SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
ATENÇÃO À
CRIANÇA
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Alguns bebês apresentam condições especiais que podem
representar um desafio para o início e a manutenção da
amamentação. Mas com o apoio e manejo adequados, a
amamentação exclusiva pode se tornar uma realidade.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Objetivos dessa apresentação:
• Apresentar pontos importantes no manejo para que se tenha sucesso na
amamentação de bebês especiais;
• Ressaltar a necessidade do uso das técnicas de aconselhamento.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Introdução
Situações especiais:
• Gemelaridade
• Malformações Orofaciais
• Prematuridade
• Paciente Neurológico e Síndrome de Down
Durante a gestação a família cria expectativa de um bebê imaginário. No momento que o
bebê nasce com alguma condição especial, deve-se apoiar essa família na aceitação do
diferente, e usar técnicas específicas no manejo de cada situação.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Gemelaridade
• Há séculos se sabe que é possível uma mãe amamentar
plenamente dois ou mais bebês, uma vez que as mamas são
capazes de responder às demandas nutricionais das crianças.
• O maior obstáculo à amamentação de bebês múltiplos, na
realidade, não é a quantidade de leite que pode ser produzida,
mas o cansaço a falta de apoio à mulher.
• A amamentação deve ser iniciada logo após o nascimento,
sempre que possível.
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Gemelaridade
• Se um ou mais bebês não estiverem em condições de mamar, deve-se iniciar a extração
manual ou com bomba de sucção o mais precocemente possível.
• Para manter e fortalecer o vínculo entre mãe e bebê que ainda não esteja sendo
alimentado ao seio, pode-se usar estratégias como o método canguru, independente da
idade do bebê.
• A amamentação simultânea, ou seja, a amamentação de dois bebês ao mesmo tempo
economiza tempo e permite satisfazer as demandas dos bebês imediatamente.
• A mãe deve se sentir pronta para praticar a amamentação simultânea, o que pode
demorar algumas semanas. O apoio do profissional e da família são de extrema
importância nessa fase.
• A mulher produz mais leite quando amamenta simultaneamente dois bebês.
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Gemelaridade
• Posição tradicional: a mãe apoia a cabeça de cada criança no antebraço do mesmo lado da
mama a ser oferecida e os corpos dos bebês ficam curvados sobre a mãe, com as nádegas
firmemente apoiadas.
• Posição do cavaleiro: as crianças ficam sentadas nas pernas da mãe, de frente para ela.
• Posição invertida ou de jogador de futebol americano: as crianças ficam apoiadas no braço
do mesmo lado da mama a ser oferecida, com a mão da mãe apoiando as cabeças das
crianças e os corpos mantidos na lateral, abaixo das axilas.
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
A mãe pode combinar as posições, amamentando uma das crianças na posição tradicional
e a outra na posição de jogador de futebol americano.
Posições
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Posição Tradicional
Posições
Imagens: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019.
Posição do Cavaleiro
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Posições
Imagens: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019.
Posição Invertida
Posição Deitada
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Posições
Imagens: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019.
Gemelaridade e Posição Invertida
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Gemelaridade – Coordenação das Mamadas
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
Alternância de bebês e
mamas em cada
mamada
• Ou mama mais cheia
para o bebê com
mais interesse em
mamar
• Deve ser usada se um
dos bebês tem
sucção menos
eficiente
Alternância de bebês e
mamas a cada 24horas
• Mais fácil para a mãe
lembrar
Uma mama para cada bebê
• Mama se adapta às necessidades do bebê
• Risco de diferença no tamanho das mamas
• Pode ocorrer diminuição da produção leite se
uma das crianças não sugar eficientemente
• O bebê pode recusar mamar na mama do
“outro” em caso de necessidade.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Malformações Orofaciais
• Aleitamento materno diminui as infecções do ouvido médio e reduz a inflamação da
mucosa nasal causada por refluxo do leite, comum nessas crianças.
• A amamentação também promove o equilíbrio da musculatura orofacial, favorecendo o
adequado desenvolvimento das estruturas do sistema motor-oral, que estão afetadas
nessas crianças;
• O aleitamento materno fortalece o vínculo mãe-filho;
• Apoiar a família tanto quanto à técnica da amamentação, quanto aos aspectos
emocionais.
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
(Garcez; Giugliani, 2005)
Quando a mãe recebe apoio efetivo nos primeiros dias de vida, a duração da amamentação da
criança com fenda labial é a mesma do que a das crianças sem esse tipo de malformação.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Malformações Orofaciais
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
Principais Dificuldades:
• Sucção fraca
• Dificuldade de pega
• Refluxo de leite pelas narinas
• Engasgos do bebê
• Ganho de peso insuficiente
• Pouco leite
• Ingurgitamento mamário
• Trauma mamilar
O Que Fazer:
• Expressão manual do leite para amaciar mamilo e
aréola;
• Oclusão da fenda com o dedo da mãe, durante a
mamada;
