O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos

82.217 visualizações

Publicada em

Apresentação em Segurança do Trabalho - Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos. Esta apresentação é uma aula avaliativa.

Publicada em: Educação

Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos

  1. 1. RADIOTEC CURSOS CURSO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO SEGURANÇA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL RISCOS AMBIENTAIS E MEDIDAS DE CONTROLE DE RISCOS GERLANE BATISTA DE SOUZA
  2. 2. RISCOS AMBIENTAIS     O conceito de risco ambiental: São aqueles que possam trazer ou ocasionar danos à saúde ou à integridade física do trabalhador nos ambientes de trabalho, em função de sua: Natureza: É essência física, química ou biológica (o urânio é prejudicial em quase todas as dosagens). Concentração: É o grau de presença do elemento (muito gás carbônico cria problemas respiratórios). Intensidade: É capacidade de causar efeitos (temperaturas baixas e altas produzem danos). Exposição: É a submissão do trabalhador às suas consequências (vibração afeta o ser humano).
  3. 3. Perigo: Riscos? Perigo: “Estado ou situação que inspira cuidado”. Risco: “Perigo ou possibilidade de perigo”. Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, 2009
  4. 4. Perigo: Riscos
  5. 5. Riscos Ambientais Segundo a NR 9 consideram-se ambientais os agentes: riscos
  6. 6. Classificação dos Agentes Confira exemplos de agentes que podem ser encontrados no meio ambiente de trabalho, classificados em 5 grupos:
  7. 7. Riscos Físicos Os agentes físicos podem ser definidos como diversos tipos de energias:  Ruído;  vibrações;  radiação ionizante (raio-x, alfa , gama)  radiação não-ionizante (radiação do sol, radiação de solda);  temperaturas extremas (frio/calor);  pressões anormais e umidade.
  8. 8. IDENTIFICANDO OS AGENTES FÍSICOS Veja os exemplos nas imagens ilustrativas:
  9. 9. Riscos Químicos Podem ser definidos como substancias ou compostos que possam penetrar no organismo do trabalhador, quando entram em contato, podem provocar danos à saúde de forma imediata, há médio ou longo prazo. Podem ocorrer de três formas: por via respiratória, via cutânea, digestiva.       Poeiras; Fumos; Névoas; Neblinas; Gases; Vapores , etc.
  10. 10. Agentes Agressivos Pó Névoa Fum o Gás Vapor
  11. 11. Riscos Biológicos Os agentes de riscos biológicos surgem do contato do homem com certos micróbios e animais no ambiente de trabalho. Algumas atividades facilitam o contato dos trabalhadores com esse tipo de agentes como atividades em hospitais, coleta de lixo, laboratórios dentre outros.  Micro-organismos indesejáveis: bactéria, fungos
  12. 12. Riscos Ambientais RISCOS BIOLÓGICOS Material biológicos em laboratórios • Capacitações iniciais e continuadas; • Uso dos epi's: luvas, protetores respiratórios, protetores faciais, óculos;  Hábitos de higiene Pessoal;  Higiene rigorosa nos locais de Coletando material biológico trabalho • Instalações adequadas para refeições e descanso; • Uso de roupas e calçados adequados; • Vacinação e o tratamento.
  13. 13. Riscos Ergonômicos  Estão relacionados às condições de trabalho dos funcionários como cadeiras e mesas adequadas, maquinários modernos, conscientização dos trabalhadores etc. Podem gerar distúrbios psicológicos e fisiológicos como fadiga, dores musculares, hipertenção, etc.  Esforço físico intenso e repetitivo;  Levantamento de pesos;  Posturas Inadequadas;  Ritmos excessivos;  Jornada prolongada;
  14. 14. RISCOS ERGONÔMICOS Esforço físico e repetitivos Medidas Preventivas para os Riscos de Ambientais • Uso de capacete de proteção (chapéu para proteção contra o sol); •Botas impermeáveis; • Luvas, óculos de proteção; •A bancada de trabalho deve ter características possibilitem movimentação dimensionais posicionamento adequados que e dos segmentos corporais, segundo a Norma Regulamentadora Ergonomia. Bancada Inadequada 17 –
  15. 15. Riscos de Acidentes Os riscos mecânicos estão relacionados às condições físicas do (ambiente de trabalho) e tecnologias impróprias, capazes de colocar em perigo a integridade física do trabalhador. São considerados riscos geradores de acidentes:  Arranjo físico deficiente;  Eletricidade, incêndio ou explosão, piso escorregadio;  Armazenamento inadequado;  Ferramenta inadequados ou defeituosas;  Máquina e equipamentos sem proteção.
  16. 16. RISCOS DE ACIDENTES Espaço obstruído Medidas Preventivas para os Riscos de Ambientais • Uso correto de EPI`S • Treinamento para execução das tarefas e para uso de equipamento de proteção fornecidos. • Correção das posturas de trabalho Risco de Acidente:Falta de organização • Guarda-corpo de proteção nas periferias das lajes e nos vãos das lajes e escadas. ATENÇÃO Em serviços de acabamento com gesso, deve ser utilizada luva química. Risco de quedas de nível
  17. 17. Programa de Prevenção de Riscos Ambientais O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais ou PPRA é um programa estabelecido pela Norma Regulamentadora NR-9, da Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho, do Ministério do Trabalho.  Objetivo do PPRA, garantir a preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores aos riscos existentes nos ambientes de trabalho.
  18. 18. Vídeo: Organização do Ambiente do Trabalho
  19. 19. “Um trabalho bem executado tem a segurança como resultado” SIPAT 2013 Fonte: SIPAT 2013 - www.sipatetreinamentos.com.br
  20. 20. Referências Bibliográficas SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO. Manual de normas de legislação. Editora Atlas. 72ª edição, São Paulo, SP, 2013. Pag.101e 104. SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho -. Disponível em: http://www.sipatetreinamentos.com.br. Acesso em: 05 de Out. de 2013. CLÁUDIO, Luiz Pinheiro. SEGURANÇA DO TRABALHO NA INDÚSTRIA. Apostila 02, Aula: Resíduos Industriais, Riscos Ambientais e Normas ISO. Curso Técnico de Segurança do Trabalho. Radiotec Cursos, Natal, 2012. PIRES, Adriano. Apostila: Riscos Biológicos Guia Técnico. Riscos biológicos no âmbito da Norma Regulamentadora nº 32, 2013. Disponível em: http://www.slideshare.net. Acesso em: 06 de Outubro de 2012.

×