SlideShare uma empresa Scribd logo
I ENCONTRO PRESENCIAL
FUNDAMENTOS ANTROPOLÓGICOS E
SOCIOLÓGICOS
2013.2
Apresentar a Antropologia e a
Sociologia como ciências e os seus
processos de institucionalização, bem
como aplicar o seu olhar para
compreender a realidade social.
OBJETIVO DA DISCIPLINA
• A importância das ciências sociais para
analisar de forma racional e sistemática a
complexidade da realidade social.
• Ruptura com o senso comum.
• Institucionalização de métodos e teorias de
análise.
A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA ANTROPOLOGIA
E DA SOCIOLOGIA
1.2. ANTROPOLOGIA
OBJETO HOMEM
BIOLÓGICO
CULTURAL
SOCIAL
OBJETIVO
ENTENDER A
DIVERSIDADE
CULTURAL
• Contato direto com o objeto da pesquisa.
• Observação direta e enfrentamento do
desconhecido, buscando se familiarizar com o
“outro” e seus costumes, e estranhar o que
para o pesquisador é familiar.
• Etnocentrismo X Relativismo.
Trabalho de campo
1.2. SOCIOLOGIA
OBJETO
EXPLICAR AS
TRANFORMAÇÕES
DA SOCIEDADE
CAPITALISTA
OBJETIVO
A RELAÇÃO ENTRE
INDIVÍDUO E
SOCIEDADE
INDIVÍDUO E
SOCIEDADE
KARL MARX
RELAÇÕES SOCIAIS
DE PRODUÇÃO
ÉMILE DURKHEIM
FATOS SOCIAIS
MAX WEBER
AÇÃO SOCIAL
O QUE MUDA COM
ESSAS CIÊNCIAS SOCIAIS
O NOSSO OLHAR!
• Aprendizagem e produção de formas de viver, pensar
e agir.
● Cultura como capacidade do homem de criar
símbolos e transformar a vida.
● As diferenças culturais não devem ser explicadas por
determinismos geográficos ou biológicos.
● E a contracultura? São manifestações que marcam
uma revolta contra as atividades ideológicas e
artísticas dominantes.
1.3. O HOMEM COMO SER CULTURAL E
SOCIAL
2.1.ESTRUTURA SOCIETAL
SOCIEDADE
• CONJUNTO DE PESSOAS INTERLIGADAS POR ALGUM
MOTIVO.
ESTRUTURA SOCIETAL
• FORMA DE ORGANIZAÇÃO DAS PARTES QUE
COMPÕEM A SOCIEDADE.
● Relações políticas, econômicas e culturais
contraditórias;
● Desigualdades sociais relativas à raça,
moradia, educação, gênero e idade;
2.2. DISPARIDADES SOCIAIS
ROTA 1 - A IMPORTÂNCIA DAS CIÊNCIAS
SOCIAIS NA RUPTURA COM O SENSO COMUM
T
ROTA 1
RUPTURA COM O SENSO COMUM
• Frases como: “É melhor a criança trabalhar do que ficar na
rua, exposta ao crime e aos maus costumes”, ou “Criança
que trabalha fica mais esperta, aprende a lutar pela vida”,
representam o senso comum.
• Compreender a realidade como construção social
(desnatutalizar as explicações dos fenômenos sociais).
• O trabalho infantil reproduz a situação de pobreza e baixa
escolaridade de famílias que não tem oportunidades de
estudo, lazer, etc.
(Marx e a exploração do trabalho no capitalismo).
• Desigualdade como reflexo da colonização brasileira e das
condições dadas ao povo brasileiro.
ROTA 2
MN
• Acima temos uma dura realidade que marca a vida de
muitas pessoas do nosso país, vítimas da miséria e da
desigualdade social. O lixão de Gramacho, hoje
desativado, é um dos vários exemplos que demarca a
separação entre ricos e pobres e limita o
desenvolvimento social do Brasil.
• Diante de tal contexto, e tomando como base os
estudos sociológicos e antropológicos, analise e
apresente possibilidades de transformação social para
as pessoas que sobrevivem dos diversos lixões
espalhados pelo país.
• O lixão como problema social e reflexo da
concentração de renda do país.
• Espaço de miséria (fome, prostituição, drogas, etc).
