÍFICAS PARA O
EQUILÍBRIO DO TODO, ATRAVÉS DA NOÇÃO DE CONSENSO DAS IDEIAS E CRENÇAS EM COMUNS.
TEORIA CLÁSSICA
DURKHEIM – FATOS SOCIAIS como coisas. Como
modo de pensar, agir e sentir de um grupo social.
• Sociologia como ciência racional e
objetiva como as Ciências Naturais.
• São sempre coisas: externas, gerais e
coercitivas.
• A sociedade prevalece sobre o
indivíduo. As regras formam consciência
coletiva que dá sentido à coesão social,
integração de pessoas.
• Essas regras se solidificam em
instituições, base da sociedade por
corresponder aos comportamentos e
crenças instituídos pela coletividade.
• Solidariedade é o termo que explica a
coesão social, os laços que unem os
indivíduos numa organização social.
• Anomia – situações que resultam da
carência o ausência de normas sociais
ou da sua degradação. Ex.: violação.
WEBER – AÇÃO SOCIAL ato de sentido na relação
e comunicação orientada pela ação do outro.
• Defende nova abordagem por considerar os
fatos humanos também como dimensão
subjetiva – formada pelas consciências e
intenções da pessoa, o que não ocorre com os
fenômenos da natureza;
• Sociologia que considera e interpreta o
sentido, a motivação das atitudes e relações
estabelecidas, não apenas descrever os
comportamentos humanos.
• Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo –
afinidade entre a ideia religiosa Calvinista que
valoriza o trabalho árduo e poupança e o
racional da burguesia do XVI E XVII, em busca
do êxito econômico.
• As razões de coesão de escolha do
comportamentos e condutas são internas,
diferente de Durkheim diz, que os fatos sociais
são externos ao ser.
• Levando em conta como agem e como o indivíduo
orienta sua ação com o outro: OS TIPOS IDEAIS,
ferramentas que se mesclam para analisar a
realidade :
1. Ação tradicional
Costume arraigado, tradição familiar, ação quase
automática de reação por estímulos ou por imitação;
2. Ação afetiva
Tem sentido vinculado aos sentimentos e emoções
em busca da satisfação de desejos.
3. Ação racional por valor e fins
Valor – baseado nas convicções, dever e a
transcendência de uma causa independente das
consequências.
Fins - baseado num cálculo, em objetivos racionais
para alcançar meta, pesando as consequências.
Não são ações sociais :
• As ações que são influenciadas por comportamento de
massas;
• Qualquer ação não baseada pela dos demais. ;
KARL MARX - o indivíduo e as classes sociais
• Diferente de Durkheim e a ordem social,
Marx considera os antagonismos e
conflitos como essenciais na sociedade.
• O cientista social, cada individuo é
produto das relações sociais desde que
nasce, é um ser social.
• Diferente de Weber, a Sociologia deveria
ter compromisso com a classe proletária.
• Marx analisa o homem real, na sociedade
histórica e diz que a produção de sua
existência condiciona sua maneira de vida
social, política e intelectual que afeta o
pensar.
• Com a consolidação do trabalho assalariado, veio
junto a perda de autonomia do proletariado,
vendem sua força de trabalho e não se
identificam com o que fazem e produzem;
• Consciência de classe e a luta contra os donos dos
meios de produção (capitalistas), conduz a saída
do proletariado da alienação.
• Mais-Valia é a parcela produzida pelo trabalhador,
não remunerada e apropriada pelo capitalista,
que reinveste e aumenta o lucro.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A teoria de Max Weber
A teoria de Max WeberA teoria de Max Weber
A teoria de Max Weber
Edenilson Morais
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
homago
 
weber
 weber  weber
weber
Matias Silva
 
As relações entre indivíduo e sociedade
As relações  entre indivíduo e sociedadeAs relações  entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedade
José Amaral
 
SOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOS
SOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOSSOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOS
SOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOS
Uniceuma
 
Relacoes sociais
Relacoes sociaisRelacoes sociais
Relacoes sociais
Governo de Rondônia
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
Gilmar Rodrigues
 
Individuo sociedade
Individuo sociedadeIndividuo sociedade
Individuo sociedade
Marcelo Ferreira Boia
 
Sociedade e indivíduo
Sociedade e indivíduoSociedade e indivíduo
Sociedade e indivíduo
Pedro Zito
 
Durkheim sociologia
Durkheim sociologiaDurkheim sociologia
Durkheim sociologia
Colegio GGE
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
Colegio GGE
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e Sociedade
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e SociedadeSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e Sociedade
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e Sociedade
Turma Olímpica
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
Mauricio Serafim
 
