Riscos Biológicos

691 visualizações

Publicada em

Especialização em Enfermagem do Trabalho
Higiene e Segurança do Trabalho
Riscos Biológicos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
691
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Riscos Biológicos

  1. 1. Riscos Biológicos Professora: Williani Costa Alunos: Renata Araújo Thiago Araújo Maria Edneide Savana Miquiles
  2. 2.  Consideram-se Riscos Biológicos a probabilidade de exposição ocupacional a agentes biológicos. Riscos Biológicos
  3. 3.   Fungos;  Vírus;  Bactérias;  Protozoários;  Parasitas;  Bacilos. Agentes biológicos
  4. 4.   Via Oral;  Via Conjuntiva;  Via Respiratória;  Via cutânea ou percutânea com ou sem lesões. Risco Biológico - Transmissibilidade
  5. 5.   Tuberculose;  HIV;  Hepatite B e C;  Tétano;  Malária;  Brucelose;  Carbúnculo;  Febre Amarela. Principais doenças causadas por agentes biológicos
  6. 6.  Classe 1. Classe 2. Classe 3. Classe 4. Classificação dos agentes patógenos
  7. 7.   Hospitais;  Industrias de alimentação;  Limpeza pública (coleta de lixo);  Laboratórios;  Incineradores;  Estação de tratamento de esgotos. Tipos de empresas ou serviços (Riscos Biológicos)
  8. 8.
  9. 9. Dos mais de 100 casos comprovados de contaminação pelo HIV no mundo (até 1998) - metade em profissionais de enfermagem. Causas dos acidentes: 34% falta de conhecimento técnico 32% erros de projeto 24% procedimentos inadequados * Dados do Curso de Biossegurança Hospitalar da Fiocruz – Rio de Janeiro Enfermagem: a mais atingida.
  10. 10.  Ações preventivas:  Lavatório exclusivo para lavagem das mãos, com água corrente;  Conhecimento da legislação brasileira de biossegurança;  Conhecimento dos riscos pelo manipulador;  Lavagem das mãos;  Imunização;  Utilização de EPI’s e EPC’s;
  11. 11.   Utilização da capela de fluxo laminar corretamente, mantendo-a limpa após o uso;  Autoclavagem de material biológico patogênico, antes de eliminá-lo no lixo comum;  Utilização de desinfetante apropriado para inativação de um agente específico.  Garantir higienização dos materiais de trabalho;  Providenciar descartes adequados para fluidos, materiais e tecidos orgânicos;  Manter boa higienização das vestimentas. Ações preventivas:
  12. 12.   O ato de fumar;  Manuseio de lentes de contato;  Consumo de bebidas e alimentos no posto de trabalho;  Guarda de alimentos em locais inapropriados;  Calçados abertos;  Sair do local de trabalho utilizando a vestimenta do setor. O empregador deve vedar:
  13. 13. O adoecimento do trabalhador frente ao risco biológico ainda é visto como algo inerente aos profissionais da saúde, prevalecendo concepções mais curativas do que preventivas. É necessário promover o acesso dos serviços de saúde a novas tecnologias e novas propostas que priorizem mais a prevenção do que somente a notificação e a assistência do trabalhador quando a exposição e a contaminação já ocorreram.
  14. 14.  A saúde biológica e mental do trabalhador deve SEMPRE ser preservada através de ações prevencionistas. É mais lucrativo ter um custo com EPI’s e EPC’s do que gastos com funcionários doentes, adoecidos e afastados. Sejamos prevenidos, prevencionistas e perseverantes!

×