• O lixão e o consumo na sociedade capitalista. Como
promover a sustentabilidade ambiental?
• Como promover a transformação social para as
pessoas que vivem do lixo?
FÓRUM TEMA 1.1
A RUPTURA COM O SENSO COMUM
Proposta de atividade
Comparando a citação à charge, pode-se considerar que o senso comum provoca uma
certa acomodação no indivíduo? E que, em relação ao conhecimento produzido pelas
ciências sociais, especialmente pela Antropologia e pela Sociologia, este pode
provocar uma inquietação e, consequentemente, uma transformação social?
Apresente os seus argumentos para o debate, apoiando-se na teoria de Karl Marx
como crítica social fundamental para explicar as relações sociais na sociedade
capitalista.
M
RUPTURA COM O SENSO COMUM
• Enxergar o senso comum como um conhecimento
tradicional e superficial, e que tem caráter
coletivo.
• Buscar no conjunto de fatores (sociais, políticos,
históricos e culturais) a explicação da realidade.
• Investigar a complexidade dos fatos sociais
através de métodos sistemáticos.
• Superação do preconceito e das análises
superficiais.
FÓRUM TEMA 1.2 - A TRAJETÓRIA DA
ANTROPOLOGIA E DA SOCIOLOGIA E SEUS
PRINCIPAIS TEÓRICOS
A partir do conteúdo dos vídeos, e do que estudou em Metodologia Científica,
propomos que você apresente um esquema em que apareçam os elementos
principais do conceito de sociedade, segundo cada um dos três clássicos da
Sociologia. Lembre-se de que os três autores devem estar presentes.
T
• Durkheim: a sociedade vista como um conjunto de
instituições sociais que têm a função de manter a
ordem social a partir da imposição de regras sociais. (a
moral coletiva X vontade individual)
• Karl Marx: a sociedade entendida com base na divisão
em classes sociais, burguesia e proletariado. (a
estrutura econômica determina a ideologia, a política,
a vida social)
• Max Weber: o que explica a sociedade capitalista não é
o determinismo econômico, mas o processo de
racionalização que invade a vida social.
FÓRUM TEMA 1.3 - O HOMEM COMO SER
CULTURAL E SOCIAL E SUA RELAÇÃO COM A
SOCIEDADE
N
• Assista ao vídeo “Crise econômica aumenta casos de xenofobia no Chipre”
• Com base no vídeo acima e no encontro de diferentes
culturas, uma das consequências da globalização, explique
os motivos da hostilização em relação aos imigrantes,
levando em conta o conceito antropológico de
etnocentrismo.
ETNOCENTRISMO
• Sentimento universal quando entramos em
contato com culturas e povos diferentes
(motivações religiosas, econômicas, etc);
• Ato de eu analisar o outro ou sua sociedade a
partir dos meus valores e, consequentemente,
de minha sociedade.
• Intensificação em processos migratórios e de
crise econômica;
• Estratégia de combate à xenofobia e
etnocentrismo: Relativismo cultural.
FÓRUM TEMA 1.4 - CULTURA, FAMÍLIA E
ESTADO COMO FUNDAMENTOS DA
ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE
• Analise alguns dos fatores que levaram a
mudanças no modelo familiar tradicional e
destaque alguns dos valores que estão sendo
disseminados, a partir desses novos arranjos
familiares.
FATORES QUE GERAM MUDANÇAS
• Inserção da mulher no mercado de trabalho;
• Exigências do mercado de trabalho (tamanho
da família, papéis sociais, etc);
• Mudanças no comportamento entre a
