SlideShare uma empresa Scribd logo

O ciclo cardíaco

Catir
Catir

O documento descreve o ciclo cardíaco e a circulação sanguínea no corpo. O ciclo cardíaco inclui duas contrações (sístoles auricular e ventricular) e um relaxamento (diástole), que bombeiam o sangue através do coração de forma rítmica. O sangue então circula nos pulmões para oxigenação e no corpo para distribuição de nutrientes.

1 de 29
O ciclo cardíaco
Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária:
Ciclo cardíaco
constituído por: — duas sístoles
— uma diástole
Duas sístoles Contracções
Sístole auricular Sístole ventricular
As aurículas contraem-
se,
as válvulas
auriculoventriculares
abrem-se e o sangue é
enviado para os
ventrículos.
Os ventrículos
contraem-se, as
válvulas semilunares
abrem-se e o sangue é
enviado para todo o
corpo.
Como funciona o coração?
Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária:
Ciclo cardíaco
constituído por:
Uma diástole Relaxamento
Diástole geral
As aurículas e os ventrículos relaxam, as válvulas
semilunares estão fechadas e as válvulas
auriculoventriculares estão abertas, permitindo
que o sangue entre nas aurículas e saia destas
para os ventrículos.
— duas sístoles
— uma diástole
Planeta Terra — 9.º ano
Como funciona o coração?
Ciclo cardíaco
Por cada ciclo cardíaco
completo conta-se
uma pulsação.
O número de pulsações por
minuto determina
o ritmo cardíaco.
Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária:
Como funciona o coração?
Ciclo cardíaco
ATIVIDADE 03 – PÁG. 141

Recomendados

Sistema cardiovascular - 9º ano
Sistema cardiovascular - 9º anoSistema cardiovascular - 9º ano
Sistema cardiovascular - 9º anoMarília Pereira
 
Sistema Cardio-Respiratório
Sistema Cardio-RespiratórioSistema Cardio-Respiratório
Sistema Cardio-RespiratórioGabriela Bruno
 
Anatomia do coração
Anatomia do coraçãoAnatomia do coração
Anatomia do coraçãoCatir
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoMaria Freitas
 
Tipos de circulação sanguínea
Tipos de circulação sanguíneaTipos de circulação sanguínea
Tipos de circulação sanguíneaCatir
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascularCésar Milani
 
Sistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º anoSistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º anoIsabel Ribeiro
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatórioTânia Reis
 
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIOII - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIOsandranascimento
 
7 sistema cardiovascular
7   sistema cardiovascular7   sistema cardiovascular
7 sistema cardiovascularRebeca Vale
 
Sistema Cardiovascular
Sistema CardiovascularSistema Cardiovascular
Sistema CardiovascularCarlos Antunes
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatórioTânia Reis
 
11 sistema linfatico
11 sistema linfatico11 sistema linfatico
11 sistema linfaticoruiricardobg
 
Tipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãOTipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãOs1lv1alouro
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascularbandeiraneidi
 
Constituição do sangue
Constituição do sangueConstituição do sangue
Constituição do sangueCatir
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - característicasLurdes Augusto
 

Mais procurados (20)

Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
07 meio interno
07 meio interno07 meio interno
07 meio interno
 
Sistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpointSistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpoint
 
1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue
 
Sistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º anoSistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º ano
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIOII - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
7 sistema cardiovascular
7   sistema cardiovascular7   sistema cardiovascular
7 sistema cardiovascular
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Sistema Cardiovascular
Sistema CardiovascularSistema Cardiovascular
Sistema Cardiovascular
 
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
11 sistema linfatico
11 sistema linfatico11 sistema linfatico
11 sistema linfatico
 
Tipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãOTipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãO
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Constituição do sangue
Constituição do sangueConstituição do sangue
Constituição do sangue
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - características
 

Destaque

Algumas perturbações do sistema circulatório
Algumas perturbações do sistema circulatórioAlgumas perturbações do sistema circulatório
Algumas perturbações do sistema circulatórioCatir
 
O sistema linfático
O sistema linfáticoO sistema linfático
O sistema linfáticoCatir
 
o sistema respiratório
o sistema respiratórioo sistema respiratório
o sistema respiratórioCatir
 
Sistema Digestivo ExercíCios
Sistema Digestivo ExercíCiosSistema Digestivo ExercíCios
Sistema Digestivo ExercíCiosCriCom
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivoCatir
 
Sistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonalSistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonalCatir
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivosCatir
 
Transmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditáriasTransmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditáriasCatir
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonalCatir
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervosoCatir
 
SaúDe Individual E ComunitáRia
SaúDe Individual E ComunitáRiaSaúDe Individual E ComunitáRia
SaúDe Individual E ComunitáRiaSérgio Luiz
 
