SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
INTRODUÇÃO – MT.16:18
• IGREJA APOSTÓLICA(PRIMITIVA) É O PERÍODO QUE COMPREENDE A ASCENSÃO DE CRISTO
ATÉ A MORTE DO APÓSTOLO JOÃO(30/33 – 90/100 D.C), RECEBE ESTE NOME PELA CLARA
LIDERANÇA DOS APÓSTOLOS DURANTE ESTE PERÍODO, NESTE CONTEXTO A IGREJA INÍCIA
SEU TRABALHO, NO GRANDE DIA DE PENTECOSTES. LOGO DEPOIS ELA ESTABELEÇE UM
CONVÍVIO SOCIAL DIFERENCIADO DANDO UM TESTEMUNHO MARAVILHOSO, CRESÇE,
PASSA POR PERSEGUIÇÕES E SE EXPANDE CUMPRINDO O MANDAMENTO DO SENHOR(AT-
1:8).
1. O QUE É A IGREJA?
A PALAVRA GREGA PARA IGREJA É EKKLESIA. QUE APARECE 114 VEZES NO NOVO
TESTAMENTO. EKKLESIA TEM O SENTIDO ETIMOLÓGICO DE CHAMAR OU CHAMAR PARA
FORA, E DESIGNAVA, NO GREGO CLÁSSICO, UMA ASSEMBLÉIA, AJUNTAMENTO,
CONGREGAÇÃO DE CIDADÃOS DE UMA LOCALIDADE. A PALAVRA GAHAL, NO ANTIGO
TESTAMENTO, APLICAVA-SE AO POVO DE DEUS REUNIDO EM ASSEMBLÉIA.
“IGREJA EM UM SENTIDO UNIVERSAL” É A TOTALIDADE DAQUELES QUE CRÊEM E OBEDEÇEM
A CRISTO COMO SEU SENHOR E SALVADOR NO MUNDO(INDEPENDENTE DE
DENOMINAÇÕES). “IGREJA EM SENTIDO LOCAL”. É UM GRUPO DE CRENTES NUMA DADA
LOCALIDADE GEOGRÁFICA(1 CO- 6:19).
FUNDAÇÃO, VIDA SOCIAL E ESPIRITUAL
2. FUNDAÇÃO DA IGREJA
MESMO ANTES DA CRIAÇÃO, A IGREJA DE CRISTO JÁ ESTAVA NOS PLANOS DO PAI(EF-1:4-5).
PORÉM ELA SÓ FOI FORMADA NA VINDA DE CRISTO A TERRA.
AS ESCRITURAS SAGRADAS AFIRMAM CATEGORICAMENTE QUE CRISTO É O FUNDADOR E O
CABEÇA DA IGREJA, DIFERENTEMENTE DO CONCEITO DE ALGUNS QUE ACREDITAM QUE A
IGREJA FOI FUNDADA POR PEDRO, VEJAMOS O VERSÍCULO ABAIXO:
“POIS TAMBÉM EU TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA
IGREJA, E AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA ELA”(MT-16:18).
PEDRO/PETROS(GR) – PEDRA PEQUENA / CRISTO/PETRA(GR) - PEDRA GRANDE OU
ROCHA(SL118:22).
EM UM SENTIDO AMPLO A IGREJA JÁ EXISTIA ANTES DO DIA DE PENTECOSTES, CONTUDO
ELA SÓ COMEÇOU O SEU TRABALHO A PARTIR DESTE DIA(AT- 2:1-4).
3. VIDA SOCIAL E ESPIRITUAL
LOGO APÓS O BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO, A IGREJA COMEÇA O SEU TRABALHO
MUITO BEM. NA PRIMEIRA PREGAÇÃO, QUASE TRÊS MIL ALMAS SE CONVERTEM A CRISTO.
OS CRENTES PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS(PALAVRA DE DEUS), NA
ORAÇÃO, NA COMUNHÃO E NO PARTIR DO PÃO(CELEBRAVAM COM ALEGRIA A CEIA DO
SENHOR – AT-2:41-47) E AINDA FAZIAM UMA AÇÃO SOCIAL MUITO BONITA. ELES VENDIAM
