SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
U N I V E R S I DA D E D O E S TA D O DA B A H I A – U N E B
D E PA R TA M E N TO D E E D U C A Ç Ã O , C A M P U S X I I –
G UA N A M B I - B A
C U R S O D E L I C E N C I AT U R A E M E D U C A Ç Ã O
F Í S I C A - 1 º S E M E S T R E
Ginástica
Acrobática
A História da Ginástica Acrobática
 A acrobacia foi desenvolvida no século VII devido a
criação do circo
 As primeiras competições mundiais datam de 1973,
e faz parte do programa dos Jogos Mundiais.
 O corpo administrativo internacional, Federação
Internacional de Desportos Acrobáticos (IFSA), foi
fundado em 1973 e foi fundido na Federação
Internacional de Ginástica (FIG) em 1998.
Descrição
 A Ginástica Acrobática é um desporto
bonito, dinâmico e espetacular para
homens e mulheres.
 O desporto desenvolve coragem, força,
coordenação, flexibilidade,
habilidades de saltos, destreza, entre
outros.
 Acrobatas em grupos de dois, três e
quatro executam rotinas com as
cabeças, mãos e pés dos seus
parceiros.
 Com natureza de trabalho em grupo, a
acrobacia ensina os indivíduos a
cooperarem uns com os outros.
Provas
 Os Desportos Acrobáticos têm cinco divisões:
1-Dupla mista
2-Dupla feminina
3-Dupla masculina
4-Grupo feminino(3 integrantes)
5-Grupo masculino (4 integrantes).
Os acrobatas em grupo devem executar três séries. Uma de Equilíbrio,
uma Dinâmica e outra Combinada. As séries dinâmicas são mais
ativas e com elementos de lançamentos com voos do ginasta. As séries de
equilíbrio valorizam os exercícios estáticos. Em níveis mais altos, a
terceira série é uma combinação das duas séries anteriores. Todas as
séries são executadas com música e com coreografia. Isto ajuda
enriquecer os movimentos corporais.
Composição dos pares e grupos

Regras
 As competições de Ginástica Acrobática acontecem em um
tablado de 12x12 metros , como na Ginástica Artística.
 Existem três categorias:
- Nível 3 (Estreante);
- Nível 2 (Intermediário);
- Nível 1 (Elite).
Importante:
No "Nível Elite" serão somados as notas dos 3 esquemas
(Estático, Dinâmico e Combinado).
As Entidades deverão enviar para a Comissão Organizadora os
diagramas da competição 15 dias antes do Congresso Técnico.
O Presidente do Comité Técnico é o responsável.
Equipamento de competição
Competidores podem participar com ou sem sapatilhas.
Joias como: brincos, colares, pulseiras e adornos decorativos são
proibidos.
Roupas e acessórios soltos são proibidas como equipamento de
competição, por razões de segurança.
Mulheres competem com collant; cabelos longos devem ser fixados.
Homens competem de calça ou shorts (collant).
Obs. O árbitro chefe de competição é responsável por avisar aos
ginastas quando o seu equipamento violar o código, antes da sua
apresentação, seguida de penalização de acordo com o código IFSA,
devem ser aplicados. Os competidores de pares de grupos devem usar
equipamentos idênticos ou complementares.
Usar o quadrilátero de tablado, exceto nos exercícios de quartetos.
Avaliação dos exercícios
1 – Dificuldade
2 – Composição
3 – Execução (incluindo recepções)
4 – Impressão Geral (incluindo coreografia, execução artística
música)
5 – Tempo (duração)
6 – Tempo de manutenção dos equilíbrios (exercícios estáticos e
combinados)
Será levado em conta a realidade brasileira, mas sempre
seguindo o código de pontuação de IFSA.
Arbitragem
-Deveremos contar com 6 árbitros, mais auxiliares.
 Alunas: Anatália Guedes
Aline Fernandes
Ana Júlia Sousa
Gisele Fernandes
Fernanda Araújo
Fernanda Dos Santos
Jaine Fogaça
Luiza Fernandes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Ginástica acrobática
Ginástica acrobáticaGinástica acrobática
Ginástica acrobática
 
Ginástica de Solo
Ginástica de SoloGinástica de Solo
Ginástica de Solo
 
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
 
Badminton
BadmintonBadminton
Badminton
 
Badminton na escola
Badminton na escolaBadminton na escola
Badminton na escola
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
 
