SlideShare uma empresa Scribd logo
MRP / MRP II
 MRP   = Material Requirement Planning (planejamento das necessidades de
  materiais);
 Surgiu da necessidade de se planejar o atendimento da demanda dependente
  (que decorre da independente);

Lista     de material é a espinha dorsal de MRP ;
 MRP  II = Manufacturing Resources Planning (planejamento dos recursos de
  manufatura);

 ERP   = Enterprise Resource Planning (planejamento dos recursos da empresa)



                                                                         1
•Plano Mestre;
•Estoques de materiais;             •Necessidades
•Estoques de Componentes
                                    de Compras
Dependentes;                  MRP   •Ordens de
•Lista de materiais;
•Restrições de mão-de-obra;         Compra
•Disponibilidade de                 •Ordens de
Equipamentos;                       produção
•Lead times.




                                                2
EXPLOSÃO DE MATERIAIS
    BOM = BILL OF MATERIALS
“Esta lista de materiais contem a descrição
  completa do produto,listando não só os
  materiais,partes e componentes, mas também a
  sequencias nas quais o produto é criado”
                                    (Moreira, 1998)
LISTA DE MATERIAIS




                     4
LISTA DE MATERIAIS




                     5
LISTA DE MATERIAIS




                     6
EXPLOSÃO DE MATERIAIS
BOM = BILL OF MATERIALS
EXERCÍCIO - ESTRUTURA
   Um brinquedo consiste na montagem de quatro componentes como
    mostrado na seguinte árvore do produto:
   Conforme uma previsão de Vendas para próximo mês temos a
    necessidade de produzir 400 unidades de Brinquedo, determine
    quantas unidades de cada componente são necessárias.




                                                              8
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO
 1 Brinquedo = 1 A = 400 x 1 = 400 unidades;
 1 Brinquedo = 2 B = 400 x 2 = 800 unidades;

 1 Brinquedo = 1 C = 400 x 1 = 400 unidades;

 1 Brinquedo = 1 D = 400 x 4 = 1.600 unidades.




                                                  9
EXERCÍCIO - ESTRUTURA
                   Nível Zero



Nível 1




Nível 2




Nível 3


 Um produto P consiste na montagem de quatro componentes
  com mostra a figura acima conforme árvore do produto:
 Conforme uma previsão de Vendas para próximo mês temos a
  necessidade de produzir 200 unidades do produto P, determine
                                                         10
  quantas unidades de cada componente são necessárias.
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO

   1 P = 2 A = 200 x 2 = 400 unidades;
   1 P = 1 B = 200 x 1 = 200 unidades;
   1 P = 1 C = 200 x 3 = 600 unidades.
            Para os subconjunto do Nível 2 temos apenas D:
   Componente A = 400 X 1 D = 400 unidades.

                     Para os subconjunto E, F, G e H.
   1 A = 1 E = 400 unidades de E;
   1 D = 4 F temos 400 unidades de D corresponde 400 x 4 = 1.600
    unidades de F;
   1 B = 3 F temos 200 unidades de B corresponde 200 x 3 = 600
    unidade de F;
   F = 1.600 + 600 = 2.200 unidades de F;
   1 B = 1 H = 200 unidades de H;
   1 C = 2 G temos 600 unidades de C corresponde 600 x 2 = 1.200
                                                                11
    unidades de G.
EXERCÍCIO
   Dada a árvore de estrutura do produto P, determinar
    quantas unidades de cada subconjunto e de cada item
    são necessários para atender a uma demanda de 600
    unidades para o produto P.




                                                    12
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO
 A = 1.200;
 B = 1.800;

 X = 1.200;

 C = 6.000;

 D = 6.000;

 F = 3.600;

 G= 4.800;

 H = 9.600;

 I = 14.400.

                                     13
EXERCÍCIO
O   produto M é feito de duas unidades de N e três
de P.
N é feito de uma unidade de S e três unidades de T.
P é feito de duas unidades de T e quatro de U.
a.Mostre a árvore de estrutura do produto;

b.Após um pedido de 100 unidade de M, quantas
unidades de cada componente são necessárias?
c.Mostre uma lista de material em nível único e uma
                                                14
lista de material escalonada.
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO
  ITEM A:ESTRUTURA DO
        PRODUTO




                     15
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO
 ITEM B:ESTRUTURA DO PRODUTO
M  = 100;
 N = 200;

 P = 300;

 T = 600 + 600 = 1.200;

 U = 1.200.




                               16
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO
        C:ESTRUTURA DO PRODUTO
BOM em nível único      BOM em nível escalonado

   M   N               M   N
        P                        S
                                 T
   N
        T
        S                    P
                                 T
                                 U
   P   T
        U
                                                   17
RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIOS
   (Riztman)Refira-se à lista de materiais para item A na Figura 1.

   Caso não haja estoque disponível, quantas unidades de G, E e D
    precisam ser adquiridas para produzir cinco unidades do item
    final A?


                                           PE=1




                                    PE=2                   PE=3




                                                                  PE=3


                                             PE=1
                  PE=3
                             PE=6

                                                    PE=3                 18
LISTA DE MATERIAIS EXERCÍCIOS




   Seja o produto A composto das submontagens B e C. A
    submontagem B, por sua vez, é produzida a partir dos
    componentes D e E.
   A submontagem C é produzida a partir dos componentes F e E.

 Suponhamos   que a empresa fabricante do produto A receba uma
    encomenda de 5.000 unidades, sendo:


                                                            19
LISTA DE MATERIAIS
              EXERCÍCIOS
 Quantas quantidades de cada item necessitaremos?
 Mostre uma lista de material em nível único e uma
  lista de material escalonada.




                                                      20
LISTA DE MATERIAIS EXERCÍCIOS

Portanto, necessitaremos de:

 10.000 unidades da submontagem B;
 5.000 unidades da submontagem C;
 20.000 unidades do componente D;
 15.000 unidades do componente F;
 20.000 unidades do componente
 E(10.000+10.000).




