SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
INTRODUÇÃO – (MT-14:19)
No início do novo testamento surge João Batista, preparando o caminho do Senhor (Mt-3:1-3). Ele pregava o batismo de
arrependimento e já fazia a preparação para o discipulado do senhor Jesus.
Sua mensagem e discipulado eram fortes e eficientes, tão forte que dois dos seus discípulos seguiram a Jesus, um deles se tornou
apóstolo (André/ Jo-1:35-40) mas, o mais impactante em João e que ele tinha a essência do discipulado, ele apontava Jesus como
líder principal(Jo-1:35).
JESUS
Quando o Mestre se apresenta, João o glorifica diante dos homens (Jo-1:29) depois do batismo e da tentação ele inicia seu
ministério de milagres, Jesus curou ,expulsou demônios ,ressuscitou mortos e salvou vidas, mas jamais esqueçeu de fazer o
discipulado, ele sempre separava um tempo para andar, cuidar e ensinar os seus discípulos, pois sabia que tinha vindo ao mundo
para morrer pela humanidade. Por isso, era necessário preparar homens para dar continuidade ao seu trabalho(Jo-14:12),ele
escolheu os apóstolos para esse fim (Lc-6:12-16). Chegado o seu tempo foi para o Pai, deixando uma promessa sobre eles, a
promessa era o poderoso batismo no Espírito Santo, cheios desse poder, eles deram sequência ao trabalho evangelístico do
Senhor.
04 - LIÇÃO: DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
JESUS E OS SEUS DISCÍPULOS
PAULO
Os apóstolos fizeram o discipulado, mas depois do Senhor, o maior investidor deste ministério foi sem sombra de dúvida
O apóstolo Paulo, ele tinha a visão de Cristo, acreditava em dons e milagres e estes aconteciam de forma extraordinária
(At-19:11-12). Mas o amor por almas, vindo de Deus estava em Paulo, e era ainda maior que os milagres, ele não só
ganhava, mas cuidava , visitava, treinava e enviava (At-11:26,15:36 e 14:21-22). Paulo foi o maior propagador do evangelho
no mundo da sua época, Evangelizou dois continentes: Àsia e Europa, sem tecnologia, algo realmente impressionante.
Isto não acontecia em vão, na sua conversão Deus levantou sobre ele um discipulador (Barnabé/At-9:27,11:22-26) cheio de
amor por vidas, amor tão grande que o levava a acreditar na conversão de Paulo, algo que muitos discípulos não
acreditavam ,depois de todo esse apoio Paulo se torna um líder frutífero e dentre esses Frutos, podemos destacar alguns
que fizeram história:Tito,Timóteo, Lucas, Lídia, Priscila , Áquila etc...
Contudo, podemos ter certeza, por mais trabalhoso que seja, vale a pena fazer o discipulado.
OBSERVAÇÃO :
O DISCIPULADO É UM ELO DIVINO PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES, A QUEBRA DESSE ELO TRAZ
CONSEQUÊNCIAS GRAVES, JESUS FOI O EXEMPLO, PAULO IMITOU,TEMOS QUE SEGUÍ-LO.
AP. PAULO
04 - LIÇÃO: DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudos os evangelhos
Estudos os evangelhosEstudos os evangelhos
Estudos os evangelhos
André Rocha
 
36 colossenses
36 colossenses36 colossenses
36 colossenses
PIB Penha
 

Mais procurados (20)

Carta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Carta à Igreja de Filadélfia no ApocalipseCarta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Carta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
 
comentário bíblico-1 gênesis (moody)
comentário bíblico-1 gênesis (moody)comentário bíblico-1 gênesis (moody)
comentário bíblico-1 gênesis (moody)
 
Estudos os evangelhos
Estudos os evangelhosEstudos os evangelhos
Estudos os evangelhos
 
37. O profeta Obadias
37. O profeta Obadias37. O profeta Obadias
37. O profeta Obadias
 
Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
 
10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué
 
39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias
 
Evangelho segundo Marcos
Evangelho segundo MarcosEvangelho segundo Marcos
Evangelho segundo Marcos
 
Profetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresProfetas maiores e menores
Profetas maiores e menores
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel
 
Panorama do AT - Juízes e Rute
Panorama do AT - Juízes e RutePanorama do AT - Juízes e Rute
Panorama do AT - Juízes e Rute
 
Os profetas Menores Aulas 1-e-2
Os profetas Menores Aulas 1-e-2Os profetas Menores Aulas 1-e-2
Os profetas Menores Aulas 1-e-2
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
 
36 colossenses
36 colossenses36 colossenses
36 colossenses
 
27. Os poéticos: Cantares de Salomão
27. Os poéticos: Cantares de Salomão27. Os poéticos: Cantares de Salomão
27. Os poéticos: Cantares de Salomão
 
