SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
IGREJA BÍBLICA DO CRISTO
POR: PB. LEONAM DOS SANTOS
01- LIÇÃO: O QUE É DISCIPULADO?
INTRODUÇÃO – (MT-28:19-20)
Forma de trabalho e relacionamento onde o líder ensina o novo convertido a seguir o senhor Jesus.
Discipulado é um mandamento e não uma opção ou uma nova visão como muitos afirmam(Mt-
28:19) a maioria não quer praticá-lo por que ele é muito trabalhoso. Contudo todo este trabalho
vale a pena, pois o céu fica em estado de alegria e ganhando almas fazemos a vontade de Deus (Lc-
15:7 ; 1Tm-2:4).
O discipulado é muito importante visto que o pastor não tem condições de cuidar de todos,
podemos observar esta verdade no episódio do aconselhamento de Jetro a Moisés, ele(Moisés)
como líder de Deus na congregação Israelita, estava fadigado pelo trabalho solitário(Ex-18:17-24).
justamente por isso o discipulado se torna tão necessário, pois o discípulo de hoje pode tornar-se
um líder amanhã e ajudar o seu pastor a fazer a obra de Deus. Esta estratégia Divina foi usada
pelos patriarcas, profetas e acima de tudo pelo Senhor Jesus, se ele utilizou este processo quem
somos nós para desprezá-lo.
"Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também." (Jo- 13 : 15)
01- LIÇÃO: O QUE É DISCIPULADO?
DISCIPULADOR (LÍDER)
• Líder de um discípulo, formador de alunos, é o responsável pelo amadurecimento e cuidado do novo
decidido(Mt-28:19).
DISCÍPULO
• Seguidor ( aprendiz ou aluno ) de um líder( ou mestre ), a palavra grega traduzida como discípulo é
“Mathés” , usada 269 vezes nos evangelhos e em atos(Jo- 8:31).
OBSERVAÇÃO 1:
O DISCIPULADO NÃO É UMA VISÃO OU UMA INVENÇÃO HUMANA COMO MUITOS AFIRMAM, É UM TRABALHO BÍBLICO
UTILIZADO POR JESUS E OS APÓSTOLOS(MANDAMENTO).
VISA A FRUTIFICAÇÃO RESPONSÁVEL; SEM METAS, PSICOLOGIA, REGRESSÃO, OBEDIÊNCIA CEGA, CUSTUMES JUDAIZANTES,
PALAVRAS PROFÉTICAS ABSURDAS, LIDERANÇA OBRIGATÓRIA E TEOLOGIA DA PROSPERIDADE.
PESSOAS DO DISCIPULADO
• LÍDER:
GANHAR- Significa conquistar o discípulo através do Espírito Santo para o Senhor Jesus(Oração, jejum,
evangelismo,Testemunho etc...). (Lc-5:8-10)
CUIDAR- Depois da conversão(conquista), o novo discípulo de Cristo vai precisar de ajuda, Como o
Apóstolo Paulo precisamos fortalecê-lo na fé(consolidar), para que ele possa se firmar em Cristo (Mt- 5:1 ;
8:14 ; 9:9-10; At- 15:36).
TREINAR- Neste período do discipulado, o discípulo um pouco mais maduro, começa a ser
preparado(Treinado na escola de discipulado) para repassar tudo o que lhe foi ensinado(Tm- 2:2), ou seja, é
treinado para ser um discipulador, todavia a liderança não é para todos, apenas para aqueles que tem o
chamado, confirmado pela oração do presbitério(Lc- 6:12-16; 1Co- 12:28-31; Mt-10:1-8).
ENVIAR- Depois de treinado e provado, o discípulo pode se tornar um discipulador, recebendo ou
conquistando um grupo de novos discípulos para fazer o discipulado(Mt-28:19-20 e Mc-16:15).
“Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado” (Mt-28:20)
PAPÉIS DO DISCIPULADO
DISCÍPULO:
SEGUIR- O novo discípulo deve acompanhar e seguir o modelo de vida de Cristo, que lhe será repassado e
demonstrado na vida e na Bíblia pelo seu discipulador. Ele não deve seguir cegamente o seu discipulador e nem
tampouco adorá-lo(Mt- 4:19-20; 1Co- 11:1).
APRENDER- Para que o discipulado seja bem feito, o novo convertido precisar ser humilde para aprender, Os
títulos humanos, dinheiro, cargos e idade não são maiores que os princípios do evangelho de Cristo(Mt-11:29; At-
2:42).
 OBEDEÇER- A obediência é um dos requisitos mais importantes do discipulado, na verdade sem ela não há
discipulado, A Rebeldia foi uma das causas(principal) para a queda humana, se não for obediente não pode ser
discípulo de Cristo, Vale ressaltar que esta obediência ao discipulador não pode ser cega, deve ser baseada nas
escrituras, se o discipulador ensinar algo contra as escrituras sagradas, tal ensino deve ser rejeitado e a questão
deve ser passada a liderança da igreja(Hb-13:7 e 17).
OBSERVAÇÃO 2:
* JESUS E OS PROFETAS FIZERAM O DISCIPULADO.
* O DISCIPULADO REQUER AMOR POR ALMAS.
* O DISCIPULADO REQUER ESFORÇO.
PAPÉIS DO DISCIPULADO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Santificação o que jesus espera de mim
Santificação o que jesus espera de mimSantificação o que jesus espera de mim
Santificação o que jesus espera de mimRômulo Martins
 