Orientação
OrientaçãoOrientação
Orientação
 
Pegas na ginástica acrobática
Pegas na ginástica acrobáticaPegas na ginástica acrobática
Pegas na ginástica acrobática
 
Ginástica - Educação Física
Ginástica - Educação FísicaGinástica - Educação Física
Ginástica - Educação Física
 
Ginástica de aparelhos
Ginástica de aparelhosGinástica de aparelhos
Ginástica de aparelhos
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Ginastica de Solo - UFAC
Ginastica de Solo - UFACGinastica de Solo - UFAC
Ginastica de Solo - UFAC
 
Badminton
Badminton Badminton
Badminton
 
Ginastica historia
Ginastica historiaGinastica historia
Ginastica historia
 
Slides ginástica
Slides ginásticaSlides ginástica
Slides ginástica
 

Destaque (13)

Resumos De Ginastica Acrobática
Resumos De Ginastica AcrobáticaResumos De Ginastica Acrobática
Resumos De Ginastica Acrobática
 
Ginástica acrobática
Ginástica acrobáticaGinástica acrobática
Ginástica acrobática
 
12ºlh ginástica acrobática
 12ºlh ginástica acrobática 12ºlh ginástica acrobática
12ºlh ginástica acrobática
 
Ginastica acrobática
Ginastica acrobáticaGinastica acrobática
Ginastica acrobática
 
Ginã¡stica acrobã¡tica 2
Ginã¡stica acrobã¡tica 2Ginã¡stica acrobã¡tica 2
Ginã¡stica acrobã¡tica 2
 
Ginastica Acrobática e de Trampolim
Ginastica Acrobática e de TrampolimGinastica Acrobática e de Trampolim
Ginastica Acrobática e de Trampolim
 
Ficha informativa ginást
Ficha informativa   ginástFicha informativa   ginást
Ficha informativa ginást
 
Pilha de volta 1800
Pilha de volta   1800Pilha de volta   1800
Pilha de volta 1800
 
Aula 2 ginástica artística
Aula 2 ginástica artísticaAula 2 ginástica artística
Aula 2 ginástica artística
 
Ginástica artistica
Ginástica artisticaGinástica artistica
Ginástica artistica
 
Apresentação ginástica artística
Apresentação ginástica artísticaApresentação ginástica artística
Apresentação ginástica artística
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
 

Semelhante a Ginástica Acrobática

Apresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficicaApresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficica
crishmuler
 

Semelhante a Ginástica Acrobática (20)

Ginsticaacrobtica 130709144410-phpapp02 elisane 1 a e pallysson
Ginsticaacrobtica 130709144410-phpapp02 elisane 1 a e pallyssonGinsticaacrobtica 130709144410-phpapp02 elisane 1 a e pallysson
Ginsticaacrobtica 130709144410-phpapp02 elisane 1 a e pallysson
 
Apostila ensino médio ginastica
Apostila ensino médio ginasticaApostila ensino médio ginastica
Apostila ensino médio ginastica
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Gymmmm
GymmmmGymmmm
Gymmmm
 
Trabalho de educação física corrida de estadio
Trabalho de educação física corrida de estadioTrabalho de educação física corrida de estadio
Trabalho de educação física corrida de estadio
 
Educação Física 5 Ginásticas Competitivas.
Educação Física 5   Ginásticas Competitivas.Educação Física 5   Ginásticas Competitivas.
Educação Física 5 Ginásticas Competitivas.
 
trabalho educação fisica.pdf
trabalho educação fisica.pdftrabalho educação fisica.pdf
trabalho educação fisica.pdf
 
Ginástica rítmica.docx
Ginástica rítmica.docxGinástica rítmica.docx
Ginástica rítmica.docx
 
Ginastica acrobática
Ginastica acrobáticaGinastica acrobática
Ginastica acrobática
 
Jogos paralímpicos
Jogos paralímpicosJogos paralímpicos
Jogos paralímpicos
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Apresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficicaApresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficica
 
ATLETISMO.pptx
ATLETISMO.pptxATLETISMO.pptx
ATLETISMO.pptx
 
Esgrima
EsgrimaEsgrima
Esgrima
 
Esgrima
EsgrimaEsgrima
Esgrima
 
Ginastica
GinasticaGinastica
Ginastica
 
Trabalho dani
Trabalho daniTrabalho dani
Trabalho dani
 
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdfimpulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Word 9 b_7
Word 9 b_7Word 9 b_7
Word 9 b_7
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
Autonoma
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
azulassessoria9
 

Último (20)

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do séculoSistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Aula de ampliação e redução - matemática
Aula de ampliação e redução - matemáticaAula de ampliação e redução - matemática
Aula de ampliação e redução - matemática
 

Ginástica Acrobática

  • 1. U N I V E R S I DA D E D O E S TA D O DA B A H I A – U N E B D E PA R TA M E N TO D E E D U C A Ç Ã O , C A M P U S X I I – G UA N A M B I - B A C U R S O D E L I C E N C I AT U R A E M E D U C A Ç Ã O F Í S I C A - 1 º S E M E S T R E Ginástica Acrobática
  • 2. A História da Ginástica Acrobática  A acrobacia foi desenvolvida no século VII devido a criação do circo  As primeiras competições mundiais datam de 1973, e faz parte do programa dos Jogos Mundiais.  O corpo administrativo internacional, Federação Internacional de Desportos Acrobáticos (IFSA), foi fundado em 1973 e foi fundido na Federação Internacional de Ginástica (FIG) em 1998.
  • 3. Descrição  A Ginástica Acrobática é um desporto bonito, dinâmico e espetacular para homens e mulheres.  O desporto desenvolve coragem, força, coordenação, flexibilidade, habilidades de saltos, destreza, entre outros.  Acrobatas em grupos de dois, três e quatro executam rotinas com as cabeças, mãos e pés dos seus parceiros.  Com natureza de trabalho em grupo, a acrobacia ensina os indivíduos a cooperarem uns com os outros.
  • 4. Provas  Os Desportos Acrobáticos têm cinco divisões: 1-Dupla mista 2-Dupla feminina 3-Dupla masculina 4-Grupo feminino(3 integrantes) 5-Grupo masculino (4 integrantes). Os acrobatas em grupo devem executar três séries. Uma de Equilíbrio, uma Dinâmica e outra Combinada. As séries dinâmicas são mais ativas e com elementos de lançamentos com voos do ginasta. As séries de equilíbrio valorizam os exercícios estáticos. Em níveis mais altos, a terceira série é uma combinação das duas séries anteriores. Todas as séries são executadas com música e com coreografia. Isto ajuda enriquecer os movimentos corporais.
  • 5. Composição dos pares e grupos 
  • 6. Regras  As competições de Ginástica Acrobática acontecem em um tablado de 12x12 metros , como na Ginástica Artística.  Existem três categorias: - Nível 3 (Estreante); - Nível 2 (Intermediário); - Nível 1 (Elite).
  • 7. Importante: No "Nível Elite" serão somados as notas dos 3 esquemas (Estático, Dinâmico e Combinado). As Entidades deverão enviar para a Comissão Organizadora os diagramas da competição 15 dias antes do Congresso Técnico. O Presidente do Comité Técnico é o responsável.
  • 8. Equipamento de competição Competidores podem participar com ou sem sapatilhas. Joias como: brincos, colares, pulseiras e adornos decorativos são proibidos. Roupas e acessórios soltos são proibidas como equipamento de competição, por razões de segurança. Mulheres competem com collant; cabelos longos devem ser fixados. Homens competem de calça ou shorts (collant). Obs. O árbitro chefe de competição é responsável por avisar aos ginastas quando o seu equipamento violar o código, antes da sua apresentação, seguida de penalização de acordo com o código IFSA, devem ser aplicados. Os competidores de pares de grupos devem usar equipamentos idênticos ou complementares. Usar o quadrilátero de tablado, exceto nos exercícios de quartetos.
  • 9. Avaliação dos exercícios 1 – Dificuldade 2 – Composição 3 – Execução (incluindo recepções) 4 – Impressão Geral (incluindo coreografia, execução artística música) 5 – Tempo (duração) 6 – Tempo de manutenção dos equilíbrios (exercícios estáticos e combinados) Será levado em conta a realidade brasileira, mas sempre seguindo o código de pontuação de IFSA.
  • 10. Arbitragem -Deveremos contar com 6 árbitros, mais auxiliares.
  • 11.  Alunas: Anatália Guedes Aline Fernandes Ana Júlia Sousa Gisele Fernandes Fernanda Araújo Fernanda Dos Santos Jaine Fogaça Luiza Fernandes