Renascimento

18.319 visualizações

Publicada em

RENASCIMENTO CULTURAL

Publicada em: Educação, Turismo
2 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
18.319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
317
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
621
Comentários
2
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Renascimento

  1. 1. RENASCIMENTO CULTURAL XIV e XVI<br />Itália<br /> berço do <br /> Renascimento<br />
  2. 2. O RenascimentoAntropocentrismoRacionalismoHumanismo individualismo<br />
  3. 3. RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTÍFICO<br />Movimento científico-cultural ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna e que representou as aspirações da burguesia.<br />FATORES:<br /><ul><li>A expansão marítima e o renascimento comercial;
  4. 4. Influência da civilização bizantina;
  5. 5. A retomada dos estudos das civilizações clássicas (greco-romana), graças à preservação pelos mosteiros medievais;
  6. 6. A ascensão sócio-econômica da burguesia;
  7. 7. A invenção da imprensa etc.</li></li></ul><li>CARACTERÍSTICAS:<br /><ul><li>Humanismo: forma mais terrena, concreta, de pensar a ciência, a moral, a religião etc.
  8. 8. Antropocentrismo: o homem passa a ser visto como o centro do Universo, negando o Teocentrismo Medieval.
  9. 9. Individualismo: valorização da capacidade de criação e o espírito de competição.
  10. 10. Racionalismo: sobreposição da ciência (experimentalismo) sobre a fé (dogmas).
  11. 11. Naturalismo: preocupação em retratar fielmente os homens e animais nas artes(detalhes anatômicos).
  12. 12. Heliocentrismo: o sol visto como centro do Universo, contrariando a concepção geocêntrica de Ptolomeu.
  13. 13. Hedonismo: valorização dos prazeres do corpo e do espírito etc.</li></li></ul><li>Em oposição à cultura feudal, o Renascimento foi um movimento cultural que expressou a mentalidade burguesa.Ocorreu na Europa durante os séculos XIV, XV, XVI. <br />
  14. 14. FLORENÇA: capital das artes<br />Cidade do renascimento. Depois da "longa noite de trevas" que foi a idade média, a humanidade renasceu para a cultura. Esse renascimento começou em Florença, quando poetas, pintores, escultores e arquitetos criaram entre os séculos XIII e XV uma quantidade infinita de obras de arte.<br />
  15. 15. MECENATO...<br />Mecenas: burguesia,princípes e até Papas financiaravam e protegiam as artes e os artistas<br />Entre as famílias mais ricas de Florença contavam-se os Médicis, que acabaram por controlar o governo da cidade e tornar-se mecenas generosos. <br />Lourenço de Médici<br />
  16. 16. Os seus fundamentos são: <br />antropocentrismo, <br />racionalismo <br />individualismo em oposição ao teocentrismo e às concepções da filosofia escolástica. A ciência ocupou o seu lugar. Esta nova concepção se expressou nas Artes Plásticas e na Literatura e fez desenvolver o estudo da Medicina, da Física, entre outras<br />
  17. 17. Humanismo: volta aos valores da Antiguidade Clássica<br />O Nascimento de Vênus<br />
  18. 18. Descobrir o Mundo...Descobrir o Homem<br />“O homem é a medida de todas as coisas”<br />Tratava-se na verdade de valorizar as pessoas em si, encontrar nelas as qualidades e as virtudes negadas pelo pensamento católico medieval. <br />
  19. 19. O ideal de universalidade: <br />Os renascentistas acreditavam que uma pessoa poderia vir a aprender e saber tudo o que se conhece. <br />
  20. 20. MIGUEL ANGELO<br />O grandioso esquema compositivo para o teto da capela Sistina estabelece uma narrativa do velho testamento, desde o Gênesis ao Dilúvio, a que se juntou, na parede do altar, uma enorme composição plena de dramatismo, interpretando o Julgamento Final (1536-1541).<br />
  21. 21.
  22. 22. FASES DO RENASCIMENTO: TRECENTO<br />No século XIV manifesta-se predominantemente na Itália, mais especificamente na cidade de Florença, pólo político, econômico e cultural da região. <br />Giotto, Boccaccio e Petrarca estão entre seus representantes.<br />Nascimento de Jesus -Giotto<br />
  23. 23. Quatrocentos<br />(século XV) o Renascimento espalha-se pela península itálica, atingindo seu auge. Neste período atuam <br />Botticelli <br />Leonardo da Vinci <br />Rafael <br />Michelangelo (que já prenuncia certos ideais anti-clássicos utilizando-se da linguagem clássica, o que caracteriza o Maneirismo, a etapa final do Renascimento, considerados os três últimos o "trio sagrado" da Renascença.<br />Auto-retrato de Leonardo da Vinci<br />
  24. 24. O Renascimento torna-se no século XVI um movimento universal europeu, tendo, no entanto, iniciado sua decadência. Ocorrem as primeiras manifestações Maneiristas e a Contra Reforma instaura o Barroco como estilo oficial da Igreja Católica. <br />CINQÜECENTO:<br />Estilo Barroco<br />
  25. 25. Na literatura atuaram Ludovico Ariosto Torquato Tasso e Nicolau Maquiavel, já na pintura eram Rafael e Michelangelo.<br />O Renascimento marcou o declínio das bibliotecas de tipo monástico: as primeiras coleções particulares dos humanistas podem ser consideradas como o ponto de partida das bibliotecas modernas<br />Biblioteca do Vaticano<br />
  26. 26. Michelangelo: <br />Capela Sistina particular do Juízo Final<br />
  27. 27. Nicolau Maquiavel<br />"O homem prudente deve seguir <br />sempre as vias traçadas pelos <br />grandes personagens…".<br />
  28. 28. ARQUITETURA<br />Avanços arquitetônicos possibilitaram o desenvolvimento do estilo gótico.<br />
  29. 29. Leonardo da Vinci<br />Foi um dos mais notáveis pintores do Renascimento e possivelmente seu maior gênio, por ser também anatomista, engenheiro, matemático músico, naturalista, arquiteto e escultor.<br />
  30. 30.
  31. 31. Revela tridimensionalidade, presença, individualidade e profundidade psicológica não encontradas em obras anteriores.<br />O casamento de Arnolfini, pintado em óleo sobre madeira por Jan van Eyck em 1434<br />
  32. 32. A Escola de Atenas, de Rafael Sanzio é uma obra exemplar da relação do Renascimento com o Humanismo e o Classicismo<br />
  33. 33. Cúpula da Santa Maria delFiore, em Florença, Itália.<br />
  34. 34. Cidadão do mundo, em constante desejo de enriquecimento pessoal, científico, literário e humano, o humanista encontra nas cartas um meio privilegiado de saciar a sua sempre viva sede de conhecimento.<br />
  35. 35. O físico e astrônomo italiano Galileu afirmava que a Terra girava ao redor do Sol, contra as crenças da Igreja Católica, segundo a qual a Terra era o centro do Universo. Negou-se a retratar-se, apesar das ordens de Roma, e foi sentenciado à prisão perpétua.<br />
  36. 36. Heliocentrismo é a teoria que o Sol está estacionário no centro do universo. <br />Heliocentrismo<br />
  37. 37. Teoria que se baseia na hipótese de que a Terra estaria parada no centro do Universo com os corpos celestes, inclusive o Sol, girando ao seu redor. <br />Geocentrismo<br />
  38. 38. Diferenças entre o pensamento <br />medieval e o renascentista:<br />
  39. 39.
  40. 40. QUATROCENTO (séc XV):<br />família Médici (mecenas);<br />Florença (principal centro);<br />pintura com maior destaque (técnica da pintura a óleo);<br />Masaccio – geometria em perspectiva. “A Expulsão de Adão e Eva do Paraíso”, “Tributo”, Distribuição de esmolas por São Pedro”;<br />Botticelli – figuras leves, delicadeza, inocência. “Nascimento de Vênus”, “Alegoria da Primavera”<br />Da Vinci – maior nome do renascimento. Pintor, escultor, urbanista, engenheiro, músico, físico, botânico... “Gioconda” (Mona Lisa), “Santa Ceia”, Virgens das Rochas”.<br />
  41. 41. ANALOGIA ENTRE O HOMEM MEDIEVAL E O RENASCENTISTA: <br />(MODERNO)<br /><ul><li>Enquanto o homem medieval era temente a Deus, envolvido na cristandade e acomodado às restrições/obrigações servis, o homem moderno tornou-se crítico, individualista, envolvido no espírito de competição capitalista.</li></li></ul><li>A ARTE DE SANDRO BOTTICELLI<br />NASCIMENTO DE VÊNUS<br />
  42. 42. ALEGORIA DAPRIMAVERA<br />
  43. 43. A OBRA DE LEONARDO DA VINCI<br />
  44. 44.
  45. 45. A ARTE DE RAFAEL SANZIO<br />O CASAMENTO DA VIRGEM<br />
  46. 46.
  47. 47. A ARTE DE MICHELANGELO<br />A CRIAÇÃO DE ADÃO<br />MOISÉS<br />DAVI<br />PIETÁ<br />
  48. 48. O RENASCIMENTO FORA DA ITÁLIA<br />HIERONYMUS BOSCH<br />PIETER BRUGHEL<br />BANQUETE DE NÚPCIAS<br />JARDINS DAS DELÍCIAS CARROÇA DE FENO<br />
  49. 49. O RENASCIMENTO FORA DA ITÁLIA<br />EL GRECO<br />ALBRECHT<br />DÜRER<br />AUTO-RETRATO<br />O ENTERRO DO<br />CONDE ORGAZ<br />VISTA DE TOLEDO SOB A TEMPESTADE<br />

×