SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Pedagogia dos Projetos
    http://www.youtube.com/watch?v=eguk20OL76c

         Prof. Nilbo Nogueira




           Slides by Raquel Salcedo Gomes
P R O J E C TU                      Latim = p roj to
                                                 e
      M                               projetar
                                lançar para frente




              Por que trabalhar com projetos?
      Para:
  •
    tirar o aluno da passividade;
  •
    aproximar o aluno do objeto de conhecimento;
  •
    estimular a interação entre os alunos;
  •
    aprender a planejar a fim de enfrentar situações
  complexas e resolver problemas;
J u n t o s = a lu n o s e
ESCOLHA                        p r o fe s s o r
DO TEMA                    relação horizontal


          Quais são os sonhos? As
               curiosidades?


      AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA PELO PROFESSOR
  QUAL O MELHOR TEMA NO CONTEXTO DA TURMA?




            DATAS COMEMORATIVAS????

                NÃO!!!!!
1ª Etapa:      P L A N E J A M E N TO

             PRO F E S S O R =
              ME D IAD O R




  LISTAR OS OBJETIVOS DO PROJETO:
     MUITO IMPORTANTE!!!!

             ALUNOS :
 O quê? Quem? Quando? Como?
2ª Etapa:




 E XE C UÇ ÃO



Construir o que
 foi planejado
3ª Etapa:




D E P UR AÇ ÃO



Provocar, para
  melhorar.
4ª Etapa:         A P R E S E N TA Ç Ã O




     Aprende-se mostrando o conhecimento produzido-
                      construído
                                              Consolida
Importante!!!!
                                                 ção
A U TO -
 5ª Etapa:                  A V A L IA Ç Ã O

         Debate mediado pelo
              professor

                 AU T O -C R ÍT I C A
             CRÍTICA CONSTRUTIVA



             Forma ç ã o do
cidadão integral, crítico, reflexivo
6ª Etapa:                        A V A L IA Ç Ã O


Professor avalia se os objetivos inicialmente
listados foram atingidos, ponderando os motivos
para o sucesso ou o fracasso de cada objetivo.


        S e os ob j tivos n ão foram atingid os , tu d o
                  e
                             be m ,
         PROJETO NÃO É FÓRMULA
                MÁGICA!!
Pedagogia dos Projetos e tecnologia
   De que modo a
      TIC vai          Gerações Y e Z:
    contribuir?          Tecnologia
                         Multitarefas
                         Dinamismo




  A tecnologia não
    é obrigatória      Aluno-autor:
                       produzindo e
                     publicando na rede
Pedagogia dos Projetos - Técnica ativa de ensino

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Pedagogia dos Projetos - Técnica ativa de ensino

Apresentação pp nilbo raquel nomoves
Apresentação pp nilbo raquel nomovesApresentação pp nilbo raquel nomoves
Apresentação pp nilbo raquel nomovesRaquel Salcedo Gomes
 
Fundamentos da educação por projetos
Fundamentos da educação  por projetosFundamentos da educação  por projetos
Fundamentos da educação por projetosErley Costa
 
Pedagogia projetos silvia_dotta
Pedagogia projetos silvia_dottaPedagogia projetos silvia_dotta
Pedagogia projetos silvia_dottaSilvia Dotta
 
Planejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis PedagógicaPlanejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis PedagógicaIvanilson Lima
 
Projeto novatec nas escolas info ii
Projeto novatec nas escolas info iiProjeto novatec nas escolas info ii
Projeto novatec nas escolas info iiCidaLoth
 
Aula 2 didatica do ensino supeior copia
Aula 2 didatica do ensino supeior   copiaAula 2 didatica do ensino supeior   copia
Aula 2 didatica do ensino supeior copiaMarluce Filipe
 
Tecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicial
Tecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicialTecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicial
Tecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicialCarlos Santos
 
III encontro presencial
III encontro presencialIII encontro presencial
III encontro presencialanamariadis
 
Novas práticas, novos métodos
Novas práticas, novos métodosNovas práticas, novos métodos
Novas práticas, novos métodosRoberto Avila
 
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...Desafios da Educação
 
Design Didático e Avaliação
Design Didático e AvaliaçãoDesign Didático e Avaliação
Design Didático e AvaliaçãoOlga_Twardowsky
 
83343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy77
83343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy7783343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy77
83343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy77Superclaudinei
 
Pedagogia de projetos
Pedagogia de projetosPedagogia de projetos
Pedagogia de projetosAmor pela EBD
 
Jpp outubro 2012 - 30.09
Jpp   outubro 2012 - 30.09Jpp   outubro 2012 - 30.09
Jpp outubro 2012 - 30.09Sarah Fantin
 
