SlideShare uma empresa Scribd logo
2º ANO -ILUMINISMO: A LUZ DA RAZÃO!
Experimento com um Pássaro numa Bomba de Ar, de Joseph
Wright of Derby. 1768
ILUMINISMO
• Racionalismo Séc. XVII
– René Descartes = Penso Logo Existo
– John Locke = Contrato/Constituição
– Isaac Newton = Leis que Regem Universo
/Estado
• Século XVIII = Século das Luzes
– Iluminismo / Esclarecimento
• Criticavam:
– Antigo Regime = Absolutismo (política), Mercantilismo (Economia),
Sociedade = Estamental e Forte Influencia Religiosa (Igreja Católica).
• A Burguesia apoiava o Iluminismo!
– Tinha poder econômico mas almejavam ascensão social e poder
político.
Principais Pensadores Iluministas:
• Voltaire (1694-1778) Francês
“Não concordo com nada do que dizeis,
mas defenderei até a morte o vosso
direito de dizê-lo”.
Afirmava que todos os homens são
dotados pela natureza do direito à
Liberdade, à propriedade e à proteção às
leis.
• Montesquieu (1684-1755) Francês
"Só o poder limita o poder.“
Livro “O Espírito das Leis” (1748) /
Teoria da separação dos três poderes
em executivo, legislativo e judiciário.
• Jean Jaques Rousseau (1712-1778)
Suíço
– "O homem é bom por natureza. É a
sociedade que o corrompe.“
– Obra principal, “Contrato Social” (1762).
– O poder soberano seria o próprio povo.
• Denis Diderot (1713-1784) Francês
• Jean D´Alembert (1717-1783)Francês
– “Os homens só serão realmente livres
quando o último rei for enforcado nas
tripas do último padre” (Diderot)
– Enciclopédia = veículo de divulgação das
ideias iluministas. Pretendia, reunir todos
os conhecimentos filosóficos e científicos
da época.
Diderot
D´Alembert
Déspotas Esclarecidos
ou
Soberanos Esclarecidos.
– Reis que realizavam
reformas de cunho
iluminista para
preservar as
monarquias
absolutistas.
Frederico II/Prússia Catarina II/Rússia José II/Áustria. Marquês de Pombal
/Portuga
Frederico II: foi o principal déspota esclarecido prussiano onde reformou o sistema
penal, aboliu as torturas praticadas por seu pai, fundou escolas promovendo a
educação, incentivou a produção cultural comercial e manufatureira, decretou a
tolerância religiosa. Considerando o despotismo um momento onde se aprofundava a
ruptura da tradição medieval, típicas do Antigo Regime para uma forma de governar
eficiente mas sem abandonar os fatores absolutistas das monarquias.
Catarina II: estrangeira da Prússia assumiu a Rússia e construiu escolas, hospitais,
reformou e modernizou cidades, racionalizou a administração pública e limitou a ação
da igreja.
José II: imperador da Germânia aboliu a servidão e a tortura, secularizou seus bens,
fundou escolas, hospitais e asilos, concedeu liberdade de culto a toda crença religiosa,
criou impostos para o clero e a nobreza, limitou feriados e peregrinações, tornou a
língua alemã como obrigatória.
Marquês de Pombal: conde português que iniciou reformas administrativas econômicas
e sociais desenvolveu o comércio colonial, isentou impostos para exportações, fundou o
banco real, expulsou os jesuítas de Portugal, modernizou o exército.
Teorias Econômicas:
– Liberalismo Econômico / Inglaterra
• Adam Smith / Livro: A Riqueza das Nações
(1776)
• Livre concorrência, Não intervenção do
Estado na Economia, Trabalho como única
fonte de riqueza
– Fisiocratas / França
• Jaques Tourgot / François Quesnay
• A Terra como única fonte de riqueza.
• “Deixai Fazer, Deixai passar”. Quesnay
Tourgot
@danielbronstrup

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Estado Moderno
O Estado ModernoO Estado Moderno
O Estado Moderno
Aulas de História
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
Edenilson Morais
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Portal do Vestibulando
 
Estado moderno
Estado modernoEstado moderno
Estado moderno
Alê Maldonado
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
edna2
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
Isabel Aguiar
 
Liberalismo
LiberalismoLiberalismo
Liberalismo
cattonia
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
Douglas Barraqui
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
Dênis Ribas
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
Vagner Roberto
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
Daniel Alves Bronstrup
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
Edenilson Morais
 
Cidadania e democracia
Cidadania e democraciaCidadania e democracia
Cidadania e democracia
Lucas Justino
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
harlissoncarvalho
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
harlissoncarvalho
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Paulo Alexandre
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
Edenilson Morais
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Edenilson Morais
 

