SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Química Orgânica
Química Orgânica
FUNÇÕES
OXIGENADAS
OH – “C” saturado
                          Álcool:        Sufixo - OL
     São obtidos pela hidratação de alcenos.

       CH2 = CH2 + H2O → CH3- CH2- OH
                 (H+, OH-)


CH3- OH      Metanol (álcool metílico)

CH3- CH2- OH Etanol (álcool etílico)

*O metanol é um gás incolor muito tóxico, sem cor de chama, usado
como combustível!
Álcool:

CH3- CH2- CH2- OH 1-propanol
3      2     1    (álcool propílico)
3      2    1
CH3- CH- CH3 2-propanol
           (álcool isopropílico)
      OH
Classificação:
Álcool Primário    CH3- CH2- OH




Álcool Secundário CH3- CH- CH2- CH3
                       OH

                       CH3
Álcool Terciário   CH3- C- CH3
                       OH
OH – “C” Benzeno
                            Fenol:        Hidróxi

OH
       Hidróxibenzeno (Fenol)




     * Os fenóis são utilizados como matéria prima para fabricação
     de anti-sépticos, fungicidas e desinfetantes.
Exemplo:
                               OH                          OH
                                    - CH3
        OH

                     1-hidróxi-2-metilbenzeno
             - CH3         ou orto-cresol                  CH3
1-hidróxi-3-metilbenzeno                    1-hidróxi-4-metilbenzeno
     ou meta-cresol                               ou para-cresol




     * Os cresóis são conhecidos comercialmente como creolina!
Aldoxila - CHO
                            Aldeído:        Sufixo - al
São obtidos por oxidação branda de álcoois primários.

            H-CHO      Metanal (*Formol)

            CH3- CHO Etanal

            CH3- CH2- CHO Propanal

            CH3- CH2- CH2- CHO Butanal


*O formol é usado na conservação de peças biológicas, e também
como desinfetante.
Carbonila - CO -
                             Cetona:
                                           Sufixo - ona

São obtidas por oxidação branda de álcoois secundários.

 CH3 – CO - CH3 Propanona (*acetona)

 CH3 – CO - CH2- CH3 Butanona
  1    2    3     4      5
 CH3 – CO - CH2- CH2- CH3 Pentanona-2
  1    2    3     4     5
 CH3 –CH2- CO - CH2- CH3 Pentanona-3


           *A acetona é um solvente utilizado em tintas esmalte!
oxigênio - O -
                         Éter:
                                    menor = óxi maior = ano
 São obtidos por desidratação intermolecular de álcoois.
         CH3-OH + OH–CH3→ CH3-O-CH3 + H2O
CH3-O- CH3 metóxi - metano

CH3-O- CH2-CH3 metóxi- etano

CH3 - CH2 -O- CH2-CH3 etóxi- etano (*éter comum)

CH3 - CH2 - CH2 -O- CH2- CH3 etóxi- propano

O éter dietílico, o éter etílico, éter sulfúrico ou simplesmente éter
é utilizado como anestésico local, pois relaxa músculos, afetando
a pressão arterial, pulsação e respiração.
carboxila - COOH
                 Ác. carboxílico:                Sufixo- óico

São obtidos por oxidação energética de álcoois primários.
H-COOH ác. Metanóico (*ác.Fórmico)
CH3- COOH ác. Etanóico (**Vinagre)
CH3–CH2–CH2–COOH ác. butanóico (***ác. butírico)



  *O ácido fórmico é encontrado em formigas e causa irritação na pele!

  **O vinagre é resultado da oxidação do álcool do vinho!

  ***O ácido butírico é encontrado na manteiga rançosa!
Ác. carboxílico:
CH3 – (CH2)4 – COOH ácido hexanóico (*ácido capróico)

HOOC – COOH ácido etanodióico (**ácido oxálico)
       - COOH ácido benzóico




 *O ác. capróico é extraído da urina dos bodes e utilizado
 em cosméticos!

