Capitanias Hereditárias
Julia e Ana Clara – turma:403
As Capitanias hereditárias foi um sistema criado pelo rei de Portugal, D. João III, em
1534. Este sistema dividiu o territ...
Estas pessoas que
recebiam a concessão de
uma capitania eram
conhecidas como
donatários. Tinham como
missão colonizar, pro...
Dois cartas geravam essa relação,
são elas:
Carta de Doação: atribuía ao
donatário a posse hereditária da
capitania, quand...
Direitos dos donatários:
- Criar um vilarejo e doar terras - as famosas sesmarias - a quem interessasse cultivá-
las.
- De...
Deveres dos donatários:
- Enviar a vigésima parte dos lucros sobre o comércio do Pau-Brasil.
- O donatário tinha a obrigaç...
O sistema não funcionou muito bem. Apenas as capitanias de São Vicente e
Pernambuco deram certo. Podemos citar como motivo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Julia e Ana Clara

179 visualizações

Publicada em

a

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
179
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Julia e Ana Clara

  1. 1. Capitanias Hereditárias Julia e Ana Clara – turma:403
  2. 2. As Capitanias hereditárias foi um sistema criado pelo rei de Portugal, D. João III, em 1534. Este sistema dividiu o território brasileiro em grandes faixas e foi entregue para pessoas leais ao rei (principalmente nobres com relações com a Coroa Portuguesa).
  3. 3. Estas pessoas que recebiam a concessão de uma capitania eram conhecidas como donatários. Tinham como missão colonizar, proteger e administrar o território. Por outro lado, tinham o direito de explorar os recursos naturais (madeira, animais, minérios). Chegamos finalmente ao Brasil!!!!!
  4. 4. Dois cartas geravam essa relação, são elas: Carta de Doação: atribuía ao donatário a posse hereditária da capitania, quando de sua morte seus descendentes continuavam a administrá-la, sendo proibida a sua venda. Carta foral : Estabelecia os direitos e deveres dos donatários para com as terras. Os donatários já estão na missão que eu mandei eles cumprirem.
  5. 5. Direitos dos donatários: - Criar um vilarejo e doar terras - as famosas sesmarias - a quem interessasse cultivá- las. - Desempenhar o papel de autoridade judicial e administrativa com plenos poderes, até mesmo autorizar a pena de morte, caso se torne necessário. - Escravizar os índios, impondo-lhes o trabalho na lavoura, podendo inclusive enviar cerca de 30 índios, anualmente, como escravos para Portugal.
  6. 6. Deveres dos donatários: - Enviar a vigésima parte dos lucros sobre o comércio do Pau-Brasil. - O donatário tinha a obrigação de entregar para o rei de Portugal 10% da receita adquirida com a comercialização dos produtos da terra. - Cabia à Coroa portuguesa 1/5 dos metais preciosos encontrados nas terras do donatário.
  7. 7. O sistema não funcionou muito bem. Apenas as capitanias de São Vicente e Pernambuco deram certo. Podemos citar como motivos do fracasso: a grande extensão territorial para administrar (e suas obrigações), falta de recursos econômicos e os constantes ataques indígenas.

×