• Aplicação de compressas mornas nas mamas para
facilitar a saída do leite;
• Posicionamento do mamilo em direção ao lado
oposto à fenda;
• Utilização de posição semi-sentada para o bebê,
para evitar refluxo de leite pelas narinas.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Prematuridade
• Imaturidade do sistema Nervoso Central
• Hipotonia Muscular
- Instabilidade da mandíbula
- Vedamento labial e mobilidade de língua
insatisfatórios
• Reflexos de defesa (gag, tosse e mordida) e
alimentação incompletos ou ausentes
- Presentes em torno da 32ª semana de
gestação
• Não coordenação de sucção-deglutição-
respiração
- Coordenação começa a ocorrer entre
a 32ª e 34ª semanas de gestação
• Capacidade gástrica reduzida, com
esvaziamento alentecido
Amamentação – Bases Científicas, 4ª edição. Ed Guanabara Koogan, 2017
Características do Recém Nascido Pré-Termo:
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Prematuridade
• Menor tempo de internação
• Menor número de re-hospitalizações
• Diminuição do risco de:
• Enterocolite necrosante
• Sepse de início tardio
• Infecção do trato urinário
• Doenças respiratórias
Amamentação – Bases Científicas, 4ª edição. Ed Guanabara Koogan, 2017
Vantagens da Amamentação, além das já conhecidas:
Imagem: Guia Alimentar para Crianças brasileiras
menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Prematuridade – Sucção Não Nutritiva
• Sucção Não Nutritiva:
- Promove o desenvolvimento da sucção (força, ritmo, coordenação, pausas
respiratórias e precisão);
- Maior controle dos estados de consciência;
- Estimula trânsito gastrointestinal (sensação de saciedade e ganho de peso).
• Iniciar sucção não nutritiva quando estiver clinicamente estável e balanço calórico acima
de 90kcal/dia
• Para uma sucção eficiente é necessário:
- Reflexo de busca e sucção;
- Vedamento labial;
- Adequado posicionamento de língua e mandíbula;
- Ritmo;
- Coordenação de sucção, deglutição e respiração.
Amamentação – Bases Científicas, 4ª edição.
Ed Guanabara Koogan, 2017
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Crianças Portadoras de Distúrbios Neurológicos
• Prematuridade
• Asfixia perinatal grave
• Síndromes genéticas
• Infecções congênitas
• Malformações do sistema nervoso
central
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
Principais dificuldades:
• Não têm coordenação motora-oral;
• Sucção;
• Deglutição;
• Coordenação sucção-deglutição-respiração;
• Refluxo gastroesofágico;
• Eventualmente não aceitam a alimentação;
• Hipotonia.
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Manejo no Bebê com Distúrbio Neurológico
• Posicionar o bebê em posição vertical (a cavaleiro);
• Apoiar a mama e a mandíbula;
• Posicionar o bebê de forma que a boca fique centralizada com o seio materno
favorecendo a pega;
• Controlar o fluxo de leite, quando há dificuldade de coordenação sucção-deglutição
- Utilizando dois dedos em pinça ao redor da aréola
- Inclinação posterior do corpo da mãe em 30 graus
Aleitamento Materno. 3ª edição. Ed Atheneu, 2015
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Síndrome de Down
• Afastamento do binômio mãe-filho
- Distância entre bebê real e imaginário
- Sentimentos de culpa, de negação, de
frustração e de tristeza
- Responsabilidade de ter gerado e
parido um filho “defeituoso” ou
“diferente”
• Hipotonia
• Sonolência excessiva
• Protrusão da língua Aleitamento Materno. 3ª edição. Ed Atheneu, 2015
Desafios
Importância da Amamentação:
• Proteção imunológica;
• Estimulação precoce da musculatura bucal e facial;
• Formação de vínculo.
https://rblh.fiocruz.
br/em-situacoes-
especiais
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
O profissional de saúde pode auxiliar a mãe na amamentação,
aconselhando-a desde o pré-natal até o desmame. Saber
ouvir, entender, ser empático, oferecer orientações úteis e,
sobretudo, respeitar as opções das mães são condições
indispensáveis para o sucesso da amamentação.
CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
Referências
• Carvalho MR, Gomes CF. Amamentação: bases científicas. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2017.
• Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Em situações especiais. Disponível em: <https://rblh.fiocruz.br/em-situacoes-
especiais>
• Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Caderno de Atenção Básica, nº 23 –
Saúde da Criança: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar. 2. ed. Brasília : Ministério da Saúde, 2015.
• Moro Wieczorkievicz, A, Ventura de Souza, K. O Processo De Amamentação De Mulheres Mães De Crianças Portadoras De
Síndrome De Down. Cogitare Enfermagem [Internet]. 2009;14(3):420-427. Recuperado de:
<http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=483648976002>
• Rego JD. Aleitamento Materno. 3 ed. São Paulo: Atheneu; 2015.
• Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Promoção da Saúde. Guia Alimentar
para Crianças brasileiras menores de 2 anos / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento
de Promoção da Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2019.
ATENÇÃO À
CRIANÇA
portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
Material de 04 de dezembro de 2020
Disponível em: portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br
Eixo: Atenção à Criança
Aprofunde seus conhecimentos acessando artigos disponíveis na biblioteca do Portal.
MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO
EM SITUAÇÕES ESPECIAIS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