37583285 saude-1
37583285 saude-137583285 saude-1
37583285 saude-1Pelo Siro
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaTânia Reis
 
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da populaçãoSaúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da populaçãoPatrícia Santos
 
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitáriaCiências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitáriaPatrícia Silva
 
(1) ciências naturais 9º ano - saúde individual e comunitária
(1) ciências naturais    9º ano - saúde individual e comunitária(1) ciências naturais    9º ano - saúde individual e comunitária
(1) ciências naturais 9º ano - saúde individual e comunitáriaHugo Martins
 
Anatomia reprodutiva Humana 01
Anatomia reprodutiva Humana 01Anatomia reprodutiva Humana 01
Anatomia reprodutiva Humana 01Catir
 
Sexualidade & Reprodução
Sexualidade & ReproduçãoSexualidade & Reprodução
Sexualidade & ReproduçãoCatir
 

Destaque (20)

Algumas perturbações do sistema circulatório
Algumas perturbações do sistema circulatórioAlgumas perturbações do sistema circulatório
Algumas perturbações do sistema circulatório
 
O sistema linfático
O sistema linfáticoO sistema linfático
O sistema linfático
 
o sistema respiratório
o sistema respiratórioo sistema respiratório
o sistema respiratório
 
Sistema Digestivo ExercíCios
Sistema Digestivo ExercíCiosSistema Digestivo ExercíCios
Sistema Digestivo ExercíCios
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Hereditariedade
HereditariedadeHereditariedade
Hereditariedade
 
Sistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonalSistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonal
 
DST
DSTDST
DST
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Transmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditáriasTransmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditárias
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
SaúDe Individual E ComunitáRia
SaúDe Individual E ComunitáRiaSaúDe Individual E ComunitáRia
SaúDe Individual E ComunitáRia
 
37583285 saude-1
37583285 saude-137583285 saude-1
37583285 saude-1
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
 
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da populaçãoSaúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
 
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitáriaCiências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitária
 
(1) ciências naturais 9º ano - saúde individual e comunitária
(1) ciências naturais    9º ano - saúde individual e comunitária(1) ciências naturais    9º ano - saúde individual e comunitária
(1) ciências naturais 9º ano - saúde individual e comunitária
 
Anatomia reprodutiva Humana 01
Anatomia reprodutiva Humana 01Anatomia reprodutiva Humana 01
Anatomia reprodutiva Humana 01
 
Sexualidade & Reprodução
Sexualidade & ReproduçãoSexualidade & Reprodução
Sexualidade & Reprodução
 

Semelhante a O ciclo cardíaco

Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatórioclvr
 
sistemacardiovascular1-170831184902.pdf
sistemacardiovascular1-170831184902.pdfsistemacardiovascular1-170831184902.pdf
sistemacardiovascular1-170831184902.pdfNetoPaes2
 
sistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.pptsistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.pptElisMaria15
 
Fisiologia E Anatomia Do Sistema Cardiovascular
Fisiologia E Anatomia Do Sistema CardiovascularFisiologia E Anatomia Do Sistema Cardiovascular
Fisiologia E Anatomia Do Sistema Cardiovascularrobertodsango
 
Sangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatórioSangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatórioMargarida Catarro
 
Sistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRioSistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRioSegundo B
 
BIOFÍSICA CARDIOVASCULAR
BIOFÍSICA CARDIOVASCULARBIOFÍSICA CARDIOVASCULAR
BIOFÍSICA CARDIOVASCULARMichelle Alves
 
sistema cardiovascular.pptx
sistema cardiovascular.pptxsistema cardiovascular.pptx
sistema cardiovascular.pptxGabrielSanches46
 
Sistema circulatório apresentação 2
Sistema circulatório   apresentação 2Sistema circulatório   apresentação 2
Sistema circulatório apresentação 2Darlene Santana
 
Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.
Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.
Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.Marcos Schwartz
 
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptxAula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptxRodrigoSousa736857
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatórioDesconFiles
 

Semelhante a O ciclo cardíaco (20)

Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema circulatório.docx
Sistema circulatório.docxSistema circulatório.docx
Sistema circulatório.docx
 
Sistema Circulatorio
Sistema CirculatorioSistema Circulatorio
Sistema Circulatorio
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
sistemacardiovascular1-170831184902.pdf
sistemacardiovascular1-170831184902.pdfsistemacardiovascular1-170831184902.pdf
sistemacardiovascular1-170831184902.pdf
 
sistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.pptsistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.ppt
 
Fisiologia E Anatomia Do Sistema Cardiovascular
Fisiologia E Anatomia Do Sistema CardiovascularFisiologia E Anatomia Do Sistema Cardiovascular
Fisiologia E Anatomia Do Sistema Cardiovascular
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatórioSangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatório
 
Sistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRioSistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRio
 
BIOFÍSICA CARDIOVASCULAR
BIOFÍSICA CARDIOVASCULARBIOFÍSICA CARDIOVASCULAR
BIOFÍSICA CARDIOVASCULAR
 
Sistema circulatorio
Sistema circulatorioSistema circulatorio
Sistema circulatorio
 
sistema cardiovascular.pptx
sistema cardiovascular.pptxsistema cardiovascular.pptx
sistema cardiovascular.pptx
 
Sistema circulatório apresentação 2
Sistema circulatório   apresentação 2Sistema circulatório   apresentação 2
Sistema circulatório apresentação 2
 
Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.
Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.
Resumo pra p.m de ciências 3º trimestre.
 
sistema circulatorio.pptx
sistema circulatorio.pptxsistema circulatorio.pptx
sistema circulatorio.pptx
 
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptxAula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
 
Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema cardiovascular 8 ano
Sistema cardiovascular 8 anoSistema cardiovascular 8 ano
Sistema cardiovascular 8 ano
 

Mais de Catir

Exercícios de Exames de Geologia de 10º ano
Exercícios de Exames de Geologia de 10º anoExercícios de Exames de Geologia de 10º ano
Exercícios de Exames de Geologia de 10º anoCatir
 
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoExercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoCatir
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânicaCatir
 
4 ecossistemas
4 ecossistemas4 ecossistemas
4 ecossistemasCatir
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentaresCatir
 
Os minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasOs minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasCatir
 
Dinâmica externa da Terra -1
Dinâmica externa da Terra -1Dinâmica externa da Terra -1
Dinâmica externa da Terra -1Catir
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicasCatir
 
A célula
A célulaA célula
A célulaCatir
 
A Terra como um sistema
A Terra como um sistemaA Terra como um sistema
A Terra como um sistemaCatir
 
Terra - um planeta com vida
Terra - um planeta com vidaTerra - um planeta com vida
Terra - um planeta com vidaCatir
 
História das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em CiênciasHistória das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em CiênciasCatir
 
Resumo Reprodução Humana
Resumo Reprodução HumanaResumo Reprodução Humana
Resumo Reprodução HumanaCatir
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochasCatir
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficasCatir
 
Noções de higiene, saúde e segurança no trabalho
Noções de higiene, saúde e segurança no trabalhoNoções de higiene, saúde e segurança no trabalho
Noções de higiene, saúde e segurança no trabalhoCatir
 
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoFecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoCatir
 
Aula 2 - evolução histórica da hsst
Aula 2 - evolução histórica da hsstAula 2 - evolução histórica da hsst
Aula 2 - evolução histórica da hsstCatir
 

Mais de Catir (18)

Exercícios de Exames de Geologia de 10º ano
Exercícios de Exames de Geologia de 10º anoExercícios de Exames de Geologia de 10º ano
Exercícios de Exames de Geologia de 10º ano
 
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoExercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
 
4 ecossistemas
4 ecossistemas4 ecossistemas
4 ecossistemas
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Os minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasOs minerais e as suas características
Os minerais e as suas características
 
Dinâmica externa da Terra -1
Dinâmica externa da Terra -1Dinâmica externa da Terra -1
Dinâmica externa da Terra -1
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
A célula
A célulaA célula
A célula
 
A Terra como um sistema
A Terra como um sistemaA Terra como um sistema
A Terra como um sistema
 
Terra - um planeta com vida
Terra - um planeta com vidaTerra - um planeta com vida
Terra - um planeta com vida
 
História das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em CiênciasHistória das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em Ciências
 
Resumo Reprodução Humana
Resumo Reprodução HumanaResumo Reprodução Humana
Resumo Reprodução Humana
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochas
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
 
Noções de higiene, saúde e segurança no trabalho
Noções de higiene, saúde e segurança no trabalhoNoções de higiene, saúde e segurança no trabalho
Noções de higiene, saúde e segurança no trabalho
 
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoFecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
 
Aula 2 - evolução histórica da hsst
Aula 2 - evolução histórica da hsstAula 2 - evolução histórica da hsst
Aula 2 - evolução histórica da hsst
 

Último

3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 

Último (20)

