Determinação de uma reta

5.154 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.154
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Determinação de uma reta

  1. 1. DETERMINAÇÃO DE UMA RETA<br />Conhecendo dois de seus pontos<br />
  2. 2. Conhecendo-se as coordenadas de dois pontos distintos de uma reta (r) podemos representá-la no plano cartesiano, pois dois pontos distintos determinam uma única reta. Por exemplo, sabendo-se que a reta (r) passa pelos pontos P(1, 0) e H(0, 1), para obter a equação da reta (r) basta alinharmos esses pontos com um ponto genérico K(x, y) pertencente a r.<br />Assim: <br /> Alinhando os pontos temos: -x-y+1=0 que é a<br />Equação geral da reta (r)<br />
  3. 3. CONHECENDO UM PONTO E A INCLINAÇÃO<br /> A inclinação da reta está relacionada com o ângulo que a reta forma com o lado positivo do eixo x. <br />De modo geral é chamado de coeficiente angular da reta. <br />E é definido por <br /> Se as escalas dos eixos x e y no gráfico são iguais, podemos identificar o coeficiente angular da reta com a tangente do ângulo α entre a reta e o eixo x, ou seja: m = tgα<br />
  4. 4. Então para determinar a equação da reta (r), escolhemos um ponto K(x, y) qualquer, pertencente a essa reta (K≠P). Como a inclinação do segmento tem de ser a mesma da reta, então: , onde é a inclinação do<br />Segmento . mr é a inclinação da reta (coeficiente angular) (r) .Logo . Então: - 1. (x - 0) = y – 1<br /> -x= y- 1 -x-y+1=0 (equação geral da reta (r)). <br /> A partir desse exemplo podemos generalizar: <br />
  5. 5. Dados P(x1, y1 ) e K(x, y), com P Є r ,K Є r e m a inclinação da reta r, a equação da reta r será:<br />EQUAÇÃO REDUZIDA DA RETA<br />A equação reduzida de uma reta (r) é determinada quando isolamos o y na equação da reta y – b = mx, onde é dado o ponto P(0, b) e coeficiente angular m.<br /> Assim: y = mx + b é a equação reduzida da reta (r), onde: m é o coeficiente angular e b é o coeficiente linear, ou seja é o ponto de intercecção da reta r com o eixo Y<br />
  6. 6. EXERCICIOS DE FIXAÇÃO<br />1- Determine a forma geral da equação da reta que passa pelos pontos A92, 1) e B(4, 6) e destacar o coeficiente angular.<br />2- Determine a forma reduzida da equação da reta que passa pelo ponto P(-3, 7) e tem inclinação igual a 2.<br />3- Determinar a equação da reta que passa pelo ponto F(-1, 2) e forma com o eixo x um ângulo α de 45°. <br />
  7. 7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS<br />GOULART, Márcio Cintra. Matemática no Ensino Médio. Editora Scipione, 3ª edição São Paulo, 2008.<br />PAIVA, Manoel. Matemática. Editora Moderna PNLEM 2009, volume único, 1ª edição São Paulo, 2005.<br />

×