SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 104
Período entre Guerras e Segunda
Grande Guerra
Prof. Douglas Barraqui
PERÍODO ENTRE GUERRAS
EUA
“Anos Dourados”
 Empréstimos para reconstruir a
Europa;
 Exporta:
- “American way of life”
- “Self-made-man” – Homem de
negócios (vencer na vida pelo
próprio esforço)
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
CRISE DE 29
 Causas:
- Super produção;
- Não intervenção do estado
na economia;
 Consequências:
- Crise do Capitalismo;
- Crise de super-produção;
- Queda na produção;
- Desemprego;
- Baixos salários;
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
CRISE DE 29
 Saída para a crise:
“New Deal” - Franklin Delano Roosevelt
 Intervenção do Estado;
 Criação de empregos (Obras Públicas);
 Aumento dos salários;
 Compra e queima da produção agrícola;
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Florence Owens Thompson, mãe de sete crianças, de 32 anos de idade, em Nipono,
Califórnia, março de 1936, em busca de um emprego ou de ajuda social para
sustentar sua família. Seu marido havia perdido seu emprego em 1931, e morrera
no mesmo ano.Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Franquismo
Espanha
Salazarismo
Portugal
Totalitarismo
 Regimes políticos caracterizados pela forte presença do estado,
geralmente sob o controle de uma única pessoa ou grupo, que
governa de forma autoritária.
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Fascismo
Itália
Nazismo
Alemanha
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
DE DIREITA
 Base Capitalista;
 Defesa da Propriedade privada;
 Corporativismo nas relações de
trabalho e controle do Estado
sobre os sindicatos;
 Apoio da religião ou seu controle;
DE ESQUERDA
 Base socialista;
 Fim da propriedade privada;
 Coletivização obrigatória dos
meios de produção agrícola e
industrial;
 Supressão da religião
PERÍODO ENTRE GUERRAS
TOTALITARISM
O
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 O Estado acima de tudo e que controla tudo;
 Estado dominado por um grupo político;
Características Gerais:
Totalitarismo
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 Exaltação do sentimento de nacionalismo (hinos, bandeira, desfiles)
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Características Gerais:
Nacionalismo
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 Fortalecimento das forças armadas na defesa do regime político e do
Estado;
Características Gerais
Militarismo:
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Outros partidos são suspensos
e/ou colocados na ilegalidade
Características Gerais
Unipartidarismo
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Características Gerais
Xenofobismo e anti-semitismo
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Hitler afirmava haver conspiração judaica para
dominar o mundo;
Judeus eram vistos como culpados pela derrota
alemã na Primeira Guerra e causadores da crise
econômica;
"Não compre dos Judeus!"Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
“Hitler leva os Alemães a Glória”
Cartaz nazista, incentivando a
participação dos jovens alemães nos
núcleos da Juventude Hitlerista
Características Gerais
Propaganda e Censura:
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Expansionismo territorial: “espaço vital”
Características Gerais
Expansionismo
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 Exaltação do chefe da nação
como o grande líder:
 Führer em alemão - o
"condutor", "guia", "líder"
ou "chefe".
Características Gerais
Culto ao líder:
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Características Gerais
Simbolismo:
PERÍODO ENTRE GUERRAS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Nazismo: motivos que levaram ao
surgimento
PERÍODO ENTRE GUERRAS
 Imposições do Tratado de Versalhes;
 Crise de 1929;
 Hiperinflação (desemprego, miséria e fome)
 Sentimento de Revanchismo;
 Ameaça comunista;
 Nacionalismo;
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Adolf Hitler