02 aula Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.
02 aula   Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.02 aula   Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.
02 aula Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.Edna Rúbia Paulino de Oliveira
 
Slide Aleitamento materno
Slide Aleitamento materno Slide Aleitamento materno
Slide Aleitamento materno Juliana Maciel
 
Hospitalização infantil
Hospitalização infantilHospitalização infantil
Hospitalização infantilWAGNER OLIVEIRA
 
Aula assistência de enfermagem no puerperio imeditato
Aula assistência de enfermagem no puerperio imeditatoAula assistência de enfermagem no puerperio imeditato
Aula assistência de enfermagem no puerperio imeditatoViviane da Silva
 
Aula de emergencia pediatrica 1
Aula de emergencia pediatrica 1Aula de emergencia pediatrica 1
Aula de emergencia pediatrica 1mariacristinasn
 
Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]
Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]
Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]Eduardo Gomes da Silva
 

Mais procurados (20)

Cuidado ao Recém-nascido no Parto e Nascimento
Cuidado ao Recém-nascido no Parto e NascimentoCuidado ao Recém-nascido no Parto e Nascimento
Cuidado ao Recém-nascido no Parto e Nascimento
 
Rede cegonha ppt
Rede cegonha pptRede cegonha ppt
Rede cegonha ppt
 
02 aula Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.
02 aula   Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.02 aula   Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.
02 aula Assistência de enfermagem ao recém-nascido normal.
 
Slide Aleitamento materno
Slide Aleitamento materno Slide Aleitamento materno
Slide Aleitamento materno
 
Amamentação
AmamentaçãoAmamentação
Amamentação
 
Hospitalização infantil
Hospitalização infantilHospitalização infantil
Hospitalização infantil
 
Gestacao alto risco
Gestacao alto riscoGestacao alto risco
Gestacao alto risco
 
Aleitamento Materno - album seriado do MS/UNICEF
Aleitamento Materno - album seriado do MS/UNICEFAleitamento Materno - album seriado do MS/UNICEF
Aleitamento Materno - album seriado do MS/UNICEF
 
Atenção Humanizada e Qualificada à Gestação, ao Parto, ao Nascimento e ao Rec...
Atenção Humanizada e Qualificada à Gestação, ao Parto, ao Nascimento e ao Rec...Atenção Humanizada e Qualificada à Gestação, ao Parto, ao Nascimento e ao Rec...
Atenção Humanizada e Qualificada à Gestação, ao Parto, ao Nascimento e ao Rec...
 
