Slide de aula comunicação empresarial und 1

19.675 visualizações

Publicada em

Aula 01 de comunicação empresarial

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.675
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
731
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide de aula comunicação empresarial und 1

  1. 1. Unidade I COMUNICAÇÃO EMPRESARIALCOMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás
  2. 2. Comunicação empresarial Definição:  Compreende um conjunto complexo de atividades, ações, estratégias, produtos e processos desenvolvidos para reforçar a imagem de uma empresa ou uma entidade junto aos seus públicos de interesse ou à opinião pública.
  3. 3. Comunicação empresarial “A linguagem, uma construção social da humanidade através dos tempos, é o instrumento usado para comunicação.” (PIMENTA, 2006, p. 24)
  4. 4. Formas de comunicação  Oral.  Escrita.  Científica.  Musical.
  5. 5. Signos: conceitos  A linguagem é um conjunto de signos com regras para serem combinadas.  O signo é qualquer coisa que faz referência a outra coisa ou ideia.  Significante é a forma concreta do queg q ele representa, como a palavra, o gesto, o som etc.
  6. 6. Signos
  7. 7. Significados dos signos  Gramatical: depende da relação com os outros signos.  Contextual: varia conforme o contexto em que está inserido.  Significado referencial: o próprio sentidog p p atribuído às palavras pelo dicionário.  Denotativo: quando o próprio signo indica um objeto ou suas qualidades.
  8. 8. Elementos do processo  Emissor: aquele que envia a mensagem.  Código: conjunto organizado de signos.  Meio: canal, mídia utilizada.  Receptor: aquele que recebe a mensagemmensagem.
  9. 9. Elementos do processo (cont.)  Decodificação: entender o código.  Ambiente: contexto da comunicação.  Ruído: atrapalha a compreensão.  Feedback: retorno ao emissor.
  10. 10. Processo de comunicação “Consiste em um emissor transmitindo uma mensagem, através de um meio, para um receptor que reage.” (KOTTER, 1977)
  11. 11. Contexto  O conteúdo e o contexto de uma comunicação se combinam para confirmar o significado.  O contexto é o cenário total, o sistema completo que o envolve.
  12. 12. Significado  A linguagem em comum é que empresta significado à mensagem.  Linguagem é tudo o que serve à comunicação humana: palavras, sons, gestos, sinais, símbolos etc.
  13. 13. Dificuldades na comunicação  Faltando qualquer um dos elementos (emissor, mensagem, receptor), a comunicação não acontece.  Falta de disponibilidade.  Importância do fator humano.p
  14. 14. Interatividade Qual dos seguintes elementos não faz parte do processo de comunicação? a) Emissor. b) Receptor. c) Feedbackc) Feedback. d) Canal. e) Pretexto.
  15. 15. Comunicação interpessoal É É um método de comunicação que promove a troca de informações entre as pessoas. “Quem comunica, comunica alguma coisa a alguém.”  Sensibilidade para o sentido de expressões faciais, voz, gestos e posturas de habilidade para responder, de forma adequada, às situações interpessoais.
  16. 16. Fatores que interferem na comunicação interpessoal  Pessoais.  Sociais.  Fisiológicos.  Personalidade.  Linguagem.  Psicológicos.
  17. 17. Fatores pessoais  Conhecimento.  Aparência.  Linguagem corporal.  Contato visual.  Expressão facial.  Voz.
  18. 18. Fatores sociais  Educação.  Cultura.  Crenças.  Normas sociais.  Religião.
  19. 19. Outros fatores  Fisiológicos: dificuldades causadas pelas limitações pessoais.  Personalidade: esforço de objetividade e evitar subjetividade nas relações.  Linguagem: código x audiência.g g g  Psicológicos: rótulos e estereótipos.
  20. 20. Fala x escrita “Não se fala como se escreve, nem se escreve como se fala.”  Fala: possui recursos como sonoridade, gestos e expressão facial.  Escrita: supera os limites do espaço e dop p ç tempo, tem a tendência de ser melhor elaborada.
  21. 21. Comunicação oral  Palavras faladas carregam emoção:  diversidade de significados (contexto);  inflexões da voz: entonação pode mudar a direção do discurso.  Gesto: ação comunicativa uso Gesto: ação comunicativa, uso comedido.  Fisionomia do comunicador.
  22. 22. Comunicação escrita  Mais eficiente no caso de:  mensagens longas;  dados quantitativos.  Evita mudanças no conteúdo simbólico das mensagens.  Tangibilidade.
  23. 23. Falha de comunicação
  24. 24. Níveis de linguagem  Diversidade: cada pessoa utiliza os recursos de forma diferente.  Fatores regionais: diferenças entre diversas regiões. Ex.: mandioca, aipim, macaxeira., p ,  Fatores socioculturais: grau de escolarização e formação cultural.  Fatores contextuais: o emissor altera sua fala de acordo com o ambiente e o momentomomento.