3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 

O ciclo cardíaco

  • 2. Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária: Ciclo cardíaco constituído por: — duas sístoles — uma diástole Duas sístoles Contracções Sístole auricular Sístole ventricular As aurículas contraem- se, as válvulas auriculoventriculares abrem-se e o sangue é enviado para os ventrículos. Os ventrículos contraem-se, as válvulas semilunares abrem-se e o sangue é enviado para todo o corpo. Como funciona o coração?
  • 3. Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária: Ciclo cardíaco constituído por: Uma diástole Relaxamento Diástole geral As aurículas e os ventrículos relaxam, as válvulas semilunares estão fechadas e as válvulas auriculoventriculares estão abertas, permitindo que o sangue entre nas aurículas e saia destas para os ventrículos. — duas sístoles — uma diástole Planeta Terra — 9.º ano Como funciona o coração?
  • 4. Ciclo cardíaco Por cada ciclo cardíaco completo conta-se uma pulsação. O número de pulsações por minuto determina o ritmo cardíaco. Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária: Como funciona o coração?
  • 6. ATIVIDADE 03 – PÁG. 141
  • 13. Ciclo cardíaco Quando o sangue é bombeado, a pressão que exerce sobre as artérias é máxima. Sístole ventricular durante Pressão arterial Para bombear o sangue, o coração contrai-se e relaxa de forma rítmica e involuntária: Como funciona o coração?
  • 16. Como circula o sangue? O sangue, ao sair do coração, percorre dois trajectos diferentes: Circulação pulmonarCirculação sistémica Assegura a distribuição de nutrientes e de oxigénio a todas as células do corpo e recebe os produtos de excreção. Passa pelos pulmões, onde se dá a hematose pulmonar, o oxigénio passa para o sangue e o dióxido de carbono passa para os pulmões. O sangue passa de venoso a arterial. O sangue passa de arterial a venoso.
  • 17. Circulação Pulmonar • Tem como função oxigenar o sangue, nos pulmões. • Esta circulação começa com a saída do sangue do ventrículo direito pela artéria pulmonar, passagem do sangue pelos pulmões (com trocas gasosas – hematose pulmonar) e o regresso do sangue ao coração, à aurícula esquerda, através das veias pulmonares. 17
  • 18. • Tem como função a distribuição de oxigénio e nutrientes por todas as células do organismo. • O sangue arterial sai do ventrículo esquerdo, pela artéria aorta para todo o corpo e regressa ao coração, mais concretamente à aurícula direita (agora rico em CO2 e pobre em O2 – venoso ) pela veia cava inferior, da parte inferior do corpo e pela veia cava superior, da parte superior do corpo (cabeça). Circulação Sistémica 18
  • 22. transporta é constituído por é constituído por Será que aprendi? Sistema circulatório Vasos sanguíneos Capilares Vénulas Circulação Pulmonar bombeia Substâncias tóxicas Leucócitos Transporte de oxigénio onde circula Artérias origina responsáveis pela pode ser Elementos figurados fazem participam Planeta Terra — 9.º ano Coração Arteríolas Veias Sangue Sistémica Plasma Nutrientes Hemácias Defesa Plaquetas Coagulação
  • 23. Aterosclerose Hipertensão Arterial Angina de Peito Enfarte do Miocárdio 23
  • 26. • É, geralmente, uma elevação anormal da pressão dentro das artérias. • Aumenta o risco de perturbações como o AVC, a ruptura de um aneurisma, uma insuficiência cardíaca, um enfarte do miocárdio. • Refere-se a um quadro de pressão arterial elevada, independentemente da causa, valores superiores a 120/80 mmHg. • Chama-se-lhe «o assassino silencioso» porque, geralmente não causa sintomas durante muitos anos (até que lesiona um órgão vital). 26
  • 27. Já vimos que as artérias são tubos, ou vasos sanguíneos, que levam o sangue do coração para todas as partes do organismo. O seu interior deve ser liso e permitir a livre passagem do sangue circulante. No entanto, com o passar dos anos e com a contribuição de vários factores perniciosos (chamados factores de risco), podem-se formar placas duras e gordurosas no interior das artérias. Estas, à medida que vão aumentando de tamanho e irregularidade, tornam mais difícil a passagem do sangue e as artérias perdem elasticidade. Denominam-se placas ateroscleróticas e este processo é denominado aterosclerose. 27
  • 28. • É uma dor torácica transitória ou uma sensação de pressão que se produz quando o músculo cardíaco não recebe oxigénio suficiente. • Resulta de uma doença das artérias coronárias  levam o sangue ao músculo cardíaco  estas não recebem sangue suficiente devido a uma anomalia que reduz o fluxo sanguíneo, consequentemente, as células do miocárdio não recebem o oxigénio e morrem, desencadeando um episódio de dor. 28
  • 29. • É uma lesão no músculo cardíaco causada pela obstrução da artéria coronária, responsável pela irrigação do coração. • Quando a artéria entope, parte do músculo cardíaco (miocárdio) deixa de receber sangue e nutrientes. • Cerca de 20 minutos depois, essa privação mata os tecidos da região atingida. • Quanto maior a artéria bloqueada, maior a área afectada. 29