AS SUAS PROPIEDADES E REPARTIAM ENTRE SI, A BÍBLIA DIZ QUE NÃO HAVIA ENTRE ELES
NECESSITADOS, ESTA AÇÃO APESAR DE SER LOUVÁVEL, NÃO DEU MUITO CERTO, POIS
DEPOIS DE UM TEMPO A IGREJA DE JERUSALÉM PASSOU POR NECESSIDADES, ISTO
ACONTECEU POR CAUSA DA FOME QUE ATINGIU O IMPÉRIO NO GOVERNO DE CLÁUDIO,
COMO TAMBÉM, PELA FALTA DE ENTENDIMENTO(APESAR DA BOA VONTADE), POIS O
MANDAMENTO É REPARTIR E NÃO DAR TUDO O QUE TEM (LC-3:10-11 / AT-11:28-30).
CRESCIMENTO E EXPANSÃO
CONTINUAÇÃO
EM GERAL, O TESTEMUNHO DADO PELA IGREJA FOI MUITO BOM, E AINDA CONTOU COM
GRANDES SINAIS OPERADOS PELO ESPÍRITO SANTO, ATRAVÉS DOS APÓSTOLOS. TODOS
ESTES ACONTECIMENTOS ATRAÍRAM MULTIDÕES A CRISTO, NO INÍCIO DA IGREJA(AT-5:12-
14).
4. CRESCIMENTO E EXPANSÃO
COMO JÁ FOI DITO O BOM TESTEMUNHO E OS SINAIS TROUXERAM CRESCIMENTO A IGREJA
DE CRISTO(AT-2:41/4:4/5:14).
PORÉM ESTE CRESCIMENTO ERA LOCAL, E O MANDAMENTO DIZIA: “ATÉ OS CONFINS DA
TERRA”(AT-1:8).PARA QUE ESTE MANDAMENTO FOSSE CUMPRIDO, CRISTO PERMITE QUE A
PERSEGUIÇÃO ALCANCE A SUA IGREJA. ELA É PRATICADA PELOS JUDEUS E SE INICÍA COM A
MORTE DE ESTEVÃO(AT-8:1), A PARTIR DAÍ A IGREJA SE ESPALHA PELO MUNDO ROMANO,
LEVANDO A MENSAGEM DO EVANGELHO A DIVERSOS LUGARES, PRIMEIRAMENTE PARA OS
JUDEUS, MAS DEPOIS TAMBÉM AOS GENTIOS(AT- 11:19-30).
A PRIMEIRA IGREJA NÃO JUDAICA FOI A DE ANTIOQUIA DA SÍRIA, ONDE OS DISCÍPULOS
PELA PRIMEIRA VEZ FORAM CHAMADOS DE CRISTÃOS, ELA RECEBEU O APOIO DE BARNABÉ
E DE PAULO. ALIÁS, PAULO DEPOIS DE CRISTO É O PRINCIPAL PERSONAGEM DO NOVO
TESTAMENTO, ELE FOI SEM DÚVIDA O MAIOR RESPONSÁVEL PELA EXPANSÃO DO
EVANGELHO NO MUNDO, FUNDOU COM A AJUDA DE SEUS AUXILIARES, IGREJAS EM VÁRIOS
LUGARES. O APÓSTOLO DOS GENTIOS PARTICIPOU DO PRIMEIRO CONCÍLIO, PARA TRATAR
DE ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS, ESCREVEU 12 CARTAS BÍBLICAS, FEZ TAMBÉM 3 VIAGENS
MISSIONÁRIAS E POR ÚLTIMO JÁ PRESO POR PERSEGUIÇÃO DO JUDEUS, VIAJOU PARA
ROMA PARA TESTIFICAR DO SENHOR AO IMPERADOR(AT-9:15 / 23:11).
OBS: HOUVE TAMBÉM NESTE PERÍODO A PERSEGUIÇÃO POR PARTE DOS ROMANOS, SOBRE
ESTE ASSUNTO FALAREMOS MAIS , NA PRÓXIMA LIÇÃO.
FOTOS
PAULO
ESTEVÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da igreja cristã
História da igreja cristãHistória da igreja cristã
História da igreja cristãJair Bernardo
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igrejaSeminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igrejaRobson Rocha
 