A sociologia de max weber - CEI
A sociologia de max weber - CEIA sociologia de max weber - CEI
A sociologia de max weber - CEI
Lucio Braga
 
Saiba mais sobre Max Weber
Saiba mais sobre Max WeberSaiba mais sobre Max Weber
Saiba mais sobre Max Weber
Edenilson Morais
 
Apresentação Peter Berger cap. 4
Apresentação Peter Berger cap. 4 Apresentação Peter Berger cap. 4
Apresentação Peter Berger cap. 4
luciaguaranys
 
Culturas jovens
Culturas jovensCulturas jovens
Culturas jovens
Edenilson Morais
 
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Cintia Dozono
 

Mais procurados (18)

A teoria de Max Weber
A teoria de Max WeberA teoria de Max Weber
A teoria de Max Weber
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
 
weber
 weber  weber
weber
 
As relações entre indivíduo e sociedade
As relações  entre indivíduo e sociedadeAs relações  entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedade
 
SOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOS
SOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOSSOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOS
SOCIOLOGIA CONCEITOS BASICOS
 
Relacoes sociais
Relacoes sociaisRelacoes sociais
Relacoes sociais
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
 
Individuo sociedade
Individuo sociedadeIndividuo sociedade
Individuo sociedade
 
Sociedade e indivíduo
Sociedade e indivíduoSociedade e indivíduo
Sociedade e indivíduo
 
Durkheim sociologia
Durkheim sociologiaDurkheim sociologia
Durkheim sociologia
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e Sociedade
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e SociedadeSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e Sociedade
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Indivíduos e Sociedade
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
 
A sociologia de max weber - CEI
A sociologia de max weber - CEIA sociologia de max weber - CEI
A sociologia de max weber - CEI
 
Saiba mais sobre Max Weber
Saiba mais sobre Max WeberSaiba mais sobre Max Weber
Saiba mais sobre Max Weber
 
Apresentação Peter Berger cap. 4
Apresentação Peter Berger cap. 4 Apresentação Peter Berger cap. 4
Apresentação Peter Berger cap. 4
 
Culturas jovens
Culturas jovensCulturas jovens
Culturas jovens
 
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
 

Semelhante a 40. aula 1 e 2 sociologia

MAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.ppt
MAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.pptMAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.ppt
MAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.ppt
BrbaraAndrade46
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
homago
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
homago
 
max weber.pptx
max weber.pptxmax weber.pptx
max weber.pptx
AntnioCsarBurnat
 
AULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptx
AULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptxAULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptx
AULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptx
JosRicardoMarquesBra
 
Indivíduo, identidade e socialização
Indivíduo, identidade e socializaçãoIndivíduo, identidade e socialização
Indivíduo, identidade e socialização
Edenilson Morais
 
Material de sociologia i
Material de sociologia iMaterial de sociologia i
Material de sociologia i
gabriela_eiras
 
Atividadetres 121203202245-phpapp02
Atividadetres 121203202245-phpapp02Atividadetres 121203202245-phpapp02
Atividadetres 121203202245-phpapp02
Marcos Lucas Lucas
 
Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
Carmem Rocha
 
INDIVÍDUO E SOCIEDADE
INDIVÍDUO E SOCIEDADEINDIVÍDUO E SOCIEDADE
Teorias Sociológicas
Teorias SociológicasTeorias Sociológicas
Teorias Sociológicas
Camila Carvalho
 
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicosFundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
Edivânia Monteiro
 
Aula 1 soc em
Aula 1   soc emAula 1   soc em
Aula 1 soc em
Walney M.F
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Daniele Rubim
 
Conceitos sociologia
Conceitos sociologiaConceitos sociologia
Conceitos sociologia
passsgc
 
Atividadetres 121203202245-phpapp09
Atividadetres 121203202245-phpapp09Atividadetres 121203202245-phpapp09
Atividadetres 121203202245-phpapp09
retkelly
 
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
anaely13
 
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
LilianeBA
 
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros ConceitosSociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Carlos Benjoino Bidu
 
Apostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologiaApostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologia
Cristina Bentes
 

Semelhante a 40. aula 1 e 2 sociologia (20)

MAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.ppt
MAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.pptMAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.ppt
MAX WEBER - CLÁSSICO DA SOCIOLOGIA.ppt
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
 
max weber.pptx
max weber.pptxmax weber.pptx
max weber.pptx
 
AULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptx
AULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptxAULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptx
AULA RELAÇÃO INDIVIDUO SOCIEDADE.pptx
 
