América espanhola e inglesa

31.214 visualizações

Publicada em

Colonização da América por ingleses e espanhóis.

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
31.214
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.394
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
452
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

América espanhola e inglesa

  1. 1. Professor Rodolfo Alves Pereira
  2. 2. <ul><li>Após a expulsão dos muçulmanos do território espanhol, os reis de Espanha iniciaram a expansão marítima. </li></ul><ul><li>A expansão marítima tinha alguns objetivos: expandir a fé católica para outros povos, acumular riquezas, metais preciosos e especiarias. </li></ul><ul><li>1492: Os reis espanhóis e alguns banqueiros financiaram a viagem marítima de Colombo, que pretendia atingir o Oriente (Índias) navegando pelo Ocidente. </li></ul><ul><li>Colombo chegou a um novo continente – América – e tomou posse das terras em nome da coroa espanhola. </li></ul><ul><li>Os portugueses também reivindicaram direito às terras descobertas, pois rivalizavam com os espanhóis na navegação e posse de rotas marítimas e terras além-mar. </li></ul><ul><li>O resultado dessa disputa gerou o Tratado de Tordesilhas (1494). Confira mais detalhes nos quadrinhos a seguir: </li></ul>Desenho ilustra o imaginário europeu sobre o desconhecido e o grande Oceano. Colombo chega à América. (Theodor de Bry). O que os nativos oferecem aos espanhóis? O que a postura dos espanhóis nos sugere?
  3. 3. Quem assinou o acordo de Tordesilhas? O que ele estabelecia? O tratado ouviu a opinião de outros povos? Na sua opinião, a atitude dos portugueses e espanhóis foi justa?
  4. 4. <ul><li>Após a descoberta da América, os espanhóis começaram a colonizar as novas terras, isto é, povoá-la e explorar suas riquezas. </li></ul><ul><li>O mesmo foi feito com o Brasil pelos portugueses. </li></ul><ul><li>Holandeses, franceses e ingleses também ocuparam diversas regiões da América para tirar proveito dos povos indígenas e das riquezas americanas. </li></ul><ul><li>Os espanhóis ocuparam inicialmente a América Central e depois a América do Sul. Durante essa ocupação, milhões de índios foram mortos ou escravizados pelos conquistadores. Dentre os mais famosos, destacam-se Hernán Cortés (1485 – 1547) e Francisco Pizarro (1476 – 1541), os quais conquistaram, respectivamente, o México e o Peru para a coroa de Espanha. </li></ul><ul><li>Para ocupar as novas terras a coroa espanhola oferecia cargos de nobreza (adelantados) para aqueles que fossem para a América e conquistassem as terras. Estes teriam poderiam explorar a terra, e deveriam pagar um quinto de imposto para a Coroa, além de catequizar os índios. </li></ul>Cortés (E) e Pizarro (D).
  5. 5. <ul><li>Os índios que viviam na América foram dizimados pelos conquistadores espanhóis. Vamos ler o relato de Frei Bartolomé de Las Casas (1474-1566), que esteve na América e participou de sua conquista, a partir de 1502: </li></ul><ul><li>“ Os espanhóis, com seus cavalos, suas espadas e lanças começaram a praticar crueldades estranhas; entravam nas vilas, burgos e aldeias, não poupando nem as crianças e os homens velho, nem as mulheres grávidas e parturientes e lhes abriam o ventre e as faziam em pedaços como se estivessem golpeando cordeiros fechados em seu redil. Faziam apostas sobre quem, de um só golpe de espada, fenderia e abriria um homem pela metade, ou quem, mais habilmente e mais destramente, de um só golpe lhe cortaria a cabeça, ou ainda sobre quem abriria melhor as entranhas de um homem de um só golpe.” (LAS CASAS, Bartolomé de, O paraíso destruído – a sangrenta história da conquista da América. Porto Alegre: LP&M Pocket, 2008. p. 31.). </li></ul><ul><li>Outros fatores que contribuíram para a morte dos índios: guerras, escravidão, maus-tratos e as doenças trazidas pelos europeus, como a varíola. </li></ul><ul><li>“ outros mecanismos foram utilizados para subjugar as populações indígenas. Entre estes, pode-se mencionar: a aculturação pela conversão forçada à fé cristã e aos hábitos europeus, a queima de livros e a destruição de objetos, templos e ídolos da cultura indígena...” (CARVALHO, L. B. de. Direito e barbárie na conquista da América indígena. Revista Seqüência, n. 49, p. 58 Dez. de 2004.) </li></ul>Frei Bartolomé de las Casas denunciou a covardia praticada pelos espanhóis contra os índios da América. Entretanto, ele mesmo, no início da colonização, possuía terras e índios escravizados na América.
