SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
PSICOGÊNESE DA
LÍNGUA ESCRITA
Tese básica: a escrita infantil segue uma linha de evolução em
torno de uma sequência de conflitos, e de soluções para resolvê-
los, com o objetivo de compreender o sistema de sinais que
constituem nossa escrita alfabética.
Do ponto de vista construtivo, a escrita infantil segue uma linha
regular, mas o ritmo de compreensão pode ser diferente.
As crianças pensam sobre a escrita, fazem hipóteses sobre
a natureza e o funcionamento do sistema alfabético.
Como aponta Emilia Ferreiro, o esforço vivido
pelo aprendiz que tenta compreender a escrita
envolve a resolução de duas grandes questões
conceituais:
O que se nota/registra no papel tem a ver
com características físicas ou funcionais dos objetos?
Ou tem a ver com a sequência de sons que formam os
nomes dos objetos?
• O que a escrita representa/nota ?
Questão sobre a natureza da escrita
Cada letra substitui o quê? O significado ou ideia da
palavra como um todo? Partes que pronunciamos como
as sílabas? Segmentos sonoros menores que a sílaba?
• Como a escrita cria representações/notações?
Questão sobre o funcionamento da escrita
Hipóteses de Escrita
Pré-silábica
Silábica
Silábico-alfabética
Alfabética
Pré-silábico Silábico Silábico-
alfabético
Alfabético
Características
Desafios
Avanços
Atividades
favoráveis
Que pistas permitiram
a identificação do
nível?
Que conhecimentos a
respeito do sistema de escrita
essa criança já apresenta?
Que conhecimentos essa
criança precisa adquirir
para passar ao próximo
nível?
Que atividades podem
ajudar a criança a
avançar de nível?
Amostras de Escrita
Em que nível de compreensão do sistema de escrita a criança se encontra?
Mapa de Hipóteses sugerido pela Nova Escola
Atividades
Favoráveis
Hipóteses de
Escrita
Pré-silábico
 Desenhar e escrever do seu jeito o que desenhou;
 Ouvir leitura feita diária pela professora;
 Recontar histórias;
 Ter contato com diferentes portadores e gêneros textuais;
 Conversar sobre as funções da escrita;
 Produzir histórias oralmente;
 Produzir e revisar textos coletivos tendo o professor como
escriba;
 Produção de textos de forma não convencional: escrita
espontânea;
 Recitar textos memorizados: parlendas, poemas, cantigas etc;
 Ler e escrever listas não convencionalmente em situações que
isto tenha significado: listar o que usamos na hora do lanche, o
que tem numa festa de aniversário etc.
 Aumentar o repertório de letras: Bingo de letras; preguicinha
com o nome próprio...
 Usar e escrever o nome próprio em situações significativas:
marcar atividades, objetos, utilizá-Io em jogos, bilhetes, etc;
 Reconhecer e ler o próprio nome em situações significativas:
chamadas, jogos, objetos marcados, etc;
 Leitura dos nomes das crianças da classe, em situações
significativas.
 Atividades em que seja preciso reconhecer a letra inicial e a letra
final;
 Utilizar letras móveis para pesquisar nomes, reproduzir o próprio
nome ou dos amigos;
 Completar palavras usando a letra inicial e final;
 Atividades que apontem para a variação da quantidade de
letras;
 Reconhecer palavras a partir de dicas sobre letras iniciais e
finais (preguicinha, respostas escritas de adivinhas, listas de
personagens de uma história...)
 Comparar e relacionar palavras;
 Identificar personagens conhecidos a partir de seus nomes, ou
escrever seus nomes de acordo com sua possibilidade;
 Reflexão fonológica sem presença da escrita;
 Outras...
Silábico
 Todas as atividades do nível anterior;
 Escrever pequenos textos memorizados (parlendas, poemas, músicas,
trava-línguas...);
 Leitura de textos que sabe de memória, ajustando a pauta sonora à grafia;
 Ordenar textos que sabe de cor fatiados em estrofes, versos, ou texto
menores, em palavras;
 Completar textos lacunados, memorizados ou não, a partir de um banco
de palavras;
 Leitura compartilhada de textos memorizados acompanhada com o dedo;
 Relacionar figura às palavras correspondentes, através do reconhecimento
da letra inicial e de outros indícios;
 Ter contato com a escrita convencional em atividades significativas;
 Reconhecer letras e sílabas em um pequeno texto conhecido;
 Construir um dicionário ilustrado, de algum tema;
 Generalizar os conhecimentos para escrever palavras que não conhece:
associar o "GA' do nome da "GABRlELA' para escrever outras palavras
iniciadas por GA.
 Comparar e relacionar escritas de palavras diversas;
 Completar palavras com letras para evidenciar seu som: jogo faltando
vogais ou faltando consoantes; atividades de completar;
 Completar palavras com sílabas iniciais ou rimas;
 Usar o alfabeto móvel para escritas significativas (nome dos colegas,
personagens de uma história, títulos de livros, brincadeiras ...;
 Formar palavras com letras móveis, comparar a escrita com a dos
colegas;
 Cruzadinhas e Caça-palavras;
 Atividades de reflexão fonológica sem e em presença da escrita;
 Colocar letras em ordem alfabética;
 Contar a quantidade de palavras de uma frase.
 Outras...
Silábico-alfabético
 As mesmas do nível anterior;
 Generalizar os conhecimentos para escrever palavras que não conhece.
 Atividades que exigem prestar atenção em cada pedacinho das palavras,
como preguicinha de um universo de palavras limitado e significativo,
mas que não se sabe reconhecer globalmente;
 Ditado de palavras e pequenos textos;
 Produzir pequenos textos e reescrever histórias;
 Preencher textos lacunados sem banco de palavras;
 Montar pequenos textos que sabe de cor com letras móveis;
 Jogar jogos ou fazer atividades de completar palavras com letras
faltantes ou de transformar uma palavra em outra pelo acréscimo de
letra.
 Separar as palavras de um texto memorizado;
 Cruzadinhas, caça-palavras e forca;
 Reflexão fonológica em presença da escrita, reflexão fonográfica.
Alfabético
 Leituras diversas para ganhar fluência e se familiarizar com padrões
silábicos mais complexos;
 Atividades a partir de um texto: leitura, localização de palavras ou frases;
 Escrever textos, memorizados ou não;
 Escrever histórias ou reescrever histórias conhecidas...
 Ditados interativos para refletir sobre a escrita de palavras;
 Listagem ou organização em tabelas de palavras com mesmas
regularidades ortográficas;
 Construção gradual de regras ortográficas aproximadas;
 Montar palavras com letras móveis (jogos ou atividades);
 Ordenar pequenos textos fatiados em letras;
 Reflexão fonológica em presença da escrita, reflexão fonográfica;
 Jogar forca;
 Outras...
Pré-silábico
Silábico
Silábico-alfabético
Alfabético
...mas...cuidado com as “caixas”...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaAnne Cunha Silveira
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaJessica Nuvens
 