Mais procurados (20)

O Estado Moderno
O Estado ModernoO Estado Moderno
O Estado Moderno
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Estado moderno
Estado modernoEstado moderno
Estado moderno
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 
Liberalismo
LiberalismoLiberalismo
Liberalismo
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
 
Cidadania e democracia
Cidadania e democraciaCidadania e democracia
Cidadania e democracia
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 

Semelhante a 2º ano - iluminismo

3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
Daniel Alves Bronstrup
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
Foz
 
Iluminismos
IluminismosIluminismos
Iluminismos
REYSDS
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Janayna Lira
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Alessandra Pereira
 
Seculo xviii iluminismo
Seculo xviii iluminismoSeculo xviii iluminismo
Seculo xviii iluminismo
Teresa Maia
 
Iluminismo e revoluções inglesas
Iluminismo e revoluções inglesasIluminismo e revoluções inglesas
Iluminismo e revoluções inglesas
Ócio do Ofício
 
Ideias revolucionárias ilumismo
Ideias revolucionárias   ilumismoIdeias revolucionárias   ilumismo
Ideias revolucionárias ilumismo
Luise Moura
 
Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2
Jorge Basílio
 
Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2
Jorge Basílio
 
Os reis filósofos
Os reis filósofosOs reis filósofos
Os reis filósofos
MicroHistoryItalian
 
ILUMINISMO
ILUMINISMOILUMINISMO
ILUMINISMO
Nívia Sales
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
Laerciolns12
 
Revolução francesa 2013
Revolução francesa 2013Revolução francesa 2013
Revolução francesa 2013
Isabel Aguiar
 
3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
Daniel Alves Bronstrup
 
História 8º ano aula 2
História 8º ano   aula 2História 8º ano   aula 2
História 8º ano aula 2
Eloy Souza
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
eduardodemiranda
 
Resumo o iluminismo
Resumo   o iluminismoResumo   o iluminismo
Resumo o iluminismo
Claudenilson da Silva
 
Capitulo 10
Capitulo 10Capitulo 10
Capitulo 10
Lídia Barreto
 
2 iluminismo e despotismo
2   iluminismo e despotismo2   iluminismo e despotismo
2 iluminismo e despotismo
Marilia Pimentel
 

Semelhante a 2º ano - iluminismo (20)

3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
Iluminismos
IluminismosIluminismos
Iluminismos
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Seculo xviii iluminismo
Seculo xviii iluminismoSeculo xviii iluminismo
Seculo xviii iluminismo
 
Iluminismo e revoluções inglesas
Iluminismo e revoluções inglesasIluminismo e revoluções inglesas
Iluminismo e revoluções inglesas
 
Ideias revolucionárias ilumismo
Ideias revolucionárias   ilumismoIdeias revolucionárias   ilumismo
Ideias revolucionárias ilumismo
 
Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2
 
Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2Formação dos estados nacionais 2
Formação dos estados nacionais 2
 
Os reis filósofos
Os reis filósofosOs reis filósofos
Os reis filósofos
 
ILUMINISMO
ILUMINISMOILUMINISMO
ILUMINISMO
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
 
Revolução francesa 2013
Revolução francesa 2013Revolução francesa 2013
Revolução francesa 2013
 
3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão - Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
 
História 8º ano aula 2
História 8º ano   aula 2História 8º ano   aula 2
História 8º ano aula 2
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
 
Resumo o iluminismo
Resumo   o iluminismoResumo   o iluminismo
Resumo o iluminismo
 
Capitulo 10
Capitulo 10Capitulo 10
Capitulo 10
 
2 iluminismo e despotismo
2   iluminismo e despotismo2   iluminismo e despotismo
2 iluminismo e despotismo
 

Mais de Daniel Alves Bronstrup

Idade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptxIdade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptx
Daniel Alves Bronstrup
 
2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado
Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
Daniel Alves Bronstrup
 
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
Daniel Alves Bronstrup
 
2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas
Daniel Alves Bronstrup
 
2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa
Daniel Alves Bronstrup
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
Daniel Alves Bronstrup
 
2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira
Daniel Alves Bronstrup
 
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Daniel Alves Bronstrup
 
1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia
Daniel Alves Bronstrup
 
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
Resumão do 3ão -  Alta Idade MédiaResumão do 3ão -  Alta Idade Média
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
Daniel Alves Bronstrup
 
3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado
Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
Daniel Alves Bronstrup
 
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
Daniel Alves Bronstrup
 
3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial
Daniel Alves Bronstrup
 
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
Daniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
Daniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana 3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana
Daniel Alves Bronstrup
 
3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega
3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega
3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega
Daniel Alves Bronstrup
 
3ão - aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia
3ão -  aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia3ão -  aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia
3ão - aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia
Daniel Alves Bronstrup
 

Mais de Daniel Alves Bronstrup (20)

Idade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptxIdade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptx
 
2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
 
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
 
2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas
 
2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
 
2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira
 
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
 
1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia
 
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
Resumão do 3ão -  Alta Idade MédiaResumão do 3ão -  Alta Idade Média
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
 
3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado
 
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
 
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
 
3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial
 
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
 
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
 
3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana 3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana
 
3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega
3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega
3ão - aulas 2 e 3 - 1A - Civilização Grega
 
3ão - aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia
3ão -  aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia3ão -  aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia
3ão - aulas 1 e 2 - 1 C - Brasil Colônia
 

Último

Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 

2º ano - iluminismo

  • 1. 2º ANO -ILUMINISMO: A LUZ DA RAZÃO! Experimento com um Pássaro numa Bomba de Ar, de Joseph Wright of Derby. 1768
  • 2. ILUMINISMO • Racionalismo Séc. XVII – René Descartes = Penso Logo Existo – John Locke = Contrato/Constituição – Isaac Newton = Leis que Regem Universo /Estado • Século XVIII = Século das Luzes – Iluminismo / Esclarecimento • Criticavam: – Antigo Regime = Absolutismo (política), Mercantilismo (Economia), Sociedade = Estamental e Forte Influencia Religiosa (Igreja Católica). • A Burguesia apoiava o Iluminismo! – Tinha poder econômico mas almejavam ascensão social e poder político.
  • 3. Principais Pensadores Iluministas: • Voltaire (1694-1778) Francês “Não concordo com nada do que dizeis, mas defenderei até a morte o vosso direito de dizê-lo”. Afirmava que todos os homens são dotados pela natureza do direito à Liberdade, à propriedade e à proteção às leis. • Montesquieu (1684-1755) Francês "Só o poder limita o poder.“ Livro “O Espírito das Leis” (1748) / Teoria da separação dos três poderes em executivo, legislativo e judiciário.
  • 4. • Jean Jaques Rousseau (1712-1778) Suíço – "O homem é bom por natureza. É a sociedade que o corrompe.“ – Obra principal, “Contrato Social” (1762). – O poder soberano seria o próprio povo. • Denis Diderot (1713-1784) Francês • Jean D´Alembert (1717-1783)Francês – “Os homens só serão realmente livres quando o último rei for enforcado nas tripas do último padre” (Diderot) – Enciclopédia = veículo de divulgação das ideias iluministas. Pretendia, reunir todos os conhecimentos filosóficos e científicos da época. Diderot D´Alembert
  • 5. Déspotas Esclarecidos ou Soberanos Esclarecidos. – Reis que realizavam reformas de cunho iluminista para preservar as monarquias absolutistas. Frederico II/Prússia Catarina II/Rússia José II/Áustria. Marquês de Pombal /Portuga
  • 6. Frederico II: foi o principal déspota esclarecido prussiano onde reformou o sistema penal, aboliu as torturas praticadas por seu pai, fundou escolas promovendo a educação, incentivou a produção cultural comercial e manufatureira, decretou a tolerância religiosa. Considerando o despotismo um momento onde se aprofundava a ruptura da tradição medieval, típicas do Antigo Regime para uma forma de governar eficiente mas sem abandonar os fatores absolutistas das monarquias. Catarina II: estrangeira da Prússia assumiu a Rússia e construiu escolas, hospitais, reformou e modernizou cidades, racionalizou a administração pública e limitou a ação da igreja. José II: imperador da Germânia aboliu a servidão e a tortura, secularizou seus bens, fundou escolas, hospitais e asilos, concedeu liberdade de culto a toda crença religiosa, criou impostos para o clero e a nobreza, limitou feriados e peregrinações, tornou a língua alemã como obrigatória. Marquês de Pombal: conde português que iniciou reformas administrativas econômicas e sociais desenvolveu o comércio colonial, isentou impostos para exportações, fundou o banco real, expulsou os jesuítas de Portugal, modernizou o exército.
  • 7. Teorias Econômicas: – Liberalismo Econômico / Inglaterra • Adam Smith / Livro: A Riqueza das Nações (1776) • Livre concorrência, Não intervenção do Estado na Economia, Trabalho como única fonte de riqueza – Fisiocratas / França • Jaques Tourgot / François Quesnay • A Terra como única fonte de riqueza. • “Deixai Fazer, Deixai passar”. Quesnay Tourgot