SlideShare uma empresa Scribd logo

Plano cartesiano animado

Baixe a planilha animada para o power point em: http://www.prof-edigleyalexandre.com/2012/06/plano-cartesiano-animado.html

1 de 11
Baixar para ler offline
Plano cartesiano
animado
Esta apresentação mostra de forma animada
a construção de um plano cartesiano
e algumas aplicações
Plano cartesiano
Um plano cartesiano é composto de duas retas numéricas
reais que se interceptam formando um ângulo de 90º.
-3
-2
-1
0
1
2
3
-3 -2 -1 1 2 3
(Eixo das ordenadas)y
x
(Eixo das abscissas)
2º
Quadrante
3º
Quadrante
1º
Quadrante
4º
Quadrante
Definições
O plano cartesiano é utilizado como sistema de referência
para localizar pontos em um plano.
-3
-2
-1
0
1
2
3
-3 -2 -1 1 2 3
(Eixo das ordenadas)y
x
(Eixo das abscissas)
2º
Quadrante
3º
Quadrante
1º
Quadrante
4º
Quadrante
Pares ordenados
Par ordenado é um par de números na forma (x;y). Um par
ordenado, nada mais é do que um ponto.
-3
-2
-1
0
1
2
3
-3 -2 -1 1 2 3
(Eixo das ordenadas)y
x
(Eixo das abscissas)
2º
Quadrante
(-x;y)
3º
Quadrante
(-x;-y)
1º
Quadrante
(x;y)
4º
Quadrante
(x;-y)
Como localizar os pontos
Traçando retas paralelas em relação ao eixo x ou eixo y para
formar um par ordenado, no cruzamento das retas.
-3
-2
-1
0
1
2
3
-3 -2 -1 1 2 3
(Eixo das ordenadas)y
x
(Eixo das abscissas)
(x;y)
Como localizar os pontos
A ordem dos valores no pares ordenados é muito importante.
A (2, 3)
B (-2, 4)
C (-3, -2)
D (1, -3)
E (2, 0)
F (0, -1)
A (2, 3)
B (-2, 4)
C (-3, -2)
D (1, -3)
E (2, 0)
F (0, -1)
(x;y)

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Equacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grauEquacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grau
 
Equação do 2º grau
Equação do 2º grauEquação do 2º grau
Equação do 2º grau
 
Figuras geométricas planas
Figuras geométricas planasFiguras geométricas planas
Figuras geométricas planas
 
Slide numeros decimais w 2003
Slide numeros decimais w 2003Slide numeros decimais w 2003
Slide numeros decimais w 2003
 
Conjuntos numéricos
Conjuntos numéricosConjuntos numéricos
Conjuntos numéricos
 
9ano sug atividades_unid_3
9ano sug atividades_unid_39ano sug atividades_unid_3
9ano sug atividades_unid_3
 
Expressoes algebricas
Expressoes algebricasExpressoes algebricas
Expressoes algebricas
 
Áreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras PlanasÁreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras Planas
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
 
Ângulos e poligonos
Ângulos e poligonosÂngulos e poligonos
Ângulos e poligonos
 
Sistemas de equações do 1⁰ grau revisão
Sistemas de equações do 1⁰ grau revisãoSistemas de equações do 1⁰ grau revisão
Sistemas de equações do 1⁰ grau revisão
 
Função do 2º grau
Função do 2º grauFunção do 2º grau
Função do 2º grau
 
Polígonos 8º ano
Polígonos 8º anoPolígonos 8º ano
Polígonos 8º ano
 
Apresentação geometria analítica
Apresentação geometria analíticaApresentação geometria analítica
Apresentação geometria analítica
 
Grandezas Proporcionais
Grandezas ProporcionaisGrandezas Proporcionais
Grandezas Proporcionais
 
Polígonos: triângulos e quadriláteros 6 ano
Polígonos: triângulos e quadriláteros  6 anoPolígonos: triângulos e quadriláteros  6 ano
Polígonos: triângulos e quadriláteros 6 ano
 