gerações (criança, adolescente, terceira
idade);
• Perda de valores de cooperação e
solidariedade (tempo do trabalho);
• Intervenção do Estado na estrutura familiar
(políticas públicas);
FÓRUM TEMA 2.1 – ESTRUTURA SOCIETAL
• Proposta de atividades
• Analisando o texto e a charge apresentados
acima, reflita sobre a Estrutura Societal
Brasileira partindo do seguinte questionamento:
Sendo uma sociedade capitalista, é possível, no
Brasil, uma estrutura societal que promova a
igualdade prevista em nossa Constituição de
1988? Como?
ESTRUTURA SOCIETAL
• Uma sociedade é um conjunto de pessoas
interligadas por algum motivo e a estrutura
societal ou social é a forma como estão
organizadas as partes que compõem a
sociedade;
• Os indivíduos e grupos têm diferentes acessos
aos recursos disponíveis e, por isso, estão
estratificados econômica e socialmente.
FÓRUM TEMA 2.2 – DISPARIDADES SOCIAIS
DESIGUALDADE SOCIAL E CONHECIMENTO
• Desnaturalização das desigualdades sociais;
• Desequilíbrio entre produção e distribuição entre
as classes sociais, determinada pelo princípio da
propriedade privada;
• O conhecimento é, ao mesmo tempo,
determinante para acesso ao mercado de
trabalho e mercadoria no momento em que o
Estado não assegura o direito a educação pública
de qualidade.
FÓRUM TEMA 2.3 - O HOMEM E SUAS
INSTITUIÇÕES SOCIAIS
INSTITUIÇÕES SOCIAIS
• Padrão de controle ou mesmo uma programação
da conduta individual imposta pela sociedade
(Peter L. Berger e Brigitte Berger );
• A instituição social é alguma coisa situada fora do
indivíduo;
• Possuidora de objetividade e dotada de força
coercitiva;
• Possuidora de autonomia moral, invoca o direito
à legitimidade;
• Possuidora de história.
● Instituição social – programação da conduta
individual imposta pela sociedade, que orienta
e regula as relações familiares, econômicas,
políticas e policiais, religiosas e educacionais;
● Segundo Durkheim, a Instituição social é o
conjunto de regras e comportamentos,
reconhecidos e aceitos pela sociedade, cujo
objetivo é manter a organização do grupo e
sua satisfação;
2.3. O HOMEM E SUAS INSTITUIÇÕES
SOCIAIS
FÓRUM TEMA 2.4 - DINÂMICA ECONÔMICA E
TRABALHO
- O conhecimento científico promovido pelas
ciências sociais, neste caso, é revelar as
relações de exploração e de poder presentes
em "inocentes" ideias e práticas sociais,
desnaturalizando as relações que alienam o
indivíduo, como bem observou o pensador
das ciências sociais Karl Marx.
DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO
DIVISÃO DO TRABALHO PARA DURKHEIM:
Solidariedade
mecânica
Solidariedade
orgânica
DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO
DIVISÃO DO TRABALHO PARA MARX:
Propriedade privada e exploração do trabalho
DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO
DIVISÃO DO TRABALHO PARA WEBER:
Burocratização e especialização do trabalho
Fundamentos antropológ icos e sociológicos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Identidade cultural no Mundo
Identidade cultural no MundoIdentidade cultural no Mundo
Identidade cultural no Mundo
Escola Estadual Alonso de Morais Andrade
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Individuo sociedade
Individuo sociedadeIndividuo sociedade
Individuo sociedade
Marcelo Ferreira Boia
 