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃORELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃOlucavao2010
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticaspibid ING
 
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...Flavia Nascimento
 

Semelhante a Pedagogia dos Projetos - Técnica ativa de ensino (20)

Apresentação pp nilbo raquel nomoves
Apresentação pp nilbo raquel nomovesApresentação pp nilbo raquel nomoves
Apresentação pp nilbo raquel nomoves
 
Fundamentos da educação por projetos
Fundamentos da educação  por projetosFundamentos da educação  por projetos
Fundamentos da educação por projetos
 
Metodologias Ativas.pdf
Metodologias Ativas.pdfMetodologias Ativas.pdf
Metodologias Ativas.pdf
 
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
 
Pedagogia projetos silvia_dotta
Pedagogia projetos silvia_dottaPedagogia projetos silvia_dotta
Pedagogia projetos silvia_dotta
 
Planejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis PedagógicaPlanejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis Pedagógica
 
Projeto novatec nas escolas info ii
Projeto novatec nas escolas info iiProjeto novatec nas escolas info ii
Projeto novatec nas escolas info ii
 
Aula 2 didatica do ensino supeior copia
Aula 2 didatica do ensino supeior   copiaAula 2 didatica do ensino supeior   copia
Aula 2 didatica do ensino supeior copia
 
Tecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicial
Tecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicialTecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicial
Tecnologias da Comunicação em Educação 2018: Aula inicial
 
III encontro presencial
III encontro presencialIII encontro presencial
III encontro presencial
 
Novas práticas, novos métodos
Novas práticas, novos métodosNovas práticas, novos métodos
Novas práticas, novos métodos
 
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
O impacto das novas tecnologias na educação superior: um novo modelo de ensin...
 
Design Didático e Avaliação
Design Didático e AvaliaçãoDesign Didático e Avaliação
Design Didático e Avaliação
 
83343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy77
83343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy7783343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy77
83343.pptxgggggggggtxfffffffffffggggggggy77
 
Pedagogia de projetos
Pedagogia de projetosPedagogia de projetos
Pedagogia de projetos
 
Jpp outubro 2012 - 30.09
Jpp   outubro 2012 - 30.09Jpp   outubro 2012 - 30.09
Jpp outubro 2012 - 30.09
 
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃORELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
 
Manha.ppt
 Manha.ppt Manha.ppt
Manha.ppt
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticas
 
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfRaquel Salcedo Gomes
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoRaquel Salcedo Gomes
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaRaquel Salcedo Gomes
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Raquel Salcedo Gomes
 
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisHistória das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaRaquel Salcedo Gomes
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?Raquel Salcedo Gomes
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoRaquel Salcedo Gomes
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasRaquel Salcedo Gomes
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Raquel Salcedo Gomes
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Raquel Salcedo Gomes
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisRaquel Salcedo Gomes
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasRaquel Salcedo Gomes
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesRaquel Salcedo Gomes
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes (20)

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da cultura
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
 
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisHistória das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemia
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cognição
 
Cognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagemCognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagem
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
 
Educação na cultura digital
Educação na cultura digitalEducação na cultura digital
Educação na cultura digital
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
 
O que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre LévyO que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre Lévy
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitais
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidências
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and Challenges
 
Bergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha teseBergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha tese
 
Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)
 

Último

Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonRosiniaGonalves
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 

Último (20)

Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 

Pedagogia dos Projetos - Técnica ativa de ensino

  • 1. Pedagogia dos Projetos http://www.youtube.com/watch?v=eguk20OL76c Prof. Nilbo Nogueira Slides by Raquel Salcedo Gomes
  • 2. P R O J E C TU Latim = p roj to e M projetar lançar para frente Por que trabalhar com projetos? Para: • tirar o aluno da passividade; • aproximar o aluno do objeto de conhecimento; • estimular a interação entre os alunos; • aprender a planejar a fim de enfrentar situações complexas e resolver problemas;
  • 3. J u n t o s = a lu n o s e ESCOLHA p r o fe s s o r DO TEMA relação horizontal Quais são os sonhos? As curiosidades? AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA PELO PROFESSOR QUAL O MELHOR TEMA NO CONTEXTO DA TURMA? DATAS COMEMORATIVAS???? NÃO!!!!!
  • 4. 1ª Etapa: P L A N E J A M E N TO PRO F E S S O R = ME D IAD O R LISTAR OS OBJETIVOS DO PROJETO: MUITO IMPORTANTE!!!! ALUNOS : O quê? Quem? Quando? Como?
  • 5. 2ª Etapa: E XE C UÇ ