Apresentação Coaching para a Educação

4.045 visualizações

Publicada em

A Abordagem do Coaching como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes apresentado pela Escola de Coaching Ecit. Para saber mais e aceder a recursos gratuitos visite www.escoladecoaching.com

Publicada em: Educação

Apresentação Coaching para a Educação

  1. 1. Educar promovendo a auto-descoberta com o Coaching
  2. 2. A Abordagem do Coaching como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes Transformar pontos de vista e perspectivas Abrir a mente para novas possibilidades
  3. 3. A Abordagem do Coaching como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes Reflectir sobre o processo educativo Educar de fora para dentro ou de dentro para fora?
  4. 4. A Abordagem do Coaching como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes Aquele que dirige ou aquele que inspira? 0 O Educador Coach
  5. 5. A Abordagem do Coaching como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes 0 A pessoa ou o papel? 0 A criança ou o papel?
  6. 6. A Abordagem do Coaching como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes 0 Critérios Pessoais num sistema colectivo: A Escola
  7. 7. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo Novas perspectivas e atitudes podem alterar profundamente a forma como professores e alunos se vêem e se relacionam uns com os outros Novas competências pessoais de auto-descoberta abrem novas possibilidades de estabelecer uma relação mais confiante e enriquecedora para ambas as partes
  8. 8. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo O Educador Coach educa perguntando 0 O educando aprende respondendo 0
  9. 9. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo Não procuramos sucesso para encontrarmos satisfação na vida Pelo contrário: o grau de satisfação pessoal cria 0 o sucesso que desejamos ter
  10. 10. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo Educação por osmose Educação pela0auto-descoberta
  11. 11. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo Dirigir e/ou criar espaço? Cooperação, participação e responsabilidade mútua
  12. 12. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo Princípios do Coaching aplicados à Educação
  13. 13. Características e princípios fundamentais do Coaching aplicado ao contexto educativo Competências do Educador Coach
  14. 14. Contributo do Coaching para transformar a relação professor-aluno-professor e potenciar o desenvolvimento de uma nova auto-consciência nos alunos Os modelos educativos ocupam-se muito com o modelo em si e a quem vai ser aplicado, mas perdem o foco, frequentemente, daquele que vai será o “rosto” do modelo
  15. 15. Contributo do Coaching para transformar a relação professor-aluno-professor e potenciar o desenvolvimento de uma nova auto-consciência nos alunos Quem é o Educador que educa? O que é que ele pensa sobre a educação? Como é que ele se vê no papel de educador? O que é para ele educar?
  16. 16. Contributo do Coaching para transformar a relação professor-aluno-professor e potenciar o desenvolvimento de uma nova auto-consciência nos alunos Na medida em que o educador ganha uma nova perspectiva de si e uma forma de se ver nesse papel, cria uma ressonância diferente com os alunos. Eles comportam-se de uma forma diferente e reagem numa parceria de comunicação fluida e respeitadora.
  17. 17. Contributo do Coaching para transformar a relação professor-aluno-professor e potenciar o desenvolvimento de uma nova auto-consciência nos alunos O Coaching promove alinhamentos essenciais à congruência dentro da relação Cada educador tem uma mentalidade própria que vive consigo e que pode ser muito diferente de pessoa para pessoa, projectando-se na sua relação com o mundo, interagindo subtilmente com os universos pessoais com os quais interage.
  18. 18. Contributo do Coaching para transformar a relação professor-aluno-professor e potenciar o desenvolvimento de uma nova auto-consciência nos alunos O Coaching promove alinhamentos essenciais à congruência dentro da relação Os pontos de vista, os valores, as linhas de força de cada educador interagem com o universo de educandos e são desafiados na medida da sua rigidez e incongruência. O Educador Coach sabe como criar em si alinhamentos interiores e como ajudar os seus educandos a desenvolverem a sua própria congruência pessoal.
  19. 19. A Formação em Coaching Nível 1 – Reflexão sobre o conceito de educação de cada educador Desenvolvimento de auto-consciência. O educador como centro de um sistema de interacção humana: • Diagnóstico Inicial sobre o universo pessoal de cada professor • Diagnóstico do estilo de comunicação e liderança. Índices de liderança e empatia pessoal e inter-relacional • Aferição de Critérios de congruência e incongruência na relação educativa