Parto e nascimento humanizado
Parto e nascimento humanizadoParto e nascimento humanizado
Parto e nascimento humanizado
 
A Primeira Consulta do Recém-nascido na Atenção Primária
A Primeira Consulta do Recém-nascido na Atenção PrimáriaA Primeira Consulta do Recém-nascido na Atenção Primária
A Primeira Consulta do Recém-nascido na Atenção Primária
 
Aula 3 prénatal
Aula 3 prénatalAula 3 prénatal
Aula 3 prénatal
 
Cuidado ao Parto e Nascimento de Risco Habitual
Cuidado ao Parto e Nascimento de Risco HabitualCuidado ao Parto e Nascimento de Risco Habitual
Cuidado ao Parto e Nascimento de Risco Habitual
 
Aula assistência de enfermagem no puerperio imeditato
Aula assistência de enfermagem no puerperio imeditatoAula assistência de enfermagem no puerperio imeditato
Aula assistência de enfermagem no puerperio imeditato
 
O Pré-natal e a Promoção do Parto Normal
O Pré-natal e a Promoção do Parto NormalO Pré-natal e a Promoção do Parto Normal
O Pré-natal e a Promoção do Parto Normal
 
Depressão na gravidez e puerpério
Depressão na gravidez e puerpérioDepressão na gravidez e puerpério
Depressão na gravidez e puerpério
 
Cuidados com o rn
Cuidados com o rnCuidados com o rn
Cuidados com o rn
 
Aula de emergencia pediatrica 1
Aula de emergencia pediatrica 1Aula de emergencia pediatrica 1
Aula de emergencia pediatrica 1
 
Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]
Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]
Pediatria Aula Emergencias Pediatricas[ Revisado]
 
Agosto Dourado 2021: Proteger a Amamentação
Agosto Dourado 2021: Proteger a AmamentaçãoAgosto Dourado 2021: Proteger a Amamentação
Agosto Dourado 2021: Proteger a Amamentação
 

Semelhante a Mantendo o Aleitamento Materno em Situações Especiais

Bebês que exigem cuidados especiais
Bebês que exigem cuidados especiaisBebês que exigem cuidados especiais
Bebês que exigem cuidados especiaisRebeca - Doula
 
Uso Do Copinho No Alojamento Canguru
Uso Do Copinho No Alojamento CanguruUso Do Copinho No Alojamento Canguru
Uso Do Copinho No Alojamento CanguruBiblioteca Virtual
 
Saúde da mulher
Saúde da mulherSaúde da mulher
Saúde da mulherDessa Reis
 
Aleitamento materno
Aleitamento maternoAleitamento materno
Aleitamento maternojnunes9
 
Aleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementarAleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementarcrn8
 
Amamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICID
Amamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICIDAmamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICID
Amamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICIDLiga De Pediatria Med Unicid
 
Trabalho Amamentação 16-09-2022.pptx
Trabalho Amamentação 16-09-2022.pptxTrabalho Amamentação 16-09-2022.pptx
Trabalho Amamentação 16-09-2022.pptxAnaCardoso680770
 
Como promover a amamentação na gravidez e parto
Como promover a amamentação na gravidez e partoComo promover a amamentação na gravidez e parto
Como promover a amamentação na gravidez e partoRebeca - Doula
 
Como lidar com as situações especiais
Como lidar com as situações especiaisComo lidar com as situações especiais
Como lidar com as situações especiaisRebeca - Doula
 
Saúde da mulher
Saúde da mulherSaúde da mulher
Saúde da mulherCms Nunes
 
Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021
Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021
Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Aleitamento materno
Aleitamento materno Aleitamento materno
Aleitamento materno lipernnatal
 
Fonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjunto
Fonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjuntoFonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjunto
Fonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjuntoJames Tomaz-Morais
 

Semelhante a Mantendo o Aleitamento Materno em Situações Especiais (20)

Promovendo o Aleitamento Materno Exclusivo: desafios do início da Amamentação
Promovendo o Aleitamento Materno Exclusivo: desafios do início da AmamentaçãoPromovendo o Aleitamento Materno Exclusivo: desafios do início da Amamentação
Promovendo o Aleitamento Materno Exclusivo: desafios do início da Amamentação
 
Bebês que exigem cuidados especiais
Bebês que exigem cuidados especiaisBebês que exigem cuidados especiais
Bebês que exigem cuidados especiais
 