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivoApostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivoIzabela Oliveira
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéÉder Tomé
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosmgno42
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeChristian Lepelletier
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiroWander Sousa
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósÉder Tomé
 
Curso de evangelismo
Curso de evangelismoCurso de evangelismo
Curso de evangelismoadnacoes
 
Dez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizarDez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizarManoel Moreira
 
Liderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoLiderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoFernando Balthar
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Luciana Lisboa
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

O discipulado na prática
O discipulado na práticaO discipulado na prática
O discipulado na prática
 
Santificação o que jesus espera de mim
Santificação o que jesus espera de mimSantificação o que jesus espera de mim
Santificação o que jesus espera de mim
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivoApostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
Curso de evangelismo
Curso de evangelismoCurso de evangelismo
Curso de evangelismo
 
O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
 
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
 
O ministério do pastor
O ministério do pastorO ministério do pastor
O ministério do pastor
 
Dez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizarDez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizar
 
Liderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoLiderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixão
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
 

Semelhante a 01- DISCIPULADO

AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015Joary Jossué Carlesso
 
Discipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfDiscipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfzanwashington
 
Bases bíblicas para o exercício do discipulado
Bases bíblicas para o exercício do discipuladoBases bíblicas para o exercício do discipulado
Bases bíblicas para o exercício do discipuladoJoary Jossué Carlesso
 
O pastor e o discipulado jmc
O pastor e o discipulado jmcO pastor e o discipulado jmc
O pastor e o discipulado jmcSeminarioJMC
 
ADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADO
ADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADOADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADO
ADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADOJoary Jossué Carlesso
 
Lição 10 Discipulado, a missão educadora da igreja
Lição 10   Discipulado, a missão educadora da igrejaLição 10   Discipulado, a missão educadora da igreja
Lição 10 Discipulado, a missão educadora da igrejaWander Sousa
 
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de DeusLição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de DeusÉder Tomé
 
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey MalphursCurso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey MalphursRobson Santana
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoErberson Pinheiro
 
discipulado-treinament
discipulado-treinamentdiscipulado-treinament
discipulado-treinamentMarcoDeCastro4
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesusjonasfreitasdejesus
 
Jesus escolhe seus dicipulos
Jesus escolhe seus dicipulosJesus escolhe seus dicipulos
Jesus escolhe seus dicipulosPr. Gerson Eller
 
Jesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulosJesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulosMoisés Sampaio
 
EBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEli Rocha Silva
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoÉder Tomé
 

Semelhante a 01- DISCIPULADO (20)

dicipulado
dicipuladodicipulado
dicipulado
 
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
 
Discipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfDiscipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdf
 
