SlideShare uma empresa Scribd logo
Violação
Atividade sexual entre duas pessoas 
sem que haja um consentimento de 
alguma delas. O abuso sexual pode 
ocorrer entre adultos, um adulto e 
um menor ou entre menores.
Abuso sexual infantil / Pedofilia 
Abuso de menores, incesto, 
molestação de menores 
O abusador tem de ter, no 
mínimo, 16 anos de idade e ser 
pelo menos 5 anos mais velho 
que a vítima.
Estupro 
Violência ou violação sexual, ataque 
sexual 
Ato físico de atacar outra pessoa e forçá-la 
a praticar sexo sem o seu 
consentimento, estando a pessoa 
consciente ou não 
O estuprador tem em média 32 anos e a 
maioria não tem mais do que o 9º ano.
Assédio sexual 
Molestamento, coação sexual 
Aproximação sexual que não é 
benvinda, uma solicitação de 
favores sexuais ou qualquer 
conduta física ou verbal de 
natureza sexual
Exploração sexual profissional 
Tipo de envolvimento sexual entre 
uma pessoa que presta algum 
serviço e um indivíduo que 
procurou a sua ajuda profissional 
Pode ocorrer em todos os 
relacionamentos profissionais.
Em 25% das violações, o pedófilo foi 
uma criança molestada 
Em cerca de 80% dos abusos sexuais 
de crianças acontecem na intimidade 
do lar: pais, padrastos, tios, etc…
O abuso sexual de menores gera 
danos na estrutura e nas funções 
do cérebro da criança molestada, 
incluindo aquelas que 
desempenham papel importante 
na memória e nas emoções.
Cuidados exagerados com a higiene 
Alterações de incontinência urinária e 
fecal 
Sono agitado 
Depressão 
Interesse repentino por assuntos 
relacionados ao sexo
A depressão ou dificuldades em dormir 
Manifestação de incómodo em ser tocada 
Alterações súbitas do comportamento como 
agressividade, recusa de carinhos 
Desenhos e textos sobre fantasias de abuso sexual 
Medo de sair sozinha ou de ir à escola 
Brincar com outras crianças ou com objetos simulando 
atos sexuais 
Evitamento de uma determinada pessoa que pode até 
ser um familiar muito próximo.
Gostam de ficar sozinhos com 
crianças ou adolescentes, sendo 
muito atenciosos e sedutores. 
Procuram agradar sua vítima com 
presentes, elogios e promessas. 
Procuram fazer carinho nas partes 
íntimas de crianças e adolescentes.
Pedem sempre para guardar segredo 
e nunca contar nada a ninguém 
sobre seus comportamentos. 
Pedem para filmar ou tirar fotos de 
criança/adolescente, com pouca ou 
nenhuma roupa e pedem para fazer 
poses sensuais.
As lesões (feridas, irritações, ou 
hemorragias) nas zonas genitais ou orais 
Aparecimento de hematomas no corpo 
não explicáveis e sem história de 
traumatismo conhecido 
Aparecimento de infeções sexualmente 
transmissíveis.
Abuso Sexual
Abuso Sexual
Abuso Sexual
Abuso Sexual
Abuso Sexual

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exploração e Abuso Sexual
Exploração e Abuso SexualExploração e Abuso Sexual
Exploração e Abuso Sexual
Michele Pó
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Alinebrauna Brauna
 
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentesCombate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
Brena Pinheiro
 
Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Palestra violência contra mulher 07 03 2012Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Alessandru2
 
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha  Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Vyttorya Marcenio
 
A escola e a violência à criança e ao adolescente
A escola e a violência à criança e ao adolescenteA escola e a violência à criança e ao adolescente
A escola e a violência à criança e ao adolescente
Daiane Andrade
 

Mais procurados (20)

Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
18 de Maio
18 de Maio 18 de Maio
18 de Maio
 
Exploração e Abuso Sexual
Exploração e Abuso SexualExploração e Abuso Sexual
Exploração e Abuso Sexual
 
Cartilha informativa sobre abuso sexual contra a criança e o adolescente.
Cartilha informativa sobre abuso  sexual contra a criança e o adolescente. Cartilha informativa sobre abuso  sexual contra a criança e o adolescente.
Cartilha informativa sobre abuso sexual contra a criança e o adolescente.
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
 
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentesCombate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre Sexualidade
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
 