Organização e gestão da escola
Organização e gestão da escolaOrganização e gestão da escola
Organização e gestão da escola
Ulisses Vakirtzis
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Elizeu Nascimento Silva
 
Antropologia da educação
Antropologia da educaçãoAntropologia da educação
Antropologia da educação
JRALBERTY
 
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagemMetodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Silmara Vedoveli
 
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
Luciano Carvalho
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
Alison Nunes
 
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
Prof. Noe Assunção
 
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadoresSociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Daniele Rubim
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
Flávia De Mattos Motta
 
Antropologia introdução
Antropologia introduçãoAntropologia introdução
Antropologia introdução
Flávia De Mattos Motta
 
Aula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educaçãoAula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educação
Andreia Regina Moura Mendes
 
Antropologia e educação2223
Antropologia e educação2223Antropologia e educação2223
Antropologia e educação2223
Ricardo Castro
 
Cap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia culturalCap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia cultural
Joao Balbi
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
humberto145
 
Multiculturalismo
MulticulturalismoMulticulturalismo
Multiculturalismo
João Couto
 

Mais procurados (20)

Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
 
Identidade cultural no Mundo
Identidade cultural no MundoIdentidade cultural no Mundo
Identidade cultural no Mundo
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
 
Individuo sociedade
Individuo sociedadeIndividuo sociedade
Individuo sociedade
 
Organização e gestão da escola
Organização e gestão da escolaOrganização e gestão da escola
Organização e gestão da escola
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
 
Antropologia da educação
Antropologia da educaçãoAntropologia da educação
Antropologia da educação
 
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagemMetodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
Metodologia do ensino de geografia nas séries iniciais3paisagem
 
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
 
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
 
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadoresSociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
 
Antropologia introdução
Antropologia introduçãoAntropologia introdução
Antropologia introdução
 
Aula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educaçãoAula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educação
 
Antropologia e educação2223
Antropologia e educação2223Antropologia e educação2223
Antropologia e educação2223
 
Cap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia culturalCap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia cultural
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
 
Multiculturalismo
MulticulturalismoMulticulturalismo
Multiculturalismo
 

Destaque

Livro proprietário aspectos antropológicos e sociológicos da educação
Livro proprietário   aspectos antropológicos e sociológicos da educaçãoLivro proprietário   aspectos antropológicos e sociológicos da educação
Livro proprietário aspectos antropológicos e sociológicos da educação
Tania Lacerda
 
Aspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educa
Aspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educaAspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educa
Aspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educa
Antonio Carneiro
 
A antropologia social
A antropologia socialA antropologia social
A antropologia social
Kaio Maluf
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
guest6a86aa
 
Aula 1 mestre
Aula 1   mestreAula 1   mestre
Aula 1 mestre
Ricardo de Albuquerque
 
Giddens em defesa da sociologia apontamentos
Giddens em defesa da sociologia apontamentosGiddens em defesa da sociologia apontamentos
Giddens em defesa da sociologia apontamentos
Vanessa Gomes
 
Texto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e barTexto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e bar
Alexandre Quadrado
 
Trabalho av2 antropologia 2014.2
Trabalho av2 antropologia 2014.2Trabalho av2 antropologia 2014.2
Trabalho av2 antropologia 2014.2
Igor Souza
 
Como estudar.
Como estudar.Como estudar.
Como estudar.
Karla Isaac
 
Educafro teoria soc_ppt
Educafro teoria soc_pptEducafro teoria soc_ppt
Educafro teoria soc_ppt
educafro
 
Antropologia e Educação
Antropologia e EducaçãoAntropologia e Educação
Antropologia e Educação
Clarim Natal
 
Cap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia socialCap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia social
Joao Balbi
 
Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012
Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012
Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012
ozgauche
 
Cursos Da Área De Linguas E Humanidades
Cursos Da Área De Linguas E HumanidadesCursos Da Área De Linguas E Humanidades
Cursos Da Área De Linguas E Humanidades
Joanach
 
Artigo papéis sociais
Artigo papéis sociaisArtigo papéis sociais
Artigo papéis sociais
Cristiano Bodart
 
Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Sociologia - Prof.Altair Aguilar.Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Sociologia da saúde e literacia digital na informação ao paciente
Sociologia da saúde e literacia digital na informação ao pacienteSociologia da saúde e literacia digital na informação ao paciente
Sociologia da saúde e literacia digital na informação ao paciente
Paula Saraiva
 
Fundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educaçãoFundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educação
Fabio dos Santos Oliveira
 
