SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
A  Sociologia de Durkheim ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FATOS SOCIAIS ,[object Object],[object Object],1º) a “ Coerção Social “ ; 2º) fatores “ exteriores ao indivíduo”; 3º) a “generalidade”
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sanções Legais: prescritas pela sociedade através de leis ( penalidade e infração definidas) Ex.: multas de trânsito, roubo... Sanções Espontâneas : Resposta a uma conduta inadequada. “  olhar de reprovação das pessoas”, pois está ferindo os “bons costumes”...
 
O comportamento desviante num grupo social pode não ter penalidade prevista por lei, mas o grupo pode espontaneamente reagir castigando quem não se comporta de forma discordante em relação a determinados valores e princípios. A reação negativa da sociedade a certa atitude ou comportamento é, muitas vezes, mais intimidadora do que lei.
Educação: Para Durkheim tem um papel importante na conformação do indivíduo  à sociedade em que vivem, seja e educação formal ou informal. A educação tem o papel de ajudar a internalizar  as regras sociais. Ex.: uso de determinada língua, gosto culinário, determinados padrões de arte... A arte também representa um recurso capaz de difundir valores e adequar as pessoas a determinados hábitos. Exemplo de adequação : riso  é uma forma de sanção social, na encenação ou na vida real.
2º) Fatores “ exteriores ao indivíduo”: Esses fatores atuam sobre o indivíduo independentemente de sua vontade ou de sua adesão consciente. Exemplo: Ao nascermos já encontramos as regras sociais , costumes e leis que somos coagidos a aceitar  por meio de mecanismo de coerção social, como a educação. Obs.: Você não tem escolha. (hehehehe) Os fatos sociais são ao mesmo tempo “coercitivos” e dotados de existência exterior às consciências individuais.
3º) a “generalidade” É social todo fato que é geral, que se repete em todos os indivíduos ou, pelo menos, na maioria deles; que ocorre em distintas sociedades, em um determinado momento ou ao longo do tempo. Por generalidade, os acontecimentos manifestam sua natureza coletiva, sejam eles os costumes, os sentimentos comuns ao grupo, as crenças ou os valores. Formas de habitação, sistemas de comunicação e a moral existente numa sociedade apresentam essa generalidade.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],Solidariedade Mecânica: Solidariedade orgânica:  Predominava em sociedades pré-capitalistas, onde os indivíduos se identificavam por meio da família, da religião, da tradição e dos costumes, permanecendo em geral independentes e autônomos em relação à divisão social do trabalho. A consciência coletiva exerce aqui todo seu poder de coerção sobre os indivíduos. É típico da sociedade capitalista, em que, pela acelerada divisão do trabalho social, os indivíduos se tornavam inter-independentes. Essa inter-independência garante a união social, em lugar dos costumes e das tradições ou das relações sociais estreitas, como ocorre nas sociedades contemporâneas. Nas sociedades capitalistas, a consciência coletiva se afrouxa, ao mesmo tempo em que os indivíduos tornam-se mutuamente dependentes, cada qual se especializa numa atividade e tende a desenvolver maior autonomia pessoal.
 
A luta continua... ( hehehehehehehehe )

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Processo de socialização
Processo de socializaçãoProcesso de socialização
Processo de socialização
homago
 
Indivíduo e Sociedade
Indivíduo e SociedadeIndivíduo e Sociedade
Indivíduo e Sociedade
carlosbidu
 
íNdivíduo e sociedade
íNdivíduo e sociedadeíNdivíduo e sociedade
íNdivíduo e sociedade
Lucio Braga
 

Mais procurados (20)

Cap. 1 a sociedade dos indivíduos
Cap. 1   a sociedade dos indivíduosCap. 1   a sociedade dos indivíduos
Cap. 1 a sociedade dos indivíduos
 
As relações entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedadeAs relações entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedade
 
Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociais
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
 
Emile Durkheim
Emile DurkheimEmile Durkheim
Emile Durkheim
 
Processo de socialização
Processo de socializaçãoProcesso de socialização
Processo de socialização
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 19 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 19 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 19 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 19 do Tomazi
 
Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
 
Aula 15 sociologia contemporânea
Aula 15   sociologia contemporâneaAula 15   sociologia contemporânea
Aula 15 sociologia contemporânea
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 02 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 02 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 02 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 02 do Tomazi
 
Indivíduo e Sociedade
Indivíduo e SociedadeIndivíduo e Sociedade
Indivíduo e Sociedade
 
Atividade Sociologia
Atividade Sociologia Atividade Sociologia
Atividade Sociologia
 
Karl Marx. Aula de Sociologia
Karl Marx. Aula de SociologiaKarl Marx. Aula de Sociologia
Karl Marx. Aula de Sociologia
 
Sociologia: Uma Ciência Social
Sociologia: Uma Ciência SocialSociologia: Uma Ciência Social
Sociologia: Uma Ciência Social
 
íNdivíduo e sociedade
íNdivíduo e sociedadeíNdivíduo e sociedade
íNdivíduo e sociedade
 
Émile Durkheim - Método Sociológico
Émile Durkheim - Método SociológicoÉmile Durkheim - Método Sociológico
Émile Durkheim - Método Sociológico
 
Prova de Sociologia 3 fase
Prova de Sociologia 3 faseProva de Sociologia 3 fase
Prova de Sociologia 3 fase
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 01 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 01 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 01 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 01 do Tomazi
 
Ideologia e Alienação
Ideologia e AlienaçãoIdeologia e Alienação
Ideologia e Alienação
 

Destaque

Sociologia comte
Sociologia comteSociologia comte
Sociologia comte
mundissa
 
Sociologia introdução cap0
Sociologia introdução cap0Sociologia introdução cap0
Sociologia introdução cap0
Colegio GGE
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
Colegio GGE
 
Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10
mundissa
 
A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
guestdc18d25
 
Durkheim e a consciência coletiva
Durkheim e a consciência coletivaDurkheim e a consciência coletiva
Durkheim e a consciência coletiva
Gustavo Cuin
 
Complemento 3 - 3º ano
Complemento 3 - 3º ano Complemento 3 - 3º ano
Complemento 3 - 3º ano
Isadora Salvari
 
Complemento 2 - 3º ano - Sociologia
Complemento 2 - 3º ano - SociologiaComplemento 2 - 3º ano - Sociologia
Complemento 2 - 3º ano - Sociologia
Isadora Salvari
 

Destaque (20)

Sociologia comte
Sociologia comteSociologia comte
Sociologia comte
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
 
Durkheim
DurkheimDurkheim
Durkheim
 
Sociologia introdução cap0
Sociologia introdução cap0Sociologia introdução cap0
Sociologia introdução cap0
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
 
Karl marx e a história da exploração do
Karl marx e a história da exploração doKarl marx e a história da exploração do
Karl marx e a história da exploração do
 
Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10
 
A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
 
Durkheim e a consciência coletiva
Durkheim e a consciência coletivaDurkheim e a consciência coletiva
Durkheim e a consciência coletiva
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
 
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
Maiakoviski E ConsciêNcia Coletiva úLtima VersãO
Maiakoviski E ConsciêNcia Coletiva úLtima VersãOMaiakoviski E ConsciêNcia Coletiva úLtima VersãO
Maiakoviski E ConsciêNcia Coletiva úLtima VersãO
 
Grécia show de bola
Grécia show de bolaGrécia show de bola
Grécia show de bola
 
Maioviski E ConsciêNcia Coletiva
Maioviski E ConsciêNcia ColetivaMaioviski E ConsciêNcia Coletiva
Maioviski E ConsciêNcia Coletiva
 
Complemento 3 - 3º ano
Complemento 3 - 3º ano Complemento 3 - 3º ano
Complemento 3 - 3º ano
 
As ideologias na_atualidade
As ideologias na_atualidadeAs ideologias na_atualidade
As ideologias na_atualidade
 
Complemento 2 - 3º ano - Sociologia
Complemento 2 - 3º ano - SociologiaComplemento 2 - 3º ano - Sociologia
Complemento 2 - 3º ano - Sociologia
 
FILOSOFIA WORLD
FILOSOFIA WORLD FILOSOFIA WORLD
FILOSOFIA WORLD
 
Algarismos significativos
Algarismos significativosAlgarismos significativos
Algarismos significativos
 

