Eixo analise linguistica

4.342 visualizações

Publicada em

1º. Seminário de 24horas realizado em 20 a 22.03.2013

Os conteúdos abordados nas Unidades I: Ano 1, Ano 2, Ano 3 e Educação do campo; unidade 01 e 02 – Leitura oralidade, escrita e análise linguística.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.342
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eixo analise linguistica

  1. 1. Projeto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa 1º SEMINÁRIO DE 24h EIXO: ANÁLISE LINGUÍSTICA (ANA CRISTINA FARIAS)
  2. 2. Qual a diferença entre ensino de gramática e prática de análise linguística?
  3. 3. A expressão Análise Linguística remete aos conhecimentos linguístico-discursivos a serem desenvolvidos no ambiente escolar e representa a ruptura do paradigma que pautava o ensino de língua na escola (GERALDI, 2007).
  4. 4. A metodologia envolve a prática de leitura, de produção de textos e de análise linguística, a partir de uma concepção de linguagem como forma de interação. Esta concepção implica uma “[...] postura educacional diferenciada, uma vez que situa a linguagem como o lugar de constituição de relações sociais [...]” (GERALDI, 2007, p. 41-42).
  5. 5. [...] Nessa perspectiva, é muito mais importante estudar as relações que se constituem entre os sujeitos no momento em que falam do que simplesmente estabelecer classificações e denominar os tipos de sentenças (GERALDI, 2007, p. 41-42).
  6. 6. ANÁLISE LINGUÍSTICA DUAS FORMAS DE REFLETIR SOBRE A LINGUAGEM: 1)ATIVIDADES EPILINGUÍSTICAS REFLEXÃO SOBRE A LINGUAGEM 2)ATIVIDADES METALINGUÍSTICAS “REFLEXÃO ANALÍTICA SOBRE OS RECURSOS EXPRESSIVOS, QUE LEVAM À CONSTRUÇÃO DE NOÇÕES COM AS QUAIS SE TORNA POSSÍVEL CATEGORIZAR TAIS RECURSOS”. ASSIM...
  7. 7. “[...] a escola precisa atribuir à nomenclatura gramatical uma função apenas suplementar, embora de alguma relevância como parte de um saber metalinguístico, que, por sua vez, também é parte do patrimônio cultural da comunidade” (ANTUNES, 2007, p. 81-82).
  8. 8. Esta atividade se encaixa em qual perspectiva? Leia o texto e faça o que se pede: “Sou pretinho... pretinho, de uma perna só. Uso gorro vermelhinho E cachimbo de cipó. Faço cada traquinada! E sou esperto como eu só...”   Retire do texto palavras com: Uma sílaba Duas sílabas Três sílabas Mais de três sílabas.   “Só para fechar este capítulo, podíamos perguntar: É assim que se aprende a compreender um texto?” (ANTUNES, 2007, p.83).
  9. 9. Segundo Morais: “[...] a escola NÃO deve gastar o precioso tempo de aprendizagem dos alfabetizandos, durante os três primeiros anos do ensino fundamental, fazendo-os decorar as nomenclaturas e taxonomias pouco úteis da gramática pedagógica tradicional (2012, p. 160).
  10. 10. QUAL A PERSPECTIVA ADOTADA PELO PACTO? (CADERNO DO PACTO – UNIDADE 02 – ANO 01, p. 12) Atividade Ano 01 (CADERNO DO PACTO – UNIDADE 02 – ANO 02, p. 09) Atividade Ano 02 (CADERNO DO PACTO – UNIDADE 02 – ANO 03, p. 19) Atividade Ano 03
  11. 11. A-TI-VI-DA-DE
  12. 12. Formação de grupos a partir dos nomes
  13. 13. SELECIONEM UM DIREITO DE APRENDIZAGEM (OU MAIS DE UM) E ELABOREM UMA ATIVIDADE DE ANÁLISE LINGUÍSTICA. EM SEGUIDA, SOCIALIZEM COM A TURMA. • GRUPO 1 – ANO 1 • GRUPO 2 – ANO 2 • GRUPO 3 – ANO 3 • GRUPO 4 – CAMPO
  14. 14. . ANTUNES, Irandé. Muito além da gramática: por um ensino de línguas sem pedras no caminho. São Paulo: Parábola, 2007. BORTONI-RICARDO, Stella M. Educação em língua materna: a Sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola, 2004. GERALDI, João Wanderley. O texto na sala de aula. 4. ed. São Paulo: Ática, 2007. LEAL, Tela Ferraz, ROAZZI, Antonio. A criança pensa... e aprende ortografia. In: MORAIS, Artur Gomes de (Org.). O aprendizado da ortografia. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. MORAIS, Artur Gomes de (Org.). O aprendizado da ortografia. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. ______. Sistema de escrita alfabética. São Paulo: Melhoramentos, 2012. REGO, Lucia Lins Browne, BUARQUE, Lair Levi. Algumas fontes de dificuldade na aprendizagem de regras ortográficas. In: MORAIS, Artur Gomes de (Org.). O aprendizado da ortografia. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

×