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Julia Maldonado Garcia
 
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
Karoline Rodrigues de Melo
 

Destaque (20)

Livro proprietário aspectos antropológicos e sociológicos da educação
Livro proprietário   aspectos antropológicos e sociológicos da educaçãoLivro proprietário   aspectos antropológicos e sociológicos da educação
Livro proprietário aspectos antropológicos e sociológicos da educação
 
Aspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educa
Aspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educaAspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educa
Aspectos psicológicos, sociológicos e filosóficos da educa
 
A antropologia social
A antropologia socialA antropologia social
A antropologia social
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
 
Aula 1 mestre
Aula 1   mestreAula 1   mestre
Aula 1 mestre
 
Giddens em defesa da sociologia apontamentos
Giddens em defesa da sociologia apontamentosGiddens em defesa da sociologia apontamentos
Giddens em defesa da sociologia apontamentos
 
Texto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e barTexto sociologia, beata e bar
Texto sociologia, beata e bar
 
Trabalho av2 antropologia 2014.2
Trabalho av2 antropologia 2014.2Trabalho av2 antropologia 2014.2
Trabalho av2 antropologia 2014.2
 
Como estudar.
Como estudar.Como estudar.
Como estudar.
 
Educafro teoria soc_ppt
Educafro teoria soc_pptEducafro teoria soc_ppt
Educafro teoria soc_ppt
 
Antropologia e Educação
Antropologia e EducaçãoAntropologia e Educação
Antropologia e Educação
 
Cap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia socialCap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia social
 
Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012
Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012
Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012
 
Cursos Da Área De Linguas E Humanidades
Cursos Da Área De Linguas E HumanidadesCursos Da Área De Linguas E Humanidades
Cursos Da Área De Linguas E Humanidades
 
Artigo papéis sociais
Artigo papéis sociaisArtigo papéis sociais
Artigo papéis sociais
 
Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Sociologia - Prof.Altair Aguilar.Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
 
Sociologia da saúde e literacia digital na informação ao paciente
Sociologia da saúde e literacia digital na informação ao pacienteSociologia da saúde e literacia digital na informação ao paciente
Sociologia da saúde e literacia digital na informação ao paciente
 
Fundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educaçãoFundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educação
 
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
 
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
[1º ano] Sociologia: Texto "O Estudo da Sociologia"
 

Semelhante a Fundamentos antropológ icos e sociológicos

Sociologia (1) do ensino medio
Sociologia (1) do ensino medioSociologia (1) do ensino medio
Sociologia (1) do ensino medio
Andrea Parlen
 
Dce sociologia
Dce sociologiaDce sociologia
Dce sociologia
Edson Soares
 
Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
Carmem Rocha
 
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIARevisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Carlos Benjoino Bidu
 
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - SínteseEstrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Plano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologiaPlano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologia
Atividades Diversas Cláudia
 
Plano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologiaPlano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologia
Atividades Diversas Cláudia
 
Plano de ensino
Plano de ensinoPlano de ensino
Exclusão social tsp
Exclusão social tspExclusão social tsp
Exclusão social tsp
Fabiana Maiorino
 
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
LilianeBA
 
Aula dia 29 01
Aula dia 29 01Aula dia 29 01
Aula dia 29 01
Colégio Tiradentes III
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
IsabellaGomes58
 
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médioApostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Aula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptx
Aula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptxAula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptx
Aula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptx
BrenoLopes46
 
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros ConceitosSociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Carlos Benjoino Bidu
 
Homem cultura sociedade u1
Homem cultura sociedade u1Homem cultura sociedade u1
Homem cultura sociedade u1
ingrid stefanny
 
Livro unico
Livro unicoLivro unico
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
Ricardo Esturilho
 
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Matheus Alves
 
Programa curricular de sociologia
Programa curricular de sociologiaPrograma curricular de sociologia
Programa curricular de sociologia
gabrielmusolovela
 

