SlideShare uma empresa Scribd logo
ILUMINISMO E DESPOTISMO
ESCLARECIDO
CONCEITO
O Iluminismo foi um movimento intelectual e
político característico do século XVIII que defendeu
o uso da razão como caminho para atingir a
liberdade, a felicidade e o bem estar social.
Defendia a garantia das liberdades individuais e
os direitos do cidadão contra o poder abusivo.
Os filósofos iluministas afirmavam que os
indivíduos são iguais por natureza e que a
desigualdade existente entre eles era resultado do
tipo de sociedade na qual viviam.
• Quando? século XVIII;
• Onde? INGLATERRA (início), FRANÇA (auge);
• Quem? O iluminismo representou
basicamente a forma da burguesia interpretar
o mundo;
Filósofos do Iluminismo
John Locke (1632/1704)-
pensador inglês que estabelece
as bases do pensamento liberal
através de sua obra Segundo
tratado Sobre o Governo Civil.
Nesta, defende a idéia de que a
liberdade individual e o direito à
propriedade são elementos
naturais ao ser humano. Ambos
direitos surgiram de um
contrato estabelecidos entre os
indivíduos para formar o
governo e a sociedade civil. O
pensamento de Locke contribuiu
para a Revolução Gloriosa e
influenciou a elaboração da
Constituição dos EUA de 1787.
• Montesquieu
(1689/1755)- pensador
francês que se dedicou ao
estudo dos sistemas de
governo ao longo da
História. Sua principal
obra é O espírito das leis,
manuscrito que associa a
garantia da justiça social
ao equilíbrio estabelecido
pela divisão entre os
poderes - legislativo,
executivo e judiciário.
Jean-Jacques Rousseau (1712/1778) – pensador francês que defende o ideal de
justiça baseado no poder político do povo (vontade geral). Segundo o autor, o
dever e a liberdade da consciência moral são inseparáveis, ou seja, são atributos
naturais do ser humano.
Dentre suas principais obras destacam-se:
Discurso sobre a origem da desigualdade entre os
Homens (1753):
O Contrato social:
o Criticava o absolutismo;
oDefendia a soberania popular ou seja,
governantes submetidos à vontade do povo;
VOLTAIRE (1694-1778)
Nome: François-Marie
Arouet
Apelido: Voltaire
Nacionalidade:
francês
Atacava o
absolutismo;
Era contra a
intolerância religiosa
Defendia a liberdade
de expressão.
O despotismo esclarecido
• Diante da difusão e assimilação das ideias iluministas,
alguns monarcas absolutistas adotaram em seus
governos alguns desses princípios. Passaram a
denominar-se déspotas esclarecidos e, através da
implementação de reformas modernizadoras,
buscavam manter ocontrole total sobre os Estados que
governavam.
• Alguns deles racionalizaram a administração, impondo
igualdade de impostos a todas as camadas sociais,
incentivaram a educação, modernizaram a economia.
Os mais destacados foram: Frederico II da Prússia,
amigo pessoal de Voltaire, José II da Áustria, Catarina II
da Rússia e o marquês de Pombal de Portugal.
País Rei Medidas
ÁUSTRIA JOSÉ II Fim da servidão e relativa liberdade de
imprensa
RÚSSIA CATARINA II Criação do ensino leigo e de uma
Universidade em Moscou
PRÚSSIA FREDERICO
II
Chamado “o rei filósofo”, eliminou as torturas
em seu país e criou o ensino obrigatório
PORTUGAL JOSÉ I
(orientado pelo
ministro
Pombal)
Combate a influência inglesa na economia de
seu país, incrementa a produção industrial e
combate a influência política da Igreja no seu
país atacando e expulsando os jesuítas do reino
ESPANHA CARLOS III
(orientado pelo
ministro
Aranda)
Reduziu a tortura e a influência da Inquisição
no país e expulsou os jeusítas
A ENCICLOPÉDIA
• A "filosofia das luzes" e todo o saber
do século XVIII foram reunidos numa
obra célebre, designada Enciclopédia.
Com as matérias dispostas por ordem
alfabética, constituiu-se num
instrumento eficiente de divulgação
das ideias iluministas. Os
organizadores mais entusiastas da
Encidopédia foram o escritor Diderot
(1713-1784) e o matemático
D'Alembert (1717-1783).
• Da elaboração dos 30 volumes que
compõem a obra (publicada entre os
anos de 1751 e 1780) participaram
mais de 130 renomados pensadores
da época, entre os quais Voltaire,
Montesquieu e Rousseau.
OS ENCICLOPEDISTAS
DENIS DIDEROT D’ALEMBERT
O LIBERALISMO ECONÔMICO
ADAM SMITH
• Doutrina fundada pelo inglês Adam
Smith (1723-1790), autor de A riqueza
das nações.
• Adam Smith identificou as leis que
regulam a economia e apontou o
trabalho como a fonte de riqueza de
urn país, sendo por isso considerado o
pai da economia como ciência.
• Apontava a intervenção mercantilista
como uma política contra o
desenvolvimento produtivo, apontava
a livre concorrência, a divisão do
trabalho e o livre comércio como
indispensáveis para o progresso da
humanidade.
FISIOCRACIA
FRANÇOIS QUESNAY
• Teorias para a economia
• Na escola fisiocrata:
• François Quesnay: Pregava a
implantação de um capitalismo agrário,
baseado no aumento de produção
agrícola.
IMPORTÂNCIA DO MOVIMENTO
– Influenciou uma série de movimentos na Europa e fora
dela que abalam definitivamente o Antigo Regime ao longo
dos séculos XVIII e XIX, como por exemplo a
Independência dos EUA e a Revolução Francesa;
– Base do pensamento contemporâneo em muitas
sociedades ocidentais, no que diz respeito a organização
política, econômica e social.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
• História Global - COTRIM, Gilberto
• História e Vida – PILLETTI, Claudino
• Imagens Google

