SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
TEXTO: (PV- 2:1-7) 
• INTRODUÇÃO: O OBJETIVO DESTE ESTUDO É ENSINAR O CAMINHO BÍBLICO PARA SE OBTER A SABEDORIA. 
• SABEDORIA : ENTENDIMENTO(CONHECIMENTO) DIVINO PARA ATUAR EM SITUAÇÕES. 
• PROVÉRBIOS: PEQUENAS FRASES DE SABEDORIA DIVINA OU POPULAR. 
1- DESEJO – VS 2 
O PRIMEIRO PASSO PARA SE OBTER A SABEDORIA, É O DESEJO, SEM ELE NÃO HAVERÁ INCENTIVO PARA NADA. 
2- PEDIDO- VS 3 
A BÍBLIA DIZ QUE QUEM PEDE RECEBE, SÓ PODEMOS RECEBER AQUILO QUE PEDIMOS (TG-1:5; MT-21:22) 
3- ESFORÇO- VS 4 
NÃO ADIANTA APENAS DESEJAR OU PEDIR, É PRECISO CORRRER ATRÁS DO OBJETIVO( EX ; LER A BÍBLIA CONSTANTEMENTE, LER LIVROS, DEDICAR TEMPO ETC.). 
4- RESPOSTA DIVINA- VS 5-7 
O SENHOR NESTA PASSAGEM REVELA O SEGREDO DA SABEDORIA, ELA NÃO ESTÁ COM OS MAIS VELHOS NEM TAMPOUCO COM OS TÉOLOGOS, MAS COM O PRÓPRIO DEUS ATRAVÉS DA SUA SANTA PALAVRA (PV-8:11 E 14, 4:7,15:16 E 27:11).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a BíbliaLição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a BíbliaRespirando Deus
 
Lição 13 a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...
Lição 13   a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...Lição 13   a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...
Lição 13 a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...Sergio Silva
 
Bibliologia - Necessidade das Escrituras
Bibliologia - Necessidade das EscriturasBibliologia - Necessidade das Escrituras
Bibliologia - Necessidade das EscriturasDilean Melo
 
27. o verdadeiro e o falso profeta
27. o verdadeiro e o falso profeta27. o verdadeiro e o falso profeta
27. o verdadeiro e o falso profetaAdão Bueno
 
Leituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano CJosé Lima
 
A palavra viva
A palavra vivaA palavra viva
A palavra vivaraccojose
 
Links úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíbliaLinks úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíbliaMatheus Alves
 
12. a 4ª coluna da verdade
12. a 4ª coluna da verdade12. a 4ª coluna da verdade
12. a 4ª coluna da verdadeAdão Bueno
 
Estudo 13 9 - recursos a serem usados nas orações
Estudo 13  9 - recursos a serem usados nas oraçõesEstudo 13  9 - recursos a serem usados nas orações
Estudo 13 9 - recursos a serem usados nas oraçõesJaed Gomes
 
2022 1º trimestre adulto lição 03
2022 1º trimestre adulto lição 032022 1º trimestre adulto lição 03
2022 1º trimestre adulto lição 03JoelSilva477650
 
Bibliologia - Autoridade das Escrituras
Bibliologia - Autoridade das EscriturasBibliologia - Autoridade das Escrituras
Bibliologia - Autoridade das EscriturasDilean Melo
 
Ebd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da BíbliaEbd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da BíbliaNey Bellas
 

Mais procurados (20)

Lição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a BíbliaLição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
 
Lição 13 a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...
Lição 13   a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...Lição 13   a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...
Lição 13 a necessidade de conhecer a bíblia - examinai as escrituras - ed. ...
 
Bibliologia - Necessidade das Escrituras
Bibliologia - Necessidade das EscriturasBibliologia - Necessidade das Escrituras
Bibliologia - Necessidade das Escrituras
 
27. o verdadeiro e o falso profeta
27. o verdadeiro e o falso profeta27. o verdadeiro e o falso profeta
27. o verdadeiro e o falso profeta
 
Leituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 29° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Bíblia
BíbliaBíblia
Bíblia
 
Como Deus testa a minha fé
Como Deus testa a minha féComo Deus testa a minha fé
Como Deus testa a minha fé
 
Aula bíblia sagrada
Aula bíblia sagradaAula bíblia sagrada
Aula bíblia sagrada
 
O PRIVILÉGIO DE FALAR COM DEUS
O PRIVILÉGIO DE FALAR COM DEUSO PRIVILÉGIO DE FALAR COM DEUS
O PRIVILÉGIO DE FALAR COM DEUS
 
A Clareza e Supremacia da Palavra de Deus
A Clareza e Supremacia da Palavra de DeusA Clareza e Supremacia da Palavra de Deus
A Clareza e Supremacia da Palavra de Deus
 
A palavra viva
A palavra vivaA palavra viva
A palavra viva
 
Links úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíbliaLinks úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíblia
 
12. a 4ª coluna da verdade
12. a 4ª coluna da verdade12. a 4ª coluna da verdade
12. a 4ª coluna da verdade
 
1 Boletim de DEZEMBRO 2013
1 Boletim de DEZEMBRO 20131 Boletim de DEZEMBRO 2013
1 Boletim de DEZEMBRO 2013
 
Estudo 13 9 - recursos a serem usados nas orações
Estudo 13  9 - recursos a serem usados nas oraçõesEstudo 13  9 - recursos a serem usados nas orações
Estudo 13 9 - recursos a serem usados nas orações
 
Por que preciso ir a ebd?
Por que preciso ir a ebd?Por que preciso ir a ebd?
Por que preciso ir a ebd?
 
