SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
Agrupamento de Escolas Carapinheira
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA
ORIENTAÇÃO
ORIENTAÇÃO
DESPORTO NA NATUREZA
ORIENTAÇÃO - O que é… ?
• Forma de nos orientarmos em
função da determinação dos
pontos cardeais do local onde nos
encontramos;
• É uma actividade praticada ao ar
livre, em diferentes tipos de
terrenos, que consiste na
realização de um percurso numa
ordem previamente definida;
• É um desporto que tem por
objectivo percorrer, o mais rápido
possível, um determinado
percurso fazendo uso de mapas.
ORIENTAÇÃO - O que é… ?
Actividade realizada
em plena natureza
sob a forma de um
percurso balizado por
postos de controlo e
cujo objectivo é
percorrê-lo o mais
rápido possível.
História … no mundo
• O sueco Ernest Killender, em 1912, foi o
responsável por adaptar a Orientação à
vertente desportiva;
• Desdobrou a distância da Maratona em três
partes, adicionou-lhe a componente de leitura
de cartas/mapas e as noções de orientação;
• A extraordinária adesão dos jovens motivou o
primeiro Campeonato Nacional na Suécia em
1922;
• Em 1966 realiza-se, na Finlândia, o primeiro
Campeonato do Mundo;
 Em 2004 a IOF já agrupava 63 países.
… Em Portugal
• Portugal aderiu à prática desta actividade desportiva por volta de
1973 (primeiro Campeonato das Forças Armadas em Mafra);
• O ano de 1984 deu início à prática da Orientação no meio civil. Até
então, a prática da modalidade era restrita aos militares ;
• Em 1987/88 começa a ser praticada regularmente nos clubes e
escolas;
• Em Novembro de 1990, é criada a Federação Portuguesa de
Orientação (F.P.O.) e Portugal passa de mero espectador a
praticante activo, tornando-se membro da I.O.F. ;
• 1992 surge a revista BÚSSULA.
Tipos de Orientação
ORIENTAÇÃO PEDESTRE
• Deslocação em
corrida;
• Muita preparação física
(resistência);
• Rápida interpretação
dos mapas e sinais aí
referenciadas;
• Escolhas rápidas e
seguras.
ORIENTAÇÃO EM BTT
• Disciplina que atrai
praticantes de Orientação e
utilizadores de BTT;
• Em 2003 realizou-se o
primeiro Campeonato do
Mundo de O-BTT;
• Prova exigente em termos
de preparação física.
TRAIL ORIENTEERING
• Praticado por deficientes
motores;
• Realiza-se em contacto
directo com a natureza ao
longo de vários trilhos pré
definidos;
• Interpretação de mapas.
ORIENTAÇÃO SKI
 Desporto de Inverno;
 Em 1898, na Noruega realizou-se a
primeira estafeta em ski com utilização
de mapas;
 Nas estafetas de Orientação-Ski os
percursos podiam ir até 50Km. A
condição física era mais importante que
o factor orientação;
 1975 : Primeiro Campeonato do Mundo
de Orientação-Ski.
Equipamentos específico da Orientação
• BALIZA: é um prisma
quadrangular com as
faces compostas por
um triângulo superior
branco e um inferior
cor-de-laranja; Indica
um ponto de controlo
e está identificada no
terreno com um
número.
Equipamentos específico da Orientação
Pendurado em cada
ponto de controlo
junto à baliza, existe
um ALICATE
PICOTADOR. Um
alicate de orientação
é um objecto de
plástico vermelho
com um determinado
número de dentes
metálicos.
Equipamentos específico da Orientação
• Os CARTÕES DE
CONTROLO podem ter
diversos formatos, mas
todos incluem quadrados
numerados para a
picotagem nos
sucessivos pontos de
controle, assim como
espaços para o nome do
participante, o percurso,
o escalão, as horas de
partida, e de chegada, e
o tempo demorado a
realizar o percurso;
Equipamentos específico da Orientação
• Uma BÚSSULA é um
objecto com uma
agulha magnética que
é atraída para o pólo
magnético terrestre;
• A ponta vermelha da
seta magnética indica
o Norte
Equipamentos específico da Orientação
• O MAPA é uma
representação
simplificada da
superfície da terra
vista de cima e
reduzida em
dimensão.
• SISTEMA DE
CODIFICAÇÃO
INTERNACIONAL
MAPA DA ESCOLA
Sabias que te podes orientar …
• Pelo SOL que nasce a
Este e põe-se a Oeste;
• Pela SOMBRA que ao
meio dia indica o Norte;
• Pela VEGETAÇÃO pois
em Portugal o musgo
encontra-se do lado
Norte e as árvores têm
mais folhas a Sul.
Sabias que te podes orientar …
• Pela LUA que nos
indica o Sul em
determinados
horários…
• Pelas ESTRELAS
através da estrela
Polar que nos indica
o Norte.
ALGUNS EXERCÍCIOS
ALGUNS EXERCÍCIOS
BIBLIOGRAFIA
• Costa, J.D.; Jogo Limpo 5/6; Porto Editora,
Porto 2004.
• Abrantes, J. e Outros; Ser activo; Texto Editora;
Lisboa 2002.
• Barata, J ; Hoje há Educação Física; Texto
Editora; Lisboa 2004.
• Sites consultados:
www.fpo.pt