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
Marcos Azevedo
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
Edenilson Morais
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
Vagner Roberto
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
Janaína Tavares
 
Capitanias hereditárias governo geral
Capitanias hereditárias governo geralCapitanias hereditárias governo geral
Capitanias hereditárias governo geral
Loredana Ruffo
 
O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)
JPedroSR
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Aulas de História
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
Inconfidência Mineira
Inconfidência MineiraInconfidência Mineira
Inconfidência Mineira
Marina Wekid
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
Ramiro Bicca
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
7 de Setembro
 
o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Historia Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8anoHistoria Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8ano
Leonardo Caputo
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
dmflores21
 
O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
Janayna Lira
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
Fatima Freitas
 
Brasil Colônia
Brasil ColôniaBrasil Colônia
Brasil Colônia
Aulas de História
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
joana71
 

Mais procurados (20)

Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
 
Capitanias hereditárias governo geral
Capitanias hereditárias governo geralCapitanias hereditárias governo geral
Capitanias hereditárias governo geral
 
O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
Inconfidência Mineira
Inconfidência MineiraInconfidência Mineira
Inconfidência Mineira
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
 
o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)
 
Historia Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8anoHistoria Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8ano
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Brasil Colônia
Brasil ColôniaBrasil Colônia
Brasil Colônia
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 

Destaque

Iluminismo e despotismo
Iluminismo e  despotismoIluminismo e  despotismo
Iluminismo e despotismo
Blendo Widston
 
O despotismo esclarecido
O despotismo esclarecidoO despotismo esclarecido
O despotismo esclarecido
historiando
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecidoIluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
Mozão Fraga
 
Despotismo esclarecido e liberalismo econômico
Despotismo esclarecido e liberalismo econômicoDespotismo esclarecido e liberalismo econômico
Despotismo esclarecido e liberalismo econômico
Marlon Barros Cardozo
 
O iluminismo e despotismo esclarecido
O iluminismo e despotismo esclarecidoO iluminismo e despotismo esclarecido
O iluminismo e despotismo esclarecido
Tarciso Heli Ferreira Júnior
 
O despotismo esclarecido
O despotismo esclarecidoO despotismo esclarecido
O despotismo esclarecido
Isaquel Silva
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
Rui Neto
 
Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...
Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...
Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...
200166754
 
O Despotismo Pombalino
O  Despotismo  PombalinoO  Despotismo  Pombalino
O Despotismo Pombalino
Rui Neto
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
Dênis Ribas
 
Oficina 2 (livia e rafael)
Oficina 2 (livia e rafael)Oficina 2 (livia e rafael)
Oficina 2 (livia e rafael)
pedagogicosjdelrei
 
Apresentação powerpoint o despotismo esclarecido a cidade de lisboa como i...
Apresentação powerpoint  o despotismo esclarecido   a cidade de lisboa como i...Apresentação powerpoint  o despotismo esclarecido   a cidade de lisboa como i...
Apresentação powerpoint o despotismo esclarecido a cidade de lisboa como i...
isabelhortas
 