quando
criança
Hitler
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Hitler
 Nasceu em 20 de abril de 1889 Áustria;
 Pais: Alois Hitler e Klara Hitler;
A identidade do avô paterno de
Hitler é desconhecida, chegando a
suspeitas de que era um judeu. Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
8 – foi coroinha do mosteiro
“Rapaz inteligente, porém, mal-humorado”;
Não ia bem na escola;
Era desejo de seu pai que o filho seguisse a
carreira pública, o que ele não queria;
Hitler
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 Quando adulto - tornou vegetariano e
contrário ao consumo de álcool e
cigarro.)
 19 anos - partiu para Viena;
 1907 - academia das artes de Viena;
Hitler
Adolf Hitler jovem
Foto de 1920
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Hitler
 Em Viena sem um emprego fixo,
chegou mesmo a pernoitar num
asilo para mendigos.
 Teve a idéia de copiar postais,
obras de grandes pintores e pintar
paisagens de Viena
 Durante o seu tempo livre
frequentava a ópera de Viena -
Richard Wagner.
Hitler
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 Aderiu as idéia anti-semita.
 1913 - Recebeu uma pequena herança do seu pai
 Mudou-se para Munique, na Alemanha para fugir do serviço militar no exército
Austro-Húngaro;
 Capturodo pouco depois, foi considerado inapto para o serviço militar e
permitiram-lhe que regressasse a Munique)
Hitler
Em agosto de 1914, quando a Alemanha entrou
na Primeira Guerra Mundial, alistou-se
imediatamente no exército bávaro, servindo como
mensageiro.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Hitler
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 1918 – foi ferido por gás
 desenvolveu
um patriotismo alemão
apaixonado
 1919 – Filiou-se ao Partido
dos Trabalhadores
Alemães, - no ano seguinte
passou a se chamar Partido
Nacional Socialista dos
Trabalhadores Alemães.
Após a derrota alemã em 1918
Hitler teria dito em um
discurso:
“foi o pior dia da minha vida”
Hitler
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
1923 - Putsch da Cervejaria;
Prelúdio da Guerra
tentativa falhada de golpe de Adolf Hitler
e do Partido Nazista.
OBJETIVO: tomar o poder do governo
bávaro.
Forças nazistas na Praça Central de Marienplatz
durante o Putsch de Munique, em 1923
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
1923 - Putsch da Cervejaria
• 1924 - Hitler foi condenado a 5
anos de prisão onde escreveu
Mein Kampf ("Minha Luta")
IDÉIAS CENTRAIS DO LIVRO:
 Totalitarismo;
 Superioridade da raça ariana;
 Anti-semitismo;
 Buscar o poder pela
institucionalidade.
Prelúdio da Guerra
Adolf Hitler na prisão  Landsberg
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 1924 – Foi libertado da prisão;
 1929 – Crise econômica mundial - (desemprego, hiperinflação, fome e miséria).
 1932 - Os nazistas conseguem 230 lugares no parlamento.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prelúdio da Guerra
 1933 - Hitler prestou juramento
oficial como Chanceler na
Câmara do Reichstag,
Incêndio do Reichstag (parlamento)
Fevereiro de 1933, o Reichstag foi
incendiado.
Prelúdio da Guerra
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Reichstag (parlamento), incendiado, e Marinus van der LubbeProf. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
1934 - Hindenburg
-presidente da Alemanha)
morreu.
1935 –Leis de Nuremberg:
 Perderam a cidadania
alemã;
 Foram banidos de
quaisquer lugares na função
pública
 1941 - obrigados a usar a
estrela amarela em público.
1938: a Noite dos Cristais
Agentes nazistas assassinaram 91 judeus, incendiaram 267 sinagogas,
saquearam e destruíram lojas e empresas da comunidade e iniciaram o
confinamento de 25 mil judeus em campos de concentração.
Prelúdio da Guerra
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 1935 - Repudiou
abertamente o
Tratado de Versalhes;
 1936 - Reocupou a
zona desmilitarizada
na Renânia
 Foram realizados os
Jogos Olímpicos de
Berlim
