E-TutorO modelo de Gilly Salmon
Gilly Salmon• Cinco estádios• Em que os alunos e os e-formadores têm que  possuir determinadas competências• Em cada um de...
5 estádios5- Desenvolvimento pessoal4- Construção de conhecimento3- Troca de informações2- Socialização online1- Acesso e ...
1 - Acesso e motivação• É papel do e-Formador receber os alunos• Primeiro contacto com o ambiente de  aprendizagem• As res...
2- Socialização online• Construção da comunidade de aprendizagem• O e-Formador facilita e dinamiza a interação• As respost...
3- Troca de informações• Troca de informações entre os elementos da  comunidade• O e-Formador incentiva a pesquisa e avali...
4- Construção de conhecimento• Início dos processo de interacção• O e-Formador e os alunos trabalham em  conjunto• O e-For...
5- Desenvolvimento pessoal• Estratégias de aprendizagem construtivista• Os alunos tornam-se responsáveis pela sua  aprendi...
Características pessoais do e-Formador•   Empatia•   Tolerância•   Consistência de opiniões•   Capacidade de interagir•   ...
Autora e bibliografia• Gilly Salmon é professora no Centre for Innovation,  Knowledge and Enterprise na Open University Bu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

E-tutor-modelo-de-gilly-salmon

909 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

E-tutor-modelo-de-gilly-salmon

  1. 1. E-TutorO modelo de Gilly Salmon
  2. 2. Gilly Salmon• Cinco estádios• Em que os alunos e os e-formadores têm que possuir determinadas competências• Em cada um destes estádios, o e-formador deve Conceber Implementar ApoiarConjunto de e-actividades de modo a facilitar a aprendizagem
  3. 3. 5 estádios5- Desenvolvimento pessoal4- Construção de conhecimento3- Troca de informações2- Socialização online1- Acesso e motivação
  4. 4. 1 - Acesso e motivação• É papel do e-Formador receber os alunos• Primeiro contacto com o ambiente de aprendizagem• As respostas às questões são dadas individualmente, sobretudo por e-mail
  5. 5. 2- Socialização online• Construção da comunidade de aprendizagem• O e-Formador facilita e dinamiza a interação• As respostas às questões são dadas publicamente nos nos fóruns e por individualmente por e-mail
  6. 6. 3- Troca de informações• Troca de informações entre os elementos da comunidade• O e-Formador incentiva a pesquisa e avalia a qualidade da informação• As respostas passam a ser dadas publicamente nos fóruns
  7. 7. 4- Construção de conhecimento• Início dos processo de interacção• O e-Formador e os alunos trabalham em conjunto• O e-Formador participa menos mas mantem uma atitude estimulante e dinamizadora
  8. 8. 5- Desenvolvimento pessoal• Estratégias de aprendizagem construtivista• Os alunos tornam-se responsáveis pela sua aprendizagem• O e-Formador incentiva a autonomia e só responde às solicitações, tornando-se mais discreto
  9. 9. Características pessoais do e-Formador• Empatia• Tolerância• Consistência de opiniões• Capacidade de interagir• Compreensão individual e grupal• Capacidade para moderar debates• Aptidão para aplicar conhecimentos em situações concretas.
  10. 10. Autora e bibliografia• Gilly Salmon é professora no Centre for Innovation, Knowledge and Enterprise na Open University Business School em Milton Keynes e professora convidada na Glasgow Caledonian Business School, ambas no Reino Unido.• Possui larga experiência em e-Learning, área onde trabalha desde 1989.• Investiga e participa em encontros internacionais sobre o ensino e aprendizagem online e sobre o futuro do e-Learning.• Pacheco, Teresa - Modelo do e-Tutor• Spilker, Maria João – e-tutoria da teoria à prática

×