Semelhante a Durkheim sociologia

A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
Jorge Miklos
 
A sociologia e o senso comum.émile durkheim.
A sociologia e o senso comum.émile durkheim.A sociologia e o senso comum.émile durkheim.
A sociologia e o senso comum.émile durkheim.
José Amaral
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
guestca76e87
 
Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014
Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014
Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014
Douglas Barreto
 

Semelhante a Durkheim sociologia (20)

Durkheim sociologia
Durkheim sociologiaDurkheim sociologia
Durkheim sociologia
 
Aula durkheim
Aula durkheimAula durkheim
Aula durkheim
 
apostila2.pdf
apostila2.pdfapostila2.pdf
apostila2.pdf
 
emile-durkheim-1-e-2-anos-paulinia.pdf
emile-durkheim-1-e-2-anos-paulinia.pdfemile-durkheim-1-e-2-anos-paulinia.pdf
emile-durkheim-1-e-2-anos-paulinia.pdf
 
Resumodesocio5
Resumodesocio5Resumodesocio5
Resumodesocio5
 
durkheim
 durkheim  durkheim
durkheim
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
 
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
 
A sociologia e o senso comum.émile durkheim.
A sociologia e o senso comum.émile durkheim.A sociologia e o senso comum.émile durkheim.
A sociologia e o senso comum.émile durkheim.
 
Emile d_ AULA.pptx
Emile d_ AULA.pptxEmile d_ AULA.pptx
Emile d_ AULA.pptx
 
Durkheim
DurkheimDurkheim
Durkheim
 
Consciencia coleetiva durkhein
Consciencia coleetiva durkheinConsciencia coleetiva durkhein
Consciencia coleetiva durkhein
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Durkhein
DurkheinDurkhein
Durkhein
 
Durkheim.pptx
Durkheim.pptxDurkheim.pptx
Durkheim.pptx
 
SOCIOLOGIA - EMILY TEORIA DO SUCÍDIO SOC
SOCIOLOGIA  - EMILY TEORIA DO SUCÍDIO  SOCSOCIOLOGIA  - EMILY TEORIA DO SUCÍDIO  SOC
SOCIOLOGIA - EMILY TEORIA DO SUCÍDIO SOC
 
Os classicos da_sociologia_ completo
Os classicos da_sociologia_ completoOs classicos da_sociologia_ completo
Os classicos da_sociologia_ completo
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
 
Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014
Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014
Sociologia geral e jurídica - Emile Durkheim 2014
 
apresentação sociologia do direito SLIDES_DURKHEIM.pdf
apresentação sociologia do direito SLIDES_DURKHEIM.pdfapresentação sociologia do direito SLIDES_DURKHEIM.pdf
apresentação sociologia do direito SLIDES_DURKHEIM.pdf
 

Mais de Colegio GGE

Slides santa inquisição
Slides santa inquisiçãoSlides santa inquisição
Slides santa inquisição
Colegio GGE
 
Slides santa inquisição
Slides santa inquisiçãoSlides santa inquisição
Slides santa inquisição
Colegio GGE
 
Grupos sociais e integração
Grupos sociais e integraçãoGrupos sociais e integração
Grupos sociais e integração
Colegio GGE
 
Cap 16 comunicação
Cap 16   comunicaçãoCap 16   comunicação
Cap 16 comunicação
Colegio GGE
 
Cap 16 comunicação
Cap 16   comunicaçãoCap 16   comunicação
Cap 16 comunicação
Colegio GGE
 
Cap 13 teorias da globalização
Cap 13   teorias da globalizaçãoCap 13   teorias da globalização
Cap 13 teorias da globalização
Colegio GGE
 
Mudanças sociais
Mudanças sociaisMudanças sociais
Mudanças sociais
Colegio GGE
 
Capítulo 11 instituições sociais
Capítulo 11   instituições sociaisCapítulo 11   instituições sociais
Capítulo 11 instituições sociais
Colegio GGE
 
Cap 5 organização social e cidadania
Cap 5  organização social e cidadaniaCap 5  organização social e cidadania
Cap 5 organização social e cidadania
Colegio GGE
 