Oriente médio
Oriente médioOriente médio
Oriente médio
Fatima Freitas
 
Revolucao Industrial
Revolucao  Industrial   Revolucao  Industrial
Revolucao Industrial
Fatima Freitas
 
Independência dos eua
Independência dos euaIndependência dos eua
Independência dos eua
Fatima Freitas
 
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
Antiguidade oriental   mesopotâmia 1Antiguidade oriental   mesopotâmia 1
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
Fatima Freitas
 
Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)
Fatima Freitas
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
Fatima Freitas
 
Rio + 20
Rio + 20Rio + 20
Rio + 20
Fatima Freitas
 
Revolução inglesa
Revolução inglesaRevolução inglesa
Revolução inglesa
Fatima Freitas
 

Destaque (20)

Iluminismo e despotismo
Iluminismo e  despotismoIluminismo e  despotismo
Iluminismo e despotismo
 
O despotismo esclarecido
O despotismo esclarecidoO despotismo esclarecido
O despotismo esclarecido
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecidoIluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
 
Despotismo esclarecido e liberalismo econômico
Despotismo esclarecido e liberalismo econômicoDespotismo esclarecido e liberalismo econômico
Despotismo esclarecido e liberalismo econômico
 
O iluminismo e despotismo esclarecido
O iluminismo e despotismo esclarecidoO iluminismo e despotismo esclarecido
O iluminismo e despotismo esclarecido
 
O despotismo esclarecido
O despotismo esclarecidoO despotismo esclarecido
O despotismo esclarecido
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...
Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...
Propostas iluministas, despotismo esclarecido e ação de Marquês de Pombal his...
 
O Despotismo Pombalino
O  Despotismo  PombalinoO  Despotismo  Pombalino
O Despotismo Pombalino
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
 
Oficina 2 (livia e rafael)
Oficina 2 (livia e rafael)Oficina 2 (livia e rafael)
Oficina 2 (livia e rafael)
 
Apresentação powerpoint o despotismo esclarecido a cidade de lisboa como i...
Apresentação powerpoint  o despotismo esclarecido   a cidade de lisboa como i...Apresentação powerpoint  o despotismo esclarecido   a cidade de lisboa como i...
Apresentação powerpoint o despotismo esclarecido a cidade de lisboa como i...
 
Oriente médio
Oriente médioOriente médio
Oriente médio
 
Revolucao Industrial
Revolucao  Industrial   Revolucao  Industrial
Revolucao Industrial
 
Independência dos eua
Independência dos euaIndependência dos eua
Independência dos eua
 
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
Antiguidade oriental   mesopotâmia 1Antiguidade oriental   mesopotâmia 1
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
 
Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
 
Rio + 20
Rio + 20Rio + 20
Rio + 20
 
Revolução inglesa
Revolução inglesaRevolução inglesa
Revolução inglesa
 

Semelhante a Iluminismo e despotismo esclarecido

Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
maida marciano
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
historiando
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
MarceloFreitas
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
José Gomes
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
Marília Pimentel
 
ILUMINISMO.pptx
ILUMINISMO.pptxILUMINISMO.pptx
ILUMINISMO.pptx
diogocs1
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
eduardodemiranda
 
liberalismo e nacionaismo 1.ppt
liberalismo e nacionaismo 1.pptliberalismo e nacionaismo 1.ppt
liberalismo e nacionaismo 1.ppt
FakeDaKbM
 
O iiLUMINISMO
O iiLUMINISMOO iiLUMINISMO
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História - Iluminismo
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História -  Iluminismowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - História -  Iluminismo
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História - Iluminismo
Anna Paula
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismowww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo
AulasDeHistoriaApoio
 
www.ensinofundamental.net.br - História - Iluminismo
www.ensinofundamental.net.br - História -  Iluminismowww.ensinofundamental.net.br - História -  Iluminismo
www.ensinofundamental.net.br - História - Iluminismo
EnsinoFundamental
 
iluminismo-.pptx
iluminismo-.pptxiluminismo-.pptx
iluminismo-.pptx
ocg50
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
stelawstel
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Valeria Kosicki
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
eunamahcado
 
Iluminismo(lutero)
Iluminismo(lutero)Iluminismo(lutero)
Iluminismo(lutero)
eunamahcado
 
Liberalismo divisão
Liberalismo divisãoLiberalismo divisão
Liberalismo divisão
bruceslcarvalho
 

