Cibercultura e sociedade em rede

1.245 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.245
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cibercultura e sociedade em rede

  1. 1. Cibercultura e Sociedade em Rede Professora: Adriane Figueirola Alunos: Natália Morais Vanessa Guerrão Afonso Felipe Alexandre Lima Samuel Correia Eduardo Matheus
  2. 2. Proposta da Web 2.0 Desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva. O objetivo é fornecer aos navegantes maiscriatividade, compartilhamento de informação e, mais que tudo, colaboração entre eles, fazendo com que esses navegantes tomem parte nesta revolução. Mudar a maneira de promover conteúdo dinâmico através da internet.
  3. 3. Elementos Web 2.0• Aprimoramento de recursos gráficos (botões grandes e efeitos em degradê)• Inteligência coletiva• Criatividade, compartilhamento de informações• Dinamismo• Criação de aplicativos• Posts• Links• Comentários• Tags• Arquivo
  4. 4. Convergência • Convergência digital é uma integração de mídias (Telefone móvel, televisão, rádio, jornal) que se convergem para interagir em um único ambiente: a internet.•Ex: acesso à internet pelatelevisão, uso de telefonia etransmissões de rádio pelainternet e até o uso decelulares para assistir TVsão alguns exemplos deconvergência digital.
  5. 5. “BEM-VINDOS A CULTURA DA CONVERGÊNCIA (...)”(...) onde as velhas e as novas mídias colidem, ondemídia corporativa e mídia alternativa se cruzam, onde opoder do produtor e o poder do consumidor interagemde maneiras imprevisíveis”. (JENKINS, p. 27) Convergência é (para Jenkins) Uma palavra que consegue descrever transformações tecnológicas, mercadológicas, culturais e sociais dependendo de quem está falando e do que imaginam estar falando. Com a convergência toda história é contada, toda marca é vendida e todo o consumidor é cortejado por múltiplos suportes midiáticos.
  6. 6. Interação reativa:• Não há lugar a respostas, mas a simples escolha entre conjunto de alternativas preestabelecidas, logo ela é fraca, determinística, de pouca liberdade criativa. Há profundas limitações.• Os sistema interativos mútuos estão voltados para interações lineares e unilaterais.• O reagente tem pouca ou nenhuma condição de alterar o agente.• Processo: estímulo-resposta. O mesmo estímulo acarreta na mesma reposta cada vez que se repetir a interação.• Ação e reação.• Existe uma hierarquia.• Baseada no objetivismo.
  7. 7. Interação mútua:• Existe a troca. A interação é criativa, aberta.• Todos os agentes experimentam uma evolução de si na relação e da relação propriamente dita.• Os sistema interativos mútuos estão voltados para a evolução e desenvolvimento.• Processo: negociação• Ações Interdependentes (influências mútuas de comportamento).• Baseada no relativismo.
  8. 8. Estudo de caso www.ledface.com
  9. 9. Como funciona a Ledface?
  10. 10. Objetivo / Proposta da rede• Permitir que pessoas resolvam problemas do dia-a-dia usando a inteligência coletiva.• Esqueça as listas de respostas: na Ledface uma pessoa receberá uma única resposta, personalizada e co-criada em tempo real toda vez que ela perguntar. Sem nomes, sem vaidades: apenas conhecimento!
  11. 11. Como é feito o acessoO acesso pode ser feito através decadastro direto no site com a criação deum nome de usuário e senha e/outambém pode ser feito usando uma contado Facebook, Twitter ou Linkedin.
  12. 12. Por que é uma rede social?• Porque pessoas interagem entre si mas de forma indireta, compartilhando apenas seu conhecimento através da plataforma.
  13. 13. Elementos que caracterizam como rede• Atores (pessoas, instituições ou grupos)• Conexões (interações ou laços sociais)• Capital social• Dinamismo• Inteligência Coletiva
  14. 14. Mais sobre o Ledface• Possui o diferencial da qualificação de respostas personalizadas e co-criadas. Confiabilidade.• O objetivo da Ledface é atingir 100 mil usuários nos primeiros seis meses de 2011. Em um ano, eles esperam ter 500 mil usuários cadastrados.• Para entrar no ar, a startup contou com um aporte de R$ 200 mil, feito por um grupo de 21 empreendedores.

×