SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
NÚMERO OPERATÓRIO E OS 
SETE PRINCÍPIOS MENTAIS 
425 
BÁSICOS 
SME – Campinas / PNAIC 
0011 0010 1010 1101 Slides 0001 0100 elaborados 1011 
por Adriana Correia 
1 Coodernadora geral: Bete Pimentel 
Colaboradoras: Cristina Pauluci, Eliana Boscolo, Idelvandre,Isnary, 
Ìtala Rizzo, Kelly Arduíno, Laís Allende, Patrícia Infanger. 
Julho / 2014
PAUTA 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
- LEITURA DELEITE “...E ELES 
QUERIAM CONTAR”. 
- Socialização da rotina semanal. 
- OS SETE PROCESSOS MENTAIS 
BÁSICOS
O NÚMERO OPERATÓRIO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
É consolidado quando a criança 
for capaz de coordenar as 
relações de cardinalidade e 
ordinalidade.
O TRABALHO COM OS SETE PROCESSOS 
MENTAIS BÁSICOS 
CONCEITO ELABORADO POR J. PIAGET. 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
EXPANDEM O TRABALHO COM O SENSO 
NUMÉRICO E CONSOLIDAM O CONCEITO DE 
NÚMERO OPERATÓRIO. 
REFERENCIADOS NAS DIRETRIZES 
CURRICULARES DOS ANOS INICIAIS - 
SME/CAMPINAS. 
CONTEMPLADOS NOS CADERNOS 1, 2 E 3 DO 
PNAIC.
Quais são os sete princípios? 
• Correspondência. 
• Comparação. 
• Classificação. 
• Sequenciação. 
• Seriação/Ordenação. 
• Inclusão. 
• Conservação. 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO 
NÚMERO OPERATÓRIO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
NÚMERO OPERATÓRIO 
CARDINAL 
ORDINAL 
Adaptado de esquema da pág. 27 do livro "Conversas sobre números, ações e 
operações" de Luzia Faraco Ramos. Ed. Ática. 
Numerar as 
coisas 
Ordenar as 
coisas
CORRESPONDÊNCIA 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de estabelecer a relação “um a um”. 
• Subsidia as compreensões de número 
cardinal e número ordinal. 
• http://www.youtube.com/watch?v=dB0UNsQMn7c 
• http://nacarrioladearquimedes.blogspot.com.br/2013/06/na 
-carriola-de-arquimedes-video-2.html
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
COMPARAÇÃO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de estabelecer diferenças ou 
semelhanças. 
http://www.youtube.com/watch?v=U2NhjLaG7Ew 
http://nacarrioladearquimedes.blogspot.com.br/2013/06/na-carriola- 
de-arquimedes-video-3.html
CLASSIFICAÇÃO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de separar em categorias de acordo 
com semelhanças e diferenças. 
http://www.youtube.com/watch?v=zYvHuOkXeNU
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
SEQUENCIAÇÃO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de fazer suceder a cada elemento 
um outro sem considerar a ordem entre 
eles.
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
SERIAÇÃO/ORDENAÇÃO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de ordenar uma sequência segundo 
um critério. 
• Este processo subsidia a compreensão do 
sistema de numeração decimal (a ordem de 
escrita dos algarismos define a ordem do 
número, por exemplo 243 significa duas 
centenas, mais quatro dezenas e mais três 
unidades.
1 0011 0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• http://www.youtube.com/watch? 
v=2Qkg8JqXGvA 
• http://nacarrioladearquimedes.blogspot.com.br/20 
13/06/na-carriola-de-arquimedes-video-5.html 
425
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
CLASSIFICAÇÃO E SERIAÇÃO 
Os processos de classificação e seriação são as 
estruturas lógicas que proporcionam a 
criação do conceito de número operatório na 
criança. 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
INCLUSÃO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de fazer abranger um conjunto por 
outro (engloba os conceitos iniciais de 
conjuntos e seus subconjuntos). 
http://www.youtube.com/watch?v=LSB3DJTCdpU
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
CONSERVAÇÃO 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
• É o ato de perceber que a quantidade não 
depende de arrumação, forma ou posição. 
http://www.youtube.com/watch?v=-6IgTqgdd5w
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
Atividades para hoje 
- Formar trios. Cada trio deverá escolher um 
dos materiais que foi disponibilizado pela 
formadora e a partir dele elaborar um plano 
de aula que contemple: objetivo; tarefa; 
materiais utilizados; tempo; organização da 
turma; metodologia para intervenção; as 
boas perguntas. 
- O trio deverá desenvolver a tarefa que 
elaborou e socializar aquilo que achar 
relevante com o grupo todo. 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011
SLIDES ELABORADOS A PARTIR DOS 
REFERENCIAIS BIBLIOGRÁFICOS 
1 0011 425 
0010 1010 1101 0001 0100 1011 
Lorenzato, Sérgio. Educação Infantil e percepção matemático. 
Campinas, S.P. Autores Associados. 2006. 
Ramos, L. Faraco. Conversas sobre números, ações e operações. 
Uma proposta criativa para o ensino da matemática nos primeiros 
anos. S.P.: Ática, 2009. 
Revista Nova Escola. 1995. Reportagem “Matemática da mão para 
a cabeça”. 
Caderno 2 do PNAIC/Matemática (2013).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

APOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdf
APOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdfAPOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdf
APOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdfdanielagracia9
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoSEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoIolanda Sá
 
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3Aprender com prazer
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro augustafranca7
 
Atividades para silabicos
Atividades para silabicosAtividades para silabicos
Atividades para silabicosJosi Cotrim
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAFabiana Lopes
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limitesSimoneHelenDrumond
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestreAraceli Kleemann
 
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizadoModelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizadoAntonio Sousa
 
Atividades_rótulos
Atividades_rótulosAtividades_rótulos
Atividades_rótulosIsa ...
 
1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos  pnaic u_nidade 41 jogos diversos  pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos pnaic u_nidade 4Isa ...
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularNethy Marques
 
Ficha descritiva 1 ano 3 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 3 trimestreFicha descritiva 1 ano 3 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 3 trimestreNaysa Taboada
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxssuser6c03a6
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestreNaysa Taboada
 

Mais procurados (20)

APOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdf
APOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdfAPOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdf
APOSTILA DE REFORÇO ALFABETIZAÇÃO 2 POR FOLHA.pdf
 
Plano de aee
Plano de aeePlano de aee
Plano de aee
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoSEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
 
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Historia da Menina bonita do laço de fita
Historia da Menina  bonita do laço de fitaHistoria da Menina  bonita do laço de fita
Historia da Menina bonita do laço de fita
 
Atividades para silabicos
Atividades para silabicosAtividades para silabicos
Atividades para silabicos
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizadoModelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
 
Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
 
Atividades_rótulos
Atividades_rótulosAtividades_rótulos
Atividades_rótulos
 
Relatório
RelatórioRelatório
Relatório
 
Rotina escolar
Rotina escolarRotina escolar
Rotina escolar
 
1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos  pnaic u_nidade 41 jogos diversos  pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
 
Ficha descritiva 1 ano 3 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 3 trimestreFicha descritiva 1 ano 3 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 3 trimestre
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
 

Mais de Joelma Santos

Objetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunos
Objetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunosObjetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunos
Objetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunosJoelma Santos
 
O pensamento infantil: senso numérico e espacial
O pensamento infantil: senso numérico e espacialO pensamento infantil: senso numérico e espacial
O pensamento infantil: senso numérico e espacialJoelma Santos
 
Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...
Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...
Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...Joelma Santos
 
Trabalhando com o senso numérico
Trabalhando com o senso numéricoTrabalhando com o senso numérico
Trabalhando com o senso numéricoJoelma Santos
 
Apostila: 7 Princípios Mentais Básicos
Apostila: 7 Princípios Mentais BásicosApostila: 7 Princípios Mentais Básicos
Apostila: 7 Princípios Mentais BásicosJoelma Santos
 
A professora e a maleta (Leitura Deleite)
A professora e a maleta (Leitura Deleite)A professora e a maleta (Leitura Deleite)
A professora e a maleta (Leitura Deleite)Joelma Santos
 
Planejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemáticaPlanejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemáticaJoelma Santos
 
Orientações para a elaboração da Sequência Didática de Matemática
Orientações para a elaboração da Sequência Didática de MatemáticaOrientações para a elaboração da Sequência Didática de Matemática
Orientações para a elaboração da Sequência Didática de MatemáticaJoelma Santos
 
E eles queriam contar
E eles queriam contarE eles queriam contar
E eles queriam contarJoelma Santos
 
Contagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte I
Contagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte IContagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte I
Contagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte IJoelma Santos
 
Poemas Problemas - Renato Bueno
Poemas Problemas - Renato BuenoPoemas Problemas - Renato Bueno
Poemas Problemas - Renato BuenoJoelma Santos
 
Texto calculo mental revista nova escola
Texto calculo mental revista nova escolaTexto calculo mental revista nova escola
Texto calculo mental revista nova escolaJoelma Santos
 
Cubra descubra tabuleiro
Cubra descubra tabuleiroCubra descubra tabuleiro
Cubra descubra tabuleiroJoelma Santos
 
Eu trabalho primeiro no concreto - Adair Nacarato
Eu trabalho primeiro no concreto - Adair NacaratoEu trabalho primeiro no concreto - Adair Nacarato
Eu trabalho primeiro no concreto - Adair NacaratoJoelma Santos
 
Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II
Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte IIContando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II
Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte IIJoelma Santos
 
Princípios Básicos do Sistema Decimal Posicional
Princípios Básicos do Sistema Decimal PosicionalPrincípios Básicos do Sistema Decimal Posicional
Princípios Básicos do Sistema Decimal PosicionalJoelma Santos
 
Circuito de Atividades: Sistema Decimal Posicional
Circuito de Atividades: Sistema Decimal PosicionalCircuito de Atividades: Sistema Decimal Posicional
Circuito de Atividades: Sistema Decimal PosicionalJoelma Santos
 
Problemoteca 3 smole
Problemoteca 3 smoleProblemoteca 3 smole
Problemoteca 3 smoleJoelma Santos
 

Mais de Joelma Santos (20)

Objetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunos
Objetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunosObjetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunos
Objetivos de aprendizagem, contexto e saberes dos alunos
 
Pobremas VI Enigmas
Pobremas VI EnigmasPobremas VI Enigmas
Pobremas VI Enigmas
 
O pensamento infantil: senso numérico e espacial
O pensamento infantil: senso numérico e espacialO pensamento infantil: senso numérico e espacial
O pensamento infantil: senso numérico e espacial
 
Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...
Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...
Reflexões sobre percepções de crianças do 1º ano do E. F. sobre o conceito de...
 
Trabalhando com o senso numérico
Trabalhando com o senso numéricoTrabalhando com o senso numérico
Trabalhando com o senso numérico
 
Apostila: 7 Princípios Mentais Básicos
Apostila: 7 Princípios Mentais BásicosApostila: 7 Princípios Mentais Básicos
Apostila: 7 Princípios Mentais Básicos
 
A professora e a maleta (Leitura Deleite)
A professora e a maleta (Leitura Deleite)A professora e a maleta (Leitura Deleite)
A professora e a maleta (Leitura Deleite)
 
Planejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemáticaPlanejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemática
 
Orientações para a elaboração da Sequência Didática de Matemática
Orientações para a elaboração da Sequência Didática de MatemáticaOrientações para a elaboração da Sequência Didática de Matemática
Orientações para a elaboração da Sequência Didática de Matemática
 
E eles queriam contar
E eles queriam contarE eles queriam contar
E eles queriam contar
 
Contagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte I
Contagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte IContagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte I
Contagem com o Sistema Decimal Posicional - Parte I
 
Poemas Problemas - Renato Bueno
Poemas Problemas - Renato BuenoPoemas Problemas - Renato Bueno
Poemas Problemas - Renato Bueno
 
Texto calculo mental revista nova escola
Texto calculo mental revista nova escolaTexto calculo mental revista nova escola
Texto calculo mental revista nova escola
 
Cubra descubra tabuleiro
Cubra descubra tabuleiroCubra descubra tabuleiro
Cubra descubra tabuleiro
 
Eu trabalho primeiro no concreto - Adair Nacarato
Eu trabalho primeiro no concreto - Adair NacaratoEu trabalho primeiro no concreto - Adair Nacarato
Eu trabalho primeiro no concreto - Adair Nacarato
 
Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II
Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte IIContando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II
Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II
 
Princípios Básicos do Sistema Decimal Posicional
Princípios Básicos do Sistema Decimal PosicionalPrincípios Básicos do Sistema Decimal Posicional
Princípios Básicos do Sistema Decimal Posicional
 
Fichas sobrepostas
Fichas sobrepostasFichas sobrepostas
Fichas sobrepostas
 
Circuito de Atividades: Sistema Decimal Posicional
Circuito de Atividades: Sistema Decimal PosicionalCircuito de Atividades: Sistema Decimal Posicional
Circuito de Atividades: Sistema Decimal Posicional
 
Problemoteca 3 smole
Problemoteca 3 smoleProblemoteca 3 smole
Problemoteca 3 smole
 