                                      21
MRP
A dinâmica de processamento no MRP parte da quantidade
  desejada (Previsão de Vendas , Pedidos firmados ou
  Demanda)de um produto final numa data especificada.
A programação fornecida pelo MRP geralmente traz as
  seguintes informações, item por item:

 Um Escala de tempos, geralmente semanal;
 A identificação do item;

 As Necessidades Brutas e suas datas;

 O Estoque Disponível;

 Os Recebimentos Programados e suas datas;

 As Necessidades Líquidas e suas datas;

 As datas e quantidades de cada Liberação de Ordem.
                                                  22
DINÂMICA DE
        PROCESSAMENTO DO MRP
Semana         1   2   3   4   5   6   7   8   9   10    11   12
Necessidades
Brutas
Estoque
Disponível
Recebimento
Programados
Necessidades
Líquidas
Liberação de
Ordem ou
Liberação
Planejadas




                                                    23
DINÂMICA DE
       PROCESSAMENTO DO MRP
 NB(Necessidades Brutas) = São a demanda total
  originária de todos os planos de produção dos produtos
  acabados;
 RP(Recebimentos programados) = São os pedidos que
  foram colocados mas ainda não foram terminados;
 Estoque Disponível = É uma quantidade de estoque
  disponível a cada semana;
 RPL (Recebimento Planejado) = Planejar o recebimento
  de novos pedidos evitará que o saldo disponível projetado
  fique negativo;
 LP (Liberação de Pedido) = Indica quando um pedido para
  uma quantidade específica de um item deve ser emitido.

                                                24
EXEMPLO - MRP
      Para uma mesa de cozinha, é conhecida a demanda
       (Necessidades Brutas) para as próximas 12 semanas,
       que é de 100 unidades, prevendo-se uma entrega de 40
       unidades ao início da Semana 5 e outra de 60 unidades
       ao início da Semana 11, segundo a tabela abaixo:



Semana         1   2   3   4   5    6   7   8   9   10   11   12
Necessidades
Brutas                         40                        60




                                                              25
EXERCÍCIO – MRP/MPS
   A mesa é composta por um tampo, um tronco e oito suportes
    idênticos; quatro dos suportes acoplam-se à parte superior
    do tronco para que o tampo se ajuste, enquanto dos
    suportes acoplam-se à parte inferior, para o devido apoio da
    mesa no solo.




        Item       Estoque   Lead Time Processo
        Mesa          5              1
       Tampo         15              1
       Tronco        12              2
       Suporte       90              1
                                                          26

Realizar o MRP para cada um dos itens: Mesa, Tampo, Tronco
e Suporte
EXERCÍCIO – MRP/MPS
                               MESA

Semana         1   2   3   4    5   6   7   8   9   10   11    12
Necessidades
Brutas
Estoque
Disponível
Recebimento
Programados
Necessidades
Líquidas
Liberação de
Ordem ou
Liberação
Planejadas                                                    27
EXERCÍCIO – MRP/MPS
                                MESA
   Lead Time = 1 semana;

   Necessidade Bruta de Entrega = 40 na 5º Semana e 60 na 11º Semana;

   Estoque Disponível = 5 unidades;

   Recebimento Programado = 0 unidades;

   Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;
   Necessidades Líquidas para 5º Semana = 40 – 5 = 35;
   Necessidades Líquidas para 11º Semana = 60 – 0 =60;

   Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas com PRAZO DO LEAD 28
                                                                       TIME;
   Liberação de Ordens = 35 unid. para 4º semana e 60 unid. para 10º semana.
MRP – ITEM MESA
                   LEAD TIME 1 SEMANA

Semana         1   2   3   4    5    6   7   8   9   10    11   12
Necessidades                    40                         60
Brutas
Estoque                         5                          0
Disponível
Recebimento                     0                          0
Programados
Necessidades                    35                         60
Líquidas
Liberação de               35                        60
Ordem ou
Liberação
Planejadas



                                                      29
ESTRUTURA DE PRODUTO
               MESA




   Necessidade Liquida da Mesa é de = 35 unid. Para 5º semana e 60 unid.
    Para 11º semana.
   Nós temos de Necessidade de Tampo de 35 unidades para entrega na
    semana 4º semana e 60 unidades na 10º semana, porém a Lead Time de
    Processo é de 1 semana antes, ou seja, produzir na 3º semana na
    programação e 9º semana.
                                                                   30
EXERCÍCIO – MRP/MPS
                                  TAMPO
   Lead Time = 1 semana;

   Necessidade Bruta de Entrega = 35 na 4º Semana e 60 na 10º Semana;

   Estoque Disponível = 15 unidades para 4º semana;

   Recebimento Programado = 0 unidades;

   Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;
   Necessidades Líquidas para 4º Semana = 35 – 15 = 20;
   Necessidades Líquidas para 10º Semana = 60 – 0 =60;

   Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas com PRAZO DO LEAD 31
                                                                       TIME;
   Liberação de Ordens = 20 unid. Para 3º semana e 60 unid. para 9º semana.
MRP – ITEM TAMPO
                   LEAD TIME 1 SEMANA
                           Tampo
Semana         1   2   3   4   5   6   7   8   9   10    11   12
Necessidades
Brutas
Estoque
Disponível
Recebimento
Programados
Necessidades
Líquidas
Liberação de
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                                    32
MRP – ITEM TAMPO
               LEAD TIME 1 SEMANA
Semana         1   2   3    4    5   6   7   8   9    10       11   12
Necessidades                35                        60
Brutas
Estoque                     15                        0
Disponível
Recebimento                 0                         0
Programados
Necessidades                20                        60
Líquidas
Liberação de           20                        60
Ordem ou
Liberação
Planejadas



                                                          33
ESTRUTURA DE PRODUTO
               MESA




   Necessidade Liquida da Mesa é de = 35 unid. Para 5º semana e 60 unid.
    Para 11º semana.
   Nós temos de Necessidade de Tronco de 35 unidades para entrega na
    semana 4º semana e 60 unidades na 10º semana, porém a Lead Time de
    Processo é de 2 semana antes, ou seja, produzir na 2º semana na
    programação e 8º semana.
                                                                   34
EXERCÍCIO – MRP/MPS
                              TRONCO
   Lead Time = 2 semana;

   Necessidade Bruta de Entrega = 35 na 4º Semana e 60 na 10º Semana;

   Estoque Disponível = 12 unidades para 4º semana;

   Recebimento Programado = 0 unidades;

   Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;
   Necessidades Líquidas para 4º Semana = 35 – 12 = 23;
   Necessidades Líquidas para 10º Semana = 60 – 0 =60;

   Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas conforme O LEAD TIME;
                                                                        35
   Liberação de Ordens = 23 unid. Para 2º semana e 60 unid. para 8º semana.
MRP – ITEM TRONCO
                   LEAD TIME 2 SEMANA
                           Tronco
Semana         1   2   3   4   5   6   7   8   9   10    11   12
Necessidades
Brutas
Estoque
Disponível
=12
Recebimento
Programados
Necessidades
Líquidas
Liberação de
Ordem ou
Liberação
Planejadas
                                                    36
MRP – ITEM TRONCO
                   LEAD TIME 2 SEMANA
                            Tronco
Semana         1   2    3   4    5   6   7   8    9   10       11   12
Necessidades                35                        60
Brutas
Estoque                     12                        0
Disponível
Recebimento                 0                         0
Programados
Necessidades                23                        60
Líquidas
Liberação de       23                        60
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                                          37
ESTRUTURA DE PRODUTO
               MESA




   Necessidade Liquida da Mesa é de = 35 unid. Para 5º semana e 60 unid. Para
    11º semana.
   Nós temos de Necessidade de Suporte de 35 x 8 = 280 unidades para entrega
    na semana 4º semana e 60 x 8 =480 unidades na 10º semana, porém a Lead
    Time de Processo é de 1 semana antes, ou seja, produzir na 3º semana na
    programação e 9º semana.
                                                                       38
EXERCÍCIO – MRP/MPS
                             SUPORTE
   Lead Time = 1 semana;

   Necessidade Bruta de Entrega = 280 na 4º Semana e 480 na 10º Semana;

   Estoque Disponível = 90 unidades para 4º semana;

   Recebimento Programado = 0 unidades;

   Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;
   Necessidades Líquidas para 4º Semana = 280 – 90 = 190;
   Necessidades Líquidas para 10º Semana = 480 – 0 = 480;

   Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas conforme O LEAD TIME;
                                                                        39
   Liberação de Ordens = 190 unid. Para 3º semana e 480 unid.para 9º semana.
MRP – ITEM SUPORTE
                   LEAD TIME 1 SEMANA
                           Suporte
Semana         1   2   3   4   5   6   7   8   9   10    11   12
Necessidades
Brutas
Estoque
Disponível
Recebimento
Programados
Necessidades
Líquidas
Liberação de
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                                    40
MRP – ITEM SUPORTE
                   LEAD TIME 1 SEMANA
Semana         1   2   3     4     5   6   7   8   9     10       11   12
Necessidades                 280                         480
Brutas
Estoque                      90                          0
Disponível
Recebimento                  0                           0
Programados
Necessidades                 190                         480
Líquidas
Liberação de           190                         480
Ordem ou
Liberação
Planejadas



                                                             41
EXERCÍCIO DA APOSTILA – PG20
   10.Suponhamos que queremos produzir o produto T, que consiste em
    duas peças U, três peças V e uma Y. A peça U, por sua vez é feita de uma
    peça W e duas peças X. A peça V é feita de duas peças W e duas Y.
   O plano de necessidades é de 100 u de T na semana 8.Abaixo mostramos
    a árvore de estrutura do produto T.




              Componente   LT(SEMANAS)    Est. Disponível       Rec.
                                                            Programados
                 T              1              25
                 U              2               5           5 (Sem 3)
                 V              2              15
                 W              3              30
                 X              2              20
                 Y              1              10
                                                                    42
ESTRUTURA DO PRODUTO




                       43
MRP – ITEM T
                     LEAD TIME 1 SEMANA
                  ESTOQUE DISPONÍVEL = 25
                  LIBERAÇÃO DE ORDEM = 75
Semana              1   2   3   4   5   6   7         8
Necessidades                                          100
Brutas
Estoque                                               25
Disponível = 25
Recebimento                                           0
Programados
Necessidades                                          75
Líquidas
Liberação de                                75
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                                 44
ESTRUTURA DO PRODUTO U




 NECESSIDADE DE T É DE 75 UNID;
 LEAD TIME DE T É DE 1 SEMANA;

 COMPONENTE U = 2 X 75= 150 UNID.
                                     45
LEAD TIME 2 SEMANA
       ESTOQUE DISPONÍVEL = 5 UNID.
  RECEBIMENTO PROGRAMADO = 5 UNID. NA 3º
                SEMANA
Semana           1   2   3   4   5     6   7          8
Necessidades                               150
Brutas
Estoque                                    5
Disponível = 5
Recebimento              5                 5
Programados
Necessidades                               140
Líquidas
Liberação de                     140
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                                 46
ESTRUTURA DO PRODUTO V




 NECESSIDADE DE T É DE 75 UNID;
 LEAD TIME DE T É DE 1 SEMANA;

 COMPONENTE T = 3 X 75= 225 UNID.
                                     47
MRP – ITEM V
             LEAD TIME 2 SEMANA
         ESTOQUE DISPONÍVEL = 15 UNID.
Semana            1   2   3   4   5     6   7     8
Necessidades                                225
Brutas
Estoque                                     15
Disponível = 15
Recebimento                                 0
Programados
Necessidades                                210
Líquidas
Liberação de                      210
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                             48
ESTRUTURA DO PRODUTO X




 NECESSIDADE DE U É DE 140 UNID;
 LEAD TIME DE U É DE 2 SEMANA;

 COMPONENTE U = 2 X 140 = 280 UNID. (NB)
                                            49
MRP – ITEM X
             LEAD TIME 2 SEMANA
         ESTOQUE DISPONÍVEL = 20 UNID.
Semana            1   2   3     4   5     6   7    8
Necessidades                        280
Brutas
Estoque                             20
Disponível = 20
Recebimento                         0
Programados
Necessidades                        260
Líquidas
Liberação de              260
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                              50
ESTRUTURA DO PRODUTO W




 NECESSIDADE DE V É DE 210 UNID;
 LEAD TIME DE V É DE 2 SEMANA;

 COMPONENTE W = 1 X 210 (V) + 140 (U) = 560 UNID. (NB)
                                                    51
MRP – ITEM W
             LEAD TIME 3 SEMANA
         ESTOQUE DISPONÍVEL = 30 UNID.
Semana            1   2     3   4   5     6   7    8
Necessidades                        560
Brutas
Estoque                             30
Disponível = 30
Recebimento                         0
Programados
Necessidades                        530
Líquidas
Liberação de          530
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                              52
ESTRUTURA DO PRODUTO Y




