Powerpoint trabalho de projecto

3.363 visualizações

Publicada em

Apresentação da especialista Fernanda Cavacas

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Powerpoint trabalho de projecto

  1. 1. O processo de ensino e aprendizagem com base na metodologia de projecto: que práticas? Auditório Biblioteca Municipal de São Domingos de Rana 19 de Outubro de 2011 16h
  2. 2. Trabalho de Projecto Fernanda Cavacas
  3. 3. Longa viagem começa por um passo. <ul><li>Transformar um problema em projecto e concretizá-lo é, em última análise, o objectivo da pedagogia de projecto (...), entendendo-se por 'problema' a diferença entre uma situação existente e uma outra que é desejada. </li></ul>
  4. 4. … faço parte daqueles que quanto mais vivem mais duvidam das certezas. (Mia Couto, Cronicando ) <ul><li>Trabalho de projecto </li></ul><ul><li>modus operandi = estratégia </li></ul><ul><li>◄ implica um método de acção participado, </li></ul><ul><li>◄ procura encontrar respostas para problemas, </li></ul><ul><li>◄ pressupõe a alteração de situações identificadas, </li></ul><ul><li>◄ assenta numa ordem lógica de procedimentos e operações que se interligam. </li></ul>
  5. 5. Aquele que engole um grande caroço tem confiança no tamanho da sua garganta. <ul><li>A metodologia de projecto , </li></ul><ul><li>enquanto método de planeamento, </li></ul><ul><li>é uma forma de </li></ul><ul><li>◄ saber o que pretendemos, </li></ul><ul><li>◄ mobilizar e identificar os recursos disponíveis, </li></ul><ul><li>◄ circunscrever as fronteiras do campo de acção sobre o qual nos propomos actuar. </li></ul>
  6. 6. Um só dedo não pode levantar um grão de milho. Trabalho de projecto ◄ metodologia assumida em grupo: grande implicação de todos os participantes;
  7. 7. Quem não indaga não encontra; quem não viaja não se robustece. <ul><li>Trabalho de projecto </li></ul><ul><li>◄ pesquisa no terreno, </li></ul><ul><li>◄ planificação, </li></ul><ul><li>◄ intervenção; </li></ul>
  8. 8. Quem dá a chávena não dá a colher. E quando nos dão luz, lá vem junto o túnel. (Mia Couto, Vinte e Zinco ) <ul><li>Trabalho de projecto </li></ul><ul><li>◄ centrado no estudo de problemas, </li></ul><ul><li>◄ finalidade: responder a problemas considerados de interesse pelo grupo. </li></ul>
  9. 9. O pássaro sempre chorou pela vida, nunca chorou pelas penas. <ul><li>Para que o projecto não se revele irrealista, desenquadrado e fortuito, há que conhecer e diagnosticar a realidade, identificando os problemas que existem: é a possibilidade de apreensão/compreensão dos problemas que torna o projecto viável e significativo. </li></ul><ul><li>A situação-problema terá de ser descrita, caracterizada, para que seja possível o seu desdobramento em problemas mais parcelares. </li></ul>
  10. 10. Macaco velho bem conhece o pau que lhe fura o olho. <ul><li>Para resolver os problemas seleccionados, é preciso estabelecer objectivos/metas a atingir, ou seja, pensar no para quê? , o que permitirá manter </li></ul><ul><li>◄ o rumo do projecto , sem desvios significativos, eventualmente provocados pela disseminação de tarefas e actividades, </li></ul><ul><li>◄ a focagem nos resultados. </li></ul>
  11. 11. Quem tem medo de cobras não vai passear ao obó (floresta virgem). <ul><li>O projecto implica, da parte dos intervenientes, motivação, coerência no caminho a percorrer, pelo que deve estar de acordo com os valores e princípios que regem a sua conduta na vida e na escola. </li></ul><ul><li>Se o projecto se instaura em função de necessi- dades e interesses do grupo, deve ir ao encontro das suas legítimas aspirações. </li></ul>
