Competências dos eFormadores Hilda Pinto Gonçalves
<ul><li>Berge (1995) sugere que há muitas condições necessárias para uma tutoria  online  bem-sucedida e as agrupa em quat...
<ul><li>O papel do professor (moderador/tutor) como: </li></ul><ul><li>facilitador educacional </li></ul><ul><li>usa vário...
<ul><li>reporta-se ao estabelecimento de um ambiente social amigável </li></ul><ul><li>através da promoção de relações hum...
<ul><li>envolve o estabelecimento da agenda e o ritmo da conferência electrónica </li></ul><ul><ul><li>objectivos </li></u...
<ul><li>O moderador tem de fazer com que os participantes se sintam confortáveis com a utilização do software que está a s...
<ul><li>Para poderem desempenhar a variedade das funções atrás referidas, os  </li></ul><ul><li>e Formadores  </li></ul><u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Competências dos e-Formadores

2.857 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.857
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
450
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Competências dos e-Formadores

  1. 1. Competências dos eFormadores Hilda Pinto Gonçalves
  2. 2. <ul><li>Berge (1995) sugere que há muitas condições necessárias para uma tutoria  online bem-sucedida e as agrupa em quatro áreas: </li></ul><ul><li>A formação a distância traz novos desafios ao formador. </li></ul><ul><li>Assim, contrariamente aos modelos de formação tradicionais, o formador tem uma área de actuação muito maior, exercendo um conjunto mais vasto de funções. </li></ul>eFormador ÁREA PEDAGÓGICA ÁREA SOCIAL ÁREA ORGANIZACIONAL ÁREA TÉCNICA
  3. 3. <ul><li>O papel do professor (moderador/tutor) como: </li></ul><ul><li>facilitador educacional </li></ul><ul><li>usa vários métodos para focar a discussão e conceitos </li></ul><ul><li>utiliza habilidades e princípios críticos </li></ul>ÁREA PEDAGÓGICA
  4. 4. <ul><li>reporta-se ao estabelecimento de um ambiente social amigável </li></ul><ul><li>através da promoção de relações humanas </li></ul><ul><li>da valorização da contribuição dos alunos </li></ul><ul><li>do desenvolvimento do senso de coesão do grupo </li></ul><ul><li>do incentivo ao trabalho conjunto </li></ul><ul><li>entre outros aspectos </li></ul>ÁREA SOCIAL
  5. 5. <ul><li>envolve o estabelecimento da agenda e o ritmo da conferência electrónica </li></ul><ul><ul><li>objectivos </li></ul></ul><ul><ul><li>horários </li></ul></ul><ul><ul><li>regras de procedimento </li></ul></ul><ul><ul><li>normas de tomada de decisões </li></ul></ul>ÁREA ORGANIZACIONAL
  6. 6. <ul><li>O moderador tem de fazer com que os participantes se sintam confortáveis com a utilização do software que está a ser usado. </li></ul><ul><li>O objectivo último do formador é </li></ul><ul><li>fazer com que a tecnologia seja </li></ul><ul><li>transparente para o formando. </li></ul>ÁREA TÉCNICA
  7. 7. <ul><li>Para poderem desempenhar a variedade das funções atrás referidas, os </li></ul><ul><li>e Formadores </li></ul><ul><li>devem possuir um conjunto de características pessoais, habilidades e competências pedagógicas, tecnológicas e comunicacionais . </li></ul>Berger (1995)

×