Hipóteses de escrita
Hipóteses de escritaHipóteses de escrita
Hipóteses de escritasielcs
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresMicheli Rader
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOEdna Monteiro
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoFernanda Tulio
 
Leitura e escrita na escola
Leitura e escrita na escolaLeitura e escrita na escola
Leitura e escrita na escolawladimir
 
Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaMARILENE RANGEL
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoHelena Zanotto
 
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA Claudio Pessoa
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro augustafranca7
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoLianeMagnolia
 
Produção e intervenção de textos sme 2013
Produção e intervenção de textos sme 2013Produção e intervenção de textos sme 2013
Produção e intervenção de textos sme 2013Rosemary Batista
 
Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilkeillacr
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoRosemary Batista
 
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escritaEmilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escritaDennyse Azevedo
 

Mais procurados (20)

Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Hipóteses de escrita
Hipóteses de escritaHipóteses de escrita
Hipóteses de escrita
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
 
Leitura e escrita na escola
Leitura e escrita na escolaLeitura e escrita na escola
Leitura e escrita na escola
 
Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escrita
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Níveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaicNíveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaic
 
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Produção e intervenção de textos sme 2013
Produção e intervenção de textos sme 2013Produção e intervenção de textos sme 2013
Produção e intervenção de textos sme 2013
 
Português 1º ano
Português 1º anoPortuguês 1º ano
Português 1º ano
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Práticas de alfabetização
Práticas de alfabetizaçãoPráticas de alfabetização
Práticas de alfabetização
 
Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantil
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
 
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escritaEmilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
 

Destaque

Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaBruna Braga
 
Hipóteses da escrita
Hipóteses da escritaHipóteses da escrita
Hipóteses da escritaLatife Frota
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroRoseParre
 
Interpretação das Hipóteses de Escrita
Interpretação das Hipóteses de EscritaInterpretação das Hipóteses de Escrita
Interpretação das Hipóteses de Escritalm210772
 
5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologicaPactoufba
 
Análise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnálise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnanda Lima
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentozetesousa
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaElaine Cruz
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência FonológicaAnanda Lima
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontrotlfleite
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaprofeannecunha
 
Hipertexto e multiletramento
Hipertexto e multiletramentoHipertexto e multiletramento
Hipertexto e multiletramentoFabiano Ramos
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoSuelen Ramos
 
Prática alfabetizadora pibid
Prática alfabetizadora pibidPrática alfabetizadora pibid
Prática alfabetizadora pibidIzabel Reinaldo
 
Letramento e Alfabetização: Pensando a Prática Pedagógica
Letramento e Alfabetização: Pensando a Prática PedagógicaLetramento e Alfabetização: Pensando a Prática Pedagógica
Letramento e Alfabetização: Pensando a Prática PedagógicaTaynná Barcellos
 
Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas
Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas
Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas Abdias Silva
 

Destaque (20)

Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Hipóteses da escrita
Hipóteses da escritaHipóteses da escrita
Hipóteses da escrita
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
 
Interpretação das Hipóteses de Escrita
Interpretação das Hipóteses de EscritaInterpretação das Hipóteses de Escrita
Interpretação das Hipóteses de Escrita
 
5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica
 
Análise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnálise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabética
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência Fonológica
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
 
Unidade seis
Unidade seisUnidade seis
Unidade seis
 
A pedagogia dos multiletramentos
A pedagogia dos multiletramentosA pedagogia dos multiletramentos
A pedagogia dos multiletramentos
 
GréCia
GréCiaGréCia
GréCia
 
Hipertexto e multiletramento
Hipertexto e multiletramentoHipertexto e multiletramento
Hipertexto e multiletramento
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Prática alfabetizadora pibid
Prática alfabetizadora pibidPrática alfabetizadora pibid
Prática alfabetizadora pibid
 
Letramento e Alfabetização: Pensando a Prática Pedagógica
Letramento e Alfabetização: Pensando a Prática PedagógicaLetramento e Alfabetização: Pensando a Prática Pedagógica
Letramento e Alfabetização: Pensando a Prática Pedagógica
 
Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas
Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas
Trabalho de artes, Arte Bupreste, Arte Pré Históricas
 
Ano 3 unidade_5_miolo
Ano 3 unidade_5_mioloAno 3 unidade_5_miolo
Ano 3 unidade_5_miolo
 

Semelhante a Desenvolvimento da escrita infantil

Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escritaAndreá Perez Leinat
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escritaAlekson Morais
 
2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf
2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf
2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdfArislaneOliveira2
 
Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaAna Paula Epifanio
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Edeil Reis do Espírito Santo
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01pedagogia para licenciados
 
Hipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua EscritaHipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua EscritaRayane Paula
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAFabiana Lopes
 
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
 Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica♥Marcinhatinelli♥
 
Nivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaNivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaEdinei Messias
 
Sondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaSondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaMaristela Couto
 
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Kreusa Martins
 
PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITA
PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITAPSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITA
PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITATerapia online
 
Alfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escritaAlfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escritaMagda Marques
 
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábicaComo trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábicaEdinei Messias
 
Socialização de prática cre orla blog
Socialização de prática   cre orla blogSocialização de prática   cre orla blog
Socialização de prática cre orla blogMarisa Seara
 

Semelhante a Desenvolvimento da escrita infantil (20)

Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
 
2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf
2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf
2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf
 
Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escrita
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
 
Hipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua EscritaHipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua Escrita
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
Alfabetização
AlfabetizaçãoAlfabetização
Alfabetização
 
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
 Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
 
Nivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaNivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escrita
 
Sondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaSondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escrita
 
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
 
PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITA
PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITAPSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITA
PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITA
 
Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1
 
Alfabetização
AlfabetizaçãoAlfabetização
Alfabetização
 
Alfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escritaAlfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escrita
 
Sondagem
SondagemSondagem
Sondagem
 
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábicaComo trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
 
Socialização de prática cre orla blog
Socialização de prática   cre orla blogSocialização de prática   cre orla blog
Socialização de prática cre orla blog
 

Mais de Pactoufba

2. brincadeiras
2. brincadeiras2. brincadeiras
2. brincadeirasPactoufba
 
Eixo analise linguistica
Eixo analise linguisticaEixo analise linguistica
Eixo analise linguisticaPactoufba
 
Direitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pacto
Direitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pactoDireitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pacto
Direitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pactoPactoufba
 
Avaliacao -estudo_do_tema
Avaliacao  -estudo_do_temaAvaliacao  -estudo_do_tema
Avaliacao -estudo_do_temaPactoufba
 
Avaliacao -2a_parte
Avaliacao  -2a_parteAvaliacao  -2a_parte
Avaliacao -2a_partePactoufba
 
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramentoConcepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramentoPactoufba
 

Mais de Pactoufba (11)

Ortografia
OrtografiaOrtografia
Ortografia
 
2. brincadeiras
2. brincadeiras2. brincadeiras
2. brincadeiras
 
Link ano 02
Link ano 02Link ano 02
Link ano 02
 
Link ano 01
Link ano 01Link ano 01
Link ano 01
 
Link 1
Link 1Link 1
Link 1
 
Eixo analise linguistica
Eixo analise linguisticaEixo analise linguistica
Eixo analise linguistica
 
Direitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pacto
Direitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pactoDireitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pacto
Direitos de aprendizagem_em_historia_-_material_do_pacto
 
Link ano 03
Link ano 03Link ano 03
Link ano 03
 
Avaliacao -estudo_do_tema
Avaliacao  -estudo_do_temaAvaliacao  -estudo_do_tema
Avaliacao -estudo_do_tema
 
Avaliacao -2a_parte
Avaliacao  -2a_parteAvaliacao  -2a_parte
Avaliacao -2a_parte
 
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramentoConcepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
 

Último

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 

Último (20)