Carta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
Carta à Igreja de Laodiceia no ApocalipseCarta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
Carta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
 
Josue seminario 1
Josue seminario 1Josue seminario 1
Josue seminario 1
 
30. O Livro do profeta Jeremias
30. O Livro do  profeta Jeremias30. O Livro do  profeta Jeremias
30. O Livro do profeta Jeremias
 
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
 
2 Reis - Queda do Reino do Sul
2 Reis - Queda do Reino do Sul2 Reis - Queda do Reino do Sul
2 Reis - Queda do Reino do Sul
 

Destaque

Material aula informática básica
Material aula informática básicaMaterial aula informática básica
Material aula informática básica
Carlos Melo
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
Leonam dos Santos
 
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOSESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
Leonam dos Santos
 

Destaque (20)

Cuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosCuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-Gnósticos
 
O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?
 
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICACURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA
 
Informática Básica parte 1 - Introdução à informática e windows 7 - Inclusão...
Informática Básica parte 1 - Introdução à informática e windows 7 -  Inclusão...Informática Básica parte 1 - Introdução à informática e windows 7 -  Inclusão...
Informática Básica parte 1 - Introdução à informática e windows 7 - Inclusão...
 
Introdução à Informática (Módulo 1)
Introdução à Informática (Módulo 1)Introdução à Informática (Módulo 1)
Introdução à Informática (Módulo 1)
 
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIAMINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
 
Material aula informática básica
Material aula informática básicaMaterial aula informática básica
Material aula informática básica
 
Boletim 83
Boletim 83Boletim 83
Boletim 83
 
LIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTA
LIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTALIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTA
LIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTA
 
GUIA DO BRASILEIRÃO 2014
GUIA DO BRASILEIRÃO 2014GUIA DO BRASILEIRÃO 2014
GUIA DO BRASILEIRÃO 2014
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
 
Gnosiologia e problemas gnosiológicos (DOC. 1)
Gnosiologia e problemas gnosiológicos (DOC. 1)Gnosiologia e problemas gnosiológicos (DOC. 1)
Gnosiologia e problemas gnosiológicos (DOC. 1)
 
HISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICA
HISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICAHISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICA
HISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICA
 
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOSESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
 
Propósito com a oração.
Propósito com a oração.Propósito com a oração.
Propósito com a oração.
 
HIPOCRISIA
HIPOCRISIAHIPOCRISIA
HIPOCRISIA
 
LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORALIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
 
Informática do básico ao essencial autor maurício v pires -amostra
Informática do básico ao essencial   autor maurício v pires -amostraInformática do básico ao essencial   autor maurício v pires -amostra
Informática do básico ao essencial autor maurício v pires -amostra
 
LIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO
LIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIOLIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO
LIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
 

Semelhante a 04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO

O ministério de apóstolo
O ministério de apóstoloO ministério de apóstolo
O ministério de apóstolo
Moisés Sampaio
 
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos ApóstolosLição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
Ismael Isidio
 
Paradigmas missiologicos no novo testamento
Paradigmas missiologicos no novo testamentoParadigmas missiologicos no novo testamento
Paradigmas missiologicos no novo testamento
Hebert Balieiro
 

Semelhante a 04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO (20)

02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO
 
Lição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é EvangelizaçãoLição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é Evangelização
 
Colossenses - Cap. 01 parte 05 e cap. 02 - parte 01
Colossenses - Cap. 01 parte 05 e cap. 02 - parte 01Colossenses - Cap. 01 parte 05 e cap. 02 - parte 01
Colossenses - Cap. 01 parte 05 e cap. 02 - parte 01
 
O ministério de apóstolo
O ministério de apóstoloO ministério de apóstolo
O ministério de apóstolo
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
 
LIÇÃO 05 - JESUS ESCOLHE SEUS DISCÍPULOS
LIÇÃO 05 - JESUS ESCOLHE SEUS DISCÍPULOSLIÇÃO 05 - JESUS ESCOLHE SEUS DISCÍPULOS
LIÇÃO 05 - JESUS ESCOLHE SEUS DISCÍPULOS
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
A Liderança de Paulo
A Liderança de PauloA Liderança de Paulo
A Liderança de Paulo
 
A liderança de paulo
A liderança de pauloA liderança de paulo
A liderança de paulo
 
4 evangelistas
4 evangelistas4 evangelistas
4 evangelistas
 
1 introdução à missiologia
1 introdução à missiologia1 introdução à missiologia
1 introdução à missiologia
 
Lição 01 - O Que é Evangelização
Lição 01 - O Que é EvangelizaçãoLição 01 - O Que é Evangelização
Lição 01 - O Que é Evangelização
 
Lição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
Lição 06 - O Ministerio dos ApóstolosLição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
Lição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
 
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos ApóstolosLição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
 