Gretel Bergmann era judia praticante de salto em
altura e que foi impedida pelos nazis de participar
nos Jogos Olímpicos de Berlim, sendo substituída
pela sua companheira de quarto e companheira de
equipe Dora Ratjen. Mais tarde descobriu-se que
se tratava de um homem disfarçado.
Prelúdio da Guerra
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Hitler (direita) na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos e Jesse
Owens vencedor dos 100 metros rasos .
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
 1936 - Hitler assinou uma aliança com Benito Mussolini,
denominada eixo Roma-Berlim posteriormente o Japão viria a
fazer parte dessa aliança;
Prelúdio da Guerra
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
A charge de Belmonte, de 1943, ironiza a
política de Hitler e de Stalin: em 1939,
com o pacto nazisoviético de não
agressão, e depois de 1941, com a
invasão alemã à União Soviética.
 1939 - pacto germano-soviético
Hitler faz uma aliança com Stalin
 Promessa de conquistar e dividir a
Polônia
Prelúdio da Guerra
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Causas da Guerra
 Surgimento dos regimes totalitários;
 Crise econômica de 1929;
 Imposições do Tratado de Versalhes;
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Eixo VS Aliados
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
ITÁLIA
ALEMANHA
JAPÃO
FRANÇA
INGLATERRA
URSS
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
“Estopim” da Guerra
Soldados alemães removem barreiras nas fronteiras polonesas, em 1º de
setembro de 1939.
 1939-1941 –
 1942-1945 –
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Fases da GuerraFases da Guerra
Blitzkrieg
 Panzers
 Lufwaffe
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
1940 - 'Führer' Hitler passeia por Paris
como novo soberano da capital - Ataque
à Grã-Bretanha é novo objetivo do
Reich.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
7 Dezembro de 1941 – Ataque a
Pearl Harbor
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
7 Dezembro de 1941 – Ataque a
Pearl Harbor
No dia seguinte ao ataque.
Franklin Delano Roosevelt
assina a declaração de
guerra.
Saldo do Ataque:
11 navios;
188 aviões;
2403 militares;
68 civis;
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
1942
A GUERRA MUDA DE LADO
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Julho de 1943 -
Mussolini é
destituído
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
1943
VITÓRIA DE STALINGRADO
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br6 de junho de 1944 “Dia D”
1944
“Dia D”
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
6 de junho de 1944 “Dia D”
A operação foi a maior invasão anfíbia de todos os tempos:
 195.700 soldados das marinhas navais e mercantes
 5.000 navios foram envolvidos na operação.
 130 mil homens morreram
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
FIM DA GUERRA
 1945 – Tropas soviéticas tomam Berlim
- Hitler Comete suicídio com sua esposa Eva Braun.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Hiroshima e NagasakiHiroshima e Nagasaki
A nuvem de cogumelo sobre
Hiroshima após a queda da Little
Boy- 6 agosto.
A nuvem de cogumelo resultante da
explosão nuclear da Fat Man sobre
Nagasaki, 9 agosto.Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Fat Man - Nagasaki,
9 de agosto de 1945.
Hiroshima e NagasakiHiroshima e Nagasaki
Little Boy - Hiroshima no
dia 6 de agosto de 1945
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Rendição do JapãoRendição do Japão
 Capitulação - 2 de
setembro de 1945,
oficiais do Japão
representando o
Imperador assinaram a
ata de rendição do
Japão ao general
americano Richard K.
Sutherland, a bordo do
USS Missouri.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Nagasaki antes e após o ataque
Hiroshima antes e depois do ataque
Hiroshima
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
HiroshimaProf. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Hiroshima