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de Atletismo - Aconsa
Trabalho de Atletismo - AconsaTrabalho de Atletismo - Aconsa
Trabalho de Atletismo - AconsaAna Carolina
 
Ginástica de aparelhos
Ginástica de aparelhosGinástica de aparelhos
Ginástica de aparelhosRui Lemos
 
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/PoéticoFernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/PoéticoAlexandra Canané
 
Violência VS. Espírito Desportivo
Violência VS. Espírito DesportivoViolência VS. Espírito Desportivo
Violência VS. Espírito Desportivo713773
 
Corrupção desportiva
Corrupção desportivaCorrupção desportiva
Corrupção desportivaRui Filipe
 
Badminton
BadmintonBadminton
Badmintondnebsm
 
Atividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdeAtividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdewashington carlos vieira
 
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão LopesCrónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão LopesGijasilvelitz 2
 
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicasFatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicasFlávia Marques
 
Intertextualidade entre Os Lusíadas e Mensagem
Intertextualidade entre Os Lusíadas e MensagemIntertextualidade entre Os Lusíadas e Mensagem
Intertextualidade entre Os Lusíadas e MensagemPaulo Vitorino
 
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...Margarida Ferreira
 
"Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante"
"Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante""Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante"
"Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante"VniaRodrigues30
 
Miguel Torga - Poemas
Miguel Torga - PoemasMiguel Torga - Poemas
Miguel Torga - PoemasAna Tapadas
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaFernanda Monteiro
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaVanda Sousa
 

Mais procurados (20)

Trabalho de Atletismo - Aconsa
Trabalho de Atletismo - AconsaTrabalho de Atletismo - Aconsa
Trabalho de Atletismo - Aconsa
 
Ginástica de aparelhos
Ginástica de aparelhosGinástica de aparelhos
Ginástica de aparelhos
 
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/PoéticoFernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
 
Violência VS. Espírito Desportivo
Violência VS. Espírito DesportivoViolência VS. Espírito Desportivo
Violência VS. Espírito Desportivo
 
Corrupção desportiva
Corrupção desportivaCorrupção desportiva
Corrupção desportiva
 
Badminton
BadmintonBadminton
Badminton
 
Atividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdeAtividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúde
 
Ricardo Reis
Ricardo ReisRicardo Reis
Ricardo Reis
 
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão LopesCrónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
 
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicasFatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Mensagem - Fernando Pessoa
Mensagem - Fernando Pessoa Mensagem - Fernando Pessoa
Mensagem - Fernando Pessoa
 
Intertextualidade entre Os Lusíadas e Mensagem
Intertextualidade entre Os Lusíadas e MensagemIntertextualidade entre Os Lusíadas e Mensagem
Intertextualidade entre Os Lusíadas e Mensagem
 
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
"Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante"
"Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante""Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante"
"Mensagem" de Fernando Pessoa- "O Infante"
 
Miguel Torga - Poemas
Miguel Torga - PoemasMiguel Torga - Poemas
Miguel Torga - Poemas
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
 

Mais de Pedro R Pires (8)

Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Sociedade
SociedadeSociedade
Sociedade
 
Escola
EscolaEscola
Escola
 
Pais
PaisPais
Pais
 
Resultados
ResultadosResultados
Resultados
 
Ferias
FeriasFerias
Ferias
 
Aulaef
AulaefAulaef
Aulaef
 
Piramide
PiramidePiramide
Piramide
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 