Porcentagem
PorcentagemPorcentagem
Porcentagem
 
Geometria
Geometria Geometria
Geometria
 
Retas, semirretas e segmentos de reta
Retas, semirretas e segmentos de retaRetas, semirretas e segmentos de reta
Retas, semirretas e segmentos de reta
 
Geometria plana
Geometria planaGeometria plana
Geometria plana
 

Semelhante a Plano cartesiano animado

Graficos de funcoes
Graficos de funcoesGraficos de funcoes
Graficos de funcoesdebyreis
 
Michel função 1 grau = universitário
Michel   função 1 grau = universitárioMichel   função 1 grau = universitário
Michel função 1 grau = universitárioMichel Xéu
 
Funções polinomiais do 1ºgrau
Funções polinomiais do 1ºgrauFunções polinomiais do 1ºgrau
Funções polinomiais do 1ºgraurachidcury
 
Aula sobre coordenadas cartesianas
Aula sobre coordenadas cartesianasAula sobre coordenadas cartesianas
Aula sobre coordenadas cartesianasElaine Mello
 
Plano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptxPlano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptxGleiceSouza31
 
Aula Sobre Coordenadas Cartesianas
Aula Sobre Coordenadas CartesianasAula Sobre Coordenadas Cartesianas
Aula Sobre Coordenadas CartesianasAntonio Carneiro
 
Geometria analítica - Reta 2
Geometria analítica - Reta 2Geometria analítica - Reta 2
Geometria analítica - Reta 2KalculosOnline
 
Mat geometria analitica 004
Mat geometria analitica   004Mat geometria analitica   004
Mat geometria analitica 004trigono_metrico
 
coordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdf
coordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdfcoordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdf
coordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdfTailorRaniereWaiandt
 
Geometria analítica - Circunferência
Geometria analítica - CircunferênciaGeometria analítica - Circunferência
Geometria analítica - CircunferênciaKalculosOnline
 
Circunfrência
CircunfrênciaCircunfrência
Circunfrênciabonesea
 
Plano cartesiano 7º ano
Plano cartesiano   7º anoPlano cartesiano   7º ano
Plano cartesiano 7º anoRafael Marques
 
SISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIA
SISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIASISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIA
SISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIACarlos Campani
 
Matemática - Estudo da reta
Matemática - Estudo da retaMatemática - Estudo da reta
Matemática - Estudo da retaDanielle Siqueira
 

Semelhante a Plano cartesiano animado (20)

Graficos de funcoes
Graficos de funcoesGraficos de funcoes
Graficos de funcoes
 
Michel função 1 grau = universitário
Michel   função 1 grau = universitárioMichel   função 1 grau = universitário
Michel função 1 grau = universitário
 
Funções polinomiais do 1ºgrau
Funções polinomiais do 1ºgrauFunções polinomiais do 1ºgrau
Funções polinomiais do 1ºgrau
 
Aula sobre coordenadas cartesianas
Aula sobre coordenadas cartesianasAula sobre coordenadas cartesianas
Aula sobre coordenadas cartesianas
 
Plano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptxPlano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptx
 
Aula Sobre Coordenadas Cartesianas
Aula Sobre Coordenadas CartesianasAula Sobre Coordenadas Cartesianas
Aula Sobre Coordenadas Cartesianas
 
1323093437588
13230934375881323093437588
1323093437588
 
Geometria analítica - Reta 2
Geometria analítica - Reta 2Geometria analítica - Reta 2
Geometria analítica - Reta 2
 
Mat geometria analitica 004
Mat geometria analitica   004Mat geometria analitica   004
Mat geometria analitica 004
 
coordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdf
coordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdfcoordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdf
coordenadascartesianas-140425223750-phpapp02.pdf
 
Geometria analítica - Circunferência
Geometria analítica - CircunferênciaGeometria analítica - Circunferência
Geometria analítica - Circunferência
 
Coordenadas cartesianas
Coordenadas cartesianasCoordenadas cartesianas
Coordenadas cartesianas
 
Circunfrência
CircunfrênciaCircunfrência
Circunfrência
 
Matrizes determinantes
Matrizes determinantesMatrizes determinantes
Matrizes determinantes
 
