Factores Bióticos

115.198 visualizações

Publicada em

Relações bióticas: intraespecíficas e interespecíficas

Publicada em: Educação, Negócios
2 comentários
45 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
115.198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
79.138
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
2
Gostaram
45
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Factores Bióticos

  1. 1. Ciências Naturais Relações intra e interespecíficas 8º ano Prof.ª Catarina Reis
  2. 2. Relações intraespecíficas Relações que se estabelecem entre seres vivos da mesma espécie Relações interespecíficas Relações que se estabelecem entre seres vivos de espécies diferentes
  3. 3. Relações • Cooperação intraespecíficas • Competição • Canibalismo • Cooperação (Mutualismo e Simbiose) • Comensalismo Relações • Parasitismo interespecíficas • (endoparasitismo e ectoparasitismo) • Predação • Competição
  4. 4. Competição Relações intraespecíficas Prof.ª Catarina Reis
  5. 5. COMPETIÇÃO A Competição Intraespecífica ocorre quando seres da mesma espécie disputam um objectivo comum. comum. Ambos os organismos envolvidos são prejudicados. prejudicados. Os seres podem competir por : Espaço / Território Alimento Acasalamento Luz …..
  6. 6. Canibalismo Relações intraespecíficas Grilos da espécie Anabrus simplex praticando o canibalismo
  7. 7. Canibalismo uma relação intraespecífica pouco comum. O Canibalismo ocorre quando um organismo consome um organismo da sua espécie. Muitas vezes, o canibalismo é um caso extremo de competição intraespecífica.
  8. 8. O canibalismo é uma relação em que um indivíduo mata e se alimenta de outro da mesma espécie. Ocorre, por exemplo, com crocodilos e peixes, em que os adultos comem as crias. São também conhecidos os casos do louva-a-deus e de aranhas, em que as fêmeas se alimentam dos machos após o acasalamento.
  9. 9. Cooperação Relações intraespecíficas Prof.ª Catarina Reis
  10. 10. COOPERAÇÃO A Cooperação ocorre quando seres da mesma espécie se relacionam de forma a melhor atingirem um objectivo comum. Todos os organismos envolvidos em relações cooperativas são beneficiados.
  11. 11. A cooperação é uma relação benéfica para ambos os organismos envolvidos. Os organismos da mesma espécie podem agrupar-se em: Colónias: Agrupamentos não hierarquizados. Ex: colónias de corais e colónias de pinguins Sociedades: Agrupamentos hierarquizados. Ex: sociedades de elefantes, de abelhas, de babuínos
  12. 12. Colónia de bactérias da Alcateia, um exemplo de uma espécie E. coli sociedade
  13. 13. Por vezes, o Homem pode usufruir dos resultados da cooperação de alguns seres
  14. 14. Custos e Benefícios das relações intraespecíficas Organismo Organismo Relação A B Exemplo Abutres competindo Competição - - por alimento Colónias de Pinguins; Cooperação + + Sociedades de formigas e abelhas Louva-a- Canibalismo + - Deus
  15. 15. Ciências Naturais Relações interespecíficas 8º ano Prof.ª Catarina Reis
  16. 16. A cooperação é uma relação em que ambas as espécies envolvidas ficam beneficiadas. Pode ser: • Obrigatório - Simbiose • Facultativo - Mutualismo
  17. 17. Obrigatório: Se a associação é indispensável à sobrevivência de ambos. Ex.: líquenes. Facultativo: Se os dois indivíduos podem viver separados. Ex.: garça-boieira e rinoceronte.
  18. 18. O comensalismo é uma relação em que apenas um dos organismos é beneficiado, ficando o outro indiferente. É o caso das orquídeas que vivem no tronco de árvores, sem as beneficiar ou prejudicar, e assim, obtêm mais luz para se desenvolverem.
  19. 19. O parasitismo é uma relação em que um ser vive à custa de outro, sem causar a sua morte a curto prazo. O parasita pode viver no interior do corpo do hospedeiro – endoparasita – ou à sua superfície – ectoparasita.
  20. 20. ENDOPARASITA ECTOPARASITA Ex: ténia Ex: piolho
  21. 21. A predação é a relação em que um indivíduo mata outro, para dele se alimentar. A maior parte dos predadores são animais. Há, no entanto, também plantas predadoras, as quais se alimentam de insectos.
  22. 22. Na competição interespecíficas, tal como sucede na competição intra- específica, os organismos envolvidos, que competem entre si Hienas e abutres pelo espaço ou pelos disputando a mesma recursos, ficam carcaça prejudicados.
  23. 23. Neste tipo de relação, a antibiose ou antagonismo, uma das espécies envolvidas produz e liberta para o meio uma substância que impede o desenvolvimento de outra. Ex.: o fungo do género Penicilium produz uma substância – penicilina – que inibe o desenvolvimento de algumas bactérias. Fungo do Género Penicilium
  24. 24. No neutralismo as espécies envolvidas ficam indiferentes à presença umas das outras. É o que sucede, por exemplo, com os herbívoros da savana que se alimentam de plantas diferentes, como sucede com as zebras, as girafas e os elefantes.
  25. 25. Ciências Naturais Relações interespecíficas 8º ano Espécie A Espécie B exemplo Mutualismo + + Abelha + flores (relação facultativa) Simbiose + + Líquen = fungo + alga (relação obrigatória) Comensalismo + 0 (comensal) Parasitismo + - Ténia + Homem Piolho + Homem (parasita) (hospedeiro) Predação + - Raposa + Coelho (predador) (presa) Competição - - Plantas diferentes na mesma área de solo

×