 NECESSIDADE DE Y É DE 210 UNID;
 LEAD TIME DE V É DE 1 SEMANA;

 COMPONENTE U = 75 (T) + 210 X 2 = 420
                                          53
MRP – ITEM Y
             LEAD TIME 2 SEMANA
         ESTOQUE DISPONÍVEL = 10 UNID.
Semana            1   2   3   4     5     6    7     8
Necessidades                        420        75
Brutas
Estoque                             10
Disponível = 10
Recebimento                         0
Programados
Necessidades                        410
Líquidas
Liberação de                  410         75
Ordem ou
Liberação
Planejadas

                                                54
ESTRUTURA DO
                PRODUTO
   COMPONENTE U = 2 X 75= 150 U

   COMPONENTE V = 75 X 3 = 225 U

   COMPONENTE W = 2 X 210 = 420 + 140(W)

   COMPONENTE X = 2 X 140 = 280

   COMPONENTE Y = 75 (COMPONENTE T) + 210(V) X 2




                                                    55
EXERCÍCIO PROPOSTO DE PMP
   A estrutura analítica do produto AP703, cujo TA = 1 semana, é
    dada a seguir:
   Necessita-se de 15 u do AP703 p/ a semana 6.
   Na montagem de uma unidade dele necessita-se de 3 de D e 2 de F,
    que são compradas.
   Dispõe-se de 10 u de D em estoque e nenhuma de F.
   O tempo de entrega de D é uma semana e o de F é duas semanas.
   Determine as necessidades de D e F e quando deverão ser
    solicitadas.
EXERCÍCIO PROPOSTO
RESOLUÇÃO EXERCÍCIO

                 Item D
 NB= 45 unidades;
 RP = 0;

 Estoque = 10 unidades;

 Necess.Liquid = 35 unidades;

 Lib. Ordem = 35 para 5º semana.
RESOLUÇÃO EXERCÍCIO

                  Item F
 NB= 30 unidades;
 RP = 0;

 Estoque = 0 unidades;

 Necess.Liquid = 30 unidades;

 Lib. Ordem = 30 para 3º semana.
F                        ES=   10        LOTE=    1       TA=   2
                          Comprometido
                          =              0           Estoque em mãos =    0
         Semana -->         1     2      3    4     5       6      7      8    9    10
NP-Nec. Produção
Projetada.            0     0     0      0    0     30      0      0      0    0    0
RP-Recebimentos
Previstos                   0     0      0    0     0       0      0      0    0    0
DM-Disponivel à mão   0    10     10     10   10    10     10      10     10   10   10
NL-Nec. Líquida
Produção                   10     0      0    0     30      0      0      0    0    0
PL-Produção (lotes)        10     0      0    0     30      0      0      0    0    0
Liberação da ordem    0     0     0      30   0     0       0      0      0    0    0
D                        ES=    0         LOTE=   1       TA=   1

                           Comprometido=   0          Estoque em mãos =    10

        Semana -->           1      2      3    4     5      6       7     8    9   10
NP-Nec. Produção
Projetada.            0      0      0      0    0    45      0       0     0    0   0
RP-Recebimentos
Previstos                    0      0      0    0     0      0       0     0    0   0
DM-Disponivel à mão   10    10     10      10   10    0      0       0     0    0   0
NL-Nec. Líquida
Produção                     0      0      0    0    35      0       0     0    0   0
PL-Produção (lotes)          0      0      0    0    35      0       0     0    0   0
Liberação da ordem    0      0      0      0    35    0      0       0     0    0   0

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Previsão da Demanda II
Previsão da Demanda IIPrevisão da Demanda II
Previsão da Demanda II
Mauro Enrique
 
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Estoques
Administração da Produção - Planejamento e Controle de EstoquesAdministração da Produção - Planejamento e Controle de Estoques
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Estoques
douglas
 
Lote economico - Fabio Boiani
Lote economico - Fabio BoianiLote economico - Fabio Boiani
Lote economico - Fabio Boiani
fabioboiani
 
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 
Exercícios Administração da Produção
Exercícios Administração da ProduçãoExercícios Administração da Produção
Exercícios Administração da Produção
Fernanda Paola Butarelli
 
Just in time (jit)
Just in time (jit)Just in time (jit)
Just in time (jit)
Robson Costa
 
Aula de mrp
Aula de mrpAula de mrp
Aula de mrp
Moises Ribeiro
 
Arranjos Físico
 Arranjos Físico Arranjos Físico
Arranjos Físico
Mário Lucas
 
Apresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Apresentação Armazenagem e Controle de EstoqueApresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Apresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Adélia Aparecida Da Silva Cossoniche
 
Mrp
MrpMrp
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoques
Moises Ribeiro
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
Celso Frederico Lago
 
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gerisval Pessoa
 
Arranjo físico (layout)
Arranjo físico (layout)Arranjo físico (layout)
Arranjo físico (layout)
Maritta Barbosa
 
MRP ARVORE DE PRODUTO
MRP ARVORE DE PRODUTOMRP ARVORE DE PRODUTO
MRP ARVORE DE PRODUTO
Jose Bezerra Correia
 
Pcp aula1
Pcp aula1Pcp aula1
Gestão da cadeia de abastecimento versão final
Gestão da cadeia de abastecimento versão finalGestão da cadeia de abastecimento versão final
Gestão da cadeia de abastecimento versão final
carneiro62
 
Gestão de estoques
Gestão de estoquesGestão de estoques
Gestão de estoques
Mauro Enrique
 
Gestão da produção aula 01
Gestão da produção   aula 01Gestão da produção   aula 01
Gestão da produção aula 01
Mauricio de Castro
 
Sistemas de producao
Sistemas de producaoSistemas de producao
Sistemas de producao
Hélio Diniz
 

Mais procurados (20)

Previsão da Demanda II
Previsão da Demanda IIPrevisão da Demanda II
Previsão da Demanda II
 
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Estoques
Administração da Produção - Planejamento e Controle de EstoquesAdministração da Produção - Planejamento e Controle de Estoques
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Estoques
 
Lote economico - Fabio Boiani
Lote economico - Fabio BoianiLote economico - Fabio Boiani
Lote economico - Fabio Boiani
 
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
 
Exercícios Administração da Produção
Exercícios Administração da ProduçãoExercícios Administração da Produção
Exercícios Administração da Produção
 