Orientação

  • 1. Agrupamento de Escolas Carapinheira DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ORIENTAÇÃO
  • 3. ORIENTAÇÃO - O que é… ? • Forma de nos orientarmos em função da determinação dos pontos cardeais do local onde nos encontramos; • É uma actividade praticada ao ar livre, em diferentes tipos de terrenos, que consiste na realização de um percurso numa ordem previamente definida; • É um desporto que tem por objectivo percorrer, o mais rápido possível, um determinado percurso fazendo uso de mapas.
  • 4. ORIENTAÇÃO - O que é… ? Actividade realizada em plena natureza sob a forma de um percurso balizado por postos de controlo e cujo objectivo é percorrê-lo o mais rápido possível.
  • 5. História … no mundo • O sueco Ernest Killender, em 1912, foi o responsável por adaptar a Orientação à vertente desportiva; • Desdobrou a distância da Maratona em três partes, adicionou-lhe a componente de leitura de cartas/mapas e as noções de orientação; • A extraordinária adesão dos jovens motivou o primeiro Campeonato Nacional na Suécia em 1922; • Em 1966 realiza-se, na Finlândia, o primeiro Campeonato do Mundo;  Em 2004 a IOF já agrupava 63 países.
  • 6. … Em Portugal • Portugal aderiu à prática desta actividade desportiva por volta de 1973 (primeiro Campeonato das Forças Armadas em Mafra); • O ano de 1984 deu início à prática da Orientação no meio civil. Até então, a prática da modalidade era restrita aos militares ; • Em 1987/88 começa a ser praticada regularmente nos clubes e escolas; • Em Novembro de 1990, é criada a Federação Portuguesa de Orientação (F.P.O.) e Portugal passa de mero espectador a praticante activo, tornando-se membro da I.O.F. ; • 1992 surge a revista BÚSSULA.
  • 8. ORIENTAÇÃO PEDESTRE • Deslocação em corrida; • Muita preparação física (resistência); • Rápida interpretação dos mapas e sinais aí referenciadas; • Escolhas rápidas e seguras.
  • 9. ORIENTAÇÃO EM BTT • Disciplina que atrai praticantes de Orientação e utilizadores de BTT; • Em 2003 realizou-se o primeiro Campeonato do Mundo de O-BTT; • Prova exigente em termos de preparação física.
  • 10. TRAIL ORIENTEERING • Praticado por deficientes motores; • Realiza-se em contacto directo com a natureza ao longo de vários trilhos pré definidos; • Interpretação de mapas.
  • 11. ORIENTAÇÃO SKI  Desporto de Inverno;  Em 1898, na Noruega realizou-se a primeira estafeta em ski com utilização de mapas;  Nas estafetas de Orientação-Ski os percursos podiam ir até 50Km. A condição física era mais importante que o factor orientação;  1975 : Primeiro Campeonato do Mundo de Orientação-Ski.
  • 12. Equipamentos específico da Orientação • BALIZA: é um prisma quadrangular com as faces compostas por um triângulo superior branco e um inferior cor-de-laranja; Indica um ponto de controlo e está identificada no terreno com um número.
  • 13. Equipamentos específico da Orientação Pendurado em cada ponto de controlo junto à baliza, existe um ALICATE PICOTADOR. Um alicate de orientação é um objecto de plástico vermelho com um determinado número de dentes metálicos.
  • 14. Equipamentos específico da Orientação • Os CARTÕES DE CONTROLO podem ter diversos formatos, mas todos incluem quadrados numerados para a picotagem nos sucessivos pontos de controle, assim como espaços para o nome do participante, o percurso, o escalão, as horas de partida, e de chegada, e o tempo demorado a realizar o percurso;
  • 15. Equipamentos específico da Orientação • Uma BÚSSULA é um objecto com uma agulha magnética que é atraída para o pólo magnético terrestre; • A ponta vermelha da seta magnética indica o Norte
  • 16. Equipamentos específico da Orientação • O MAPA é uma representação simplificada da superfície da terra vista de cima e reduzida em dimensão. • SISTEMA DE CODIFICAÇÃO INTERNACIONAL
  • 18. Sabias que te podes orientar … • Pelo SOL que nasce a Este e põe-se a Oeste; • Pela SOMBRA que ao meio dia indica o Norte; • Pela VEGETAÇÃO pois em Portugal o musgo encontra-se do lado Norte e as árvores têm mais folhas a Sul.
  • 19. Sabias que te podes orientar … • Pela LUA que nos indica o Sul em determinados horários… • Pelas ESTRELAS através da estrela Polar que nos indica o Norte.
  • 22. BIBLIOGRAFIA • Costa, J.D.; Jogo Limpo 5/6; Porto Editora, Porto 2004. • Abrantes, J. e Outros; Ser activo; Texto Editora; Lisboa 2002. • Barata, J ; Hoje há Educação Física; Texto Editora; Lisboa 2004. • Sites consultados: www.fpo.pt