Mais de Colegio GGE (20)

Ca pi tulo 16
Ca pi tulo 16Ca pi tulo 16
Ca pi tulo 16
 
Capitulo13 - POVOS E NAÇÕES
Capitulo13 - POVOS E NAÇÕESCapitulo13 - POVOS E NAÇÕES
Capitulo13 - POVOS E NAÇÕES
 
Questões de fixação de conteúdos idade contemporânea 1
Questões de fixação de conteúdos   idade contemporânea 1Questões de fixação de conteúdos   idade contemporânea 1
Questões de fixação de conteúdos idade contemporânea 1
 
Questões de fixação de conteúdos idade moderna
Questões de fixação de conteúdos   idade modernaQuestões de fixação de conteúdos   idade moderna
Questões de fixação de conteúdos idade moderna
 
Questões de fixação de conteúdos idade media
Questões de fixação de conteúdos   idade mediaQuestões de fixação de conteúdos   idade media
Questões de fixação de conteúdos idade media
 
IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos
IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos   IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos
IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos
 
IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos
 IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos   IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos
IDADE ANTIGA - Questões de fixação de conteúdos
 
Slides santa inquisição
Slides santa inquisiçãoSlides santa inquisição
Slides santa inquisição
 
Slides santa inquisição
Slides santa inquisiçãoSlides santa inquisição
Slides santa inquisição
 
Grupos sociais e integração
Grupos sociais e integraçãoGrupos sociais e integração
Grupos sociais e integração
 
Cap 16 comunicação
Cap 16   comunicaçãoCap 16   comunicação
Cap 16 comunicação
 
Cap 16 comunicação
Cap 16   comunicaçãoCap 16   comunicação
Cap 16 comunicação
 
Cap 13 teorias da globalização
Cap 13   teorias da globalizaçãoCap 13   teorias da globalização
Cap 13 teorias da globalização
 
Mudanças sociais
Mudanças sociaisMudanças sociais
Mudanças sociais
 
Capítulo 11 instituições sociais
Capítulo 11   instituições sociaisCapítulo 11   instituições sociais
Capítulo 11 instituições sociais
 
Cap 5 organização social e cidadania
Cap 5  organização social e cidadaniaCap 5  organização social e cidadania
Cap 5 organização social e cidadania
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 

Durkheim sociologia

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.  
  • 5. O comportamento desviante num grupo social pode não ter penalidade prevista por lei, mas o grupo pode espontaneamente reagir castigando quem não se comporta de forma discordante em relação a determinados valores e princípios. A reação negativa da sociedade a certa atitude ou comportamento é, muitas vezes, mais intimidadora do que lei.
  • 6. Educação: Para Durkheim tem um papel importante na conformação do indivíduo à sociedade em que vivem, seja e educação formal ou informal. A educação tem o papel de ajudar a internalizar as regras sociais. Ex.: uso de determinada língua, gosto culinário, determinados padrões de arte... A arte também representa um recurso capaz de difundir valores e adequar as pessoas a determinados hábitos. Exemplo de adequação : riso é uma forma de sanção social, na encenação ou na vida real.
  • 7. 2º) Fatores “ exteriores ao indivíduo”: Esses fatores atuam sobre o indivíduo independentemente de sua vontade ou de sua adesão consciente. Exemplo: Ao nascermos já encontramos as regras sociais , costumes e leis que somos coagidos a aceitar por meio de mecanismo de coerção social, como a educação. Obs.: Você não tem escolha. (hehehehe) Os fatos sociais são ao mesmo tempo “coercitivos” e dotados de existência exterior às consciências individuais.
  • 8. 3º) a “generalidade” É social todo fato que é geral, que se repete em todos os indivíduos ou, pelo menos, na maioria deles; que ocorre em distintas sociedades, em um determinado momento ou ao longo do tempo. Por generalidade, os acontecimentos manifestam sua natureza coletiva, sejam eles os costumes, os sentimentos comuns ao grupo, as crenças ou os valores. Formas de habitação, sistemas de comunicação e a moral existente numa sociedade apresentam essa generalidade.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.  
  • 15. A luta continua... ( hehehehehehehehe )