  20. 20. A Formação em Coaching Nível 1 – Reflexão sobre o conceito de educação de cada educador A plataforma de comunicação entre os Educadores e os alunos. Sistema circular e triangular na relação • Modelos de Coaching para aferir padrões e tendências no sistema de comunicação do professor na sala de aula • Exercícios práticos entre os participantes Conclusão Reposicionar e redefinir o modelo pessoal de educador e os papéis a ele associados
  21. 21. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa Com o Coaching os educadores descobrem ferramentas, exercícios e práticas que lhe proporcionarão uma abertura sem precedentes para novos horizontes e objectivos mais à medida dos seus sonhos.
  22. 22. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa Com esta formação os educadores irão aprender a conduzir os seus alunos através deles mesmos, dando-lhes espaço para se conhecerem e descobrirem. Poderão guiá-los e ajudá-los a desenvolverem talentos, recursos, aptidões e capacidades que estão soterradas por baixo de crenças e perspectivas destrutivas e limitadoras.
  23. 23. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa É na escola que os alunos aprendem as regras do jogo da vida fora da família. É essencial que eles aprendam a conhecer-se e a sintonizar-se com o seu poder pessoal, independentemente do mundo que os rodeia. Criar a ponte essencial entre o pensar e o sentir pode actuar como alavanca de estabilidade e auto-confiança que desenhará as suas atitudes e escolhas na direcção do seu sucesso e bem-estar.
  24. 24. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa É essencial dotar os alunos de competências emocionais que lhes permitam desenvolver: - Consciência crítica - Trabalhar os seus “erros” - Construir a tolerância - Reconhecer os seus conflitos - Decidir com segurança - Integrar valores fundamentais - Saber lidar com os altos e os baixos
  25. 25. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa Na relação com os outros desenvolver a sua capacidade de dar e receber, de aceitar e respeitar. A confiança no mundo e em si mesma, a capacidade de empatia e assertividade definirá na criança o modelo de relacionamento que desenvolverá e tenderá a repetir ao longo da vida, mesmo quando já adulta.
  26. 26. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa Introdução educativo da Inteligência Emocional no processo . A inteligência emocional ao serviço da criação de uma nova plataforma de comunicação entre a escola – alunos – escola . Exercícios e ferramentas de Inteligência Emocional
  27. 27. A Formação em Coaching Nível 2 - Desenvolver as competências de Coaching para acompanhar os educandos no contexto da relação educativa Competências de Coaching . Como conduzir uma sessão de Coaching com um Educando - Fase do Diagnóstico - Fase de Intervenção - Fase de Integração . Coaching Infantil, Juvenil e Escolar . Principais Competências do Coaching no Processo Educativo . Exercícios Práticos entre os Participantes . Níveis de Congruência dos Educandos . Perguntas Poderosas para estabelecer Alinhamentos . Estabelecer Objectivos com os Educandos . Exercícios de Coaching para ajudar a traçar Planos de Acção
  28. 28. A Formação em Coaching Nível 3 - Desenvolvimento e aperfeiçoamento da integração da metodologia e visão do coaching na escola, numa visão sistémica Desenvolvimento de um caso prático A relação interactiva entre o educador e os educandos num contexto escolar . Elaboração, desenvolvimento e implementação de um projecto com a aplicação da metodologia sistémica em parceira com uma Instituição de cariz educacional. . Neste projecto queremos dinamizar a aplicação prática num contexto de sala de aula desenvolvendo um novo perfil de comunicação entre o educador e os educandos. . Aferição dos resultados face aos objectivos do projecto.
  29. 29. A Formação em Coaching Nível 4 - Desenvolvimento e aperfeiçoamento da integração da metodologia e visão do coaching na escola, numa visão sistémica Estudo de um caso prático Desenvolvimento de um projecto interactivo entre: a escola – a família – a comunidade Neste nível pretendemos explorar os recursos inesgotáveis dos elementos da comunidade escolar, bem como a sua influência na matriz colectiva, integrando a escola, a família e a sociedade.
  30. 30. A Formação em Coaching Nível 4 - Desenvolvimento e apresentação de um projecto prático integrando a visão e a interacção sistémica entre o: família, escola, sociedade. Estudo de casos Estudo de um caso prático. Desenvolvimento de interacção entre: a escola – a família – a comunidade Neste nível pretendemos explorar os recursos inesgotáveis dos elementos da comunidade escolar, bem como a sua influência na matriz colectiva, integrando a escola, a família e a sociedade.

×