Aleitamento materno
Aleitamento maternoAleitamento materno
Aleitamento materno
 
Aleitamento
AleitamentoAleitamento
Aleitamento
 
NUTRIÇÃO DO RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMO
NUTRIÇÃO DO RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMONUTRIÇÃO DO RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMO
NUTRIÇÃO DO RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMO
 
Uso Do Copinho No Alojamento Canguru
Uso Do Copinho No Alojamento CanguruUso Do Copinho No Alojamento Canguru
Uso Do Copinho No Alojamento Canguru
 
Saúde da mulher
Saúde da mulherSaúde da mulher
Saúde da mulher
 
Aleitamento materno
Aleitamento maternoAleitamento materno
Aleitamento materno
 
Aleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementarAleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementar
 
O leite ideal para o recém-nascido pré-termo e a transição da sonda para o peito
O leite ideal para o recém-nascido pré-termo e a transição da sonda para o peitoO leite ideal para o recém-nascido pré-termo e a transição da sonda para o peito
O leite ideal para o recém-nascido pré-termo e a transição da sonda para o peito
 
Amamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICID
Amamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICIDAmamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICID
Amamentação e Alimentação - Liga de Pediatria UNICID
 
Desafios na Introdução Alimentar
Desafios na Introdução AlimentarDesafios na Introdução Alimentar
Desafios na Introdução Alimentar
 
Trabalho Amamentação 16-09-2022.pptx
Trabalho Amamentação 16-09-2022.pptxTrabalho Amamentação 16-09-2022.pptx
Trabalho Amamentação 16-09-2022.pptx
 
Promoção do Aleitamento Materno no Alojamento Conjunto
Promoção do Aleitamento Materno no Alojamento ConjuntoPromoção do Aleitamento Materno no Alojamento Conjunto
Promoção do Aleitamento Materno no Alojamento Conjunto
 
Como promover a amamentação na gravidez e parto
Como promover a amamentação na gravidez e partoComo promover a amamentação na gravidez e parto
Como promover a amamentação na gravidez e parto
 
Como lidar com as situações especiais
Como lidar com as situações especiaisComo lidar com as situações especiais
Como lidar com as situações especiais
 
Saúde da mulher
Saúde da mulherSaúde da mulher
Saúde da mulher
 
Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021
Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021
Guia Alimentar para menores de 2 anos - versão resumida 2021
 
Aleitamento materno
Aleitamento materno Aleitamento materno
Aleitamento materno
 
Fonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjunto
Fonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjuntoFonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjunto
Fonoaudiologia Neonatal: Orientações às nutrizes e Alojamento conjunto
 

Mais de Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente (IFF/Fiocruz)

Mais de Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente (IFF/Fiocruz) (20)

Disbioses, Infecções Genitais e Infertilidade
Disbioses, Infecções Genitais e InfertilidadeDisbioses, Infecções Genitais e Infertilidade
Disbioses, Infecções Genitais e Infertilidade
 
Prevenção de Infecção de Sítio Cirúrgico em Pediatria
Prevenção de Infecção de Sítio Cirúrgico em PediatriaPrevenção de Infecção de Sítio Cirúrgico em Pediatria
Prevenção de Infecção de Sítio Cirúrgico em Pediatria
 
Ansiedade e Depressão no Climatério
Ansiedade e Depressão no ClimatérioAnsiedade e Depressão no Climatério
Ansiedade e Depressão no Climatério
 
Diabetes Mellitus na Gestação: estratégias de organização e hierarquização da...
Diabetes Mellitus na Gestação: estratégias de organização e hierarquização da...Diabetes Mellitus na Gestação: estratégias de organização e hierarquização da...
Diabetes Mellitus na Gestação: estratégias de organização e hierarquização da...
 
Prevenção do Câncer de Colo: quando a colposcopia é indicada?
Prevenção do Câncer de Colo: quando a colposcopia é indicada?Prevenção do Câncer de Colo: quando a colposcopia é indicada?
Prevenção do Câncer de Colo: quando a colposcopia é indicada?
 
Desospitalização de Crianças com CCC: panorama da atenção domiciliar no Brasil
Desospitalização de Crianças com CCC: panorama da atenção domiciliar no BrasilDesospitalização de Crianças com CCC: panorama da atenção domiciliar no Brasil
Desospitalização de Crianças com CCC: panorama da atenção domiciliar no Brasil
 
Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...
Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...
Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...
 
Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...
Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...
Diretriz Clínica Brasileira de Linha de Cuidado para Malformações Cirúrgicas:...
 
Diabetes Mellitus na Gestação: alterações metabólicas associadas
Diabetes Mellitus na Gestação: alterações metabólicas associadasDiabetes Mellitus na Gestação: alterações metabólicas associadas
Diabetes Mellitus na Gestação: alterações metabólicas associadas
 
Luto Perinatal
Luto PerinatalLuto Perinatal
Luto Perinatal
 
Anafilaxia na Infância: Apresentação Clínica e Manejo
Anafilaxia na Infância: Apresentação Clínica e ManejoAnafilaxia na Infância: Apresentação Clínica e Manejo
Anafilaxia na Infância: Apresentação Clínica e Manejo
 
Diabetes Mellitus na Gestação: Cuidados no Parto e Puerpério
Diabetes Mellitus na Gestação: Cuidados no Parto e PuerpérioDiabetes Mellitus na Gestação: Cuidados no Parto e Puerpério
Diabetes Mellitus na Gestação: Cuidados no Parto e Puerpério
 
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no BrasilRetomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
 
Cuidados com a Saúde Bucal na Gestação
Cuidados com a Saúde Bucal na GestaçãoCuidados com a Saúde Bucal na Gestação
Cuidados com a Saúde Bucal na Gestação
 
Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?
Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?
Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?
 
Fibrose Cística: como diagnosticar?
Fibrose Cística: como diagnosticar?Fibrose Cística: como diagnosticar?
Fibrose Cística: como diagnosticar?
 
Osteogênese Imperfeita
Osteogênese ImperfeitaOsteogênese Imperfeita
Osteogênese Imperfeita
 
Diabetes Mellitus na Gestação: Tratamento e Cuidados no Pré-natal
Diabetes Mellitus na Gestação: Tratamento e Cuidados no Pré-natalDiabetes Mellitus na Gestação: Tratamento e Cuidados no Pré-natal
Diabetes Mellitus na Gestação: Tratamento e Cuidados no Pré-natal
 
Diabetes Mellitus na Gestação: classificação e diagnóstico
Diabetes Mellitus na Gestação: classificação e diagnósticoDiabetes Mellitus na Gestação: classificação e diagnóstico
Diabetes Mellitus na Gestação: classificação e diagnóstico
 
SBP Recomendações para os cuidados com o recém-nascido e o aleitamento matern...
SBP Recomendações para os cuidados com o recém-nascido e o aleitamento matern...SBP Recomendações para os cuidados com o recém-nascido e o aleitamento matern...
SBP Recomendações para os cuidados com o recém-nascido e o aleitamento matern...
 