Lição 6 o ministerio de apostolo
Lição 6 o ministerio de apostoloLição 6 o ministerio de apostolo
Lição 6 o ministerio de apostolo
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
Paradigmas missiologicos no novo testamento
Paradigmas missiologicos no novo testamentoParadigmas missiologicos no novo testamento
Paradigmas missiologicos no novo testamento
 
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTORLIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
 
O ministério de apóstolo
O ministério de apóstoloO ministério de apóstolo
O ministério de apóstolo
 

Mais de Leonam dos Santos

Mais de Leonam dos Santos (20)

Sindrome de Lúcifer
Sindrome de LúciferSindrome de Lúcifer
Sindrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
Como identificar uma seita
Como identificar uma seitaComo identificar uma seita
Como identificar uma seita
 
Acordem!
Acordem!Acordem!
Acordem!
 
Terceiro templo
Terceiro temploTerceiro templo
Terceiro templo
 
Sinais do anticristo
Sinais do anticristoSinais do anticristo
Sinais do anticristo
 
Síndrome de Lúcifer
Síndrome de LúciferSíndrome de Lúcifer
Síndrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
É hora de acordar!
É hora de acordar!É hora de acordar!
É hora de acordar!
 
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMOFOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
 
01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO
 
Quem tem razão?
Quem tem razão?Quem tem razão?
Quem tem razão?
 
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
 
O SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIAO SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIA
 
A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.
 
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADETEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
 
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
 
HISTÓRIA DA IGREJA - INTRODUÇÃO
HISTÓRIA DA IGREJA - INTRODUÇÃOHISTÓRIA DA IGREJA - INTRODUÇÃO
HISTÓRIA DA IGREJA - INTRODUÇÃO
 
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADEMILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
 
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTOARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 

04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO

  • 1.
  • 2. INTRODUÇÃO – (MT-14:19) No início do novo testamento surge João Batista, preparando o caminho do Senhor (Mt-3:1-3). Ele pregava o batismo de arrependimento e já fazia a preparação para o discipulado do senhor Jesus. Sua mensagem e discipulado eram fortes e eficientes, tão forte que dois dos seus discípulos seguiram a Jesus, um deles se tornou apóstolo (André/ Jo-1:35-40) mas, o mais impactante em João e que ele tinha a essência do discipulado, ele apontava Jesus como líder principal(Jo-1:35). JESUS Quando o Mestre se apresenta, João o glorifica diante dos homens (Jo-1:29) depois do batismo e da tentação ele inicia seu ministério de milagres, Jesus curou ,expulsou demônios ,ressuscitou mortos e salvou vidas, mas jamais esqueçeu de fazer o discipulado, ele sempre separava um tempo para andar, cuidar e ensinar os seus discípulos, pois sabia que tinha vindo ao mundo para morrer pela humanidade. Por isso, era necessário preparar homens para dar continuidade ao seu trabalho(Jo-14:12),ele escolheu os apóstolos para esse fim (Lc-6:12-16). Chegado o seu tempo foi para o Pai, deixando uma promessa sobre eles, a promessa era o poderoso batismo no Espírito Santo, cheios desse poder, eles deram sequência ao trabalho evangelístico do Senhor. 04 - LIÇÃO: DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO JESUS E OS SEUS DISCÍPULOS
  • 3. PAULO Os apóstolos fizeram o discipulado, mas depois do Senhor, o maior investidor deste ministério foi sem sombra de dúvida O apóstolo Paulo, ele tinha a visão de Cristo, acreditava em dons e milagres e estes aconteciam de forma extraordinária (At-19:11-12). Mas o amor por almas, vindo de Deus estava em Paulo, e era ainda maior que os milagres, ele não só ganhava, mas cuidava , visitava, treinava e enviava (At-11:26,15:36 e 14:21-22). Paulo foi o maior propagador do evangelho no mundo da sua época, Evangelizou dois continentes: Àsia e Europa, sem tecnologia, algo realmente impressionante. Isto não acontecia em vão, na sua conversão Deus levantou sobre ele um discipulador (Barnabé/At-9:27,11:22-26) cheio de amor por vidas, amor tão grande que o levava a acreditar na conversão de Paulo, algo que muitos discípulos não acreditavam ,depois de todo esse apoio Paulo se torna um líder frutífero e dentre esses Frutos, podemos destacar alguns que fizeram história:Tito,Timóteo, Lucas, Lídia, Priscila , Áquila etc... Contudo, podemos ter certeza, por mais trabalhoso que seja, vale a pena fazer o discipulado. OBSERVAÇÃO : O DISCIPULADO É UM ELO DIVINO PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES, A QUEBRA DESSE ELO TRAZ CONSEQUÊNCIAS GRAVES, JESUS FOI O EXEMPLO, PAULO IMITOU,TEMOS QUE SEGUÍ-LO. AP. PAULO 04 - LIÇÃO: DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO