22 - A crise do século XIV

2.169 visualizações

Publicada em

Fome
Peste
Guerra
Crise em Portugal
Crise dinástica em Portugal

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
244
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
107
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

22 - A crise do século XIV

  1. 1. História 7º ano Prof. Carla Freitas
  2. 2. SÉCULO XIV CRISE Escassez de recursos FOME Epidemias (ex. peste bubónica ou peste negra) PESTE Guerras (ex : Guerra dos Cem Anos) GUERRA
  3. 3.  Maus anos agrícolas  Invernos muito chuvosos  Destruição de campos pelos soldados  Falta de mão-de-obra  Escassez de alimentos  Populações menos resistentes a doenças  Epidemias: Peste Negra
  4. 4.  Trazida do Oriente por marinheiros  Contágio através das pulgas e do ar respirável  Progressão muito rápida  Provocou a morte a cerca de um terço da população europeia  Médicos protegiam-se com luvas, uma túnica e uma máscara em forma de bico de pato onde acumulavam ervas aromáticas.
  5. 5.  Falta de Higiene  Homens infestados de pulgas  Dejetos acumulados nas ruas  Vestuário raramente mudado  Falta de limpeza  Corpos enfraquecidos pela fome  Falta de conhecimentos médicos  Contágio dos soldados  Elevada Mortalidade  Abandono dos campos  Abandono das cidades  Abandono dos doentes
  6. 6.  Século Pródigo em Guerras e Revoltas Sociais  Guerra dos Cem anos entre França e Inglaterra (1337-1453)  Guerras Fernandinas  Revoltas de camponeses e população urbana  Soldados mortos  Violência dos exércitos  Searas espezinhadas  Celeiros roubados  Gado confiscado  Assassínios
  7. 7. Fome GuerraPeste  Crise Económica  Crise Demográfica  Crise Social  Crise Política
  8. 8.  Crise Económica devido à guerra e à peste.  Crise Social (revoltas populares) - causa subida dos preços e desvalorização da moeda.  Crise Política – Morte de D. Fernando e casamento de D. Beatriz com D. João de Castela (Tratado de Salvaterra de Magos).
  9. 9. • Em 1383 - Golpe de Estado – D. João Mestre de Avis à frente da rebelião. • D. LeonorTeles e D. Beatriz afastadas do poder. • Mestre de Avis era apoiado pelo povo e por parte da burguesia, do clero e da nobreza. • D. João Mestre de Avis nomeado regedor e defensor do reino.
  10. 10. • Nuno Álvares Pereira vence os castelhanos na Batalha de Atoleiros (6 Abril 1384). • O cerco de Lisboa (Maio a Agosto 1384) • Aclamação do Mestre de Avis, nas cortes de Coimbra 1385, como rei de Portugal. • Batalha de Aljubarrota, vitória definitiva de Portugal (Agosto de 1385)
  11. 11. • Início da dinastia de Avis – D. João I • Tratado deWindsor (1386). • Casamento de D. João com a princesa Filipa de Lencastre • Burguesia – maior influência política. • Tratado de paz com Castela (1411).
  12. 12.  Revolução – Conjunto de mudanças relativamente rápidas que provocam uma transformação profunda nas condições económicas, sociais , políticas ou culturais de uma sociedade  Mestre de Avis - Título de D. João porque era o responsável máximo da ordem religiosa e militar de Avsi, que tinha a sua sede na vila alentejana com o mesmo nome
  13. 13. 1. Explicar o aumento da fome neste período. 2. Explicar o aparecimento da peste negra. 3. Relacionar os fatores que levaram à crise do século XIV. 4. Justificar a crise existente em Portugal 5. Descrever a crise dinástica. 6. Identificar o rei e a dinastia após a revolução de 1383-85 7. Explicar as consequências da crise de 1383-85 para Portugal

×