Semelhante a Fundamentos antropológ icos e sociológicos (20)

Sociologia (1) do ensino medio
Sociologia (1) do ensino medioSociologia (1) do ensino medio
Sociologia (1) do ensino medio
 
Dce sociologia
Dce sociologiaDce sociologia
Dce sociologia
 
Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
 
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIARevisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
 
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - SínteseEstrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
 
Plano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologiaPlano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologia
 
Plano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologiaPlano de ensino sociologia
Plano de ensino sociologia
 
Plano de ensino
Plano de ensinoPlano de ensino
Plano de ensino
 
Exclusão social tsp
Exclusão social tspExclusão social tsp
Exclusão social tsp
 
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
2 Slide - Sociologia da Educação.pdf
 
Aula dia 29 01
Aula dia 29 01Aula dia 29 01
Aula dia 29 01
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médioApostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
 
Aula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptx
Aula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptxAula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptx
Aula de Introducao a Sociologia - O que é sociologia.pptx
 
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros ConceitosSociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
 
Homem cultura sociedade u1
Homem cultura sociedade u1Homem cultura sociedade u1
Homem cultura sociedade u1
 
Livro unico
Livro unicoLivro unico
Livro unico
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
 
Programa curricular de sociologia
Programa curricular de sociologiaPrograma curricular de sociologia
Programa curricular de sociologia
 