Discipulado aula refidim
Discipulado aula refidimDiscipulado aula refidim
Discipulado aula refidim
 
Bases bíblicas para o exercício do discipulado
Bases bíblicas para o exercício do discipuladoBases bíblicas para o exercício do discipulado
Bases bíblicas para o exercício do discipulado
 
O pastor e o discipulado jmc
O pastor e o discipulado jmcO pastor e o discipulado jmc
O pastor e o discipulado jmc
 
Ministração jovens
Ministração   jovensMinistração   jovens
Ministração jovens
 
ADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADO
ADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADOADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADO
ADOLESCENTE: ALVO RADICAL DO DISCIPULADO
 
Lição 10 Discipulado, a missão educadora da igreja
Lição 10   Discipulado, a missão educadora da igrejaLição 10   Discipulado, a missão educadora da igreja
Lição 10 Discipulado, a missão educadora da igreja
 
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de DeusLição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus
 
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey MalphursCurso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
discipulado-treinament
discipulado-treinamentdiscipulado-treinament
discipulado-treinament
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
 
02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO
 
Jesus escolhe seus dicipulos
Jesus escolhe seus dicipulosJesus escolhe seus dicipulos
Jesus escolhe seus dicipulos
 
Jesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulosJesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulos
 
EBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiais
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
Seja discípulo de jesus cristo
Seja discípulo de jesus cristoSeja discípulo de jesus cristo
Seja discípulo de jesus cristo
 

Mais de Leonam dos Santos (20)

Sindrome de Lúcifer
Sindrome de LúciferSindrome de Lúcifer
Sindrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
Como identificar uma seita
Como identificar uma seitaComo identificar uma seita
Como identificar uma seita
 
Acordem!
Acordem!Acordem!
Acordem!
 
Terceiro templo
Terceiro temploTerceiro templo
Terceiro templo
 
Sinais do anticristo
Sinais do anticristoSinais do anticristo
Sinais do anticristo
 
Síndrome de Lúcifer
Síndrome de LúciferSíndrome de Lúcifer
Síndrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
É hora de acordar!
É hora de acordar!É hora de acordar!
É hora de acordar!
 
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMOFOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
 
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
 
Cuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosCuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-Gnósticos
 
O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?
 
Quem tem razão?
Quem tem razão?Quem tem razão?
Quem tem razão?
 
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
 
HIPOCRISIA
HIPOCRISIAHIPOCRISIA
HIPOCRISIA
 
O SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIAO SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIA
 
A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.A FALSIDADE E O PERDÃO.
A FALSIDADE E O PERDÃO.
 
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADETEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
TEOLOGIA DA SIMPLICIDADE
 

Último

TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxMarceloMonteiro213738
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 

Último (20)

TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 

01- DISCIPULADO

  • 1. IGREJA BÍBLICA DO CRISTO POR: PB. LEONAM DOS SANTOS 01- LIÇÃO: O QUE É DISCIPULADO?
  • 2. INTRODUÇÃO – (MT-28:19-20) Forma de trabalho e relacionamento onde o líder ensina o novo convertido a seguir o senhor Jesus. Discipulado é um mandamento e não uma opção ou uma nova visão como muitos afirmam(Mt- 28:19) a maioria não quer praticá-lo por que ele é muito trabalhoso. Contudo todo este trabalho vale a pena, pois o céu fica em estado de alegria e ganhando almas fazemos a vontade de Deus (Lc- 15:7 ; 1Tm-2:4). O discipulado é muito importante visto que o pastor não tem condições de cuidar de todos, podemos observar esta verdade no episódio do aconselhamento de Jetro a Moisés, ele(Moisés) como líder de Deus na congregação Israelita, estava fadigado pelo trabalho solitário(Ex-18:17-24). justamente por isso o discipulado se torna tão necessário, pois o discípulo de hoje pode tornar-se um líder amanhã e ajudar o seu pastor a fazer a obra de Deus. Esta estratégia Divina foi usada pelos patriarcas, profetas e acima de tudo pelo Senhor Jesus, se ele utilizou este processo quem somos nós para desprezá-lo. "Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também." (Jo- 13 : 15) 01- LIÇÃO: O QUE É DISCIPULADO?
  • 3. DISCIPULADOR (LÍDER) • Líder de um discípulo, formador de alunos, é o responsável pelo amadurecimento e cuidado do novo decidido(Mt-28:19). DISCÍPULO • Seguidor ( aprendiz ou aluno ) de um líder( ou mestre ), a palavra grega traduzida como discípulo é “Mathés” , usada 269 vezes nos evangelhos e em atos(Jo- 8:31). OBSERVAÇÃO 1: O DISCIPULADO NÃO É UMA VISÃO OU UMA INVENÇÃO HUMANA COMO MUITOS AFIRMAM, É UM TRABALHO BÍBLICO UTILIZADO POR JESUS E OS APÓSTOLOS(MANDAMENTO). VISA A FRUTIFICAÇÃO RESPONSÁVEL; SEM METAS, PSICOLOGIA, REGRESSÃO, OBEDIÊNCIA CEGA, CUSTUMES JUDAIZANTES, PALAVRAS PROFÉTICAS ABSURDAS, LIDERANÇA OBRIGATÓRIA E TEOLOGIA DA PROSPERIDADE. PESSOAS DO DISCIPULADO
  • 4. • LÍDER: GANHAR- Significa conquistar o discípulo através do Espírito Santo para o Senhor Jesus(Oração, jejum, evangelismo,Testemunho etc...). (Lc-5:8-10) CUIDAR- Depois da conversão(conquista), o novo discípulo de Cristo vai precisar de ajuda, Como o Apóstolo Paulo precisamos fortalecê-lo na fé(consolidar), para que ele possa se firmar em Cristo (Mt- 5:1 ; 8:14 ; 9:9-10; At- 15:36). TREINAR- Neste período do discipulado, o discípulo um pouco mais maduro, começa a ser preparado(Treinado na escola de discipulado) para repassar tudo o que lhe foi ensinado(Tm- 2:2), ou seja, é treinado para ser um discipulador, todavia a liderança não é para todos, apenas para aqueles que tem o chamado, confirmado pela oração do presbitério(Lc- 6:12-16; 1Co- 12:28-31; Mt-10:1-8). ENVIAR- Depois de treinado e provado, o discípulo pode se tornar um discipulador, recebendo ou conquistando um grupo de novos discípulos para fazer o discipulado(Mt-28:19-20 e Mc-16:15). “Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado” (Mt-28:20) PAPÉIS DO DISCIPULADO
  • 5. DISCÍPULO: SEGUIR- O novo discípulo deve acompanhar e seguir o modelo de vida de Cristo, que lhe será repassado e demonstrado na vida e na Bíblia pelo seu discipulador. Ele não deve seguir cegamente o seu discipulador e nem tampouco adorá-lo(Mt- 4:19-20; 1Co- 11:1). APRENDER- Para que o discipulado seja bem feito, o novo convertido precisar ser humilde para aprender, Os títulos humanos, dinheiro, cargos e idade não são maiores que os princípios do evangelho de Cristo(Mt-11:29; At- 2:42).  OBEDEÇER- A obediência é um dos requisitos mais importantes do discipulado, na verdade sem ela não há discipulado, A Rebeldia foi uma das causas(principal) para a queda humana, se não for obediente não pode ser discípulo de Cristo, Vale ressaltar que esta obediência ao discipulador não pode ser cega, deve ser baseada nas escrituras, se o discipulador ensinar algo contra as escrituras sagradas, tal ensino deve ser rejeitado e a questão deve ser passada a liderança da igreja(Hb-13:7 e 17). OBSERVAÇÃO 2: * JESUS E OS PROFETAS FIZERAM O DISCIPULADO. * O DISCIPULADO REQUER AMOR POR ALMAS. * O DISCIPULADO REQUER ESFORÇO. PAPÉIS DO DISCIPULADO