Plano cartesiano 7º ano
Plano cartesiano   7º anoPlano cartesiano   7º ano
Plano cartesiano 7º ano
 
SISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIA
SISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIASISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIA
SISTEMA DE COORDENADAS CARTESIANAS RETANGULARES E A EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIA
 
Matemática - Estudo da reta
Matemática - Estudo da retaMatemática - Estudo da reta
Matemática - Estudo da reta
 
Geometria analítica2
Geometria analítica2Geometria analítica2
Geometria analítica2
 
Geometria analítica2
Geometria analítica2Geometria analítica2
Geometria analítica2
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 

Último

5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfsuplementocultural1
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 

Plano cartesiano animado

  • 1. Plano cartesiano animado Esta apresentação mostra de forma animada a construção de um plano cartesiano e algumas aplicações
  • 2. Plano cartesiano Um plano cartesiano é composto de duas retas numéricas reais que se interceptam formando um ângulo de 90º. -3 -2 -1 0 1 2 3 -3 -2 -1 1 2 3 (Eixo das ordenadas)y x (Eixo das abscissas) 2º Quadrante 3º Quadrante 1º Quadrante 4º Quadrante
  • 3. Definições O plano cartesiano é utilizado como sistema de referência para localizar pontos em um plano. -3 -2 -1 0 1 2 3 -3 -2 -1 1 2 3 (Eixo das ordenadas)y x (Eixo das abscissas) 2º Quadrante 3º Quadrante 1º Quadrante 4º Quadrante
  • 4. Pares ordenados Par ordenado é um par de números na forma (x;y). Um par ordenado, nada mais é do que um ponto. -3 -2 -1 0 1 2 3 -3 -2 -1 1 2 3 (Eixo das ordenadas)y x (Eixo das abscissas) 2º Quadrante (-x;y) 3º Quadrante (-x;-y) 1º Quadrante (x;y) 4º Quadrante (x;-y)
  • 5. Como localizar os pontos Traçando retas paralelas em relação ao eixo x ou eixo y para formar um par ordenado, no cruzamento das retas. -3 -2 -1 0 1 2 3 -3 -2 -1 1 2 3 (Eixo das ordenadas)y x (Eixo das abscissas) (x;y)
  • 6. Como localizar os pontos A ordem dos valores no pares ordenados é muito importante. A (2, 3) B (-2, 4) C (-3, -2) D (1, -3) E (2, 0) F (0, -1) A (2, 3) B (-2, 4) C (-3, -2) D (1, -3) E (2, 0) F (0, -1) (x;y)
  • 7. Aplicação 1 A quantidade (em milhares) de automóveis vendidos em uma cidade nos anos de 1988 a 1993 está representada na tabela: PONTOS A B C D E F ANO 1988 1989 1990 1991 1992 1993 CARROS 25 20 28 30 15 40 Unindo os pontos usando os valores da tabela, obteremos um gráfico de linha, formado por segmentos de retas.
  • 8. y t 10 20 30 40 50 60 88 89 90 91 92 93 94 Quantidade em milhares Anos A C D F E PONTOS A B C D E F ANO 1988 1989 1990 1991 1992 1993 CARROS 25 20 28 30 15 40 B
  • 9. Aplicação 2 Uma das formas para esboçar o gráfico de uma equação do 1º grau no plano cartesiano, é atribuindo valores numéricos a x, para encontrar valores para y e gerar uma tabela de valores com pares ordenados. Exemplo: y=2.x 1º) Construir tabela. x y = 2x y (x; y) -2 y = 2.(-2) -4 (-2; -4) -1 y = 2.(-1) -2 (-1; -2) 0 y = 2.0 0 (0; 0) 1 y = 2.1 2 (1; 2) 2 y = 2.2 4 (2; 4)
  • 10. 2º) Localizar os pontos no plano cartesiano 3º) Unir os pontos. (x; y) (-2; -4) (-1; -2) (0; 0) (1; 2) (2; 4) -2 -1 0 1 2 4 3 2 -1 -2 -3 -4 x y y=2.x