Indivíduo, identidade e socialização
Indivíduo, identidade e socializaçãoIndivíduo, identidade e socialização
Indivíduo, identidade e socialização
 
Material de sociologia i
Material de sociologia iMaterial de sociologia i
Material de sociologia i
 
Atividadetres 121203202245-phpapp02
Atividadetres 121203202245-phpapp02Atividadetres 121203202245-phpapp02
Atividadetres 121203202245-phpapp02
 
Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
 
INDIVÍDUO E SOCIEDADE
INDIVÍDUO E SOCIEDADEINDIVÍDUO E SOCIEDADE
INDIVÍDUO E SOCIEDADE
 
Teorias Sociológicas
Teorias SociológicasTeorias Sociológicas
Teorias Sociológicas
 
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicosFundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
 
Aula 1 soc em
Aula 1   soc emAula 1   soc em
Aula 1 soc em
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
 
Conceitos sociologia
Conceitos sociologiaConceitos sociologia
Conceitos sociologia
 
Atividadetres 121203202245-phpapp09
Atividadetres 121203202245-phpapp09Atividadetres 121203202245-phpapp09
Atividadetres 121203202245-phpapp09
 
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
 
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
 
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros ConceitosSociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
 
Apostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologiaApostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologia
 

Mais de Cristiane Pantoja

SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docxSIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
Cristiane Pantoja
 
Tema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docx
Tema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docxTema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docx
Tema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docx
Cristiane Pantoja
 
QUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docx
QUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docxQUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docx
QUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docx
Cristiane Pantoja
 
slide com exercicio partilha da africa e asia.pdf
slide com exercicio partilha da africa e asia.pdfslide com exercicio partilha da africa e asia.pdf
slide com exercicio partilha da africa e asia.pdf
Cristiane Pantoja
 
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
Cristiane Pantoja
 
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptxSLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
Cristiane Pantoja
 
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptxSLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
Cristiane Pantoja
 
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
Cristiane Pantoja
 
slide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptx
slide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptxslide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptx
slide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptx
Cristiane Pantoja
 
2. Pré-colonial.pptx
2. Pré-colonial.pptx2. Pré-colonial.pptx
2. Pré-colonial.pptx
Cristiane Pantoja
 
1 simulado geral antiguidade grega
1 simulado geral antiguidade grega1 simulado geral antiguidade grega
1 simulado geral antiguidade grega
Cristiane Pantoja
 
China e india exercicio comentado2142012164518 (1)
China e india exercicio comentado2142012164518 (1)China e india exercicio comentado2142012164518 (1)
China e india exercicio comentado2142012164518 (1)
Cristiane Pantoja
 
Ficha 01 reels cpv revisao 02102020
Ficha 01 reels cpv revisao 02102020Ficha 01 reels cpv revisao 02102020
Ficha 01 reels cpv revisao 02102020
Cristiane Pantoja
 
Modernidade liquida
Modernidade liquidaModernidade liquida
Modernidade liquida
Cristiane Pantoja
 

Mais de Cristiane Pantoja (14)

SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docxSIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
 
Tema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docx
Tema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docxTema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docx
Tema Divisão da sociedade vaicairnoenem.docx
 
QUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docx
QUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docxQUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docx
QUESTOES PARA O NCN HIST GERAL VARIADAS.docx
 
slide com exercicio partilha da africa e asia.pdf
slide com exercicio partilha da africa e asia.pdfslide com exercicio partilha da africa e asia.pdf
slide com exercicio partilha da africa e asia.pdf
 
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
 
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptxSLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
 
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptxSLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1  PANTOJA.pptx
SLIDE FILOSOFIA e sociologia AULAO 2019 SSA1 PANTOJA.pptx
 
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
 
slide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptx
slide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptxslide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptx
slide SOBRE O SISTEMA PITÁGORAS.pptx
 
2. Pré-colonial.pptx
2. Pré-colonial.pptx2. Pré-colonial.pptx
2. Pré-colonial.pptx
 
1 simulado geral antiguidade grega
1 simulado geral antiguidade grega1 simulado geral antiguidade grega
1 simulado geral antiguidade grega
 
China e india exercicio comentado2142012164518 (1)
China e india exercicio comentado2142012164518 (1)China e india exercicio comentado2142012164518 (1)
China e india exercicio comentado2142012164518 (1)
 
Ficha 01 reels cpv revisao 02102020
Ficha 01 reels cpv revisao 02102020Ficha 01 reels cpv revisao 02102020
Ficha 01 reels cpv revisao 02102020
 
Modernidade liquida
Modernidade liquidaModernidade liquida
Modernidade liquida
 

Último

UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 

Último (20)

UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 

40. aula 1 e 2 sociologia

  • 1. @Cristiane.pantoja SOCIOLOGIA Aula 01 e 02 SOMOS TODOS SERES SOCIAIS TEORIA CLÁSSICA
  • 2. • SOMOS TODOS SERES SOCIAIS – - Relações comportamentais entre indivíduo e instituições – históricas, dinâmicas e em suas várias formas de manifestações; - Homem não é passivo diante da sociedade cultural, constrói a si e a realidade que o cerca; - SOCIEDADE – normas, valores, hábitos, leis, regras, política, economia, artes, psicológico, instituições, vestimentas, moradias.. • SOCIABILIDADE E SOCIALIZAÇÃO – - Privação de convívio, isolamento que prejudicam a socialização. - Desenvolvimento da linguagem / comunicação e interação com os pares; • A SOCIEDADE COMO PROBLEMA / ORIGEM DA SOCIOLOGIA - • O mundo social não estava incorporado ao saber científico antes do séc. XVIII. Sociologia como manifestação do mundo moderno e como resposta intelectual às novas relações surgidas.
  • 3.
  • 4. SOCIEDADE COMO ORGANISMO VIVO, COM AS PARTES DESEMPENHANDO FUNÇÕES ESPECÍFICAS PARA O EQUILÍBRIO DO TODO, ATRAVÉS DA NOÇÃO DE CONSENSO DAS IDEIAS E CRENÇAS EM COMUNS.
  • 6. DURKHEIM – FATOS SOCIAIS como coisas. Como modo de pensar, agir e sentir de um grupo social. • Sociologia como ciência racional e objetiva como as Ciências Naturais. • São sempre coisas: externas, gerais e coercitivas. • A sociedade prevalece sobre o indivíduo. As regras formam consciência coletiva que dá sentido à coesão social, integração de pessoas. • Essas regras se solidificam em instituições, base da sociedade por corresponder aos comportamentos e crenças instituídos pela coletividade. • Solidariedade é o termo que explica a coesão social, os laços que unem os indivíduos numa organização social. • Anomia – situações que resultam da carência o ausência de normas sociais ou da sua degradação. Ex.: violação.
  • 7. WEBER – AÇÃO SOCIAL ato de sentido na relação e comunicação orientada pela ação do outro. • Defende nova abordagem por considerar os fatos humanos também como dimensão subjetiva – formada pelas consciências e intenções da pessoa, o que não ocorre com os fenômenos da natureza; • Sociologia que considera e interpreta o sentido, a motivação das atitudes e relações estabelecidas, não apenas descrever os comportamentos humanos. • Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo – afinidade entre a ideia religiosa Calvinista que valoriza o trabalho árduo e poupança e o racional da burguesia do XVI E XVII, em busca do êxito econômico. • As razões de coesão de escolha do comportamentos e condutas são internas, diferente de Durkheim diz, que os fatos sociais são externos ao ser. • Levando em conta como agem e como o indivíduo orienta sua ação com o outro: OS TIPOS IDEAIS, ferramentas que se mesclam para analisar a realidade : 1. Ação tradicional Costume arraigado, tradição familiar, ação quase automática de reação por estímulos ou por imitação; 2. Ação afetiva Tem sentido vinculado aos sentimentos e emoções em busca da satisfação de desejos. 3. Ação racional por valor e fins Valor – baseado nas convicções, dever e a transcendência de uma causa independente das consequências. Fins - baseado num cálculo, em objetivos racionais para alcançar meta, pesando as consequências. Não são ações sociais : • As ações que são influenciadas por comportamento de massas; • Qualquer ação não baseada pela dos demais. ;
  • 8. KARL MARX - o indivíduo e as classes sociais • Diferente de Durkheim e a ordem social, Marx considera os antagonismos e conflitos como essenciais na sociedade. • O cientista social, cada individuo é produto das relações sociais desde que nasce, é um ser social. • Diferente de Weber, a Sociologia deveria ter compromisso com a classe proletária. • Marx analisa o homem real, na sociedade histórica e diz que a produção de sua existência condiciona sua maneira de vida social, política e intelectual que afeta o pensar. • Com a consolidação do trabalho assalariado, veio junto a perda de autonomia do proletariado, vendem sua força de trabalho e não se identificam com o que fazem e produzem; • Consciência de classe e a luta contra os donos dos meios de produção (capitalistas), conduz a saída do proletariado da alienação. • Mais-Valia é a parcela produzida pelo trabalhador, não remunerada e apropriada pelo capitalista, que reinveste e aumenta o lucro.