 **O ác. Oxálico é encontrado no leite!
-coo-
                       Éster:    ác. ato   álcool-ila

São obtidos por esterificação:
       Ác. Carboxílico + Álcool ↔ Éster + Água

     CH3-COOH + CH3-OH ⇔ CH3-COO-CH3 + H2O

 CH3-COO-CH3 Etanoato de metila (*aroma de rum)




*Os ésteres de massa molar pequena são usados como
aromatizantes e flavolizantes.
Éster:
CH3-COO-CH2-CH3 etanoato de etila (aroma de maça)

CH3-COO-(CH2)3-CH3 etanoato de isobutila (aroma de morango)

CH3-COO-(CH2)4-CH3 etanoato de pentila (aroma de banana)
CH3-COO-(CH2)7-CH3 etanoato de octila (aroma de laranja)




   *Os ésteres de massa molar grande são gorduras (lipídios)!
Imino -NH2 -NH-
                       Amina:         sufixo amina

São obtidas por eliminação de hidrogênios da amônia :
              -NH2 amina primária

   NH3        -NH- amina secundária

              -N- amina terciária

             CH3-NH2        metilamina

             CH3- CH2-NH2     etilamina

             CH3-NH-CH3 dimetilamina
Amina:
CH3-N-CH3     trimetilamina
   CH3

CH3-CH2-CH2-NH2 Propilamina

      - NH2
              Fenilamina (anilina)

                  *A anilina é usada como corante em alimentos!

                     **As aminas possuem caráter básico!
-CO-NH2 ,-CO-NH-
                        Amida:           Sufixo - AMIDA
       São compostos derivados dos ácidos carboxílicos
pela troca do grupo — OH pelo grupo — NH2.

NH2-CO-NH2     Uréia
CH3-CO-NH2    Etanamida
CH3- CH3-CO-NH2 Propanamida



                    **As amidas possuem caráter básico!
- F , - Cl, - Br, - I
                             Haletos:         Família 17

       São compostos derivados dos hidrocarbonetos a
partir da substituição de um ou mais átomos de H por F,
C , Br ou I.
 CH3-Cl clorometano

 Br-CH2- CH2-Br dibromoetano

 CCl4 tetraclorometano

 CCl3F Tricloro-flúormetano (Freon –11)

   *Os freons são usados como propelentes para aerossóis!
Resumo das funções:

         Aldeído
         CHO
         C HO
         CH2
                         Cetona
CH3 O CH           CH CO CH3
  Éter
                   NH2
                Amina
Resumo das funções:


           Ác. Carboxílico
                COOH
Fenol
OH              CH2
        Éster                  Amida
        COO CH         CH CO NH2
                       OH
                      Álcool
OH – “C” insaturado
                          Enol:      Sufixo - OL




*Os enóis são obtidos por hidratação de alcinos!
        CH ≡ CH + H2O → CH2 = CH - OH
                 (H+, OH-)

            CH2=CH-OH               Etenol

             CH3-CH=CH-OH           Propenol

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slideJoelson Barral
 
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...Profª Alda Ernestina
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETOEliando Oliveira
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Ajudar Pessoas
 
Cinetica quimica
Cinetica quimicaCinetica quimica
Cinetica quimicaLiana Maia
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS Adrianne Mendonça
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoCarlos Priante
 
ppt Química orgânica
ppt Química orgânicappt Química orgânica
ppt Química orgânicaJoyce Fagundes
 
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3Maiquel Vieira
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosIgor Brant
 
Reações orgânicas
Reações orgânicasReações orgânicas
Reações orgânicasparamore146
 

Mais procurados (20)

Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
Aula termoquímica
Aula termoquímicaAula termoquímica
Aula termoquímica
 
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
 
Introdução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânicaIntrodução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânica
 
Química orgânica 3º ano COMPLETO
Química orgânica 3º ano   COMPLETOQuímica orgânica 3º ano   COMPLETO
Química orgânica 3º ano COMPLETO
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
 
Cinetica quimica
Cinetica quimicaCinetica quimica
Cinetica quimica
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Leis ponderais
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
 
ppt Química orgânica
ppt Química orgânicappt Química orgânica
ppt Química orgânica
 
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
 
Reações orgânicas
Reações orgânicasReações orgânicas
Reações orgânicas
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
 
Nomenclatura de Hidrocarbonetos
Nomenclatura de HidrocarbonetosNomenclatura de Hidrocarbonetos
Nomenclatura de Hidrocarbonetos
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 

Destaque

Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções OrgânicasPaulo Filho
 
Aula de funções oxigenadas
Aula de funções oxigenadasAula de funções oxigenadas
Aula de funções oxigenadasmanaquifamasul
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoRicardo Stefani
 
Quimica farmaceutica
Quimica farmaceuticaQuimica farmaceutica
Quimica farmaceuticaMarcos Rocha
 
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificados
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificadosNomenclatura de hidrocarbonetos ramificados
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificadosIgor Tunes
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasVídeo Aulas Apoio
 
Funções Orgânicas - Hidrocarbonetos
Funções Orgânicas - HidrocarbonetosFunções Orgânicas - Hidrocarbonetos
Funções Orgânicas - HidrocarbonetosAlice Almeida
 
Tabela de aminoácidos
Tabela de aminoácidosTabela de aminoácidos
Tabela de aminoácidosAlmir Caputo
 
Funcoes organicas oxigenadas 1
Funcoes organicas oxigenadas 1Funcoes organicas oxigenadas 1
Funcoes organicas oxigenadas 1lasqmc1
 
Func oxigenadas
Func oxigenadasFunc oxigenadas
Func oxigenadascon_seguir
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções OrgânicasMateus Serejo
 

Destaque (20)

Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Funcoes organicas revisão 2012
Funcoes organicas   revisão 2012Funcoes organicas   revisão 2012
Funcoes organicas revisão 2012
 
Funcoes organicas
Funcoes organicasFuncoes organicas
Funcoes organicas
 
Funções orgânicas oxigenadas cetonas
Funções orgânicas oxigenadas  cetonasFunções orgânicas oxigenadas  cetonas
Funções orgânicas oxigenadas cetonas
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Aula de funções oxigenadas
Aula de funções oxigenadasAula de funções oxigenadas
Aula de funções oxigenadas
 
Introdução à Química Orgânica
Introdução à Química OrgânicaIntrodução à Química Orgânica
Introdução à Química Orgânica
 
Introdução à química orgânica
Introdução à química orgânicaIntrodução à química orgânica
Introdução à química orgânica
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
 
Quimica farmaceutica
Quimica farmaceuticaQuimica farmaceutica
Quimica farmaceutica
 
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificados
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificadosNomenclatura de hidrocarbonetos ramificados
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificados
 
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo AulasQuímica Orgância - Funções Orgânicas -  www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Química Orgância - Funções Orgânicas - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 
Funções Orgânicas - Hidrocarbonetos
Funções Orgânicas - HidrocarbonetosFunções Orgânicas - Hidrocarbonetos
Funções Orgânicas - Hidrocarbonetos
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Funções oxigenadas
Funções oxigenadasFunções oxigenadas
Funções oxigenadas
 
Tabela de aminoácidos
Tabela de aminoácidosTabela de aminoácidos
Tabela de aminoácidos
 
Funcoes organicas oxigenadas 1
Funcoes organicas oxigenadas 1Funcoes organicas oxigenadas 1
Funcoes organicas oxigenadas 1
 
Func oxigenadas
Func oxigenadasFunc oxigenadas
Func oxigenadas
 
Função oxigenadas e nitrogenadas
Função oxigenadas e nitrogenadasFunção oxigenadas e nitrogenadas
Função oxigenadas e nitrogenadas
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 