Just in time (jit)
Just in time (jit)Just in time (jit)
Just in time (jit)
 
Aula de mrp
Aula de mrpAula de mrp
Aula de mrp
 
Arranjos Físico
 Arranjos Físico Arranjos Físico
Arranjos Físico
 
Apresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Apresentação Armazenagem e Controle de EstoqueApresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Apresentação Armazenagem e Controle de Estoque
 
Mrp
MrpMrp
Mrp
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoques
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
 
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
 
Arranjo físico (layout)
Arranjo físico (layout)Arranjo físico (layout)
Arranjo físico (layout)
 
MRP ARVORE DE PRODUTO
MRP ARVORE DE PRODUTOMRP ARVORE DE PRODUTO
MRP ARVORE DE PRODUTO
 
Pcp aula1
Pcp aula1Pcp aula1
Pcp aula1
 
Gestão da cadeia de abastecimento versão final
Gestão da cadeia de abastecimento versão finalGestão da cadeia de abastecimento versão final
Gestão da cadeia de abastecimento versão final
 
Gestão de estoques
Gestão de estoquesGestão de estoques
Gestão de estoques
 
Gestão da produção aula 01
Gestão da produção   aula 01Gestão da produção   aula 01
Gestão da produção aula 01
 
Sistemas de producao
Sistemas de producaoSistemas de producao
Sistemas de producao
 

Mais de Moises Ribeiro

Questões multipla escolha segmentação
Questões multipla escolha segmentaçãoQuestões multipla escolha segmentação
Questões multipla escolha segmentação
Moises Ribeiro
 
Questões multipla escolha diferenciação
Questões multipla escolha  diferenciaçãoQuestões multipla escolha  diferenciação
Questões multipla escolha diferenciação
Moises Ribeiro
 
Questões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado globalQuestões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado global
Moises Ribeiro
 
W m s
W m sW m s
Trabalho wms
Trabalho wmsTrabalho wms
Trabalho wms
Moises Ribeiro
 
Aula 6 gestão de marketing
Aula 6 gestão de marketingAula 6 gestão de marketing
Aula 6 gestão de marketing
Moises Ribeiro
 
Questionário de quinta
Questionário de quintaQuestionário de quinta
Questionário de quinta
Moises Ribeiro
 
Lean manufacturing slides
Lean manufacturing slidesLean manufacturing slides
Lean manufacturing slides
Moises Ribeiro
 
Questionário de quinta
Questionário de quintaQuestionário de quinta
Questionário de quinta
Moises Ribeiro
 
Questionário josé roberto
Questionário josé robertoQuestionário josé roberto
Questionário josé roberto
Moises Ribeiro
 
Localização industrial slide
Localização industrial slideLocalização industrial slide
Localização industrial slide
Moises Ribeiro
 
Trabalho jit odirlei
Trabalho jit   odirleiTrabalho jit   odirlei
Trabalho jit odirlei
Moises Ribeiro
 
Kaizen
KaizenKaizen
Trabalho final kaizen~ (1)
Trabalho final kaizen~ (1)Trabalho final kaizen~ (1)
Trabalho final kaizen~ (1)
Moises Ribeiro
 
Kaizen
KaizenKaizen
Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5
Moises Ribeiro
 
Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5
Moises Ribeiro
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortização
Moises Ribeiro
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortização
Moises Ribeiro
 
Modalizadores gqm 26_04
Modalizadores gqm 26_04Modalizadores gqm 26_04
Modalizadores gqm 26_04
Moises Ribeiro
 

Mais de Moises Ribeiro (20)

Questões multipla escolha segmentação
Questões multipla escolha segmentaçãoQuestões multipla escolha segmentação
Questões multipla escolha segmentação
 
Questões multipla escolha diferenciação
Questões multipla escolha  diferenciaçãoQuestões multipla escolha  diferenciação
Questões multipla escolha diferenciação
 
Questões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado globalQuestões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado global
 
W m s
W m sW m s
W m s
 
Trabalho wms
Trabalho wmsTrabalho wms
Trabalho wms
 
Aula 6 gestão de marketing
Aula 6 gestão de marketingAula 6 gestão de marketing
Aula 6 gestão de marketing
 
Questionário de quinta
Questionário de quintaQuestionário de quinta
Questionário de quinta
 
Lean manufacturing slides
Lean manufacturing slidesLean manufacturing slides
Lean manufacturing slides
 
Questionário de quinta
Questionário de quintaQuestionário de quinta
Questionário de quinta
 
Questionário josé roberto
Questionário josé robertoQuestionário josé roberto
Questionário josé roberto
 
Localização industrial slide
Localização industrial slideLocalização industrial slide
Localização industrial slide
 
Trabalho jit odirlei
Trabalho jit   odirleiTrabalho jit   odirlei
Trabalho jit odirlei
 
Kaizen
KaizenKaizen
Kaizen
 
Trabalho final kaizen~ (1)
Trabalho final kaizen~ (1)Trabalho final kaizen~ (1)
Trabalho final kaizen~ (1)
 
Kaizen
KaizenKaizen
Kaizen
 
Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5
 
Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5Prod textos atividade_gestao_10_5
Prod textos atividade_gestao_10_5
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortização
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortização
 
Modalizadores gqm 26_04
Modalizadores gqm 26_04Modalizadores gqm 26_04
Modalizadores gqm 26_04
 

2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)