Mantendo o Aleitamento Materno em Situações Especiais

  • 1. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br ATENÇÃO À CRIANÇA MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS
  • 2. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Alguns bebês apresentam condições especiais que podem representar um desafio para o início e a manutenção da amamentação. Mas com o apoio e manejo adequados, a amamentação exclusiva pode se tornar uma realidade.
  • 3. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Objetivos dessa apresentação: • Apresentar pontos importantes no manejo para que se tenha sucesso na amamentação de bebês especiais; • Ressaltar a necessidade do uso das técnicas de aconselhamento.
  • 4. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Introdução Situações especiais: • Gemelaridade • Malformações Orofaciais • Prematuridade • Paciente Neurológico e Síndrome de Down Durante a gestação a família cria expectativa de um bebê imaginário. No momento que o bebê nasce com alguma condição especial, deve-se apoiar essa família na aceitação do diferente, e usar técnicas específicas no manejo de cada situação.
  • 5. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Gemelaridade • Há séculos se sabe que é possível uma mãe amamentar plenamente dois ou mais bebês, uma vez que as mamas são capazes de responder às demandas nutricionais das crianças. • O maior obstáculo à amamentação de bebês múltiplos, na realidade, não é a quantidade de leite que pode ser produzida, mas o cansaço a falta de apoio à mulher. • A amamentação deve ser iniciada logo após o nascimento, sempre que possível. CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
  • 6. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Gemelaridade • Se um ou mais bebês não estiverem em condições de mamar, deve-se iniciar a extração manual ou com bomba de sucção o mais precocemente possível. • Para manter e fortalecer o vínculo entre mãe e bebê que ainda não esteja sendo alimentado ao seio, pode-se usar estratégias como o método canguru, independente da idade do bebê. • A amamentação simultânea, ou seja, a amamentação de dois bebês ao mesmo tempo economiza tempo e permite satisfazer as demandas dos bebês imediatamente. • A mãe deve se sentir pronta para praticar a amamentação simultânea, o que pode demorar algumas semanas. O apoio do profissional e da família são de extrema importância nessa fase. • A mulher produz mais leite quando amamenta simultaneamente dois bebês. CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
  • 7. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Gemelaridade • Posição tradicional: a mãe apoia a cabeça de cada criança no antebraço do mesmo lado da mama a ser oferecida e os corpos dos bebês ficam curvados sobre a mãe, com as nádegas firmemente apoiadas. • Posição do cavaleiro: as crianças ficam sentadas nas pernas da mãe, de frente para ela. • Posição invertida ou de jogador de futebol americano: as crianças ficam apoiadas no braço do mesmo lado da mama a ser oferecida, com a mão da mãe apoiando as cabeças das crianças e os corpos mantidos na lateral, abaixo das axilas. CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015 A mãe pode combinar as posições, amamentando uma das crianças na posição tradicional e a outra na posição de jogador de futebol americano. Posições
  • 8. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Posição Tradicional Posições Imagens: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019. Posição do Cavaleiro
  • 9. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Posições Imagens: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019. Posição Invertida Posição Deitada
  • 10. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Posições Imagens: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019. Gemelaridade e Posição Invertida
  • 11. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Gemelaridade – Coordenação das Mamadas CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015 Alternância de bebês e mamas em cada mamada • Ou mama mais cheia para o bebê com mais interesse em mamar • Deve ser usada se um dos bebês tem sucção menos eficiente Alternância de bebês e mamas a cada 24horas • Mais fácil para a mãe lembrar Uma mama para cada bebê • Mama se adapta às necessidades do bebê • Risco de diferença no tamanho das mamas • Pode ocorrer diminuição da produção leite se uma das crianças não sugar eficientemente • O bebê pode recusar mamar na mama do “outro” em caso de necessidade.
  • 12. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Malformações Orofaciais • Aleitamento materno diminui as infecções do ouvido médio e reduz a inflamação da mucosa nasal causada por refluxo do leite, comum nessas crianças. • A amamentação também promove o equilíbrio da musculatura orofacial, favorecendo o adequado desenvolvimento das estruturas do sistema motor-oral, que estão afetadas nessas crianças; • O aleitamento materno fortalece o vínculo mãe-filho; • Apoiar a família tanto quanto à técnica da amamentação, quanto aos aspectos emocionais. CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015 (Garcez; Giugliani, 2005) Quando a mãe recebe apoio efetivo nos primeiros dias de vida, a duração da amamentação da criança com fenda labial é a mesma do que a das crianças sem esse tipo de malformação.
  • 13. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Malformações Orofaciais CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015 Principais Dificuldades: • Sucção fraca • Dificuldade de pega • Refluxo de leite pelas narinas • Engasgos do bebê • Ganho de peso insuficiente • Pouco leite • Ingurgitamento mamário • Trauma mamilar O Que Fazer: • Expressão manual do leite para amaciar mamilo e aréola; • Oclusão da fenda com o dedo da mãe, durante a mamada; • Aplicação de compressas mornas nas mamas para facilitar a saída do leite; • Posicionamento do mamilo em direção ao lado oposto à fenda; • Utilização de posição semi-sentada para o bebê, para evitar refluxo de leite pelas narinas.