Semelhante a Funcoes organicas

Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.segundocol
 
Revisão biomédicas - enem 2009
Revisão biomédicas - enem 2009Revisão biomédicas - enem 2009
Revisão biomédicas - enem 2009Vestibular Seriado
 
Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010
Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010
Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010JulianaGimenes
 
Formulacion Quimica
Formulacion QuimicaFormulacion Quimica
Formulacion Quimicacmcofrade
 
Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1 Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1 Manuel Vicente
 
Quiz Funções Orgânicas.ppt
Quiz Funções Orgânicas.pptQuiz Funções Orgânicas.ppt
Quiz Funções Orgânicas.pptssusercd91e6
 
Avaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptx
Avaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptxAvaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptx
Avaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptxRAFAELACAVALCANTILIR
 
Alimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicasAlimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicasGlaucia Perez
 
Funções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadasFunções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadasVinny Silva
 
Funções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadasFunções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadasVinny Silva
 
Química orgânica iii
Química orgânica iiiQuímica orgânica iii
Química orgânica iiisabinosilva
 
Reações de oxidação
Reações de oxidaçãoReações de oxidação
Reações de oxidaçãoPaulo Silva
 

Semelhante a Funcoes organicas (20)

Revisao -quimica_organica_funções
Revisao  -quimica_organica_funçõesRevisao  -quimica_organica_funções
Revisao -quimica_organica_funções
 
Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.
 
Revisão biomédicas - enem 2009
Revisão biomédicas - enem 2009Revisão biomédicas - enem 2009
Revisão biomédicas - enem 2009
 
Fun org
Fun orgFun org
Fun org
 
Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010
Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010
Funções org.oxig. + nitrog. maio 2010
 
Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.
 
Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.Funções.org.oxig.
Funções.org.oxig.
 
Formulacion Quimica
Formulacion QuimicaFormulacion Quimica
Formulacion Quimica
 
Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1 Estudo dos álcoois 1
Estudo dos álcoois 1
 
Quiz Funções Orgânicas.ppt
Quiz Funções Orgânicas.pptQuiz Funções Orgânicas.ppt
Quiz Funções Orgânicas.ppt
 
Reações organicas
Reações organicasReações organicas
Reações organicas
 
Avaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptx
Avaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptxAvaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptx
Avaliação 1 - Funções Oxigenadas.pptx
 
Alimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicasAlimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicas
 
Funções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadasFunções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadas
 
Funções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadasFunções oxigenadas e nitrogenadas
Funções oxigenadas e nitrogenadas
 
Química orgânica iii
Química orgânica iiiQuímica orgânica iii
Química orgânica iii
 
Alcoois
AlcooisAlcoois
Alcoois
 
Alcoois
AlcooisAlcoois
Alcoois
 
Reações de oxidação
Reações de oxidaçãoReações de oxidação
Reações de oxidação
 
Reação de oxidação
Reação de oxidaçãoReação de oxidação
Reação de oxidação
 

Mais de Adrianne Mendonça (20)

Lei de hess
Lei de hessLei de hess
Lei de hess
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclear
 
Ponto crítico de uma função derivável
Ponto crítico de uma função derivávelPonto crítico de uma função derivável
Ponto crítico de uma função derivável
 
Cálculo (DERIVADAS)
Cálculo (DERIVADAS)Cálculo (DERIVADAS)
Cálculo (DERIVADAS)
 
Alzheimer ppt
Alzheimer pptAlzheimer ppt
Alzheimer ppt
 
Determinação de calcio no leite
Determinação de  calcio no leiteDeterminação de  calcio no leite
Determinação de calcio no leite
 
Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
 
Cnidários ou celenterados
Cnidários  ou  celenteradosCnidários  ou  celenterados
Cnidários ou celenterados
 
Biologia molecular bioquímica (compostos inorgânicos)
Biologia molecular   bioquímica (compostos inorgânicos)Biologia molecular   bioquímica (compostos inorgânicos)
Biologia molecular bioquímica (compostos inorgânicos)
 