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 

Desenvolvimento da escrita infantil

  • 2. Tese básica: a escrita infantil segue uma linha de evolução em torno de uma sequência de conflitos, e de soluções para resolvê- los, com o objetivo de compreender o sistema de sinais que constituem nossa escrita alfabética. Do ponto de vista construtivo, a escrita infantil segue uma linha regular, mas o ritmo de compreensão pode ser diferente.
  • 3. As crianças pensam sobre a escrita, fazem hipóteses sobre a natureza e o funcionamento do sistema alfabético.
  • 4. Como aponta Emilia Ferreiro, o esforço vivido pelo aprendiz que tenta compreender a escrita envolve a resolução de duas grandes questões conceituais:
  • 5. O que se nota/registra no papel tem a ver com características físicas ou funcionais dos objetos? Ou tem a ver com a sequência de sons que formam os nomes dos objetos? • O que a escrita representa/nota ? Questão sobre a natureza da escrita
  • 6. Cada letra substitui o quê? O significado ou ideia da palavra como um todo? Partes que pronunciamos como as sílabas? Segmentos sonoros menores que a sílaba? • Como a escrita cria representações/notações? Questão sobre o funcionamento da escrita
  • 9. Que pistas permitiram a identificação do nível? Que conhecimentos a respeito do sistema de escrita essa criança já apresenta? Que conhecimentos essa criança precisa adquirir para passar ao próximo nível? Que atividades podem ajudar a criança a avançar de nível? Amostras de Escrita Em que nível de compreensão do sistema de escrita a criança se encontra?
  • 10. Mapa de Hipóteses sugerido pela Nova Escola
  • 11.
  • 13. Pré-silábico  Desenhar e escrever do seu jeito o que desenhou;  Ouvir leitura feita diária pela professora;  Recontar histórias;  Ter contato com diferentes portadores e gêneros textuais;  Conversar sobre as funções da escrita;  Produzir histórias oralmente;  Produzir e revisar textos coletivos tendo o professor como escriba;  Produção de textos de forma não convencional: escrita espontânea;  Recitar textos memorizados: parlendas, poemas, cantigas etc;  Ler e escrever listas não convencionalmente em situações que isto tenha significado: listar o que usamos na hora do lanche, o que tem numa festa de aniversário etc.
  • 14.  Aumentar o repertório de letras: Bingo de letras; preguicinha com o nome próprio...  Usar e escrever o nome próprio em situações significativas: marcar atividades, objetos, utilizá-Io em jogos, bilhetes, etc;  Reconhecer e ler o próprio nome em situações significativas: chamadas, jogos, objetos marcados, etc;  Leitura dos nomes das crianças da classe, em situações significativas.  Atividades em que seja preciso reconhecer a letra inicial e a letra final;  Utilizar letras móveis para pesquisar nomes, reproduzir o próprio nome ou dos amigos;
  • 15.  Completar palavras usando a letra inicial e final;  Atividades que apontem para a variação da quantidade de letras;  Reconhecer palavras a partir de dicas sobre letras iniciais e finais (preguicinha, respostas escritas de adivinhas, listas de personagens de uma história...)  Comparar e relacionar palavras;  Identificar personagens conhecidos a partir de seus nomes, ou escrever seus nomes de acordo com sua possibilidade;  Reflexão fonológica sem presença da escrita;  Outras...
  • 16. Silábico  Todas as atividades do nível anterior;  Escrever pequenos textos memorizados (parlendas, poemas, músicas, trava-línguas...);  Leitura de textos que sabe de memória, ajustando a pauta sonora à grafia;  Ordenar textos que sabe de cor fatiados em estrofes, versos, ou texto menores, em palavras;  Completar textos lacunados, memorizados ou não, a partir de um banco de palavras;  Leitura compartilhada de textos memorizados acompanhada com o dedo;  Relacionar figura às palavras correspondentes, através do reconhecimento da letra inicial e de outros indícios;  Ter contato com a escrita convencional em atividades significativas;  Reconhecer letras e sílabas em um pequeno texto conhecido;  Construir um dicionário ilustrado, de algum tema;
  • 17.  Generalizar os conhecimentos para escrever palavras que não conhece: associar o "GA' do nome da "GABRlELA' para escrever outras palavras iniciadas por GA.  Comparar e relacionar escritas de palavras diversas;  Completar palavras com letras para evidenciar seu som: jogo faltando vogais ou faltando consoantes; atividades de completar;  Completar palavras com sílabas iniciais ou rimas;  Usar o alfabeto móvel para escritas significativas (nome dos colegas, personagens de uma história, títulos de livros, brincadeiras ...;  Formar palavras com letras móveis, comparar a escrita com a dos colegas;  Cruzadinhas e Caça-palavras;  Atividades de reflexão fonológica sem e em presença da escrita;  Colocar letras em ordem alfabética;  Contar a quantidade de palavras de uma frase.  Outras...
  • 18. Silábico-alfabético  As mesmas do nível anterior;  Generalizar os conhecimentos para escrever palavras que não conhece.  Atividades que exigem prestar atenção em cada pedacinho das palavras, como preguicinha de um universo de palavras limitado e significativo, mas que não se sabe reconhecer globalmente;  Ditado de palavras e pequenos textos;  Produzir pequenos textos e reescrever histórias;  Preencher textos lacunados sem banco de palavras;  Montar pequenos textos que sabe de cor com letras móveis;  Jogar jogos ou fazer atividades de completar palavras com letras faltantes ou de transformar uma palavra em outra pelo acréscimo de letra.  Separar as palavras de um texto memorizado;  Cruzadinhas, caça-palavras e forca;  Reflexão fonológica em presença da escrita, reflexão fonográfica.
  • 19. Alfabético  Leituras diversas para ganhar fluência e se familiarizar com padrões silábicos mais complexos;  Atividades a partir de um texto: leitura, localização de palavras ou frases;  Escrever textos, memorizados ou não;  Escrever histórias ou reescrever histórias conhecidas...  Ditados interativos para refletir sobre a escrita de palavras;  Listagem ou organização em tabelas de palavras com mesmas regularidades ortográficas;  Construção gradual de regras ortográficas aproximadas;  Montar palavras com letras móveis (jogos ou atividades);  Ordenar pequenos textos fatiados em letras;  Reflexão fonológica em presença da escrita, reflexão fonográfica;  Jogar forca;  Outras...