Violência doméstica
Violência doméstica   Violência doméstica
Violência doméstica
 
Violência sexual infantil
Violência sexual infantilViolência sexual infantil
Violência sexual infantil
 
18 de maio
18 de maio18 de maio
18 de maio
 
Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Palestra violência contra mulher 07 03 2012Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Palestra violência contra mulher 07 03 2012
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
 
Violência contra a Mulher
Violência contra a MulherViolência contra a Mulher
Violência contra a Mulher
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
 
Slide projeto violencia e abuso sexual renata
Slide projeto violencia e abuso sexual   renataSlide projeto violencia e abuso sexual   renata
Slide projeto violencia e abuso sexual renata
 
Violencia domestica 2012
Violencia domestica 2012 Violencia domestica 2012
Violencia domestica 2012
 
Abuso sexual.01
Abuso sexual.01Abuso sexual.01
Abuso sexual.01
 
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha  Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
 
A escola e a violência à criança e ao adolescente
A escola e a violência à criança e ao adolescenteA escola e a violência à criança e ao adolescente
A escola e a violência à criança e ao adolescente
 

Destaque

AsséDio & Abuso Sexual
AsséDio & Abuso SexualAsséDio & Abuso Sexual
AsséDio & Abuso Sexual
veronicasilva
 
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
fabiano
 
Projeto ViolêNcia Contra CriançA E Adolescente
Projeto ViolêNcia Contra CriançA E AdolescenteProjeto ViolêNcia Contra CriançA E Adolescente
Projeto ViolêNcia Contra CriançA E Adolescente
guest11c19
 
Adole sc entes - prevenção à violência sexual
Adole sc entes - prevenção à violência sexualAdole sc entes - prevenção à violência sexual
Adole sc entes - prevenção à violência sexual
Onésimo Remígio
 

Destaque (18)

Palestra Violência Sexual contra crianças e adolescentes
Palestra Violência Sexual contra crianças e adolescentesPalestra Violência Sexual contra crianças e adolescentes
Palestra Violência Sexual contra crianças e adolescentes
 
Violência sexual infantil
Violência sexual infantilViolência sexual infantil
Violência sexual infantil
 
O que é violência sexual
O que é violência sexualO que é violência sexual
O que é violência sexual
 
Violencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescenteViolencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescente
 
AsséDio & Abuso Sexual
AsséDio & Abuso SexualAsséDio & Abuso Sexual
AsséDio & Abuso Sexual
 
Cartazes sobre a violencia infantil
Cartazes sobre a violencia infantilCartazes sobre a violencia infantil
Cartazes sobre a violencia infantil
 
Assédio Sexual
Assédio SexualAssédio Sexual
Assédio Sexual
 
Violência Contra A Criança
Violência Contra A CriançaViolência Contra A Criança
Violência Contra A Criança
 
Bullying e cyberbullying
Bullying e cyberbullyingBullying e cyberbullying
Bullying e cyberbullying
 
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Abuso sexual
Abuso sexualAbuso sexual
Abuso sexual
 
Exploração Sexual
Exploração SexualExploração Sexual
Exploração Sexual
 
Prevenção de maus tratos na infância
Prevenção de maus tratos na infânciaPrevenção de maus tratos na infância
Prevenção de maus tratos na infância
 
Trabalho infantil apresentação
Trabalho infantil apresentaçãoTrabalho infantil apresentação
Trabalho infantil apresentação
 
Projeto ViolêNcia Contra CriançA E Adolescente
Projeto ViolêNcia Contra CriançA E AdolescenteProjeto ViolêNcia Contra CriançA E Adolescente
Projeto ViolêNcia Contra CriançA E Adolescente
 
Abuso Sexual
Abuso SexualAbuso Sexual
Abuso Sexual
 
Adole sc entes - prevenção à violência sexual
Adole sc entes - prevenção à violência sexualAdole sc entes - prevenção à violência sexual
Adole sc entes - prevenção à violência sexual
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
 

Semelhante a Abuso Sexual

Pedofilia combata este mal
Pedofilia   combata este malPedofilia   combata este mal
Pedofilia combata este mal
PrLinaldo Junior
 
Pedofilia combata este mal
Pedofilia   combata este malPedofilia   combata este mal
Pedofilia combata este mal
PrLinaldo Junior
 
Abuso sexual contra crianças e adolescentes
Abuso sexual contra crianças e adolescentesAbuso sexual contra crianças e adolescentes
Abuso sexual contra crianças e adolescentes
paulocesarlopes05
 
Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)
PrLinaldo Junior
 
Abuso Sexual ( Pedofilia)
Abuso Sexual ( Pedofilia)Abuso Sexual ( Pedofilia)
Abuso Sexual ( Pedofilia)
martasara
 
Tabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdf
Tabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdfTabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdf
Tabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdf
larissavieira755031
 

Semelhante a Abuso Sexual (20)

Pedofilia combata este mal
Pedofilia   combata este malPedofilia   combata este mal
Pedofilia combata este mal
 
Pedofilia combata este mal
Pedofilia   combata este malPedofilia   combata este mal
Pedofilia combata este mal
 
Pedofilia - Temas Contemporâneos
Pedofilia - Temas ContemporâneosPedofilia - Temas Contemporâneos
Pedofilia - Temas Contemporâneos
 
Abuso da sexualidade pais 97 2003
Abuso da sexualidade pais 97 2003Abuso da sexualidade pais 97 2003
Abuso da sexualidade pais 97 2003
 
Palestra sobre abuso sexual na Infância
Palestra sobre abuso sexual na InfânciaPalestra sobre abuso sexual na Infância
Palestra sobre abuso sexual na Infância
 
Abuso sexual contra crianças e adolescentes
Abuso sexual contra crianças e adolescentesAbuso sexual contra crianças e adolescentes
Abuso sexual contra crianças e adolescentes
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)
 
Infancia violentada
Infancia violentadaInfancia violentada
Infancia violentada
 
Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes: o que é e como combatê-la
Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes: o que é e como combatê-laViolência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes: o que é e como combatê-la
Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes: o que é e como combatê-la
 
maio laranja.pptx
maio laranja.pptxmaio laranja.pptx
maio laranja.pptx
 
Abuso sexual-1212061080118991-8
Abuso sexual-1212061080118991-8Abuso sexual-1212061080118991-8
Abuso sexual-1212061080118991-8
 
-Apresentação_Abuso-Infantil.pptx
-Apresentação_Abuso-Infantil.pptx-Apresentação_Abuso-Infantil.pptx
-Apresentação_Abuso-Infantil.pptx
 
Abuso sexual-1212061080118991-8
Abuso sexual-1212061080118991-8Abuso sexual-1212061080118991-8
Abuso sexual-1212061080118991-8
 
Inf+éncia violentada
Inf+éncia violentadaInf+éncia violentada
Inf+éncia violentada
 
Abuso Sexual ( Pedofilia)
Abuso Sexual ( Pedofilia)Abuso Sexual ( Pedofilia)
Abuso Sexual ( Pedofilia)
 
Cartilha-abuso.pdf
Cartilha-abuso.pdfCartilha-abuso.pdf
Cartilha-abuso.pdf
 
Prevenção dos maus tractos e das aproximações abusivas
Prevenção dos maus tractos e das aproximações abusivasPrevenção dos maus tractos e das aproximações abusivas
Prevenção dos maus tractos e das aproximações abusivas
 
Abuso sexual.01
Abuso sexual.01Abuso sexual.01
Abuso sexual.01
 
Tabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdf
Tabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdfTabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdf
Tabela comportamentos sexuais traduzida Cavanagh-Johnson e Friend 1995..pdf
 

Mais de Fábio Simões

Mais de Fábio Simões (18)

Erro Humano e o Stress
Erro Humano e o StressErro Humano e o Stress
Erro Humano e o Stress
 
Dinis Ramos Machado
Dinis Ramos MachadoDinis Ramos Machado
Dinis Ramos Machado
 
Doenças Neurológicas
Doenças NeurológicasDoenças Neurológicas
Doenças Neurológicas
 
Angina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Angina Peito e Enfarte Agudo do MiocárdioAngina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
Angina Peito e Enfarte Agudo do Miocárdio
 
Equipa Multidisciplinar
Equipa MultidisciplinarEquipa Multidisciplinar
Equipa Multidisciplinar
 
Evolução da Saúde em Portugal
Evolução da Saúde em PortugalEvolução da Saúde em Portugal
Evolução da Saúde em Portugal
 
Hepatite
HepatiteHepatite
Hepatite
 
Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados
Rede Nacional de Cuidados Continuados IntegradosRede Nacional de Cuidados Continuados Integrados
Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados
 
Higiene e Prevenção no Trabalho
Higiene e Prevenção no TrabalhoHigiene e Prevenção no Trabalho
Higiene e Prevenção no Trabalho
 
Lavandaria Hospitalar
Lavandaria HospitalarLavandaria Hospitalar
Lavandaria Hospitalar
 
Lei de Bases na Saúde
Lei de Bases na SaúdeLei de Bases na Saúde
Lei de Bases na Saúde
 
Smoking
SmokingSmoking
Smoking
 
Sociedade, Tecnologia e Ciência
Sociedade, Tecnologia e CiênciaSociedade, Tecnologia e Ciência
Sociedade, Tecnologia e Ciência
 
Trabalho Seguro e Saudável
Trabalho Seguro e SaudávelTrabalho Seguro e Saudável
Trabalho Seguro e Saudável
 
A Pele
A PeleA Pele
A Pele
 
United Nations
United NationsUnited Nations
United Nations
 
Adoção Homossexual
Adoção HomossexualAdoção Homossexual
Adoção Homossexual
 
Som e Luz
Som e LuzSom e Luz
Som e Luz
 

Último

CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
EduardaMedeiros18
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 

Último (20)

Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 

Abuso Sexual

  • 2.
  • 3. Atividade sexual entre duas pessoas sem que haja um consentimento de alguma delas. O abuso sexual pode ocorrer entre adultos, um adulto e um menor ou entre menores.
  • 4.
  • 5. Abuso sexual infantil / Pedofilia Abuso de menores, incesto, molestação de menores O abusador tem de ter, no mínimo, 16 anos de idade e ser pelo menos 5 anos mais velho que a vítima.
  • 6.
  • 7. Estupro Violência ou violação sexual, ataque sexual Ato físico de atacar outra pessoa e forçá-la a praticar sexo sem o seu consentimento, estando a pessoa consciente ou não O estuprador tem em média 32 anos e a maioria não tem mais do que o 9º ano.
  • 8.
  • 9. Assédio sexual Molestamento, coação sexual Aproximação sexual que não é benvinda, uma solicitação de favores sexuais ou qualquer conduta física ou verbal de natureza sexual
  • 10.
  • 11. Exploração sexual profissional Tipo de envolvimento sexual entre uma pessoa que presta algum serviço e um indivíduo que procurou a sua ajuda profissional Pode ocorrer em todos os relacionamentos profissionais.
  • 12.
  • 13. Em 25% das violações, o pedófilo foi uma criança molestada Em cerca de 80% dos abusos sexuais de crianças acontecem na intimidade do lar: pais, padrastos, tios, etc…
  • 14.
  • 15. O abuso sexual de menores gera danos na estrutura e nas funções do cérebro da criança molestada, incluindo aquelas que desempenham papel importante na memória e nas emoções.
  • 16.
  • 17. Cuidados exagerados com a higiene Alterações de incontinência urinária e fecal Sono agitado Depressão Interesse repentino por assuntos relacionados ao sexo
  • 18.
  • 19. A depressão ou dificuldades em dormir Manifestação de incómodo em ser tocada Alterações súbitas do comportamento como agressividade, recusa de carinhos Desenhos e textos sobre fantasias de abuso sexual Medo de sair sozinha ou de ir à escola Brincar com outras crianças ou com objetos simulando atos sexuais Evitamento de uma determinada pessoa que pode até ser um familiar muito próximo.
  • 20.
  • 21. Gostam de ficar sozinhos com crianças ou adolescentes, sendo muito atenciosos e sedutores. Procuram agradar sua vítima com presentes, elogios e promessas. Procuram fazer carinho nas partes íntimas de crianças e adolescentes.
  • 22.
  • 23. Pedem sempre para guardar segredo e nunca contar nada a ninguém sobre seus comportamentos. Pedem para filmar ou tirar fotos de criança/adolescente, com pouca ou nenhuma roupa e pedem para fazer poses sensuais.
  • 24.
  • 25. As lesões (feridas, irritações, ou hemorragias) nas zonas genitais ou orais Aparecimento de hematomas no corpo não explicáveis e sem história de traumatismo conhecido Aparecimento de infeções sexualmente transmissíveis.