Anagramas
AnagramasAnagramas
Anagramas
 
Produto de solubilidade
Produto de solubilidadeProduto de solubilidade
Produto de solubilidade
 
Reaçoes quimicas
Reaçoes quimicasReaçoes quimicas
Reaçoes quimicas
 
Matemática financeira
Matemática financeiraMatemática financeira
Matemática financeira
 
Tecido ósseo pdf
Tecido ósseo pdfTecido ósseo pdf
Tecido ósseo pdf
 
Ciclos biogeoquímicos pdf
Ciclos biogeoquímicos pdfCiclos biogeoquímicos pdf
Ciclos biogeoquímicos pdf
 
Relações ecológicas
Relações ecológicasRelações ecológicas
Relações ecológicas
 
Equilíbrio químico
Equilíbrio químicoEquilíbrio químico
Equilíbrio químico
 
Mruv – exercícios
Mruv – exercíciosMruv – exercícios
Mruv – exercícios
 
Química orgânica módulo 2
Química  orgânica módulo 2Química  orgânica módulo 2
Química orgânica módulo 2
 
Química orgânica módulo 1
Química  orgânica  módulo 1Química  orgânica  módulo 1
Química orgânica módulo 1
 

Último

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 

Último (20)

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 

Funcoes organicas

  • 3. OH – “C” saturado Álcool: Sufixo - OL São obtidos pela hidratação de alcenos. CH2 = CH2 + H2O → CH3- CH2- OH (H+, OH-) CH3- OH Metanol (álcool metílico) CH3- CH2- OH Etanol (álcool etílico) *O metanol é um gás incolor muito tóxico, sem cor de chama, usado como combustível!
  • 4. Álcool: CH3- CH2- CH2- OH 1-propanol 3 2 1 (álcool propílico) 3 2 1 CH3- CH- CH3 2-propanol (álcool isopropílico) OH
  • 5. Classificação: Álcool Primário CH3- CH2- OH Álcool Secundário CH3- CH- CH2- CH3 OH CH3 Álcool Terciário CH3- C- CH3 OH
  • 6. OH – “C” Benzeno Fenol: Hidróxi OH Hidróxibenzeno (Fenol) * Os fenóis são utilizados como matéria prima para fabricação de anti-sépticos, fungicidas e desinfetantes.
  • 7. Exemplo: OH OH - CH3 OH 1-hidróxi-2-metilbenzeno - CH3 ou orto-cresol CH3 1-hidróxi-3-metilbenzeno 1-hidróxi-4-metilbenzeno ou meta-cresol ou para-cresol * Os cresóis são conhecidos comercialmente como creolina!
  • 8. Aldoxila - CHO Aldeído: Sufixo - al São obtidos por oxidação branda de álcoois primários. H-CHO Metanal (*Formol) CH3- CHO Etanal CH3- CH2- CHO Propanal CH3- CH2- CH2- CHO Butanal *O formol é usado na conservação de peças biológicas, e também como desinfetante.
  • 9. Carbonila - CO - Cetona: Sufixo - ona São obtidas por oxidação branda de álcoois secundários. CH3 – CO - CH3 Propanona (*acetona) CH3 – CO - CH2- CH3 Butanona 1 2 3 4 5 CH3 – CO - CH2- CH2- CH3 Pentanona-2 1 2 3 4 5 CH3 –CH2- CO - CH2- CH3 Pentanona-3 *A acetona é um solvente utilizado em tintas esmalte!
  • 10. oxigênio - O - Éter: menor = óxi maior = ano São obtidos por desidratação intermolecular de álcoois. CH3-OH + OH–CH3→ CH3-O-CH3 + H2O CH3-O- CH3 metóxi - metano CH3-O- CH2-CH3 metóxi- etano CH3 - CH2 -O- CH2-CH3 etóxi- etano (*éter comum) CH3 - CH2 - CH2 -O- CH2- CH3 etóxi- propano O éter dietílico, o éter etílico, éter sulfúrico ou simplesmente éter é utilizado como anestésico local, pois relaxa músculos, afetando a pressão arterial, pulsação e respiração.