Semelhante a Iluminismo e despotismo esclarecido (20)

Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
ILUMINISMO.pptx
ILUMINISMO.pptxILUMINISMO.pptx
ILUMINISMO.pptx
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
 
liberalismo e nacionaismo 1.ppt
liberalismo e nacionaismo 1.pptliberalismo e nacionaismo 1.ppt
liberalismo e nacionaismo 1.ppt
 
O iiLUMINISMO
O iiLUMINISMOO iiLUMINISMO
O iiLUMINISMO
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História - Iluminismo
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História -  Iluminismowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - História -  Iluminismo
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História - Iluminismo
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismowww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo
 
www.ensinofundamental.net.br - História - Iluminismo
www.ensinofundamental.net.br - História -  Iluminismowww.ensinofundamental.net.br - História -  Iluminismo
www.ensinofundamental.net.br - História - Iluminismo
 
iluminismo-.pptx
iluminismo-.pptxiluminismo-.pptx
iluminismo-.pptx
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo(lutero)
Iluminismo(lutero)Iluminismo(lutero)
Iluminismo(lutero)
 
Liberalismo divisão
Liberalismo divisãoLiberalismo divisão
Liberalismo divisão
 

Mais de Fatima Freitas

Mato grosso do sul
Mato grosso do sulMato grosso do sul
Mato grosso do sul
Fatima Freitas
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
Fatima Freitas
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
Fatima Freitas
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Fatima Freitas
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
Fatima Freitas
 
Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
Fatima Freitas
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Fatima Freitas
 
áGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e maresáGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e mares
Fatima Freitas
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
Fatima Freitas
 
Paisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planetaPaisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planeta
Fatima Freitas
 
As paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasilAs paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasil
Fatima Freitas
 
Slides a revolução industrial 2º. ano
Slides a revolução industrial   2º. anoSlides a revolução industrial   2º. ano
Slides a revolução industrial 2º. ano
Fatima Freitas
 
Indígenas do brasil
Indígenas do brasilIndígenas do brasil
Indígenas do brasil
Fatima Freitas
 
A escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colôniaA escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colônia
Fatima Freitas
 
Atividade2,1
Atividade2,1Atividade2,1
Atividade2,1
Fatima Freitas
 
A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789
Fatima Freitas
 
O EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGOO EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGO
Fatima Freitas
 
O método das ciencias da natureza
O método das ciencias da naturezaO método das ciencias da natureza
O método das ciencias da natureza
Fatima Freitas
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
Fatima Freitas
 

Mais de Fatima Freitas (20)

Mato grosso do sul
Mato grosso do sulMato grosso do sul
Mato grosso do sul
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
 
Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
áGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e maresáGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e mares
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
 
Paisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planetaPaisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planeta
 
As paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasilAs paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasil
 
Slides a revolução industrial 2º. ano
Slides a revolução industrial   2º. anoSlides a revolução industrial   2º. ano
Slides a revolução industrial 2º. ano
 
Indígenas do brasil
Indígenas do brasilIndígenas do brasil
Indígenas do brasil
 
A escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colôniaA escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colônia
 
Atividade2,1
Atividade2,1Atividade2,1
Atividade2,1
 
A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789
 
O EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGOO EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGO
 
O método das ciencias da natureza
O método das ciencias da naturezaO método das ciencias da natureza
O método das ciencias da natureza
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
 