  12. 12. Um bem não se perde; um mal não se esquece. <ul><li>Que condições se reúnem para levar a cabo o projecto?  Que recursos estão disponíveis? </li></ul><ul><li>Trata-se de clarificar os meios que poderão contribuir para a resolução dos problemas. </li></ul><ul><li>No caso de pedido de colaboração, há que explicar com clareza e honestidade, tendo o sentido das limitações, o projecto que se pretende implantar, as estratégias a adoptar e qual a colaboração que se deseja. </li></ul>
  13. 13. O voar não vem da asa. O beija-flor, tão abreviadinho de asa, não é o que voa mais perfeito? (Mia Couto, Varanda do Frangipani ) <ul><li>◄ Como fazer: orientações metodológicas de intervenção. </li></ul><ul><li>◄ Como saber: pontos de situação periódicos. </li></ul><ul><li>A informação deve difundir-se de forma simples e clara, periodicamente, para que todos os intervenientes estejam a par do desenvolvimento do processo. </li></ul><ul><li>◄ Como registar: documentos sobre o evoluir do processo e da situação – o antes, o agora e o depois.  </li></ul>
  14. 14. … o pescador não pode ver o peixe dentro do rio. O pescador credita uma coisa que não vê. (Mia Couto, Vozes Anoitecidas ) <ul><li>A avaliação deve estar prevista e integrada no projecto inicial: é obrigatório avaliar, não só o produto, mas também o caminho percorrido: avaliação contínua. </li></ul><ul><li>A avaliação do produto final tem um carácter global (processo + produto) e pode revestir-se de diferentes formas: questionários, diálogo, fichas, relatórios. </li></ul><ul><li>A elaboração do relatório é um bom método para, de um modo claro, objectivo e sucinto, poder descrever a situação à partida, o processo, os reajustamentos pontuais e a situação à chegada. </li></ul>
  15. 15. A sorte ajuda às vezes, o trabalho sempre. <ul><li>Etapas do trabalho de projecto </li></ul><ul><li>1.º - Identificação do âmbito do problema. 2.º - Identificação e formulação dos problemas. 3.º - Planificação do trabalho. 4.º - Trabalho de campo. 5.º - Tratamento de dados. 6.º - Preparação da apresentação dos resultados. 7.º - Apresentação dos trabalhos. 8.º - Avaliação do trabalho. </li></ul>
  16. 16. Correr e coçar o joelho não vão juntos. <ul><li>3.º - Planificação do trabalho: </li></ul><ul><li>◄ identificação dos meios de resolução do problema (recursos), </li></ul><ul><li>das restrições e barreiras existentes; ◄ divisão de tarefas; ◄ elaboração dos instrumentos de pesquisa. </li></ul>
  17. 17. O agrião na margem do rio não seca. <ul><li>4.º - Trabalho de campo: </li></ul><ul><li>◄ construção de bases de dados; ◄ observação directa; ◄ entrevistas; ◄ recurso a peritos no assunto; ◄ consulta bibliográfica. </li></ul>
  18. 18. Quem quiser apreciar a beleza de um pássaro não pode olhar as patas. (Mia Couto, Vozes Anoitecidas ) <ul><li>7.º - Apresentação dos trabalhos: </li></ul><ul><li>◄ diversas formas: </li></ul><ul><li>cartazes, diapositivos, dramatizações, vídeos, apresentação multimédia, exposição oral, painéis, ... ◄ tempo ideal: 15-20 minutos. </li></ul>
  19. 19. O luar é bom mas não chega para tirar o espinho do pé. (Mia Couto, Estórias Abensonhadas ) <ul><li>Vantagens do trabalho de projecto estruturar conhecimentos; pesquisar e seleccionar material; organizar o trabalho; cooperar na solução de um problema/numa tarefa; </li></ul><ul><li>responsabilizar-se; tomar posição e justificar-se argumentando; praticar a auto e a heterocrítica; identificar objectivos e ver perspectivas no trabalho; estabelecer relação entre a escola e a vida profissional; compreender mecanismos da sociedade; praticar um modo de trabalho democrático. </li></ul>
  20. 20. Onde restou o homem sobreviveu semente, sonho a engravidar o tempo. (Mia Couto, Estórias Abensonhadas )

×