  • 1. MRP / MRP II  MRP = Material Requirement Planning (planejamento das necessidades de materiais);  Surgiu da necessidade de se planejar o atendimento da demanda dependente (que decorre da independente); Lista de material é a espinha dorsal de MRP ;  MRP II = Manufacturing Resources Planning (planejamento dos recursos de manufatura);  ERP = Enterprise Resource Planning (planejamento dos recursos da empresa) 1
  • 2. •Plano Mestre; •Estoques de materiais; •Necessidades •Estoques de Componentes de Compras Dependentes; MRP •Ordens de •Lista de materiais; •Restrições de mão-de-obra; Compra •Disponibilidade de •Ordens de Equipamentos; produção •Lead times. 2
  • 3. EXPLOSÃO DE MATERIAIS BOM = BILL OF MATERIALS “Esta lista de materiais contem a descrição completa do produto,listando não só os materiais,partes e componentes, mas também a sequencias nas quais o produto é criado” (Moreira, 1998)
  • 7. EXPLOSÃO DE MATERIAIS BOM = BILL OF MATERIALS
  • 8. EXERCÍCIO - ESTRUTURA  Um brinquedo consiste na montagem de quatro componentes como mostrado na seguinte árvore do produto:  Conforme uma previsão de Vendas para próximo mês temos a necessidade de produzir 400 unidades de Brinquedo, determine quantas unidades de cada componente são necessárias. 8
  • 9. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO  1 Brinquedo = 1 A = 400 x 1 = 400 unidades;  1 Brinquedo = 2 B = 400 x 2 = 800 unidades;  1 Brinquedo = 1 C = 400 x 1 = 400 unidades;  1 Brinquedo = 1 D = 400 x 4 = 1.600 unidades. 9
  • 10. EXERCÍCIO - ESTRUTURA Nível Zero Nível 1 Nível 2 Nível 3  Um produto P consiste na montagem de quatro componentes com mostra a figura acima conforme árvore do produto:  Conforme uma previsão de Vendas para próximo mês temos a necessidade de produzir 200 unidades do produto P, determine 10 quantas unidades de cada componente são necessárias.
  • 11. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO  1 P = 2 A = 200 x 2 = 400 unidades;  1 P = 1 B = 200 x 1 = 200 unidades;  1 P = 1 C = 200 x 3 = 600 unidades. Para os subconjunto do Nível 2 temos apenas D:  Componente A = 400 X 1 D = 400 unidades. Para os subconjunto E, F, G e H.  1 A = 1 E = 400 unidades de E;  1 D = 4 F temos 400 unidades de D corresponde 400 x 4 = 1.600 unidades de F;  1 B = 3 F temos 200 unidades de B corresponde 200 x 3 = 600 unidade de F;  F = 1.600 + 600 = 2.200 unidades de F;  1 B = 1 H = 200 unidades de H;  1 C = 2 G temos 600 unidades de C corresponde 600 x 2 = 1.200 11 unidades de G.
  • 12. EXERCÍCIO  Dada a árvore de estrutura do produto P, determinar quantas unidades de cada subconjunto e de cada item são necessários para atender a uma demanda de 600 unidades para o produto P. 12
  • 13. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO  A = 1.200;  B = 1.800;  X = 1.200;  C = 6.000;  D = 6.000;  F = 3.600;  G= 4.800;  H = 9.600;  I = 14.400. 13
  • 14. EXERCÍCIO O produto M é feito de duas unidades de N e três de P. N é feito de uma unidade de S e três unidades de T. P é feito de duas unidades de T e quatro de U. a.Mostre a árvore de estrutura do produto; b.Após um pedido de 100 unidade de M, quantas unidades de cada componente são necessárias? c.Mostre uma lista de material em nível único e uma 14 lista de material escalonada.
  • 15. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO ITEM A:ESTRUTURA DO PRODUTO 15
  • 16. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO ITEM B:ESTRUTURA DO PRODUTO M = 100;  N = 200;  P = 300;  T = 600 + 600 = 1.200;  U = 1.200. 16
  • 17. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO C:ESTRUTURA DO PRODUTO BOM em nível único  BOM em nível escalonado  M N  M N P S T  N T S P T U  P T U 17
  • 18. RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIOS  (Riztman)Refira-se à lista de materiais para item A na Figura 1.  Caso não haja estoque disponível, quantas unidades de G, E e D precisam ser adquiridas para produzir cinco unidades do item final A? PE=1 PE=2 PE=3 PE=3 PE=1 PE=3 PE=6 PE=3 18
  • 19. LISTA DE MATERIAIS EXERCÍCIOS  Seja o produto A composto das submontagens B e C. A submontagem B, por sua vez, é produzida a partir dos componentes D e E.  A submontagem C é produzida a partir dos componentes F e E.  Suponhamos que a empresa fabricante do produto A receba uma encomenda de 5.000 unidades, sendo: 19
  • 20. LISTA DE MATERIAIS EXERCÍCIOS  Quantas quantidades de cada item necessitaremos?  Mostre uma lista de material em nível único e uma lista de material escalonada. 20
  • 21. LISTA DE MATERIAIS EXERCÍCIOS Portanto, necessitaremos de: 10.000 unidades da submontagem B; 5.000 unidades da submontagem C; 20.000 unidades do componente D; 15.000 unidades do componente F; 20.000 unidades do componente E(10.000+10.000). 21
  • 22. MRP A dinâmica de processamento no MRP parte da quantidade desejada (Previsão de Vendas , Pedidos firmados ou Demanda)de um produto final numa data especificada. A programação fornecida pelo MRP geralmente traz as seguintes informações, item por item:  Um Escala de tempos, geralmente semanal;  A identificação do item;  As Necessidades Brutas e suas datas;  O Estoque Disponível;  Os Recebimentos Programados e suas datas;  As Necessidades Líquidas e suas datas;  As datas e quantidades de cada Liberação de Ordem. 22
  • 23. DINÂMICA DE PROCESSAMENTO DO MRP Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades Brutas Estoque Disponível Recebimento Programados Necessidades Líquidas Liberação de Ordem ou Liberação Planejadas 23