Último

Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 

Iluminismo e despotismo esclarecido

  • 2. CONCEITO O Iluminismo foi um movimento intelectual e político característico do século XVIII que defendeu o uso da razão como caminho para atingir a liberdade, a felicidade e o bem estar social. Defendia a garantia das liberdades individuais e os direitos do cidadão contra o poder abusivo. Os filósofos iluministas afirmavam que os indivíduos são iguais por natureza e que a desigualdade existente entre eles era resultado do tipo de sociedade na qual viviam.
  • 3. • Quando? século XVIII; • Onde? INGLATERRA (início), FRANÇA (auge); • Quem? O iluminismo representou basicamente a forma da burguesia interpretar o mundo;
  • 4. Filósofos do Iluminismo John Locke (1632/1704)- pensador inglês que estabelece as bases do pensamento liberal através de sua obra Segundo tratado Sobre o Governo Civil. Nesta, defende a idéia de que a liberdade individual e o direito à propriedade são elementos naturais ao ser humano. Ambos direitos surgiram de um contrato estabelecidos entre os indivíduos para formar o governo e a sociedade civil. O pensamento de Locke contribuiu para a Revolução Gloriosa e influenciou a elaboração da Constituição dos EUA de 1787.
  • 5. • Montesquieu (1689/1755)- pensador francês que se dedicou ao estudo dos sistemas de governo ao longo da História. Sua principal obra é O espírito das leis, manuscrito que associa a garantia da justiça social ao equilíbrio estabelecido pela divisão entre os poderes - legislativo, executivo e judiciário.
  • 6. Jean-Jacques Rousseau (1712/1778) – pensador francês que defende o ideal de justiça baseado no poder político do povo (vontade geral). Segundo o autor, o dever e a liberdade da consciência moral são inseparáveis, ou seja, são atributos naturais do ser humano. Dentre suas principais obras destacam-se: Discurso sobre a origem da desigualdade entre os Homens (1753): O Contrato social: o Criticava o absolutismo; oDefendia a soberania popular ou seja, governantes submetidos à vontade do povo;
  • 7. VOLTAIRE (1694-1778) Nome: François-Marie Arouet Apelido: Voltaire Nacionalidade: francês Atacava o absolutismo; Era contra a intolerância religiosa Defendia a liberdade de expressão.
  • 8. O despotismo esclarecido • Diante da difusão e assimilação das ideias iluministas, alguns monarcas absolutistas adotaram em seus governos alguns desses princípios. Passaram a denominar-se déspotas esclarecidos e, através da implementação de reformas modernizadoras, buscavam manter ocontrole total sobre os Estados que governavam. • Alguns deles racionalizaram a administração, impondo igualdade de impostos a todas as camadas sociais, incentivaram a educação, modernizaram a economia. Os mais destacados foram: Frederico II da Prússia, amigo pessoal de Voltaire, José II da Áustria, Catarina II da Rússia e o marquês de Pombal de Portugal.
  • 9. País Rei Medidas ÁUSTRIA JOSÉ II Fim da servidão e relativa liberdade de imprensa RÚSSIA CATARINA II Criação do ensino leigo e de uma Universidade em Moscou PRÚSSIA FREDERICO II Chamado “o rei filósofo”, eliminou as torturas em seu país e criou o ensino obrigatório PORTUGAL JOSÉ I (orientado pelo ministro Pombal) Combate a influência inglesa na economia de seu país, incrementa a produção industrial e combate a influência política da Igreja no seu país atacando e expulsando os jesuítas do reino ESPANHA CARLOS III (orientado pelo ministro Aranda) Reduziu a tortura e a influência da Inquisição no país e expulsou os jeusítas
  • 10. A ENCICLOPÉDIA • A "filosofia das luzes" e todo o saber do século XVIII foram reunidos numa obra célebre, designada Enciclopédia. Com as matérias dispostas por ordem alfabética, constituiu-se num instrumento eficiente de divulgação das ideias iluministas. Os organizadores mais entusiastas da Encidopédia foram o escritor Diderot (1713-1784) e o matemático D'Alembert (1717-1783). • Da elaboração dos 30 volumes que compõem a obra (publicada entre os anos de 1751 e 1780) participaram mais de 130 renomados pensadores da época, entre os quais Voltaire, Montesquieu e Rousseau.
  • 12. O LIBERALISMO ECONÔMICO ADAM SMITH • Doutrina fundada pelo inglês Adam Smith (1723-1790), autor de A riqueza das nações. • Adam Smith identificou as leis que regulam a economia e apontou o trabalho como a fonte de riqueza de urn país, sendo por isso considerado o pai da economia como ciência. • Apontava a intervenção mercantilista como uma política contra o desenvolvimento produtivo, apontava a livre concorrência, a divisão do trabalho e o livre comércio como indispensáveis para o progresso da humanidade.
  • 13. FISIOCRACIA FRANÇOIS QUESNAY • Teorias para a economia • Na escola fisiocrata: • François Quesnay: Pregava a implantação de um capitalismo agrário, baseado no aumento de produção agrícola.
  • 14. IMPORTÂNCIA DO MOVIMENTO – Influenciou uma série de movimentos na Europa e fora dela que abalam definitivamente o Antigo Regime ao longo dos séculos XVIII e XIX, como por exemplo a Independência dos EUA e a Revolução Francesa; – Base do pensamento contemporâneo em muitas sociedades ocidentais, no que diz respeito a organização política, econômica e social.
  • 15. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • História Global - COTRIM, Gilberto • História e Vida – PILLETTI, Claudino • Imagens Google