PORTAL SUL DOS JERÓNIMOS
MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS 
• Tipo: Mosteiro 
• Estilo dominante: Manuelino 
• Arquitetos/responsáveis pela obra: 
– Diogo de ...
História do mosteiro 
• 1501 – Início dos trabalhos 
• 1640 – é construída a Livraria do Mosteiro, por ordem do 
Prior do ...
OS SEUS ELEMENTOS ARQUITÉCTONICOS 
Combina elementos arquitetónicos dos períodos 
Gótico e Renascentista, juntando-os a um...
PORTAL SUL 
Construído entre 1516 e 1518 por João de Castilho (projeto 
de Diogo de Boitaca), constitui o centro visual da...
Composição 
A figura central é Nossa Senhora de Belém com o Menino, ostentando na mão o vaso das 
oferendas dos Reis Magos...
No plano inferior, entre as portas duplicadas da Igreja, está uma estátua que representa 
o Infante D. Henrique armado cav...
Vestes de cardeal arrancando o 
espinho da pata do leão e como 
penitente no deserto. 
Sobre o tímpano estão 
representada...
Em resumo: 
32 metros 
Arcanjo São Miguel 
Profetas, apóstolos, 
doutores da Igreja e 
santas 
Nossa Senhora de 
Belém com...
Portal sul dos jerónimos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Portal sul dos jerónimos

646 visualizações

Publicada em

Portal sul dos jerónimos

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
646
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portal sul dos jerónimos

  1. 1. PORTAL SUL DOS JERÓNIMOS
  2. 2. MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS • Tipo: Mosteiro • Estilo dominante: Manuelino • Arquitetos/responsáveis pela obra: – Diogo de Boitaca (c.1460-1528); – João de Castilho (c.1475-1552); – Diogo deTorralva (c. 1500-1566); – Jerónimo de Ruão (1530-1601) • Função inicial: Religiosa • Proprietário atual: Estado português
  3. 3. História do mosteiro • 1501 – Início dos trabalhos • 1640 – é construída a Livraria do Mosteiro, por ordem do Prior do Mosteiro Frei Bento de Siqueira. – Restauração da Independência de Portugal (1640): –Volta a ser panteão real • 1755 –Terramoto de Lisboa; – Só a balaustrada e parte do chão do coro alto ruíram; – As obras de reparação iniciaram imediatamente. • 1860 – Início das obras de remodelação do Mosteiro : – Demolição do tanque do claustro, os tabiques das galerias e a cozinha do Mosteiro. • 1878 – Derrocada do corpo central do dormitório • 1940 – Exposição do Mundo Português • 1496 – D. Manuel I faz um pedido à Santa Sé para construir um grande mosteiro à entrada de Lisboa, perto das margens doTejo; –O mosteiro seria dedicado à Virgemde Belém. • Motivo – Criação de um panteão para o ramo dinástico • Mosteiro – Substituiu uma igreja que existia no mesmo local; – Era dedicada a Santa Maria de Belém ; – Os monges da Ordem de Cristo prestavam assistência aos mareantes em trânsito. • 1875 – Dá-se o início da construção da Torre do Relógio. O projeto previa três corpos sobrepostos, com mais de cem metros de altura. • 1983– Mosteiro dos Jerónimos é classificado como património da humanidade pela UNESCO. • 1985 – Assinatura do tratado de Adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia • 1571 – Capela-mor mandada construir por D. Catarina, mulher de D. João III; –Obra de Jerónimo de Ruão; – Estilo maneirista.
  4. 4. OS SEUS ELEMENTOS ARQUITÉCTONICOS Combina elementos arquitetónicos dos períodos Gótico e Renascentista, juntando-os a uma simbologia real e naturalista, que o tornam verdadeiramente único. Igreja – Planta em cruz latina; –Três naves àmesma altura (igreja salão); – Única abóbada polinervada assente em seis pilares de base circular. – Nártex: •Túmulos deVasco da Gama e de Luís de Camões –Transepto • Braço esquerdo – restos mortais do Cardeal-Rei D. Henrique e os dos filhos de D. Manuel I.
  5. 5. PORTAL SUL Construído entre 1516 e 1518 por João de Castilho (projeto de Diogo de Boitaca), constitui o centro visual da fachada do Mosteiro que se desenvolve paralelamente ao rio. É uma das peças arquitetónicas mais ricas da arquitetura portuguesa, relativamente ao gótico tardio. Apesar da sua grande sumptuosidade é apenas uma entrada lateral. Este majestoso pórtico é ladeado por dois janelões; tem cerca de 32 metros de altura com um cume triangular, encimado por um nicho com o Arcanjo São Miguel.
  6. 6. Composição A figura central é Nossa Senhora de Belém com o Menino, ostentando na mão o vaso das oferendas dos Reis Magos. – No mesmo plano e um pouco mais acima encontra-se uma multidão de estátuas que representa os profetas, os apóstolos, os doutores da Igreja e algumas santas, que acompanham a Virgem. Visto ao longe, parece um rendilhado de pedra.
  7. 7. No plano inferior, entre as portas duplicadas da Igreja, está uma estátua que representa o Infante D. Henrique armado cavaleiro, em memória deste antepassado de D. Manuel I, fundador da Ermida do Restelo e grande impulsionador dos Descobrimentos.
  8. 8. Vestes de cardeal arrancando o espinho da pata do leão e como penitente no deserto. Sobre o tímpano estão representadas as Armas de Portugal. Nos tímpanos estão figuradas duas cenas da vida de S. Jerónimo.
  9. 9. Em resumo: 32 metros Arcanjo São Miguel Profetas, apóstolos, doutores da Igreja e santas Nossa Senhora de Belém com o Menino Portas Infante D. Henrique Tímpanos

×