Ciências Naturais
FACTORES ABIÓTICOS                   8º ano
Água




              Prof.ª Catarina Reis
Humidade
A humidade é a quantidade de água que existe na
              atmosfera ou no solo.

A água serve de habitat para...
FACTORES ABIÓTICOS   PLANTAS
Água
Plantas de clima seco
• Apresentam adaptações à captação e
  armazenamento de água:

  – Raízes superficiais longas
  – Ca...
• Apesar das necessidades variarem de espécie
  para espécie, todas as espécies precisam de
  água para a sua vida. As sem...
Adaptações das
plantas à falta de água
• As plantas características das regiões
  secas apresentam diversas
  adaptações p...
• Nos desertos, onde chove abundantemente
  durante pouco tempo, algumas plantas
  possuem raízes pouco profundas, que se
...
• Para diminuírem a perda de água, algumas
  plantas como os cactos possuem as folhas
  transformadas em espinhos, o que d...
• Alguns cactos incham depois da chuva
  porque as suas pregas se enchem com água
  (A). Depois de alguns meses de seca, a...
• Outra adaptação das plantas à secura é o
  revestimento por ceras impermeáveis ou por
  pêlos, o que diminui a transpira...
FACTORES ABIÓTICOS   ANIMAIS
Água
Classificação dos
animais de acordo com
as suas necessidades de
água

De acordo com a maior ou menor
necessidade de água, ...
Os seres hidrófilos vivem      Os seres higrófilos vivem em
  permanentemente na água              lugares húmidos




   ...
Hidrófilos ou aquáticos
           • São organismos que
             não sobrevivem fora da
             água;

          ...
Higrófilos
• São organismos que, apesar
  de não serem aquáticos,
  necessitam de estar
  próximo da água ou em
  locais m...
Mesófilos
   • São seres vivos que necessitam de
     quantidades moderadas de água.
     Os mesófilos conseguem certa
   ...
Xerófilos
• São seres vivos que
  necessitam de pouca água,
  estando bem adaptados à
  sua falta no ambiente onde
  vivem...
Adaptações dos animais à falta
           de água


• Também os animais que habitam locais onde a
  água é escassa apresen...
• Algumas estratégias comportamentais são extremamente eficazes no que
  toca à economia de água.

• Um bom exemplo são os...
Bom estudo!




Profª Catarina Reis
Factores Abióticos - Água
Factores Abióticos - Água
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Factores Abióticos - Água

180.158 visualizações

Publicada em

Influência da água, como factor abiótico, nos seres vivos

Publicada em: Educação
1 comentário
19 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
180.158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
133.849
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Factores Abióticos - Água

  1. 1. Ciências Naturais FACTORES ABIÓTICOS 8º ano Água Prof.ª Catarina Reis
  2. 2. Humidade A humidade é a quantidade de água que existe na atmosfera ou no solo. A água serve de habitat para muitos seres e é um dos principais constituintes dos organismos, sendo indispensável a todas as suas funções vitais. Por isso, os organismos terrestres têm de ser capazes de resolver dois problemas: a sua obtenção e a diminuição de possíveis perdas (através da respiração, transpiração e excreção).
  3. 3. FACTORES ABIÓTICOS PLANTAS Água
  4. 4. Plantas de clima seco • Apresentam adaptações à captação e armazenamento de água: – Raízes superficiais longas – Caules carnudos – Folhas reduzidas a espinhos – Folhas revestidas por cutículas
  5. 5. • Apesar das necessidades variarem de espécie para espécie, todas as espécies precisam de água para a sua vida. As sementes das plantas, por exemplo necessitam de uma determinada quantidade de água para germinar, consoante a espécie. Se a quantidade de água for excessiva as sementes apodrecem, se for insuficiente não se iniciam os processos metabólicos da germinação.
  6. 6. Adaptações das plantas à falta de água • As plantas características das regiões secas apresentam diversas adaptações para captarem água e para diminuírem a sua perda. Por exemplo, os pinheiros que crescem em solos arenosos têm raízes muito profundas, para poderem captar a água que se infiltra para grandes profundidades.
  7. 7. • Nos desertos, onde chove abundantemente durante pouco tempo, algumas plantas possuem raízes pouco profundas, que se estendem por uma grande área de modo a que, quando chove, possam captar rapidamente a maior quantidade de água possível. Outras ainda são capazes de aproveitar água do orvalho.
  8. 8. • Para diminuírem a perda de água, algumas plantas como os cactos possuem as folhas transformadas em espinhos, o que diminui a área exposta e, consequentemente, a perda de água por transpiração. Estas plantas têm ainda caules carnudos, capazes de armazenar água
  9. 9. • Alguns cactos incham depois da chuva porque as suas pregas se enchem com água (A). Depois de alguns meses de seca, as pregas perdem a maior parte da água armazenada (B).
  10. 10. • Outra adaptação das plantas à secura é o revestimento por ceras impermeáveis ou por pêlos, o que diminui a transpiração. • Nos desertos, muitas espécies de plantas vivem a maior parte do tempo sob a forma de sementes, que apenas germinam após a queda de chuva, desenvolvendo-se então muito rapidamente.
  11. 11. FACTORES ABIÓTICOS ANIMAIS Água
  12. 12. Classificação dos animais de acordo com as suas necessidades de água De acordo com a maior ou menor necessidade de água, os seres vivos podem ser classificados em hidrófilos (aquáticos), higrófilos, mesófilos e xerófilos.
  13. 13. Os seres hidrófilos vivem Os seres higrófilos vivem em permanentemente na água lugares húmidos Os seres mesófilos têm Os seres xerófilos habitam locais necessidades moderadas de água secos e resistentes à água
  14. 14. Hidrófilos ou aquáticos • São organismos que não sobrevivem fora da água; • retiram da água os alimentos e o oxigénio de que necessitam; • Vivem dentro de água (ex: peixes)
  15. 15. Higrófilos • São organismos que, apesar de não serem aquáticos, necessitam de estar próximo da água ou em locais muito húmidos; • habitam nas zonas de transição dos ecossistemas aquáticos; • Vivem em regiões com elevada percentagem de água (ex: rã e outros anfíbios)
  16. 16. Mesófilos • São seres vivos que necessitam de quantidades moderadas de água. Os mesófilos conseguem certa independência em relação à água, podendo consumi-la apenas esporadicamente mas não conseguindo sobreviver sem ela; • Vivem em regiões com moderada percentagem de água. (ex: cão)
  17. 17. Xerófilos • São seres vivos que necessitam de pouca água, estando bem adaptados à sua falta no ambiente onde vivem; • Vivem em regiões secas (ex: camelos e dromedários)
  18. 18. Adaptações dos animais à falta de água • Também os animais que habitam locais onde a água é escassa apresentam adaptações que lhes permitem sobreviver.
  19. 19. • Algumas estratégias comportamentais são extremamente eficazes no que toca à economia de água. • Um bom exemplo são os hábitos nocturnos, como acontece com o rato- canguru. Outras são mais invulgares. • Por exemplo, uma carocha-preta que existe no deserto da Namíbia, apresenta uma adaptação curiosa. Quando há nevoeiro, a carocha desloca-se até à crista de uma duna e põe-se de cabeça para baixo com as asas e as patas traseiras voltadas para a brisa. A água condensa e escorre pelo corpo inclinado do insecto até à sua boca. • Outra forma de resistir à secura é a estivação. Esta estratégia é utilizada, por exemplo, por algumas tartarugas e pelos caracóis.
  20. 20. Bom estudo! Profª Catarina Reis

×