Alderi souza de matos panorama da história da igreja
Alderi souza de matos   panorama da história da igrejaAlderi souza de matos   panorama da história da igreja
Alderi souza de matos panorama da história da igrejaRobério Pereira Lima
 
História da igreja antiga
História da igreja antigaHistória da igreja antiga
História da igreja antigaAlberto Simonton
 
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAdriano Pascoa
 
Lição 1 deus dá sua lei ao povo de israel
Lição 1   deus dá sua lei ao povo de israelLição 1   deus dá sua lei ao povo de israel
Lição 1 deus dá sua lei ao povo de israelAdriano Pascoa
 
História da Igreja Nascente: a Igreja livre
História da Igreja Nascente: a Igreja livreHistória da Igreja Nascente: a Igreja livre
História da Igreja Nascente: a Igreja livreRafael Guedes
 
Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Lisanro Cronje
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 2 os mártires da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 2   os mártires da igrejaSeminário sobre a história da igreja. parte 2   os mártires da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 2 os mártires da igrejaRobson Rocha
 
T200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãos
T200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãosT200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãos
T200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãosGersonPrates
 
Historia da igreja i aula 3
Historia da igreja i  aula 3Historia da igreja i  aula 3
Historia da igreja i aula 3Moisés Sampaio
 
Introdução à História da Igreja Cristã
Introdução à História da Igreja CristãIntrodução à História da Igreja Cristã
Introdução à História da Igreja CristãAlberto Simonton
 
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos ApóstolosAula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos Apóstolosibrdoamor
 
Slides visão histórica da igreja capitulo 3
Slides visão histórica da igreja capitulo 3Slides visão histórica da igreja capitulo 3
Slides visão histórica da igreja capitulo 3000
 

Mais procurados (19)

História da igreja cristã
História da igreja cristãHistória da igreja cristã
História da igreja cristã
 
Estudo Sobre Atos
Estudo Sobre AtosEstudo Sobre Atos
Estudo Sobre Atos
 
Os atos dos apostolos #01
Os atos dos apostolos #01Os atos dos apostolos #01
Os atos dos apostolos #01
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igrejaSeminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igreja
 
Alderi souza de matos panorama da história da igreja
Alderi souza de matos   panorama da história da igrejaAlderi souza de matos   panorama da história da igreja
Alderi souza de matos panorama da história da igreja
 
História da igreja antiga
História da igreja antigaHistória da igreja antiga
História da igreja antiga
 
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
 
Lição 1 deus dá sua lei ao povo de israel
Lição 1   deus dá sua lei ao povo de israelLição 1   deus dá sua lei ao povo de israel
Lição 1 deus dá sua lei ao povo de israel
 
História da Igreja Nascente: a Igreja livre
História da Igreja Nascente: a Igreja livreHistória da Igreja Nascente: a Igreja livre
História da Igreja Nascente: a Igreja livre
 
Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2
 
Formação - Evangelho e Atos dos Apóstolos
Formação - Evangelho e Atos dos ApóstolosFormação - Evangelho e Atos dos Apóstolos
Formação - Evangelho e Atos dos Apóstolos
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 2 os mártires da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 2   os mártires da igrejaSeminário sobre a história da igreja. parte 2   os mártires da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 2 os mártires da igreja
 
T200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãos
T200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãosT200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãos
T200 Atos dos Apóstolos, os primeiros cristãos
 
Historia da igreja i aula 3
Historia da igreja i  aula 3Historia da igreja i  aula 3
Historia da igreja i aula 3
 
História da igreja 2
História da igreja 2História da igreja 2
História da igreja 2
 
Introdução à História da Igreja Cristã
Introdução à História da Igreja CristãIntrodução à História da Igreja Cristã
Introdução à História da Igreja Cristã
 
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos ApóstolosAula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
 
Slides visão histórica da igreja capitulo 3
Slides visão histórica da igreja capitulo 3Slides visão histórica da igreja capitulo 3
Slides visão histórica da igreja capitulo 3
 
10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja
 

Destaque

ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOSESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOSLeonam dos Santos
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”Leonam dos Santos
 
Cuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosCuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosLeonam dos Santos
 
O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?Leonam dos Santos
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTOLeonam dos Santos
 
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?Leonam dos Santos
 
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADEMILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADELeonam dos Santos
 

Destaque (20)

ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOSESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
ESTUDO BÍBLICO SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
 
Credo dos apóstolos
Credo dos apóstolosCredo dos apóstolos
Credo dos apóstolos
 
LIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTA
LIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTALIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTA
LIÇÃO 2 - DEUS, O PRIMEIRO EVANGELISTA
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
 
GUIA DO BRASILEIRÃO 2014
GUIA DO BRASILEIRÃO 2014GUIA DO BRASILEIRÃO 2014
GUIA DO BRASILEIRÃO 2014
 
Cuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosCuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-Gnósticos
 
O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?
 