Fundamentos antropológ icos e sociológicos

  • 1. I ENCONTRO PRESENCIAL FUNDAMENTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS 2013.2
  • 2. Apresentar a Antropologia e a Sociologia como ciências e os seus processos de institucionalização, bem como aplicar o seu olhar para compreender a realidade social. OBJETIVO DA DISCIPLINA
  • 3. • A importância das ciências sociais para analisar de forma racional e sistemática a complexidade da realidade social. • Ruptura com o senso comum. • Institucionalização de métodos e teorias de análise. A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA ANTROPOLOGIA E DA SOCIOLOGIA
  • 5. • Contato direto com o objeto da pesquisa. • Observação direta e enfrentamento do desconhecido, buscando se familiarizar com o “outro” e seus costumes, e estranhar o que para o pesquisador é familiar. • Etnocentrismo X Relativismo. Trabalho de campo
  • 6. 1.2. SOCIOLOGIA OBJETO EXPLICAR AS TRANFORMAÇÕES DA SOCIEDADE CAPITALISTA OBJETIVO A RELAÇÃO ENTRE INDIVÍDUO E SOCIEDADE
  • 7. INDIVÍDUO E SOCIEDADE KARL MARX RELAÇÕES SOCIAIS DE PRODUÇÃO ÉMILE DURKHEIM FATOS SOCIAIS MAX WEBER AÇÃO SOCIAL
  • 8. O QUE MUDA COM ESSAS CIÊNCIAS SOCIAIS
  • 10. • Aprendizagem e produção de formas de viver, pensar e agir. ● Cultura como capacidade do homem de criar símbolos e transformar a vida. ● As diferenças culturais não devem ser explicadas por determinismos geográficos ou biológicos. ● E a contracultura? São manifestações que marcam uma revolta contra as atividades ideológicas e artísticas dominantes. 1.3. O HOMEM COMO SER CULTURAL E SOCIAL
  • 11. 2.1.ESTRUTURA SOCIETAL SOCIEDADE • CONJUNTO DE PESSOAS INTERLIGADAS POR ALGUM MOTIVO. ESTRUTURA SOCIETAL • FORMA DE ORGANIZAÇÃO DAS PARTES QUE COMPÕEM A SOCIEDADE.
  • 12. ● Relações políticas, econômicas e culturais contraditórias; ● Desigualdades sociais relativas à raça, moradia, educação, gênero e idade; 2.2. DISPARIDADES SOCIAIS
  • 13. ROTA 1 - A IMPORTÂNCIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS NA RUPTURA COM O SENSO COMUM T
  • 15. RUPTURA COM O SENSO COMUM • Frases como: “É melhor a criança trabalhar do que ficar na rua, exposta ao crime e aos maus costumes”, ou “Criança que trabalha fica mais esperta, aprende a lutar pela vida”, representam o senso comum. • Compreender a realidade como construção social (desnatutalizar as explicações dos fenômenos sociais). • O trabalho infantil reproduz a situação de pobreza e baixa escolaridade de famílias que não tem oportunidades de estudo, lazer, etc. (Marx e a exploração do trabalho no capitalismo). • Desigualdade como reflexo da colonização brasileira e das condições dadas ao povo brasileiro.
  • 17. • Acima temos uma dura realidade que marca a vida de muitas pessoas do nosso país, vítimas da miséria e da desigualdade social. O lixão de Gramacho, hoje desativado, é um dos vários exemplos que demarca a separação entre ricos e pobres e limita o desenvolvimento social do Brasil. • Diante de tal contexto, e tomando como base os estudos sociológicos e antropológicos, analise e apresente possibilidades de transformação social para as pessoas que sobrevivem dos diversos lixões espalhados pelo país.
  • 18. • O lixão como problema social e reflexo da concentração de renda do país. • Espaço de miséria (fome, prostituição, drogas, etc). • O lixão e o consumo na sociedade capitalista. Como promover a sustentabilidade ambiental? • Como promover a transformação social para as pessoas que vivem do lixo?
  • 19. FÓRUM TEMA 1.1 A RUPTURA COM O SENSO COMUM Proposta de atividade Comparando a citação à charge, pode-se considerar que o senso comum provoca uma certa acomodação no indivíduo? E que, em relação ao conhecimento produzido pelas ciências sociais, especialmente pela Antropologia e pela Sociologia, este pode provocar uma inquietação e, consequentemente, uma transformação social? Apresente os seus argumentos para o debate, apoiando-se na teoria de Karl Marx como crítica social fundamental para explicar as relações sociais na sociedade capitalista. M
  • 20. RUPTURA COM O SENSO COMUM • Enxergar o senso comum como um conhecimento tradicional e superficial, e que tem caráter coletivo. • Buscar no conjunto de fatores (sociais, políticos, históricos e culturais) a explicação da realidade. • Investigar a complexidade dos fatos sociais através de métodos sistemáticos. • Superação do preconceito e das análises superficiais.
  • 21. FÓRUM TEMA 1.2 - A TRAJETÓRIA DA ANTROPOLOGIA E DA SOCIOLOGIA E SEUS PRINCIPAIS TEÓRICOS A partir do conteúdo dos vídeos, e do que estudou em Metodologia Científica, propomos que você apresente um esquema em que apareçam os elementos principais do conceito de sociedade, segundo cada um dos três clássicos da Sociologia. Lembre-se de que os três autores devem estar presentes. T
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25. • Durkheim: a sociedade vista como um conjunto de instituições sociais que têm a função de manter a ordem social a partir da imposição de regras sociais. (a moral coletiva X vontade individual) • Karl Marx: a sociedade entendida com base na divisão em classes sociais, burguesia e proletariado. (a estrutura econômica determina a ideologia, a política, a vida social) • Max Weber: o que explica a sociedade capitalista não é o determinismo econômico, mas o processo de racionalização que invade a vida social.
  • 26. FÓRUM TEMA 1.3 - O HOMEM COMO SER CULTURAL E SOCIAL E SUA RELAÇÃO COM A SOCIEDADE N
  • 27. • Assista ao vídeo “Crise econômica aumenta casos de xenofobia no Chipre” • Com base no vídeo acima e no encontro de diferentes culturas, uma das consequências da globalização, explique os motivos da hostilização em relação aos imigrantes, levando em conta o conceito antropológico de etnocentrismo.
  • 28. ETNOCENTRISMO • Sentimento universal quando entramos em contato com culturas e povos diferentes (motivações religiosas, econômicas, etc); • Ato de eu analisar o outro ou sua sociedade a partir dos meus valores e, consequentemente, de minha sociedade. • Intensificação em processos migratórios e de crise econômica; • Estratégia de combate à xenofobia e etnocentrismo: Relativismo cultural.
  • 29. FÓRUM TEMA 1.4 - CULTURA, FAMÍLIA E ESTADO COMO FUNDAMENTOS DA ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE
  • 30. • Analise alguns dos fatores que levaram a mudanças no modelo familiar tradicional e destaque alguns dos valores que estão sendo disseminados, a partir desses novos arranjos familiares.
  • 31. FATORES QUE GERAM MUDANÇAS • Inserção da mulher no mercado de trabalho; • Exigências do mercado de trabalho (tamanho da família, papéis sociais, etc); • Mudanças no comportamento entre a gerações (criança, adolescente, terceira idade); • Perda de valores de cooperação e solidariedade (tempo do trabalho); • Intervenção do Estado na estrutura familiar (políticas públicas);
  • 32. FÓRUM TEMA 2.1 – ESTRUTURA SOCIETAL
  • 33. • Proposta de atividades • Analisando o texto e a charge apresentados acima, reflita sobre a Estrutura Societal Brasileira partindo do seguinte questionamento: Sendo uma sociedade capitalista, é possível, no Brasil, uma estrutura societal que promova a igualdade prevista em nossa Constituição de 1988? Como?
  • 34. ESTRUTURA SOCIETAL • Uma sociedade é um conjunto de pessoas interligadas por algum motivo e a estrutura societal ou social é a forma como estão organizadas as partes que compõem a sociedade; • Os indivíduos e grupos têm diferentes acessos aos recursos disponíveis e, por isso, estão estratificados econômica e socialmente.
  • 35. FÓRUM TEMA 2.2 – DISPARIDADES SOCIAIS
  • 36. DESIGUALDADE SOCIAL E CONHECIMENTO • Desnaturalização das desigualdades sociais; • Desequilíbrio entre produção e distribuição entre as classes sociais, determinada pelo princípio da propriedade privada; • O conhecimento é, ao mesmo tempo, determinante para acesso ao mercado de trabalho e mercadoria no momento em que o Estado não assegura o direito a educação pública de qualidade.
  • 37. FÓRUM TEMA 2.3 - O HOMEM E SUAS INSTITUIÇÕES SOCIAIS
  • 38. INSTITUIÇÕES SOCIAIS • Padrão de controle ou mesmo uma programação da conduta individual imposta pela sociedade (Peter L. Berger e Brigitte Berger ); • A instituição social é alguma coisa situada fora do indivíduo; • Possuidora de objetividade e dotada de força coercitiva; • Possuidora de autonomia moral, invoca o direito à legitimidade; • Possuidora de história.
  • 39. ● Instituição social – programação da conduta individual imposta pela sociedade, que orienta e regula as relações familiares, econômicas, políticas e policiais, religiosas e educacionais; ● Segundo Durkheim, a Instituição social é o conjunto de regras e comportamentos, reconhecidos e aceitos pela sociedade, cujo objetivo é manter a organização do grupo e sua satisfação; 2.3. O HOMEM E SUAS INSTITUIÇÕES SOCIAIS
  • 40. FÓRUM TEMA 2.4 - DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO
  • 41.
  • 42. - O conhecimento científico promovido pelas ciências sociais, neste caso, é revelar as relações de exploração e de poder presentes em "inocentes" ideias e práticas sociais, desnaturalizando as relações que alienam o indivíduo, como bem observou o pensador das ciências sociais Karl Marx.
  • 43. DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO DIVISÃO DO TRABALHO PARA DURKHEIM: Solidariedade mecânica Solidariedade orgânica
  • 44. DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO DIVISÃO DO TRABALHO PARA MARX: Propriedade privada e exploração do trabalho
  • 45. DINÂMICA ECONÔMICA E TRABALHO DIVISÃO DO TRABALHO PARA WEBER: Burocratização e especialização do trabalho