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Parque Memorial da Paz de Hiroshima. A
Cúpula Genbaku
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Parque Memorial da Paz de Hiroshima. A
Cúpula GenbakuProf. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Nagasaki
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Nagasaki
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Nagasaki
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
CONSEQUÊNCIAS SOCIAIS E
DEMOGRÁFICAS
 Milhares de mortes (maioria
civis);
 O regime nazista foi responsável
pela morte de cerca de:
 2 milhões de poloneses,
 4 milhões de pessoas com
problemas de saúde (deficientes
físicos e mentais)
 6 milhões de judeus (Holocausto).
 Bombardeamentos atômicos das
cidades de Hiroshima e Nagasaki.
 250 mil mortos
 Total de mortos: entre 50 e 70
milhões
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Campo de concentração de Auschwitz
 Destruição de cidades e
parques industriais;
 Destruição dos meios de
produção:
 campo arrasado,
 instalações industriais,
 vias de comunicação e
transporte.
 Desvalorização da moeda
 Inflação
 Economia europeia entrou em
recessão.
 EUA aumentam a produção
industrial.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
CONSEQUÊNCIAS ECONÔMICAS
Crianças choram ao lado dos
escombros destruição de sua casa
em Londres
 Divisão da Alemanha em quatro zonas de influência (Inglaterra, URSS, EUA e
França)
CONSEQUÊNCIAS POLÍTICAS
 Desmilitarização da Alemanha.
Conferência de Ialta 1945:
 EUA (Franklin D. Roosevelt)
 URSS (Josef Stalin),
 Reino Unido (Winston
Churchill)
 reuniram-se em segredo
em Ialta (Crimeia) assinam
os acordos cujos objetivos
são de assegurar um fim
rápido à guerra e a
estabilidade do mundo após a
vitória final.
Conferência de Potsdam 1945:
 Os vitoriosos aliados da Segunda
Guerra Mundial, que se juntaram para
decidir como administrar a Alemanha
 Criação do Estado de Israel, na
Palestina.
 No Japão, sob a tutela dos
EUA, foi criado um regime
democrático.
 Criação da ONU em 1945 –
objetivo manter a paz mundial.
 Guerra Fria
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
CONSEQUÊNCIAS POLÍTICAS
Prof. Douglas Barraqui_______________________
PROF. DE HISTÓRIA
E-Mail:
ambientalhistoria@gmail.com
Páginas na internet:
www.dougnahistoria.blogspot.com
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Referências
• AZEVEDO, Gislane Campos; SERIACOPI, Reinaldo. Projeto Teláris: história
9º ano. São Paulo: Ática, 1º ed., 2012.
• CAPELLARI, Marcos Alexandre; NOGUEIRA, Fausto Henrique Gomes.
História: ser protagonista - Volume único. Ensino Médio. 1ª Ed. São Paulo:
SM. 2010.
• COTRIM, Gilberto. História Global – Brasil e Geral. Volume Único. Ensino
Médio. 8ª Ed. São Paulo: Saraiva 2005.
• Projeto Araribá: História – 9º ano. /Obra coletiva/ São Paulo: Editora
Moderna, 2010. Editora Responsável: Maria Raquel Apolinário Melani.
• Uno: Sistema de Ensino – História – 9º ano. São Paulo: Grupo Santillana,
2011. Editor Responsável: Angélica Pizzutto Pozzani.
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Nota do autor:• Muitos dos slides aqui postados estão disponíveis para dowloading. Outros,
porém, por questões de direitos autorais e direitos de imagens, não estão
disponíveis para serem baixados gratuitamente.
• Caso você queira algum desses arquivos, ou mesmo encomendar alguma
apresentação com um tema em especial, entre em contato comigo pelo E-
mail (ambientalhistoria@gmail.com).
• Visite minha página na internet:
www.dougnahistoria.blogspot.com.br
Prof. Douglas Barraqui
_______________________
PROF. DE HISTÓRIA
(ENSINO FUNDAMENTAL / MÉDIO / PREPARATÓRIOS PARA CONCURSO, PRÉ-
VESTIBULAR E PRÉ-IFES)
TEL: (27) 99732-1315 / (27) 98889-1622
E-Mail: ambientalhistoria@gmail.com
Páginas na internet:
www.dougnahistoria.blogspot.com
www.ambietalhistoria.blogspot.com
Prof. Douglas Barraqui
www.dougnahistoria.blogspot.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918Daniel Alves Bronstrup
 
