Frank Lloyd Wright

23.632 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborado por Sara Joaquim

Publicada em: Educação
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.632
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
105
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
805
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Frank Lloyd Wright

  1. 1. Frank Lloyd Wright Fallingwater – A Casa da Cascata Trabalho de: Sara Joaquim Professor: Nuno Nabais História da Cultura e das artes
  2. 2. Biografia <ul><li>Frank Lloyd Wright, nasceu em Richland Center a 8 de Junho de 1867, foi arquitecto, escritor e educador de ascendência galesa. </li></ul><ul><li>Filho de uma professora e de um pai músico e pastor, começou a trabalhar para o reitor do departamento de engenharia da universidade de Winsconsin, onde cursou dois semestres em engenharia civil. </li></ul><ul><li>Frank recebeu ensinamentos de duas personalidades que demonstraram genuinidade americana e espírito inovador: Richardson (tradição romântica com elementos americanos) e Louis Sullivan, o qual, juntamente com Adler, criou a denominada Escola de Chicago, introdutores do conceito de arranha-céus. </li></ul><ul><li>Aos 22 anos casa com Catherine Tobin, com quem teve seis filhos, e constrói uma casa no subúrbio de Chicago, a qual ficou conhecida como a casa e estúdio de Frank Lloyd Wright. </li></ul><ul><li>A arquitectura americana, entre 1895 e 1905, caracterizava-se por um eclectismo, traduzido por uma mera aplicação de modas e de estilos servilmente importados da Europa, sem qualquer relação com estruturas ou técnicas de construção. Estes modelos ignoravam todas as inovações técnicas e estilísticas que a industrialização trouxera. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Frank continuava a defender que o projecto deveria ser individual, de acordo com a localização e finalidade, dizia que a “forma e a função eram uma só”. </li></ul><ul><li>A maneira como este organizava o espaço interior nos edifícios residenciais e públicos é uma das características únicas do seu estilo, visível e reconhecível na escolha dos materiais estruturantes e de acabamento bem como na disposição das aberturas. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Os projectos residenciais realizados por Wright entre 1900 e 1917 são conhecidos por Prairie Houses – em Português casas-pradaria. Estas casas eram de estruturas horizontalizadas baixas, com telhados inclinados, silhueta simples e limpa, com chaminés disfarçadas, saliências e terraços, utilizando-se materiais rústicos. </li></ul><ul><li>Aparentemente estas casas são as primeiras a apresentarem o sistema de planta aberta, ou seja a estrutura é livre das paredes permitindo múltiplas opções de divisões internas. </li></ul>Casa Frederick C. Robie, Chicago, Illinois
  5. 5. <ul><li>Entre 1907 e 1908 é construída em Springfield, Ohio, a Westcott House , projecto inovativo do Prairie Style de Wright, que reflecte a sua paixão pela cultura e arte japonesa, tão característicos nos traços orientais. É a única Prairie house construída em Ohio e representa uma evolução importante do conceito Prairie do arquitecto. A casa possui uma longa pérgola, que mede mais de trinta metros coberta por intrincada treliça de madeira, ligando um depósito e a garagem isolados do corpo principal da casa. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Considerado um dos arquitectos mais importantes do século XX, Frank Wright foi a figura mestre da arquitectura orgânica , acreditava que a arquitectura não era só uma questão de habilidade e criatividade, mas deveria transmitir felicidade. </li></ul><ul><li>Os seus principais trabalhos foram a sede do Museu Solomon R. Guggenhein , em Nova Iorque, e a Casa da Cascata , na Pensilvânia. </li></ul><ul><li>Faleceu a 9 de Abril de 1959. </li></ul>Museu Solomon R. Guggenhein
  7. 7. Fallingwater – A Casa da Cascata
  8. 8. <ul><li>A Casa da Cascata é a mais famosa obra residencial de Frank Lloyd Wright. Foi projectada como casa de final de semana e de Verão para a família do empresário Edgar J. Kaufmann de Pittsburgh -Pensilvânia. </li></ul>INSPIRAÇÃO Ono Falls, Hokusai (gravura japonesa, colecção particular do arquiteto).
  9. 9. OS DESENHOS Estudo apresentado a família Kaufmann (o projecto final é quase o mesmo apresentado no estudo).
  10. 10. <ul><li>O projecto de Frank Lloyd Wright para a casa da cascata reflecte em seus desenhos, uma forte inspiração do seu entorno natural, das rochas, das árvores, e da própria cascata. Na obra predominam os terraços projectados logo acima da cascata, que permitem apreciar uma vista das montanhas e das árvores; e os muros de pedra que remetem as rochas do local e criam uma atmosfera protegida, quase de caverna. </li></ul><ul><li>Neste projecto Wright pode expressar o seu pensamento sobre a arquitectura “orgânica” definida por ele como sendo apropriada para o tempo, o lugar e o homem. </li></ul>O SÍTIO Foto mostrando a cascata antes da construção.
  11. 11. <ul><li>O que Wright fez nesta casa, foi colocar os seus ocupantes numa intima relação com o vale, as arvores, a folhagem e plantas silvestres. </li></ul><ul><li>O andar principal fornece vistas em três direcções, com terraços que conduzem a outros dois: um terraço abre-se para cima, e o outro projecta-se sobre as rochas e cascatas. </li></ul><ul><li>Cada quarto do nível superior possui o seu próprio terraço, e o estúdio e quarto-galeria num terceiro nível tem acesso, igualmente, para mais um terraço exterior. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Todos os elementos verticais da casa são construídos com pedra da região, com “saliências” ou pedras ligeiramente projectadas para conferir uma qualidade mais escultural às massas de pedra. Todos os elementos horizontais são em betão. </li></ul><ul><li>A totalidade do pavimento do chão é de pedra, assim como as paredes, e os trabalhos em madeira são de nogueira, executados com uma excelente qualidade. </li></ul>A CONSTRUÇÃO Foto da complicada operação de concretização dos terraços acima da cascata.
  13. 13. O Exterior
  14. 16. As Fachadas Fachada sul Fachada sul Fachada Oeste
  15. 17. Fachada norte Fachada leste
  16. 18. Bibliografia <ul><li>Textos: </li></ul><ul><li>PFEIFFER, B. Brooks. FranK Lloyd Wright : Taschen, 2004, Pag53 </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Frank_Lloyd_Wright </li></ul><ul><li>http://modernismo.no.sapo.pt/organicismo.htm </li></ul>
  17. 19. Arquitectura Orgânica <ul><li>Frank Lloyd Wright adoptou uma expressão de Louis Sullivan, designando a sua maneira de trabalhar como «arquitectura orgânica», orientada por um conjunto coerente de ideias e princípios: espaço interior e forma exterior, materiais e métodos, natureza e ambiente. </li></ul><ul><li>Era uma arquitectura em que procurava que todas as partes estivessem relacionadas com o todo, como o todo estava relacionado com as partes: continuidade e totalidade. Num sentido mais amplo e profundo, dizia que um edifício orgânico, fosse qual fosse a data da construção temporal, era adequado ao seu tempo, ao seu local e ao homem. </li></ul>

×