  6. 6. Gráfico 1. Número de Índios antes e depois da conquista da América Espanhola. (milhão) Aponte alguns fatores que contribuíram para o morte de milhões de índios americanos.
  7. 7. <ul><li>Mapa 1. América antes da conquista pelos europeus. </li></ul><ul><li>Identifique as regiões ocupadas pelos espanhóis e portugueses. </li></ul><ul><li>Quais povos habitavam a América? </li></ul><ul><li>Com quais nações indígenas os espanhóis entraram em confronto? </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Para administrar o extenso território americano, a coroa espanhola dividiu o território e criou uma burocracia para explorá-lo, garantir a ordem a e catequização dos indígenas. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Mapa 2. Administração da América espanhola. </li></ul><ul><li>Identifique no mapa as maiores e menores capitanias e vice-reinos. </li></ul><ul><li>Quais países atuais faziam parte da América Espanhola? </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Na América os cargos políticos e administrativos eram exercidos pelos espanhóis, chamados de Chapetones. </li></ul><ul><li>Os cargos mais baixos ficavam com os criollos, espanhóis que nasciam na América. </li></ul><ul><li>Os índios que sobreviviam à guerra eram capturados e forçados a trabalhar nas minas e nas plantações. </li></ul><ul><li>Os nativos também eram catequizados pelos colonos e obrigados a converterem-se ao catolicismo. </li></ul><ul><li>Por vezes, os espanhóis também recorriam à escravidão de africanos, mas na América espanhola predominou o trabalho escravo indígena. A seguir, as formas de exploração de trabalho utilizada pelos espanhóis: </li></ul><ul><li>Mita: vigorou principalmente na região das minas peruanas. Os índios eram forçados a trabalhar nas minas, recebiam um pagamento, e só podiam sair de lá quando fossem autorizados por seus senhores. </li></ul><ul><li>Encomienda: direito de explorar uma ou mais comunidades indígenas, na agricultura ou mineração. O Encomendero também poderia cobrar tributos dos índios, mas ficava obrigado a catequizá-los. </li></ul><ul><li>Para fiscalizar os colonos a Coroa, criou diversos órgãos para garantir a ordem, a lei, a posse das terras e o pagamentos dos impostos pelos colonos. As Audiências, órgãos com funções jurídicas e administrativas, criadas a partir de 1511, são um exemplo das medidas administrativas tomadas pela Coroa. Elas foram instaladas em todas as regiões conquistadas. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Principais atividades praticadas: mineração de metais preciosos, principalmente, prata. </li></ul><ul><li>Nos pólos de mineração surgiram grandes cidades, com igrejas luxuosas. </li></ul><ul><li>Os metais preciosos eram transportados por mulas até os portos, de onde iam para Espanha. </li></ul><ul><li>Outras atividades desenvolvidas: criação de gado, cultivo de produtos tropicais, como tabaco, cana-de-açúcar, algodão e cacau. </li></ul><ul><li>Na região do Caribe, na América Central, a partir do século XVII, a produção de açúcar ganhou importância, devido á crise na América Portuguesa. Holandeses, franceses, ingleses e espanhóis possuíam colônias na região. </li></ul><ul><li>Missões ou reduções: aldeias lideradas pelas ordens religiosas, como os jesuítas, instaladas no sul da América latina, onde os índios eram reunidos para serem catequizados. Ali cultivavam milho, batata, erva-mate, criavam animais e faziam artesanato sob a proteção jesuítica. </li></ul><ul><li>Filme: A Missão (1986). A ação dos jesuítas na catequização dos guarani, o trabalho indígena, e os caçadores de escravos. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Gravura de Theodor de Bry (século XVI). Mina de prata, em Potosí, na Bolívia. </li></ul><ul><li>Quem está realizando os trabalhos na mina? Como era o regime de trabalho? </li></ul><ul><li>Como eram as condições de trabalho e segurança neste local? </li></ul><ul><li>Quais ferramentas era utilizadas no trabalho? </li></ul><ul><li>Qual era o destino da riqueza extraída? Pertencia aos trabalhadores? </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Os ingleses começaram a migrar para a América do Norte no início do século XVII. </li></ul><ul><li>No mesmo período franceses e holandeses também ocuparam regiões na América do Norte e Central. Os franceses ocuparam parte do Canadá e também parte do atual E.U.A. Os holandeses chegaram a fundar Nova Amsterdã, em 1626, mas perderam essa colônia para os ingleses, que rebatizaram-na de Nova Iorque. </li></ul><ul><li>Muitas famílias deixaram a Grã-Bretanha por conta das perseguições religiosas, a crise econômica e política daquela época. </li></ul><ul><li>Muitas famílias eram estimuladas a vir para a América por Companhias comerciais, que tinham interesse de explorar as riquezas do novo continente. </li></ul><ul><li>Os ingleses que vieram para a América ocuparam o litoral norte-americano, pois no interior havia densa vegetação, relevo e nações indígenas que, naquele momento, eram obstáculos para a ocupação estrangeira. </li></ul><ul><li>Assim, surgiram as 13 colônias britânicas na América do Norte. (veja o mapa 3, a seguir). </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Mapa 3. Treze colônias inglesas </li></ul><ul><li>Que região os ingleses ocuparam? A qual país atual corresponde o território ocupado? </li></ul><ul><li>Você reconhece o nome de alguma colônia que permanece até os dias atuais? </li></ul><ul><li>A quem pertenciam as terras ao sul da região mostrada no mapa? </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Nas colônias do Norte houve o predomínio de pequenas propriedades rurais, diversificação da agricultura e criação de animais. A mão-de-obra era livre e assalariada. Muitos das famílias do Norte eram puritanas e quakers (religião protestante, que contrariava o anglicanismo, a religião oficial da Inglaterra). </li></ul><ul><li>As famílias inglesas fundaram escolas, oficinas, armazéns e lojas. Nas cidades do norte também havia médicos, professores, advogados, ferreiros, comerciantes etc. </li></ul><ul><li>As colônias do norte são chamadas pelos historiadores de colônias de povoamento. </li></ul><ul><li>No sul formaram-se colônias de exploração, tal como ocorreu nas Américas espanhola e portuguesa. </li></ul><ul><li>Predominava o latifúndio, a monocultura de tabaco, algodão, arroz etc, e o trabalho escravo. O clima era subtropical, diferente do clima mais frio do Norte. </li></ul><ul><li>As colônias do sul exportavam seus produtos para a Metrópole (Grã-Bretanha) e compravam os produtos manufaturados ingleses. No Sul houve maior fiscalização por parte da Metrópole, que exigia matéria-prima e vendia produtos manufaturados a preço maiores para os colonos. </li></ul><ul><li>O comércio entre as 13 colônias: O norte vendia madeira, cereais, roupas e tecidos para o sul, e comprava destes rum, melaço, açúcar e algodão. </li></ul><ul><li>Alguns comerciantes e traficantes do norte trocavam o rum pelos escravos da África e revendiam-nos para os colonos do Sul. (Ver mapa 4) </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Mapa 4. O comércio triangular </li></ul><ul><li>Onde havia mais escravos, no norte ou no sul? Por que? </li></ul><ul><li>Explique porque o comércio entre as Treze Colônias e a África era chamado de triangular. </li></ul>
  17. 17. Como os escravos eram obtidos pelos traficantes? Que moeda era utilizada nesses negócios?
  18. 18. RODRIGUES, J. E. D. História em documento: imagem e texto, 8º ano. São Paulo: FTD, 2009. p. 39. 1. De acordo com esses dados, como foi o crescimento da população na América do Norte? O que contribui mais para esse crescimento: o alto índice de natalidade ou a chegada de imigrantes? Ano Habitantes 1620 2.500 1670 114.000 1720 300.000 1775 2.500.000

×