  • 14. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Prematuridade • Imaturidade do sistema Nervoso Central • Hipotonia Muscular - Instabilidade da mandíbula - Vedamento labial e mobilidade de língua insatisfatórios • Reflexos de defesa (gag, tosse e mordida) e alimentação incompletos ou ausentes - Presentes em torno da 32ª semana de gestação • Não coordenação de sucção-deglutição- respiração - Coordenação começa a ocorrer entre a 32ª e 34ª semanas de gestação • Capacidade gástrica reduzida, com esvaziamento alentecido Amamentação – Bases Científicas, 4ª edição. Ed Guanabara Koogan, 2017 Características do Recém Nascido Pré-Termo:
  • 15. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Prematuridade • Menor tempo de internação • Menor número de re-hospitalizações • Diminuição do risco de: • Enterocolite necrosante • Sepse de início tardio • Infecção do trato urinário • Doenças respiratórias Amamentação – Bases Científicas, 4ª edição. Ed Guanabara Koogan, 2017 Vantagens da Amamentação, além das já conhecidas: Imagem: Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, 2019.
  • 16. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Prematuridade – Sucção Não Nutritiva • Sucção Não Nutritiva: - Promove o desenvolvimento da sucção (força, ritmo, coordenação, pausas respiratórias e precisão); - Maior controle dos estados de consciência; - Estimula trânsito gastrointestinal (sensação de saciedade e ganho de peso). • Iniciar sucção não nutritiva quando estiver clinicamente estável e balanço calórico acima de 90kcal/dia • Para uma sucção eficiente é necessário: - Reflexo de busca e sucção; - Vedamento labial; - Adequado posicionamento de língua e mandíbula; - Ritmo; - Coordenação de sucção, deglutição e respiração. Amamentação – Bases Científicas, 4ª edição. Ed Guanabara Koogan, 2017
  • 17. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Crianças Portadoras de Distúrbios Neurológicos • Prematuridade • Asfixia perinatal grave • Síndromes genéticas • Infecções congênitas • Malformações do sistema nervoso central CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015 Principais dificuldades: • Não têm coordenação motora-oral; • Sucção; • Deglutição; • Coordenação sucção-deglutição-respiração; • Refluxo gastroesofágico; • Eventualmente não aceitam a alimentação; • Hipotonia.
  • 18. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Manejo no Bebê com Distúrbio Neurológico • Posicionar o bebê em posição vertical (a cavaleiro); • Apoiar a mama e a mandíbula; • Posicionar o bebê de forma que a boca fique centralizada com o seio materno favorecendo a pega; • Controlar o fluxo de leite, quando há dificuldade de coordenação sucção-deglutição - Utilizando dois dedos em pinça ao redor da aréola - Inclinação posterior do corpo da mãe em 30 graus Aleitamento Materno. 3ª edição. Ed Atheneu, 2015
  • 19. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Síndrome de Down • Afastamento do binômio mãe-filho - Distância entre bebê real e imaginário - Sentimentos de culpa, de negação, de frustração e de tristeza - Responsabilidade de ter gerado e parido um filho “defeituoso” ou “diferente” • Hipotonia • Sonolência excessiva • Protrusão da língua Aleitamento Materno. 3ª edição. Ed Atheneu, 2015 Desafios Importância da Amamentação: • Proteção imunológica; • Estimulação precoce da musculatura bucal e facial; • Formação de vínculo. https://rblh.fiocruz. br/em-situacoes- especiais
  • 20. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS O profissional de saúde pode auxiliar a mãe na amamentação, aconselhando-a desde o pré-natal até o desmame. Saber ouvir, entender, ser empático, oferecer orientações úteis e, sobretudo, respeitar as opções das mães são condições indispensáveis para o sucesso da amamentação. CAB 23 - Saúde da criança : aleitamento materno e alimentação complementar. MS, 2015
  • 21. portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS Referências • Carvalho MR, Gomes CF. Amamentação: bases científicas. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2017. • Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Em situações especiais. Disponível em: <https://rblh.fiocruz.br/em-situacoes- especiais> • Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Caderno de Atenção Básica, nº 23 – Saúde da Criança: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar. 2. ed. Brasília : Ministério da Saúde, 2015. • Moro Wieczorkievicz, A, Ventura de Souza, K. O Processo De Amamentação De Mulheres Mães De Crianças Portadoras De Síndrome De Down. Cogitare Enfermagem [Internet]. 2009;14(3):420-427. Recuperado de: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=483648976002> • Rego JD. Aleitamento Materno. 3 ed. São Paulo: Atheneu; 2015. • Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Promoção da Saúde. Guia Alimentar para Crianças brasileiras menores de 2 anos / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Promoção da Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2019.
  • 22. ATENÇÃO À CRIANÇA portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br Material de 04 de dezembro de 2020 Disponível em: portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br Eixo: Atenção à Criança Aprofunde seus conhecimentos acessando artigos disponíveis na biblioteca do Portal. MANTENDO O ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS