Presentacioninfeduc

223 visualizações

Publicada em

Informática Educativa

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Presentacioninfeduc

  1. 1. Sandro Miranda de Rezende Universidade Federal Fluminense Novas Tecnologias no Ensino da Matemática Informática Educativa I A teoria histórico-cultural no contexto da Cibercultura
  2. 2. A teoria histórico-culturalA teoria histórico-cultural ✔ De acordo com Gilcenio Souza (2011), “a teoria histórico-cultural tem suas origens nos estudos de Lev Semenovich Vygotsky (1896-1934). Procurando entender a estagnação em que a psicologia se encontrava no início do século XX, Vygotsky desenvolveu estudos que demonstravam a mediação social no desenvolvimento das funções psicológicas superiores.” ✔ A aprendizagem seria fruto das relações entre sujeito e objeto, mediatizadas por um componente social. Nessa perspectiva, a cultura e as relações sociais têm grande importância na formação do sujeito. Fig 1. Lev Vygotsky.
  3. 3. CiberculturaCibercultura ✔ Segundo Santos (2010), “a cibercultura é a cultura contemporânea estruturada pelo uso das tecnologias digitais em rede nas esferas do ciberespaço e das cidades. Compreendemos tais esferas como espaçostempos cotidianos de ensinoaprendizagem, que preferimos nomear de redes educativas ou espaços multirreferenciais de aprendizagem.” ✔ Em Educação, a cibercultura proporciona a utilização de novas tecnologias nos processos formativos e o surgimento de novas modalidades de ensino-aprendizagem, caracterizadas pelo separação espaço-temporal entre educador e educando. Fig 2. Cibercultura.
  4. 4. Teoria histórico-cultural e cibercultura ✔ De acordo com Libâneo (2005), “ as funções mentais superiores (linguagem, atenção voluntária, memória, abstração, percepção, capacidade de comparar, diferenciar, etc.) são ações interiorizadas de algo socialmente mediado, a partir da cultura constituída. ✔ No contexto da cibercultura, as redes sociais e as novas tecnologias digitais, em geral, representam mediadores sociais no processo de desenvolvimento cognito dos indivíduos. Fig 3. Redes sociais.
  5. 5. Teoria histórico-cultural e cibercultura ✔ Existem diversas maneiras de utilizar tecnologias digitais como mediatizadores no processo ensino-aprendizagem: utilização de laboratórios de informática, realização de teleconferências, interação através de ferramentas tecnológicas, exploração de jogos educativos virtuais e de softwares educacionais, criação de grupos em redes sociais e o uso de gadgets e aplicativos são apenas alguns exemplos. Fig.4. Uso de novas tecnologias.
  6. 6. Referências bibliográficas ✔ LIBÂNEO, José C. As teorias pedagógicas modernas ressignificadas pelo debate contemporâneo na educação. In: LIBÂNEO, José C. e SANTOS, Akiko (Orgs). Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. São Paulo: Alínea, 2005. ✔ SANTOS, Edméa. A cibercultura e a educação em tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. Disponível em: http://ntem.lanteuff.org/pluginfile.php/5727/mod_resource/content/4/teoria_deba tecontempo.pdf . Acesso em 18/02/2015. ✔ SANTOS, Edméa. Cibercultura: o que muda na educação. In Cibercultura: o que muda na educação. TV Escola. Salto para o Futuro. Ano XXI Boletim 03, 2011. Disponível em: http://www.tvbrasil.org.br/fotos/salto/series/212448cibercultura.pdf. Acesso em 18/02/2015. ✔ SOUZA, Gilcenio. Teoria Histórico-Cultural e aprendizagem contextualizada Disponível em:http://www.ufrgs.br/psicoeduc/gilvieira/category/uncategorized/. Acesso em 18/02/2015.
  7. 7. Referências bibliográficas ✔ LIBÂNEO, José C. As teorias pedagógicas modernas ressignificadas pelo debate contemporâneo na educação. In: LIBÂNEO, José C. e SANTOS, Akiko (Orgs). Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. São Paulo: Alínea, 2005. ✔ SANTOS, Edméa. A cibercultura e a educação em tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. Disponível em: http://ntem.lanteuff.org/pluginfile.php/5727/mod_resource/content/4/teoria_deba tecontempo.pdf . Acesso em 18/02/2015. ✔ SANTOS, Edméa. Cibercultura: o que muda na educação. In Cibercultura: o que muda na educação. TV Escola. Salto para o Futuro. Ano XXI Boletim 03, 2011. Disponível em: http://www.tvbrasil.org.br/fotos/salto/series/212448cibercultura.pdf. Acesso em 18/02/2015. ✔ SOUZA, Gilcenio. Teoria Histórico-Cultural e aprendizagem contextualizada Disponível em:http://www.ufrgs.br/psicoeduc/gilvieira/category/uncategorized/. Acesso em 18/02/2015.

×