  • 24. DINÂMICA DE PROCESSAMENTO DO MRP  NB(Necessidades Brutas) = São a demanda total originária de todos os planos de produção dos produtos acabados;  RP(Recebimentos programados) = São os pedidos que foram colocados mas ainda não foram terminados;  Estoque Disponível = É uma quantidade de estoque disponível a cada semana;  RPL (Recebimento Planejado) = Planejar o recebimento de novos pedidos evitará que o saldo disponível projetado fique negativo;  LP (Liberação de Pedido) = Indica quando um pedido para uma quantidade específica de um item deve ser emitido. 24
  • 25. EXEMPLO - MRP  Para uma mesa de cozinha, é conhecida a demanda (Necessidades Brutas) para as próximas 12 semanas, que é de 100 unidades, prevendo-se uma entrega de 40 unidades ao início da Semana 5 e outra de 60 unidades ao início da Semana 11, segundo a tabela abaixo: Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades Brutas 40 60 25
  • 26. EXERCÍCIO – MRP/MPS  A mesa é composta por um tampo, um tronco e oito suportes idênticos; quatro dos suportes acoplam-se à parte superior do tronco para que o tampo se ajuste, enquanto dos suportes acoplam-se à parte inferior, para o devido apoio da mesa no solo. Item Estoque Lead Time Processo Mesa 5 1 Tampo 15 1 Tronco 12 2 Suporte 90 1 26 Realizar o MRP para cada um dos itens: Mesa, Tampo, Tronco e Suporte
  • 27. EXERCÍCIO – MRP/MPS MESA Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades Brutas Estoque Disponível Recebimento Programados Necessidades Líquidas Liberação de Ordem ou Liberação Planejadas 27
  • 28. EXERCÍCIO – MRP/MPS MESA  Lead Time = 1 semana;  Necessidade Bruta de Entrega = 40 na 5º Semana e 60 na 11º Semana;  Estoque Disponível = 5 unidades;  Recebimento Programado = 0 unidades;  Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;  Necessidades Líquidas para 5º Semana = 40 – 5 = 35;  Necessidades Líquidas para 11º Semana = 60 – 0 =60;  Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas com PRAZO DO LEAD 28 TIME;  Liberação de Ordens = 35 unid. para 4º semana e 60 unid. para 10º semana.
  • 29. MRP – ITEM MESA LEAD TIME 1 SEMANA Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades 40 60 Brutas Estoque 5 0 Disponível Recebimento 0 0 Programados Necessidades 35 60 Líquidas Liberação de 35 60 Ordem ou Liberação Planejadas 29
  • 30. ESTRUTURA DE PRODUTO MESA  Necessidade Liquida da Mesa é de = 35 unid. Para 5º semana e 60 unid. Para 11º semana.  Nós temos de Necessidade de Tampo de 35 unidades para entrega na semana 4º semana e 60 unidades na 10º semana, porém a Lead Time de Processo é de 1 semana antes, ou seja, produzir na 3º semana na programação e 9º semana. 30
  • 31. EXERCÍCIO – MRP/MPS TAMPO  Lead Time = 1 semana;  Necessidade Bruta de Entrega = 35 na 4º Semana e 60 na 10º Semana;  Estoque Disponível = 15 unidades para 4º semana;  Recebimento Programado = 0 unidades;  Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;  Necessidades Líquidas para 4º Semana = 35 – 15 = 20;  Necessidades Líquidas para 10º Semana = 60 – 0 =60;  Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas com PRAZO DO LEAD 31 TIME;  Liberação de Ordens = 20 unid. Para 3º semana e 60 unid. para 9º semana.
  • 32. MRP – ITEM TAMPO LEAD TIME 1 SEMANA Tampo Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades Brutas Estoque Disponível Recebimento Programados Necessidades Líquidas Liberação de Ordem ou Liberação Planejadas 32
  • 33. MRP – ITEM TAMPO LEAD TIME 1 SEMANA Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades 35 60 Brutas Estoque 15 0 Disponível Recebimento 0 0 Programados Necessidades 20 60 Líquidas Liberação de 20 60 Ordem ou Liberação Planejadas 33
  • 34. ESTRUTURA DE PRODUTO MESA  Necessidade Liquida da Mesa é de = 35 unid. Para 5º semana e 60 unid. Para 11º semana.  Nós temos de Necessidade de Tronco de 35 unidades para entrega na semana 4º semana e 60 unidades na 10º semana, porém a Lead Time de Processo é de 2 semana antes, ou seja, produzir na 2º semana na programação e 8º semana. 34
  • 35. EXERCÍCIO – MRP/MPS TRONCO  Lead Time = 2 semana;  Necessidade Bruta de Entrega = 35 na 4º Semana e 60 na 10º Semana;  Estoque Disponível = 12 unidades para 4º semana;  Recebimento Programado = 0 unidades;  Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;  Necessidades Líquidas para 4º Semana = 35 – 12 = 23;  Necessidades Líquidas para 10º Semana = 60 – 0 =60;  Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas conforme O LEAD TIME; 35  Liberação de Ordens = 23 unid. Para 2º semana e 60 unid. para 8º semana.
  • 36. MRP – ITEM TRONCO LEAD TIME 2 SEMANA Tronco Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades Brutas Estoque Disponível =12 Recebimento Programados Necessidades Líquidas Liberação de Ordem ou Liberação Planejadas 36
  • 37. MRP – ITEM TRONCO LEAD TIME 2 SEMANA Tronco Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades 35 60 Brutas Estoque 12 0 Disponível Recebimento 0 0 Programados Necessidades 23 60 Líquidas Liberação de 23 60 Ordem ou Liberação Planejadas 37
  • 38. ESTRUTURA DE PRODUTO MESA  Necessidade Liquida da Mesa é de = 35 unid. Para 5º semana e 60 unid. Para 11º semana.  Nós temos de Necessidade de Suporte de 35 x 8 = 280 unidades para entrega na semana 4º semana e 60 x 8 =480 unidades na 10º semana, porém a Lead Time de Processo é de 1 semana antes, ou seja, produzir na 3º semana na programação e 9º semana. 38
