Ginástica acrobática

7.127 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.127
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
150
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ginástica acrobática

  1. 1. GINÁSTICA ACROBÁTICA Francisca Fernandes nº11 9º ano
  2. 2.  Neste período, uma das coisas que estamos abordar é a ginástica acrobata de pares.  Na ginástica acrobata é necessário que exista força, concentração, flexibilidade , coordenação, coragem e acima de tudo confiança.  Existe sempre um elemento base, ou seja, é o elemento mais forte e que suporta o volante e também o volante que é o elemento que é mais leve e que tem uma maior flexibilidade.
  3. 3. O balance que consiste em exercícios de flexibilidade e equilíbrio. O tumbling que consiste em saltos acrobáticos consecutivos. Na ginástica acrobata os exercícios dividem-se em dois grupos:
  4. 4. NÍVEIS Categoria Idade Iniciados 6 Juvenis 8 Juvenis A 11 Juvenis B 9 Seniores A 14 Seniores B 11
  5. 5. CARACTERÍSTICAS Par misto ( 2 pessoas) Par feminino ( 2 pessoas) Par masculino ( 2 pessoas) Trio feminino ( 3 pessoas) Trio masculino ( 3 pessoas) Quadra masculina ( 4 pessoas)
  6. 6. ASPECTOS TÉCNICOS Base: Suporta o companheiro, ou seja, o volante; Volante: O que é suportado pelo companheiro, ou seja, pelo base; Intermédio: O que ajuda a suportar e a projectar nas posições intermédias;
  7. 7. POSIÇÕES DE BASE Base de joelhos; Base em posição de pé; Base em posição de afundo; Base com um joelho no solo; Base em posição deitado dorsal; Base de pé, tronco em ângulo recto; Base em posição de pé com joelhos flectidos;
  8. 8. TIPOS DE PEGAS Pega simples Pega frontal Pega de braços Pega de cotovelos Pega de pulsos Estafa Pega entrelaçada
  9. 9. COTAÇÕES DAS POSIÇÕES
  10. 10. EXERCÍCIOS INDIVIDUAIS São compostos por exercícios de flexibilidade e equilíbrio, devendo ser dinâmicos, variados e formando pequenas coreografias.
  11. 11. EXERCÍCIOS DE GRUPO
  12. 12. SALTO ENTRE MÃOS O base fica sentado sobre as pernas de mãos esticadas para cima, enquanto, o colega está atrás de pé e com as mãos dadas ao base e este passa para cima dele flectindo as pernas e depois saltando e ficando à frente do base.
  13. 13. EQUILÍBRIO EM PINO O base, fica sentado no chão e de pernas afastadas, enquanto agarra a/o colega que está à sua frente a fazer o pino.
  14. 14. EQUILÍBRIO DE PÉ SOBRE COXAS O base, de pernas afastadas e flectidas e utilizando a pega de pulsos ajuda o volante a subir para as sua coxas.
  15. 15. Monte É a subida do volante para a base, aproveitando os membros do companheiro como apoio sem perder o contacto. MONTE / DESMONTE Desmonte É a descida do volante com o base havendo uma fase de voo, antes da recepção no solo.

×