HIPOCRISIA
HIPOCRISIAHIPOCRISIA
HIPOCRISIA
 
LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORALIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
 
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
 
LIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO
LIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIOLIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO
LIÇÃO 04 - A PROVISÃO DE DEUS NO MONTE DO SACRIFÍCIO
 
IDOLATRIA NÃO !
IDOLATRIA NÃO !IDOLATRIA NÃO !
IDOLATRIA NÃO !
 
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
HAVERÁ A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?
 
LIÇÃO 07 - JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
LIÇÃO 07 - JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇASLIÇÃO 07 - JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
LIÇÃO 07 - JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
 
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRALIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
LIÇÃO 10 - MILÊNIO - UM TEMPO GLORIOSO PARA A TERRA
 
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
 
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADEMILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
MILÊNIO, JUÍZO FINAL E ETERNIDADE
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉLIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
 

Semelhante a HISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICA

Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaErberson Pinheiro
 
Carta a igreja pérgamo
Carta a igreja pérgamoCarta a igreja pérgamo
Carta a igreja pérgamoIcm Bela Vista
 
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAESCRIBAVALDEMIR
 
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTOARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTOLeonam dos Santos
 
Uma Igreja com Saúde: desafios atuais para o teólogo pentecostal
Uma Igreja com Saúde:  desafios atuais para o teólogo pentecostalUma Igreja com Saúde:  desafios atuais para o teólogo pentecostal
Uma Igreja com Saúde: desafios atuais para o teólogo pentecostalALTAIR GERMANO
 
Slide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptx
Slide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptxSlide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptx
Slide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptxJosimarMonteiro4
 
Escatologia Bíblica - IC Boa Esperança
Escatologia Bíblica - IC Boa EsperançaEscatologia Bíblica - IC Boa Esperança
Escatologia Bíblica - IC Boa EsperançaJoel Medeiros
 
Escatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdf
Escatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdfEscatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdf
Escatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdfLalisel1
 
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIAMINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIALeonam dos Santos
 
Uma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptx
Uma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptxUma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptx
Uma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptxJorgeVieira668836
 
Eclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEraldo Luciano
 

Semelhante a HISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICA (20)

7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3
 
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
 
Escatologia cap07
Escatologia cap07Escatologia cap07
Escatologia cap07
 
Carta a igreja pérgamo
Carta a igreja pérgamoCarta a igreja pérgamo
Carta a igreja pérgamo
 
Apostila obreiros lição 3
Apostila obreiros lição 3Apostila obreiros lição 3
Apostila obreiros lição 3
 
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
 
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTOARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
 
Uma Igreja com Saúde: desafios atuais para o teólogo pentecostal
Uma Igreja com Saúde:  desafios atuais para o teólogo pentecostalUma Igreja com Saúde:  desafios atuais para o teólogo pentecostal
Uma Igreja com Saúde: desafios atuais para o teólogo pentecostal
 
Slide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptx
Slide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptxSlide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptx
Slide - EBD MVN 2023 Licao 06 1Trim.pptx
 
Escatologia Bíblica - IC Boa Esperança
Escatologia Bíblica - IC Boa EsperançaEscatologia Bíblica - IC Boa Esperança
Escatologia Bíblica - IC Boa Esperança
 
Escatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdf
Escatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdfEscatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdf
Escatologia - Estudo das profecias bíblicas (1).pdf
 
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIAMINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
 
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
 
Cetadeb sonora- ms
Cetadeb  sonora- msCetadeb  sonora- ms
Cetadeb sonora- ms
 
Uma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptx
Uma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptxUma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptx
Uma perspectiva Pentecostal de Evangelismo e Missões.pptx
 
ESCATOLOGIA AULA 7.pptx
ESCATOLOGIA AULA 7.pptxESCATOLOGIA AULA 7.pptx
ESCATOLOGIA AULA 7.pptx
 
Missões e evangelismo 03
Missões e evangelismo 03Missões e evangelismo 03
Missões e evangelismo 03
 
Eclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina Leão
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
 

Mais de Leonam dos Santos (16)

Sindrome de Lúcifer
Sindrome de LúciferSindrome de Lúcifer
Sindrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
Como identificar uma seita
Como identificar uma seitaComo identificar uma seita
Como identificar uma seita
 
Acordem!
Acordem!Acordem!
Acordem!
 