República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)Edenilson Morais
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e RedemocratizaçãoDaniel Alves Bronstrup
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da repúblicaFabiana Tonsis
 
Descolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaDescolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaIsaquel Silva
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano7 de Setembro
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaEdenilson Morais
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitariosCreusa Lima
 
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.Privada
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slideIsabel Aguiar
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Friarsaloes
 

Mais procurados (20)

Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
Descolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaDescolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásia
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.
 
Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 

Semelhante a Período entre Guerras e Segunda Grande Guerra

Fascismo, nazismo e crise de 1929
Fascismo, nazismo e crise de 1929Fascismo, nazismo e crise de 1929
Fascismo, nazismo e crise de 1929kayquealmeida
 
Crise de 1929: o mundo à beira do abismo
Crise de 1929: o mundo à beira do abismoCrise de 1929: o mundo à beira do abismo
Crise de 1929: o mundo à beira do abismoFrancisco Cougo Jr
 
SLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptx
SLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptxSLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptx
SLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptxEleniziaGois
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundialailguitar
 
9º ano sj história rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
9º ano sj   história   rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra9º ano sj   história   rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
9º ano sj história rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerraRafael Noronha
 
Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.
Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.
Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.vivisabadoti
 
354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no podercrpp
 
Ef em - história - rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
Ef em     - história - rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerraEf em     - história - rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
Ef em - história - rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerraRafael Noronha
 
Graziella e Juliana 9°b
Graziella e Juliana 9°bGraziella e Juliana 9°b
Graziella e Juliana 9°bDebora Deorio
 

Semelhante a Período entre Guerras e Segunda Grande Guerra (20)

SEGUNDA GRANDE GUERRA
SEGUNDA GRANDE GUERRASEGUNDA GRANDE GUERRA
SEGUNDA GRANDE GUERRA
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
História
HistóriaHistória
História
 
Fascismo, nazismo e crise de 1929
Fascismo, nazismo e crise de 1929Fascismo, nazismo e crise de 1929
Fascismo, nazismo e crise de 1929
 
Nazismo alemão
Nazismo alemãoNazismo alemão
Nazismo alemão
 
2° guerra mundial
2° guerra mundial  2° guerra mundial
2° guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Crise de 1929: o mundo à beira do abismo
Crise de 1929: o mundo à beira do abismoCrise de 1929: o mundo à beira do abismo
Crise de 1929: o mundo à beira do abismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
SLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptx
SLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptxSLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptx
SLIDE - PROPAGANDA II GUERRA.pptx
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
Entreguerras
EntreguerrasEntreguerras
Entreguerras
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
9º ano sj história rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
9º ano sj   história   rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra9º ano sj   história   rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
9º ano sj história rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
 
Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.
Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.
Nazismo - Alemanha Fascista no período entre guerras.
 
354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder
 
.
..
.
 
Ef em - história - rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
Ef em     - história - rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerraEf em     - história - rafael  - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
Ef em - história - rafael - era das gueras - 1ª, crise de 29 e 2ª guerra
 
Graziella e Juliana 9°b
Graziella e Juliana 9°bGraziella e Juliana 9°b
Graziella e Juliana 9°b
 

Mais de Douglas Barraqui

FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?Douglas Barraqui
 
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLADouglas Barraqui
 
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADESOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADEDouglas Barraqui
 
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃOA BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃODouglas Barraqui
 
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGAOS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGADouglas Barraqui
 
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTASFORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTASDouglas Barraqui
 
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBERSOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBERDouglas Barraqui
 
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIALMÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIALDouglas Barraqui
 
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?Douglas Barraqui
 
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINAHIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINADouglas Barraqui
 
História da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônicaHistória da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônicaDouglas Barraqui
 
Revolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do VietnãRevolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do VietnãDouglas Barraqui
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilDouglas Barraqui
 
Releitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento AvanzaReleitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento AvanzaDouglas Barraqui
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasDouglas Barraqui
 
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDas Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDouglas Barraqui
 
As Reformas Protestantes e a Contra-reforma
As Reformas Protestantes e a Contra-reformaAs Reformas Protestantes e a Contra-reforma
As Reformas Protestantes e a Contra-reformaDouglas Barraqui
 

Mais de Douglas Barraqui (20)

FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
 
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
 
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADESOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
 
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃOA BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
 
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGAOS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
 
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTASFORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
 
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBERSOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIALMÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
 
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINAHIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
 
História da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônicaHistória da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônica
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Revolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do VietnãRevolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
 
Releitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento AvanzaReleitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento Avanza
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDas Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
 
As Reformas Protestantes e a Contra-reforma
As Reformas Protestantes e a Contra-reformaAs Reformas Protestantes e a Contra-reforma
As Reformas Protestantes e a Contra-reforma
 

Último

Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 

Período entre Guerras e Segunda Grande Guerra