Desenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança

2.511 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.511
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança

  1. 1. Desenvolvimento EstaturaPonderal da Criança (0-3 anos) Feito por: Miguel Ventura Rui Alves nº 6 nº 7
  2. 2. • • . O crescimento e desenvolvimento da criança é um assunto com que os pais se preocupam frequentemente e que faz gerar muitas dúvidas sobre esse processo. Embora a atenção dos pais se concentre mais no tamanho do corpo, será mais ou tão importante, o funcionamento dos vários aparelhos e sistemas, tornando fundamental a observação da criança por um “olhar clínico” para perceber o estado de saúde e desenvolvimento no momento certo.
  3. 3. • Para conseguir uma maior eficácia da avaliação do Peso deverão ser usados instrumentos adequados , efetuadas medições corretas e utilizados os posicionamento adequados. Peso Peso • • A criança deverá estar completamente despida, numa balança calibrada e adequada à sua idade. O peso ao nascer devera ser entre as 3200gr o bebe perde 5% a 10% do seu peso. No 15º dia a criança recupera o peso inicial e continua a aumentar durante o seu crescimento.
  4. 4. • Para conseguir uma maior eficácia da avaliação do Comprimento/Altura deverão ser usados instrumentos adequados , efetuadas medições corretas e utilizados os posicionamento adequados. Estatura: Comprimento/Altura Estatura: Comprimento/Altura A criança devera ser medida em decúbito dorsal ate os dois anos (comprimento) e a partir dos dois anos numa posição de pé (altura), com apoio numa superfície plana. O bebe após o nascimento tem cerca de 50cm e duplica aos 4 anos, triplicando já quando a criança chega aos 8 anos.
  5. 5. • Para conseguir uma maior eficácia da avaliação do Perímetro Cefálico deverão ser usados instrumentos adequados , efetuadas medições corretas e utilizados os posicionamento adequados. Perímetro Cefálico Perímetro Cefálico A criança devera ser medida com uma fita métrica devendo passar nas arcadas supraciliares e na protuberância occipital externa. O perímetro cefálico do bebe após o nascimento tem cerca de 33 a 36 cm, durante os 12 meses cresce de 0,5 a 2cm por mês chegando aos 3 anos a um tamanho de 49cm.
  6. 6. O Índice de Massa Corporal relaciona os dados retirados no Peso e a Altura/Comprimento da criança. Índice de Massa Corporal Índice de Massa Corporal O calculo do Índice de Massa Corporal calcula-se com Peso(em KG) : Altura²
  7. 7. • • A avaliação do crescimento deve ser sempre projetada num contexto comunitário e social, ou seja, importa conhecer o padrão do grupo em que a criança se insere. Os traçados que encontramos no Boletim de Saúde Infanto-Juvenil são desenhados com base em dados estatísticos recolhidos de milhares de crianças, em vários países.
  8. 8. Nas consultas pediátricas mensais/anuais , a criança é avaliada nos diferentes indicadores ( peso, altura, perímetro cefálico e determinado o IMC). De seguida, em função do sexo, os valores obtidos são registados na tabela de percentil, que está desenhada no Boletim de Saúde Infanto-juvenil. Desta forma o pediatra compara o desenvolvimento da criança por comparação com o padrão da população em que a criança está inserida. Mediante os desvios encontrados em relação ao padrão de normalidade, o pediatra prescreverá adequações alimentares ou exames de despiste das razões de tais desvios.
  9. 9. As tabelas de percentis poderão servir também para estimar a estatura alvo de uma criança, a partir do momento em que ela estabiliza o seu crescimento. Este método baseia-se no paralelismo das curvas de crescimento, sendo que a extrapolação directa para a idade em que pára de crescer, permite encontrar um valor aproximado para a estatura alvo Existe também métodos de cálculo que nos ajudam a encontrar a estatura máxima geneticamente prevista:
  10. 10. Na avaliação do crescimento da criança podem-se ainda despistar outros problemas de saúde através da avaliação da proporcionalidade. Na avaliação da proporcionalidade utilizam-se os seguintes indicadores: - A relação entre o segmento superior e o segmento inferior do corpo; - A relação entre a envergadura e a altura. A envergadura consiste na distância entre as pontas dos dedos do meio, com os braços elevados numa direção horizontal. Após essa avaliação os médicos podem distinguir as situações de baixa ou alta estatura, bem como distinguir crescimento desproporcional de imaturidade.

×