SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 46
Benedita Aparecida de Oliveira Reis, Prof.
“ Tudo no mundo está dando respostas, o que demora é o tempo de perguntas” José Saramago
O que vem a ser... ALFABETIZAÇÃO? ALFABETIZAR? ALFABETIZADO? ALFABETISMO? ANALFABETISMO? LETRAMENTO?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
“ A criança interage ativamente com seu meio, construindo suas próprias ‘categorias de pensamento’ ao mesmo tempo que organiza o mundo” Emília Ferreiro
[object Object],[object Object],[object Object]
“ ...Aprender a ler, a escrever, alfabetizar-se é, antes de mais nada, aprender a ler o mundo, compreender o seu contexto, não numa manipulação mecânica de palavras, mas numa relação dinâmica que vincula linguagem e realidade”. Paulo Freire
Ler e escrever de forma letrada é um conjunto de competências e habilidades, comportamentos e conhecimentos. Ler não é decifrar, escrever não é copiar (Ferreiro)
Letramento é, sobretudo, um mapa do coração do homem, um mapa de quem você é, e de tudo que você pode ser.  (Kate M. Chong)
DIMENSÕES DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO
DIMENSÃO LÓGICA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
DIMENSÃO PERCEPTIVO-MOTORA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
DIMENSÃO SÓCIO-AFETIVA As dimensões sociais e afetivas da vida do aluno são: ,[object Object],O ponto em que se manifesta o modo de ser próprio das diferentes classes sociais e onde ela se torna mais palpável;
 
O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO “  Alfabetizado é aquele indivíduo que sabe ler e escrever; já o indivíduo letrado, o indivíduo que vive em estado de letramento, é não só aquele que sabe ler e escrever, mas aquele que usa socialmente a leitura e a escrita, pratica a leitura e a escrita, responde adequadamente as demandas sociais de leitura e escrita”. (Soares)
NÍVEL 1 : PRÉ-SILÁBICO ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
Num dado momento a criança percebe que “escrever” não é “desenhar” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],PRÉ-SILÁBICO 2 / intermediário
Uma das atividades favoráveis: Desenhar e escrever o que desenhou
NÍVEL 2 : SILÁBICO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Uma das atividades favoráveis: Completar palavras com letras para evidenciar seu som: Camelo C___M___L___  ou  ___A___E___O
NÍVEL 3 : SILÁBICO-ALFABÉTICO ,[object Object],[object Object],[object Object]
Laís – 5 anos Hipóteses Qualitativas: toda escrita tem que ter no mínimo três letras para que “diga algo”.
NÍVEL 4 : ALFABÉTICO ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
Luíza – 5 anos
A CONSTRUÇÃO DA ESCRITA E DA LEITURA
[object Object],[object Object],[object Object]
Entrada fase icônica garatuja
ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA
AMBIENTE ALFABETIZADOR Organizar a sala de aula de maneira que cada sala ofereça materiais que favoreçam a aquisição de conhecimentos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
ORGANIZAÇÃO DA ROTINA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Quando as crianças compreendem como o “processo” foi construído, sentem que “fazem parte” deste trabalho de forma integral.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A rotina é organizada através de:
A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DA FAMÍLIA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA CRIANÇA
“ Antes de ser meu aluno ele é seu filho! “ ! ? , ... ? ! ... , ... , ... .
A turma sabe ler e escrever. E agora? Depois e dominar os sistema da escrita, as crianças devem ser estimuladas a ler para estudar e a ter mais responsabilidade na melhoria dos próprios textos. Thais Gurgel
 
Diante de um conflito, é comum recalcarmos os desejos proibidos, procurarmos ignorá-los, tornando-os, por fim, inconscientes. Esses desejos recalcados ou reprimidos não deixam de existir e continuam em nossa vida mental de forma inconsciente, podendo, mesmo, influir no nosso comportamento, nas nossa ações, nos nossos sonhos, nas nossas palavras.
Reconhecer a dimensão humana da docência, incluindo as dificuldades do cotidiano escolar, é admitir a presença e a força dos afetos na determinação da identidade do professor e na sua atuação profissional. Tânia Ramos Fortuna
OBRIGADA!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Adriana Pereira
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência FonológicaAnanda Lima
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoRosemary Batista
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentozetesousa
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaJessica Nuvens
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoHelena Zanotto
 