Terceiro templo
Terceiro temploTerceiro templo
Terceiro templo
 
Sinais do anticristo
Sinais do anticristoSinais do anticristo
Sinais do anticristo
 
Síndrome de Lúcifer
Síndrome de LúciferSíndrome de Lúcifer
Síndrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
É hora de acordar!
É hora de acordar!É hora de acordar!
É hora de acordar!
 
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMOFOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
 
02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO
 
01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO
 
Quem tem razão?
Quem tem razão?Quem tem razão?
Quem tem razão?
 
O SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIAO SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIA
 
A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.
 
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADETEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
 

Último

As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 

Último (20)

As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 

HISTÓRIA DA IGREJA - IGREJA APÓSTOLICA

  • 1.
  • 2. INTRODUÇÃO – MT.16:18 • IGREJA APOSTÓLICA(PRIMITIVA) É O PERÍODO QUE COMPREENDE A ASCENSÃO DE CRISTO ATÉ A MORTE DO APÓSTOLO JOÃO(30/33 – 90/100 D.C), RECEBE ESTE NOME PELA CLARA LIDERANÇA DOS APÓSTOLOS DURANTE ESTE PERÍODO, NESTE CONTEXTO A IGREJA INÍCIA SEU TRABALHO, NO GRANDE DIA DE PENTECOSTES. LOGO DEPOIS ELA ESTABELEÇE UM CONVÍVIO SOCIAL DIFERENCIADO DANDO UM TESTEMUNHO MARAVILHOSO, CRESÇE, PASSA POR PERSEGUIÇÕES E SE EXPANDE CUMPRINDO O MANDAMENTO DO SENHOR(AT- 1:8). 1. O QUE É A IGREJA? A PALAVRA GREGA PARA IGREJA É EKKLESIA. QUE APARECE 114 VEZES NO NOVO TESTAMENTO. EKKLESIA TEM O SENTIDO ETIMOLÓGICO DE CHAMAR OU CHAMAR PARA FORA, E DESIGNAVA, NO GREGO CLÁSSICO, UMA ASSEMBLÉIA, AJUNTAMENTO, CONGREGAÇÃO DE CIDADÃOS DE UMA LOCALIDADE. A PALAVRA GAHAL, NO ANTIGO TESTAMENTO, APLICAVA-SE AO POVO DE DEUS REUNIDO EM ASSEMBLÉIA. “IGREJA EM UM SENTIDO UNIVERSAL” É A TOTALIDADE DAQUELES QUE CRÊEM E OBEDEÇEM A CRISTO COMO SEU SENHOR E SALVADOR NO MUNDO(INDEPENDENTE DE DENOMINAÇÕES). “IGREJA EM SENTIDO LOCAL”. É UM GRUPO DE CRENTES NUMA DADA LOCALIDADE GEOGRÁFICA(1 CO- 6:19).
  • 3. FUNDAÇÃO, VIDA SOCIAL E ESPIRITUAL 2. FUNDAÇÃO DA IGREJA MESMO ANTES DA CRIAÇÃO, A IGREJA DE CRISTO JÁ ESTAVA NOS PLANOS DO PAI(EF-1:4-5). PORÉM ELA SÓ FOI FORMADA NA VINDA DE CRISTO A TERRA. AS ESCRITURAS SAGRADAS AFIRMAM CATEGORICAMENTE QUE CRISTO É O FUNDADOR E O CABEÇA DA IGREJA, DIFERENTEMENTE DO CONCEITO DE ALGUNS QUE ACREDITAM QUE A IGREJA FOI FUNDADA POR PEDRO, VEJAMOS O VERSÍCULO ABAIXO: “POIS TAMBÉM EU TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA, E AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA ELA”(MT-16:18). PEDRO/PETROS(GR) – PEDRA PEQUENA / CRISTO/PETRA(GR) - PEDRA GRANDE OU ROCHA(SL118:22). EM UM SENTIDO AMPLO A IGREJA JÁ EXISTIA ANTES DO DIA DE PENTECOSTES, CONTUDO ELA SÓ COMEÇOU O SEU TRABALHO A PARTIR DESTE DIA(AT- 2:1-4). 