  • 11. carboxila - COOH Ác. carboxílico: Sufixo- óico São obtidos por oxidação energética de álcoois primários. H-COOH ác. Metanóico (*ác.Fórmico) CH3- COOH ác. Etanóico (**Vinagre) CH3–CH2–CH2–COOH ác. butanóico (***ác. butírico) *O ácido fórmico é encontrado em formigas e causa irritação na pele! **O vinagre é resultado da oxidação do álcool do vinho! ***O ácido butírico é encontrado na manteiga rançosa!
  • 12. Ác. carboxílico: CH3 – (CH2)4 – COOH ácido hexanóico (*ácido capróico) HOOC – COOH ácido etanodióico (**ácido oxálico) - COOH ácido benzóico *O ác. capróico é extraído da urina dos bodes e utilizado em cosméticos! **O ác. Oxálico é encontrado no leite!
  • 13. -coo- Éster: ác. ato álcool-ila São obtidos por esterificação: Ác. Carboxílico + Álcool ↔ Éster + Água CH3-COOH + CH3-OH ⇔ CH3-COO-CH3 + H2O CH3-COO-CH3 Etanoato de metila (*aroma de rum) *Os ésteres de massa molar pequena são usados como aromatizantes e flavolizantes.
  • 14. Éster: CH3-COO-CH2-CH3 etanoato de etila (aroma de maça) CH3-COO-(CH2)3-CH3 etanoato de isobutila (aroma de morango) CH3-COO-(CH2)4-CH3 etanoato de pentila (aroma de banana) CH3-COO-(CH2)7-CH3 etanoato de octila (aroma de laranja) *Os ésteres de massa molar grande são gorduras (lipídios)!
  • 15. Imino -NH2 -NH- Amina: sufixo amina São obtidas por eliminação de hidrogênios da amônia : -NH2 amina primária NH3 -NH- amina secundária -N- amina terciária CH3-NH2 metilamina CH3- CH2-NH2 etilamina CH3-NH-CH3 dimetilamina
  • 16. Amina: CH3-N-CH3 trimetilamina CH3 CH3-CH2-CH2-NH2 Propilamina - NH2 Fenilamina (anilina) *A anilina é usada como corante em alimentos! **As aminas possuem caráter básico!
  • 17. -CO-NH2 ,-CO-NH- Amida: Sufixo - AMIDA São compostos derivados dos ácidos carboxílicos pela troca do grupo — OH pelo grupo — NH2. NH2-CO-NH2 Uréia CH3-CO-NH2 Etanamida CH3- CH3-CO-NH2 Propanamida **As amidas possuem caráter básico!
  • 18. - F , - Cl, - Br, - I Haletos: Família 17 São compostos derivados dos hidrocarbonetos a partir da substituição de um ou mais átomos de H por F, C , Br ou I. CH3-Cl clorometano Br-CH2- CH2-Br dibromoetano CCl4 tetraclorometano CCl3F Tricloro-flúormetano (Freon –11) *Os freons são usados como propelentes para aerossóis!
  • 19. Resumo das funções: Aldeído CHO C HO CH2 Cetona CH3 O CH CH CO CH3 Éter NH2 Amina
  • 20. Resumo das funções: Ác. Carboxílico COOH Fenol OH CH2 Éster Amida COO CH CH CO NH2 OH Álcool
  • 21. OH – “C” insaturado Enol: Sufixo - OL *Os enóis são obtidos por hidratação de alcinos! CH ≡ CH + H2O → CH2 = CH - OH (H+, OH-) CH2=CH-OH Etenol CH3-CH=CH-OH Propenol