2022 1º trimestre adulto lição 03
2022 1º trimestre adulto lição 032022 1º trimestre adulto lição 03
2022 1º trimestre adulto lição 03
 
A necessidade do estudo da hermenêutica 2
A necessidade do estudo da hermenêutica 2A necessidade do estudo da hermenêutica 2
A necessidade do estudo da hermenêutica 2
 
Bibliologia - Autoridade das Escrituras
Bibliologia - Autoridade das EscriturasBibliologia - Autoridade das Escrituras
Bibliologia - Autoridade das Escrituras
 
Ebd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da BíbliaEbd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da Bíblia
 

Destaque (20)

Persistir é vencer
Persistir é vencerPersistir é vencer
Persistir é vencer
 
Curso de corel draw x5 aula 46 cartao namorados 1 
Curso de corel draw x5 aula 46 cartao namorados 1 Curso de corel draw x5 aula 46 cartao namorados 1 
Curso de corel draw x5 aula 46 cartao namorados 1 
 
Fotos NVIDIA
Fotos NVIDIAFotos NVIDIA
Fotos NVIDIA
 
Curso rh
Curso rhCurso rh
Curso rh
 
Molde bebe 00001_gx
Molde bebe 00001_gxMolde bebe 00001_gx
Molde bebe 00001_gx
 
Ppt
PptPpt
Ppt
 
Termo de acordo entre Município de Chapecó e Unimed
Termo de acordo entre Município de Chapecó e UnimedTermo de acordo entre Município de Chapecó e Unimed
Termo de acordo entre Município de Chapecó e Unimed
 
Letra inicial 1º ano
Letra inicial 1º anoLetra inicial 1º ano
Letra inicial 1º ano
 
Cursodecercaeletrica
CursodecercaeletricaCursodecercaeletrica
Cursodecercaeletrica
 
Processo der Fabricação do Chocolate.
Processo der Fabricação do Chocolate. Processo der Fabricação do Chocolate.
Processo der Fabricação do Chocolate.
 
Estamos vivendo nos ultimos dias ,,,
Estamos vivendo nos ultimos dias ,,,Estamos vivendo nos ultimos dias ,,,
Estamos vivendo nos ultimos dias ,,,
 
Função 1º e 2º grau
Função 1º e 2º grauFunção 1º e 2º grau
Função 1º e 2º grau
 
Guia para um avivamento pessoal
Guia para um avivamento pessoalGuia para um avivamento pessoal
Guia para um avivamento pessoal
 
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y MéxicoEstado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
 
2ª prova da 4ª unidade
2ª prova da 4ª unidade2ª prova da 4ª unidade
2ª prova da 4ª unidade
 
Jmaco3
Jmaco3Jmaco3
Jmaco3
 
Entrenador formato propuesta premio
Entrenador formato propuesta premioEntrenador formato propuesta premio
Entrenador formato propuesta premio
 
Clinicale
ClinicaleClinicale
Clinicale
 
Graduado Escolar
Graduado EscolarGraduado Escolar
Graduado Escolar
 
Senhas
SenhasSenhas
Senhas
 

Mais de Leonam dos Santos (20)

Sindrome de Lúcifer
Sindrome de LúciferSindrome de Lúcifer
Sindrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
Como identificar uma seita
Como identificar uma seitaComo identificar uma seita
Como identificar uma seita
 
Acordem!
Acordem!Acordem!
Acordem!
 
Terceiro templo
Terceiro temploTerceiro templo
Terceiro templo
 
Sinais do anticristo
Sinais do anticristoSinais do anticristo
Sinais do anticristo
 
Síndrome de Lúcifer
Síndrome de LúciferSíndrome de Lúcifer
Síndrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
É hora de acordar!
É hora de acordar!É hora de acordar!
É hora de acordar!
 
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMOFOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
 
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
 
Cuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosCuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-Gnósticos
 
02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO
 
01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO
 
O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?
 
Quem tem razão?
Quem tem razão?Quem tem razão?
Quem tem razão?
 
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
 
HIPOCRISIA
HIPOCRISIAHIPOCRISIA
HIPOCRISIA
 
A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.
 

Último

Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 

Último (20)

Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 

O SEGREDO DA SABEDORIA

  • 1.
  • 2. TEXTO: (PV- 2:1-7) • INTRODUÇÃO: O OBJETIVO DESTE ESTUDO É ENSINAR O CAMINHO BÍBLICO PARA SE OBTER A SABEDORIA. • SABEDORIA : ENTENDIMENTO(CONHECIMENTO) DIVINO PARA ATUAR EM SITUAÇÕES. • PROVÉRBIOS: PEQUENAS FRASES DE SABEDORIA DIVINA OU POPULAR. 1- DESEJO – VS 2 O PRIMEIRO PASSO PARA SE OBTER A SABEDORIA, É O DESEJO, SEM ELE NÃO HAVERÁ INCENTIVO PARA NADA. 2- PEDIDO- VS 3 A BÍBLIA DIZ QUE QUEM PEDE RECEBE, SÓ PODEMOS RECEBER AQUILO QUE PEDIMOS (TG-1:5; MT-21:22) 3- ESFORÇO- VS 4 NÃO ADIANTA APENAS DESEJAR OU PEDIR, É PRECISO CORRRER ATRÁS DO OBJETIVO( EX ; LER A BÍBLIA CONSTANTEMENTE, LER LIVROS, DEDICAR TEMPO ETC.). 4- RESPOSTA DIVINA- VS 5-7 O SENHOR NESTA PASSAGEM REVELA O SEGREDO DA SABEDORIA, ELA NÃO ESTÁ COM OS MAIS VELHOS NEM TAMPOUCO COM OS TÉOLOGOS, MAS COM O PRÓPRIO DEUS ATRAVÉS DA SUA SANTA PALAVRA (PV-8:11 E 14, 4:7,15:16 E 27:11).