5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologicaPactoufba
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolarJoao Balbi
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escritaPNAIC UFSCar
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaAnne Cunha Silveira
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Joao Balbi
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPHebert Arcanjo
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontrotlfleite
 
Sea sistema de escrita alfabética slide
Sea   sistema de escrita alfabética  slideSea   sistema de escrita alfabética  slide
Sea sistema de escrita alfabética slidetlfleite
 
Planejamento pedagógico alinhado à BNCC
Planejamento pedagógico alinhado à BNCCPlanejamento pedagógico alinhado à BNCC
Planejamento pedagógico alinhado à BNCCThalesSantos36
 
Sondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaSondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaMaristela Couto
 

Mais procurados (20)

Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência Fonológica
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
 
Poema Letramento
Poema LetramentoPoema Letramento
Poema Letramento
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Letramento
LetramentoLetramento
Letramento
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
 
Metodos
MetodosMetodos
Metodos
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
 
1 linguagem oral e escrita na educação infantil
1  linguagem oral e escrita na educação infantil1  linguagem oral e escrita na educação infantil
1 linguagem oral e escrita na educação infantil
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPP
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
 
Sea sistema de escrita alfabética slide
Sea   sistema de escrita alfabética  slideSea   sistema de escrita alfabética  slide
Sea sistema de escrita alfabética slide
 
Planejamento pedagógico alinhado à BNCC
Planejamento pedagógico alinhado à BNCCPlanejamento pedagógico alinhado à BNCC
Planejamento pedagógico alinhado à BNCC
 
Sondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaSondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escrita
 

Semelhante a AlfabetizaçãO E Letramento

Alfabetizao-e-Letramento.ppt
Alfabetizao-e-Letramento.pptAlfabetizao-e-Letramento.ppt
Alfabetizao-e-Letramento.pptguiomar4
 
Alfabetização e letramento psicogenese
Alfabetização e letramento   psicogeneseAlfabetização e letramento   psicogenese
Alfabetização e letramento psicogeneseAnanda Lima
 
Peb i hipóteses de escrita texto
Peb i hipóteses de  escrita  textoPeb i hipóteses de  escrita  texto
Peb i hipóteses de escrita textomarcaocampos
 
Formação 07 junho Suam
Formação 07 junho SuamFormação 07 junho Suam
Formação 07 junho SuamDyone Andrade
 
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoTeoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoElisa Maria Gomide
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresMicheli Rader
 
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadoresIi reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadoresRosemary Batista
 
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaAlfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaJomari
 
Processo e objetivos da alfabetizacao
Processo e objetivos da alfabetizacaoProcesso e objetivos da alfabetizacao
Processo e objetivos da alfabetizacaoJean Carvalho
 
Processo E Objetivos Da Alfabetização
Processo E Objetivos Da AlfabetizaçãoProcesso E Objetivos Da Alfabetização
Processo E Objetivos Da AlfabetizaçãoJ. C.
 
Processo e objetivos da alfabetização
Processo e objetivos da alfabetizaçãoProcesso e objetivos da alfabetização
Processo e objetivos da alfabetizaçãoJean Carvalho
 
Alfabetização letramento
Alfabetização  letramentoAlfabetização  letramento
Alfabetização letramentoMicheli Rader
 
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdfALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdfAndrea491870
 

Semelhante a AlfabetizaçãO E Letramento (20)

Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01
Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01
Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01
 
Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01
Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01
Alfabetizaoeletramento 12963975630575-phpapp01
 
Alfabetizao-e-Letramento.ppt
Alfabetizao-e-Letramento.pptAlfabetizao-e-Letramento.ppt
Alfabetizao-e-Letramento.ppt
 
Alfabetização e letramento psicogenese
Alfabetização e letramento   psicogeneseAlfabetização e letramento   psicogenese
Alfabetização e letramento psicogenese
 
Peb i hipóteses de escrita texto
Peb i hipóteses de  escrita  textoPeb i hipóteses de  escrita  texto
Peb i hipóteses de escrita texto
 
Formação 07 junho Suam
Formação 07 junho SuamFormação 07 junho Suam
Formação 07 junho Suam
 
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoTeoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
 
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadoresIi reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadores
 
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaAlfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
 
Processo e objetivos da alfabetizacao
Processo e objetivos da alfabetizacaoProcesso e objetivos da alfabetizacao
Processo e objetivos da alfabetizacao
 