  25. 25. Linguagem verbal  Modificação com o passar dos anos. Níveis de fala:  Nível formal (culto): discursos acadêmicos e trabalhos científicos.  Nível informal (popular): bilhetes amigos Nível informal (popular): bilhetes, amigos, redes sociais.
  26. 26. Linguagem verbal e não verbal  O ser humano faz uso de muitos signos na comunicação, não apenas da linguagem.  O não verbal complementa o verbal.  Uso adequado de cada uma = sucesso.q  Tudo que envolve o processo de comunicação é importante.  Linguagem não verbal: comunica sem palavras.
  27. 27. “Uma imagem vale mais que mil palavras.”
  28. 28. Interatividade Dentre os fatores que interferem na comunicação interpessoal, podemos citar: pessoais, sociais, fisiológicos, linguagem, psicológicos e: a) Personalidade. b) Profissão. c) Sexo. d) Experiência. e) NDA.
  29. 29. Comunicação oral  Apresentações constantes no trabalho e na vida pessoal. Habilidade que pode ser:  aprendizado;  treino; treino;  dom natural.
  30. 30. Apresentações  Seu conteúdo é mais importante que o “show”.  Use recursos que esteja acostumado ou aprenda com antecedência.  Quando falamos sobre o queQ q conhecemos, não há motivo para insegurança ou timidez.  Treine, treine e treine mais uma vez.  Tenha um plano “B”.
  31. 31. Sucesso em apresentações  Preparo e conhecimento.  Definição dos objetivos.  Persuadir e influenciar.  Fazer-se entender.  Adequação à audiência.
  32. 32. Recursos audiovisuais  Defina e teste com antecedência. Exemplos:  Data show.  Flip chart.  DVDs (filmes).  Retroprojetor.  Computadores.  Lousa e giz.
  33. 33. Evite erros  Atenção à sua postura.  Mantenha contato visual com a plateia.  Posicionamento do apresentador.  Teste a visualização dos slides, das fontes e das imagensfontes e das imagens.  Cuidado na escolha de cores e contrastes.  Distribua materiais no início ou ao final.
  34. 34. 10 regras para o visual de sua apresentação 1. Coloque um título. 2. Faça legendas. 3. Escreva com letras legíveis. 4. Limite a quantidade de tamanho das letrasletras. 5. Componha frases curtas.
  35. 35. 10 regras para o visual de sua apresentação (cont.) 6. Use poucas linhas. 7. Use cores. 8. Use apenas uma ideia em cada visual. 9. Utilize apenas uma ilustração em cada visualvisual. 10. Retire tudo o que prejudicar a compreensão da mensagem.
  36. 36. Planejando a apresentação  Montagem de um mapa mental com abertura, os principais conteúdos e fechamento.  Organize o tempo, montando uma sequência lógica.  Pense nos recursos extras para enriquecer seu conteúdo.
  37. 37. Planejando a apresentação (cont.)  Enquadre o conteúdo no tempo disponível, priorizando os itens principais.  Adéque seu vocabulário.  Prepare-se para os questionamentos oup p q os imprevistos.
  38. 38. Interatividade Ao fazer uma apresentação, qual o item mais importante? a) Conhecer a plateia. b) Dominar o assunto da apresentação. c) Montar um show de tecnologia comc) Montar um show de tecnologia com diversos recursos. d) Distribuir brindes. e) Ler os slides.
  39. 39. Importância na comunicação
  40. 40. Outros recursos corporais  Gestos.  Expressões faciais.  Emoções e sentimentos.
  41. 41. Durante a apresentação  Movimentação.  Postura.  Contato visual.
  42. 42. Começando a apresentação  Cative a audiência.  Explique as razões do encontro.  Conte quem é você e por que está ali.  Mostre os benefícios.
  43. 43. Começando a apresentação (cont.)  Explique a duração e as formas de interação.  Traga informações interessantes.  Leve à reflexão.  Compartilhe sua experiência Compartilhe sua experiência.  Seja criativo.
  44. 44. Voz  Varie a entonação ao longo da apresentação.  Tom adequado a cada contexto.  Faça pausas e respire.  Pronúncia e dicção Pronúncia e dicção.  Vícios de linguagem e muletas.
  45. 45. Terminando sua apresentação  Faça um resumo e uma conclusão.  Fixe os conceitos apresentados.  Frase de efeito!  Agradeça.  Elogie a participação.  Esteja aberto a críticas e comentários.  Avalie a apresentação para evoluir sempre.
  46. 46. Cuidado com  Piadas.  Gírias e linguagem chula.  Postura rígida e autoritária.  Uso de clichês e frases feitas.  Improviso.  Roupas e bijuterias exageradas.
  47. 47. Debates  Definição: manifestação das ideias de pessoas. “Todos têm direito à palavra e todas as ideias são debatidas livremente. Vence o argumento mais consistente ou mais bem apresentado.”
  48. 48. Debates  Estabelecer regras:  quem fala;  por quanto tempo;  como é a réplica.
  49. 49. Organização de debates  Tema.  Mediador.  Debatedores.  Argumentação.  Pesquisa.  Posicionamento.
  50. 50. Interatividade Dentre todos os conceitos vistos para construir e fazer uma boa apresentação, qual dos seguintes itens não se enquadra? a) Entonação da voz. b) Escolha da roupa.) p c) Preparação do conteúdo. d) Recursos audiovisuais. e) NDA.
  51. 51. ATÉ A PRÓXIMA!

×