3. VIDA SOCIAL E ESPIRITUAL LOGO APÓS O BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO, A IGREJA COMEÇA O SEU TRABALHO MUITO BEM. NA PRIMEIRA PREGAÇÃO, QUASE TRÊS MIL ALMAS SE CONVERTEM A CRISTO. OS CRENTES PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS(PALAVRA DE DEUS), NA ORAÇÃO, NA COMUNHÃO E NO PARTIR DO PÃO(CELEBRAVAM COM ALEGRIA A CEIA DO SENHOR – AT-2:41-47) E AINDA FAZIAM UMA AÇÃO SOCIAL MUITO BONITA. ELES VENDIAM AS SUAS PROPIEDADES E REPARTIAM ENTRE SI, A BÍBLIA DIZ QUE NÃO HAVIA ENTRE ELES NECESSITADOS, ESTA AÇÃO APESAR DE SER LOUVÁVEL, NÃO DEU MUITO CERTO, POIS DEPOIS DE UM TEMPO A IGREJA DE JERUSALÉM PASSOU POR NECESSIDADES, ISTO ACONTECEU POR CAUSA DA FOME QUE ATINGIU O IMPÉRIO NO GOVERNO DE CLÁUDIO, COMO TAMBÉM, PELA FALTA DE ENTENDIMENTO(APESAR DA BOA VONTADE), POIS O MANDAMENTO É REPARTIR E NÃO DAR TUDO O QUE TEM (LC-3:10-11 / AT-11:28-30).
  • 4. CRESCIMENTO E EXPANSÃO CONTINUAÇÃO EM GERAL, O TESTEMUNHO DADO PELA IGREJA FOI MUITO BOM, E AINDA CONTOU COM GRANDES SINAIS OPERADOS PELO ESPÍRITO SANTO, ATRAVÉS DOS APÓSTOLOS. TODOS ESTES ACONTECIMENTOS ATRAÍRAM MULTIDÕES A CRISTO, NO INÍCIO DA IGREJA(AT-5:12- 14). 4. CRESCIMENTO E EXPANSÃO COMO JÁ FOI DITO O BOM TESTEMUNHO E OS SINAIS TROUXERAM CRESCIMENTO A IGREJA DE CRISTO(AT-2:41/4:4/5:14). PORÉM ESTE CRESCIMENTO ERA LOCAL, E O MANDAMENTO DIZIA: “ATÉ OS CONFINS DA TERRA”(AT-1:8).PARA QUE ESTE MANDAMENTO FOSSE CUMPRIDO, CRISTO PERMITE QUE A PERSEGUIÇÃO ALCANCE A SUA IGREJA. ELA É PRATICADA PELOS JUDEUS E SE INICÍA COM A MORTE DE ESTEVÃO(AT-8:1), A PARTIR DAÍ A IGREJA SE ESPALHA PELO MUNDO ROMANO, LEVANDO A MENSAGEM DO EVANGELHO A DIVERSOS LUGARES, PRIMEIRAMENTE PARA OS JUDEUS, MAS DEPOIS TAMBÉM AOS GENTIOS(AT- 11:19-30). A PRIMEIRA IGREJA NÃO JUDAICA FOI A DE ANTIOQUIA DA SÍRIA, ONDE OS DISCÍPULOS PELA PRIMEIRA VEZ FORAM CHAMADOS DE CRISTÃOS, ELA RECEBEU O APOIO DE BARNABÉ E DE PAULO. ALIÁS, PAULO DEPOIS DE CRISTO É O PRINCIPAL PERSONAGEM DO NOVO TESTAMENTO, ELE FOI SEM DÚVIDA O MAIOR RESPONSÁVEL PELA EXPANSÃO DO EVANGELHO NO MUNDO, FUNDOU COM A AJUDA DE SEUS AUXILIARES, IGREJAS EM VÁRIOS LUGARES. O APÓSTOLO DOS GENTIOS PARTICIPOU DO PRIMEIRO CONCÍLIO, PARA TRATAR DE ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS, ESCREVEU 12 CARTAS BÍBLICAS, FEZ TAMBÉM 3 VIAGENS MISSIONÁRIAS E POR ÚLTIMO JÁ PRESO POR PERSEGUIÇÃO DO JUDEUS, VIAJOU PARA ROMA PARA TESTIFICAR DO SENHOR AO IMPERADOR(AT-9:15 / 23:11). OBS: HOUVE TAMBÉM NESTE PERÍODO A PERSEGUIÇÃO POR PARTE DOS ROMANOS, SOBRE ESTE ASSUNTO FALAREMOS MAIS , NA PRÓXIMA LIÇÃO.