Processo E Objetivos Da Alfabetização
Processo E Objetivos Da AlfabetizaçãoProcesso E Objetivos Da Alfabetização
Processo E Objetivos Da Alfabetização
 
unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
 
Processo e objetivos da alfabetização
Processo e objetivos da alfabetizaçãoProcesso e objetivos da alfabetização
Processo e objetivos da alfabetização
 
Alfabetização letramento
Alfabetização  letramentoAlfabetização  letramento
Alfabetização letramento
 
Letramento
LetramentoLetramento
Letramento
 
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdfALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
 
Aprendizagem da leitura e escrita
Aprendizagem da leitura e escritaAprendizagem da leitura e escrita
Aprendizagem da leitura e escrita
 
Trabalho ciclo
Trabalho cicloTrabalho ciclo
Trabalho ciclo
 
Resumo sea
Resumo seaResumo sea
Resumo sea
 

AlfabetizaçãO E Letramento

  • 1. Benedita Aparecida de Oliveira Reis, Prof.
  • 2. “ Tudo no mundo está dando respostas, o que demora é o tempo de perguntas” José Saramago
  • 3. O que vem a ser... ALFABETIZAÇÃO? ALFABETIZAR? ALFABETIZADO? ALFABETISMO? ANALFABETISMO? LETRAMENTO?
  • 4.
  • 5.
  • 6. “ A criança interage ativamente com seu meio, construindo suas próprias ‘categorias de pensamento’ ao mesmo tempo que organiza o mundo” Emília Ferreiro
  • 7.
  • 8. “ ...Aprender a ler, a escrever, alfabetizar-se é, antes de mais nada, aprender a ler o mundo, compreender o seu contexto, não numa manipulação mecânica de palavras, mas numa relação dinâmica que vincula linguagem e realidade”. Paulo Freire
  • 9. Ler e escrever de forma letrada é um conjunto de competências e habilidades, comportamentos e conhecimentos. Ler não é decifrar, escrever não é copiar (Ferreiro)
  • 10. Letramento é, sobretudo, um mapa do coração do homem, um mapa de quem você é, e de tudo que você pode ser. (Kate M. Chong)
  • 12.
  • 13.  
  • 14.
  • 15.  
  • 16.
  • 17.  
  • 18. O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO “ Alfabetizado é aquele indivíduo que sabe ler e escrever; já o indivíduo letrado, o indivíduo que vive em estado de letramento, é não só aquele que sabe ler e escrever, mas aquele que usa socialmente a leitura e a escrita, pratica a leitura e a escrita, responde adequadamente as demandas sociais de leitura e escrita”. (Soares)
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Uma das atividades favoráveis: Desenhar e escrever o que desenhou
  • 23.
  • 24.  
  • 25. Uma das atividades favoráveis: Completar palavras com letras para evidenciar seu som: Camelo C___M___L___ ou ___A___E___O
  • 26.
  • 27. Laís – 5 anos Hipóteses Qualitativas: toda escrita tem que ter no mínimo três letras para que “diga algo”.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31. Luíza – 5 anos
  • 32. A CONSTRUÇÃO DA ESCRITA E DA LEITURA
  • 33.
  • 36.
  • 37.
  • 38. Quando as crianças compreendem como o “processo” foi construído, sentem que “fazem parte” deste trabalho de forma integral.
  • 39.
  • 40. A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DA FAMÍLIA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA CRIANÇA
  • 41. “ Antes de ser meu aluno ele é seu filho! “ ! ? , ... ? ! ... , ... , ... .
  • 42. A turma sabe ler e escrever. E agora? Depois e dominar os sistema da escrita, as crianças devem ser estimuladas a ler para estudar e a ter mais responsabilidade na melhoria dos próprios textos. Thais Gurgel
  • 43.  
  • 44. Diante de um conflito, é comum recalcarmos os desejos proibidos, procurarmos ignorá-los, tornando-os, por fim, inconscientes. Esses desejos recalcados ou reprimidos não deixam de existir e continuam em nossa vida mental de forma inconsciente, podendo, mesmo, influir no nosso comportamento, nas nossa ações, nos nossos sonhos, nas nossas palavras.
  • 45. Reconhecer a dimensão humana da docência, incluindo as dificuldades do cotidiano escolar, é admitir a presença e a força dos afetos na determinação da identidade do professor e na sua atuação profissional. Tânia Ramos Fortuna