INFORMÁTICA EDUCATIVA I :: PROJETO DE APERNDIZAGEM                                 RICARDO CERQUEIRA DE ABREU             ...
preservação do patrimônio público, coisa que não se tem mais nos dias atuais, a socialização com o próximo,e o trabalho em...
Etapas e suas estratégias de realizaçãoO projeto é dividido em quatro etapas:1 – Divisão de tarefas entre os alunos.2 – Co...
projeto desde seu inicio até seu findamento. Meios para a execução        Precisaremos de livre acesso as dependências da ...
Considerações finais       Foi interessante a finalização do projeto no sentido de mostrar aos alunos que pode ser vista d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Informática educativa i projetoexecução

157 visualizações

Publicada em

Projeto Execução Plano de Aprendizagem

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
157
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informática educativa i projetoexecução

  1. 1. INFORMÁTICA EDUCATIVA I :: PROJETO DE APERNDIZAGEM RICARDO CERQUEIRA DE ABREU POLO RIO BONITO TUTOR MAURO CESAR MELO BAPTISTA Onde estamos? É com esse título sugestivo que começo, pois, nem sempre sabemos onde estamos, digo issofisicamente mesmo. Por isso escolhi o título do projeto e ainda o tema que logo em seguida vão ver os passosda realização do trabalho que foi necessariamente conhecer o lugar que estudamos, nem sempre visto com oolhar matemático.Título: Onde estamos?Disciplina e anos envolvidos Matemática, podemos tratar nos anos do ensino fundamental em que falamos de área, perímetro defiguras planas. Tema central Medição do espaço físico do local onde estudamos. Temas de apoio Socialização com os colegas de classe, ambientação com os instrumentos de medida, e valorizaçãodo patrimônio. Justificativa Precisamos inserir nos jovens os valores que a muito perderam, tais como a valorização e
  2. 2. preservação do patrimônio público, coisa que não se tem mais nos dias atuais, a socialização com o próximo,e o trabalho em equipe, tudo isso aliado a matemática, uma maneira diferente de se estudar e criar objetivospara o jovem. Objetivos gerais e específicos Temos como objetivos gerais, criar o habito de enxergar a matemática como uma parceira do dia adia, uma ferramenta interessante e agradável para o aluno ter ao seu lado e não uma carrasca que o reprova, eclaro o trabalho em equipe, recriando os valores de cidadãos outrora valorizados e hoje nem sempre lembrado. E como objetivo específico temos o ensino da geometria plana, mais ainda as medidas de área e de perímetrode figuras, e abordando também razão e proporção na situação problema as da escola em que ele estuda. Enfoque pedagógico Temos como enfoque pedagógico a construção de conhecimentos através da experimentação, dasexperiências dos alunos e da troca de conhecimentos entre eles, com o apoio do professor como referencia naexecução das tarefas pedidas. Recursos tecnológicosUtilizaremos como recursos tecnológicos, ferramentas tais como : Quadro branco para esboço em sala de aula. Ferramentas de medição tais como trena, fitas métricas. Computadores, tablets e celulares smartphones. Software R.e.C. (Régua e Compasso). Editor de texto e planilhas eletrônicas. Câmera digital. Câmera de vídeo.
  3. 3. Etapas e suas estratégias de realizaçãoO projeto é dividido em quatro etapas:1 – Divisão de tarefas entre os alunos.2 – Coleta de dados no campo de trabalho.3 – Transcrição dos dados para os softwares e editores.4 – Finalização do projeto, exposição dos dados através dos textos gerados. Definição de papéis O papel chave é o do aluno, ele que fará todo o trabalho de campo, e depois as transcrições deresultados para apresentação do trabalho final. Sites e bibliografia de apoio Apenas, utilizaremos como apoio didático bibliografia do ensino fundamental que foque o assuntomedidas de figuras planas. Coleta de dados A coleta de dados será feita nas dependências da escola, fazendo a medição em diversos aspectos para arealização da tarefa. Seleção do material A seleção de material é simples, pois partiremos da coleta de dados dos alunos, e este são os dados queutilizaremos na finalização do trabalho. Programação visual Utilizaremos como recursos visuais, o textos gerados com o trabalho, slides, fotografias digitais do
  4. 4. projeto desde seu inicio até seu findamento. Meios para a execução Precisaremos de livre acesso as dependências da escola, e da utilização da sala de informática para atranscrição de dados e finalização das etapas que utilizam o computador como ferramenta. Avaliação A avaliação do projeto será realizada no decorrer das suas etapas, cada etapa será pontuada. Teremos apontuação de 30 pontos para a coleta de dados, teremos ainda 30 pontos para a transcrição dos dados para oR.e.C e editores de texto, 30 pontos para a finalização do trabalho com slides e apresentação, e 10 pontos paraos prazos apresentados, perfazendo um total de 100 pontos. Cronograma Precisaremos ao total de 2 semanas para a realização do trabalho ou seja 10 tempos de aula.Divididas da seguinte maneira:1ª Semana:* Será dada a matéria escrita para a utilização dos conhecimentos de medidas geométricas, tais como conversõesde unidades de medida, medidas de perímetro, medida de área. (2 tempos ).*Divisão de tarefas para os alunos.(1 tempo ).*Ida a campo, para realizar as medições das dependências da escola.(2 tempos ).2ª Semana:*Transcrição dos dados coletados para tratamento no R.e.C . (2 tempos ).*Elaboração do texto do trabalho com a utilização dos editores de texto, e gráficos.(2 tempos)*Apresentação dos resultados em slides e oralmente para a turma.(1 tempo).
  5. 5. Considerações finais Foi interessante a finalização do projeto no sentido de mostrar aos alunos que pode ser vista de umaforma diferente, unindo a informática e a matemática como ferramenta de dia, e não somente a carrasca antesvista. Criar, fazer mostrar é sempre interessante no sentido de novo, de abstrato, de concreto tudo isso ématemática.

×