Último

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 

7 Princípios Mentais Básicos

  • 1. NÚMERO OPERATÓRIO E OS SETE PRINCÍPIOS MENTAIS 425 BÁSICOS SME – Campinas / PNAIC 0011 0010 1010 1101 Slides 0001 0100 elaborados 1011 por Adriana Correia 1 Coodernadora geral: Bete Pimentel Colaboradoras: Cristina Pauluci, Eliana Boscolo, Idelvandre,Isnary, Ìtala Rizzo, Kelly Arduíno, Laís Allende, Patrícia Infanger. Julho / 2014
  • 2. PAUTA 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 - LEITURA DELEITE “...E ELES QUERIAM CONTAR”. - Socialização da rotina semanal. - OS SETE PROCESSOS MENTAIS BÁSICOS
  • 3. O NÚMERO OPERATÓRIO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 É consolidado quando a criança for capaz de coordenar as relações de cardinalidade e ordinalidade.
  • 4. O TRABALHO COM OS SETE PROCESSOS MENTAIS BÁSICOS CONCEITO ELABORADO POR J. PIAGET. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 EXPANDEM O TRABALHO COM O SENSO NUMÉRICO E CONSOLIDAM O CONCEITO DE NÚMERO OPERATÓRIO. REFERENCIADOS NAS DIRETRIZES CURRICULARES DOS ANOS INICIAIS - SME/CAMPINAS. CONTEMPLADOS NOS CADERNOS 1, 2 E 3 DO PNAIC.
  • 5. Quais são os sete princípios? • Correspondência. • Comparação. • Classificação. • Sequenciação. • Seriação/Ordenação. • Inclusão. • Conservação. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 6. O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO NÚMERO OPERATÓRIO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 NÚMERO OPERATÓRIO CARDINAL ORDINAL Adaptado de esquema da pág. 27 do livro "Conversas sobre números, ações e operações" de Luzia Faraco Ramos. Ed. Ática. Numerar as coisas Ordenar as coisas
  • 7. CORRESPONDÊNCIA 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de estabelecer a relação “um a um”. • Subsidia as compreensões de número cardinal e número ordinal. • http://www.youtube.com/watch?v=dB0UNsQMn7c • http://nacarrioladearquimedes.blogspot.com.br/2013/06/na -carriola-de-arquimedes-video-2.html
  • 8. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 9. COMPARAÇÃO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de estabelecer diferenças ou semelhanças. http://www.youtube.com/watch?v=U2NhjLaG7Ew http://nacarrioladearquimedes.blogspot.com.br/2013/06/na-carriola- de-arquimedes-video-3.html
  • 10. CLASSIFICAÇÃO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de separar em categorias de acordo com semelhanças e diferenças. http://www.youtube.com/watch?v=zYvHuOkXeNU
  • 11. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 12. SEQUENCIAÇÃO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de fazer suceder a cada elemento um outro sem considerar a ordem entre eles.
  • 13. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 14. SERIAÇÃO/ORDENAÇÃO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de ordenar uma sequência segundo um critério. • Este processo subsidia a compreensão do sistema de numeração decimal (a ordem de escrita dos algarismos define a ordem do número, por exemplo 243 significa duas centenas, mais quatro dezenas e mais três unidades.
  • 15. 1 0011 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • http://www.youtube.com/watch? v=2Qkg8JqXGvA • http://nacarrioladearquimedes.blogspot.com.br/20 13/06/na-carriola-de-arquimedes-video-5.html 425
  • 16. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 17. CLASSIFICAÇÃO E SERIAÇÃO Os processos de classificação e seriação são as estruturas lógicas que proporcionam a criação do conceito de número operatório na criança. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 18. INCLUSÃO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de fazer abranger um conjunto por outro (engloba os conceitos iniciais de conjuntos e seus subconjuntos). http://www.youtube.com/watch?v=LSB3DJTCdpU
  • 19. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 20. CONSERVAÇÃO 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 • É o ato de perceber que a quantidade não depende de arrumação, forma ou posição. http://www.youtube.com/watch?v=-6IgTqgdd5w
  • 21. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 22. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 23. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 24. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 25. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 26. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 27. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 28. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 29. Atividades para hoje - Formar trios. Cada trio deverá escolher um dos materiais que foi disponibilizado pela formadora e a partir dele elaborar um plano de aula que contemple: objetivo; tarefa; materiais utilizados; tempo; organização da turma; metodologia para intervenção; as boas perguntas. - O trio deverá desenvolver a tarefa que elaborou e socializar aquilo que achar relevante com o grupo todo. 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011
  • 30. SLIDES ELABORADOS A PARTIR DOS REFERENCIAIS BIBLIOGRÁFICOS 1 0011 425 0010 1010 1101 0001 0100 1011 Lorenzato, Sérgio. Educação Infantil e percepção matemático. Campinas, S.P. Autores Associados. 2006. Ramos, L. Faraco. Conversas sobre números, ações e operações. Uma proposta criativa para o ensino da matemática nos primeiros anos. S.P.: Ática, 2009. Revista Nova Escola. 1995. Reportagem “Matemática da mão para a cabeça”. Caderno 2 do PNAIC/Matemática (2013).