  • 39. EXERCÍCIO – MRP/MPS SUPORTE  Lead Time = 1 semana;  Necessidade Bruta de Entrega = 280 na 4º Semana e 480 na 10º Semana;  Estoque Disponível = 90 unidades para 4º semana;  Recebimento Programado = 0 unidades;  Necessidades Liquidas = Necessidade Bruta – Estoque Disponível;  Necessidades Líquidas para 4º Semana = 280 – 90 = 190;  Necessidades Líquidas para 10º Semana = 480 – 0 = 480;  Liberação de Ordens=São as Necessidades Liquidas conforme O LEAD TIME; 39  Liberação de Ordens = 190 unid. Para 3º semana e 480 unid.para 9º semana.
  • 40. MRP – ITEM SUPORTE LEAD TIME 1 SEMANA Suporte Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades Brutas Estoque Disponível Recebimento Programados Necessidades Líquidas Liberação de Ordem ou Liberação Planejadas 40
  • 41. MRP – ITEM SUPORTE LEAD TIME 1 SEMANA Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Necessidades 280 480 Brutas Estoque 90 0 Disponível Recebimento 0 0 Programados Necessidades 190 480 Líquidas Liberação de 190 480 Ordem ou Liberação Planejadas 41
  • 42. EXERCÍCIO DA APOSTILA – PG20  10.Suponhamos que queremos produzir o produto T, que consiste em duas peças U, três peças V e uma Y. A peça U, por sua vez é feita de uma peça W e duas peças X. A peça V é feita de duas peças W e duas Y.  O plano de necessidades é de 100 u de T na semana 8.Abaixo mostramos a árvore de estrutura do produto T. Componente LT(SEMANAS) Est. Disponível Rec. Programados T 1 25 U 2 5 5 (Sem 3) V 2 15 W 3 30 X 2 20 Y 1 10 42
  • 44. MRP – ITEM T LEAD TIME 1 SEMANA ESTOQUE DISPONÍVEL = 25 LIBERAÇÃO DE ORDEM = 75 Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 Necessidades 100 Brutas Estoque 25 Disponível = 25 Recebimento 0 Programados Necessidades 75 Líquidas Liberação de 75 Ordem ou Liberação Planejadas 44
  • 45. ESTRUTURA DO PRODUTO U  NECESSIDADE DE T É DE 75 UNID;  LEAD TIME DE T É DE 1 SEMANA;  COMPONENTE U = 2 X 75= 150 UNID. 45
  • 46. LEAD TIME 2 SEMANA ESTOQUE DISPONÍVEL = 5 UNID. RECEBIMENTO PROGRAMADO = 5 UNID. NA 3º SEMANA Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 Necessidades 150 Brutas Estoque 5 Disponível = 5 Recebimento 5 5 Programados Necessidades 140 Líquidas Liberação de 140 Ordem ou Liberação Planejadas 46
  • 47. ESTRUTURA DO PRODUTO V  NECESSIDADE DE T É DE 75 UNID;  LEAD TIME DE T É DE 1 SEMANA;  COMPONENTE T = 3 X 75= 225 UNID. 47
  • 48. MRP – ITEM V LEAD TIME 2 SEMANA ESTOQUE DISPONÍVEL = 15 UNID. Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 Necessidades 225 Brutas Estoque 15 Disponível = 15 Recebimento 0 Programados Necessidades 210 Líquidas Liberação de 210 Ordem ou Liberação Planejadas 48
  • 49. ESTRUTURA DO PRODUTO X  NECESSIDADE DE U É DE 140 UNID;  LEAD TIME DE U É DE 2 SEMANA;  COMPONENTE U = 2 X 140 = 280 UNID. (NB) 49
  • 50. MRP – ITEM X LEAD TIME 2 SEMANA ESTOQUE DISPONÍVEL = 20 UNID. Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 Necessidades 280 Brutas Estoque 20 Disponível = 20 Recebimento 0 Programados Necessidades 260 Líquidas Liberação de 260 Ordem ou Liberação Planejadas 50
  • 51. ESTRUTURA DO PRODUTO W  NECESSIDADE DE V É DE 210 UNID;  LEAD TIME DE V É DE 2 SEMANA;  COMPONENTE W = 1 X 210 (V) + 140 (U) = 560 UNID. (NB) 51
  • 52. MRP – ITEM W LEAD TIME 3 SEMANA ESTOQUE DISPONÍVEL = 30 UNID. Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 Necessidades 560 Brutas Estoque 30 Disponível = 30 Recebimento 0 Programados Necessidades 530 Líquidas Liberação de 530 Ordem ou Liberação Planejadas 52
  • 53. ESTRUTURA DO PRODUTO Y  NECESSIDADE DE Y É DE 210 UNID;  LEAD TIME DE V É DE 1 SEMANA;  COMPONENTE U = 75 (T) + 210 X 2 = 420 53
  • 54. MRP – ITEM Y LEAD TIME 2 SEMANA ESTOQUE DISPONÍVEL = 10 UNID. Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 Necessidades 420 75 Brutas Estoque 10 Disponível = 10 Recebimento 0 Programados Necessidades 410 Líquidas Liberação de 410 75 Ordem ou Liberação Planejadas 54
  • 55. ESTRUTURA DO PRODUTO  COMPONENTE U = 2 X 75= 150 U  COMPONENTE V = 75 X 3 = 225 U  COMPONENTE W = 2 X 210 = 420 + 140(W)  COMPONENTE X = 2 X 140 = 280  COMPONENTE Y = 75 (COMPONENTE T) + 210(V) X 2 55
  • 56. EXERCÍCIO PROPOSTO DE PMP  A estrutura analítica do produto AP703, cujo TA = 1 semana, é dada a seguir:  Necessita-se de 15 u do AP703 p/ a semana 6.  Na montagem de uma unidade dele necessita-se de 3 de D e 2 de F, que são compradas.  Dispõe-se de 10 u de D em estoque e nenhuma de F.  O tempo de entrega de D é uma semana e o de F é duas semanas.  Determine as necessidades de D e F e quando deverão ser solicitadas.
  • 58. RESOLUÇÃO EXERCÍCIO Item D  NB= 45 unidades;  RP = 0;  Estoque = 10 unidades;  Necess.Liquid = 35 unidades;  Lib. Ordem = 35 para 5º semana.
  • 59. RESOLUÇÃO EXERCÍCIO Item F  NB= 30 unidades;  RP = 0;  Estoque = 0 unidades;  Necess.Liquid = 30 unidades;  Lib. Ordem = 30 para 3º semana.
  • 60. F ES= 10 LOTE= 1 TA= 2 Comprometido = 0 Estoque em mãos = 0 Semana --> 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 NP-Nec. Produção Projetada. 0 0 0 0 0 30 0 0 0 0 0 RP-Recebimentos Previstos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 DM-Disponivel à mão 0 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 NL-Nec. Líquida Produção 10 0 0 0 30 0 0 0 0 0 PL-Produção (lotes) 10 0 0 0 30 0 0 0 0 0 Liberação da ordem 0 0 0 30 0 0 0 0 0 0 0
  • 61. D ES= 0 LOTE= 1 TA= 1 Comprometido= 0 Estoque em mãos = 10 Semana --> 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 NP-Nec. Produção Projetada. 0 0 0 0 0 45 0 0 0 0 0 RP-Recebimentos Previstos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 DM-Disponivel à mão 10 10 10 10 10 0 0 0 0 0 0 NL-Nec. Líquida Produção 0 0 0 0 35 0 0 0 0 0 PL-Produção (lotes) 0 0 0 0 35 0 0 0 0 0 Liberação da ordem 0 0 0 0 35 0 0 0 0 0 0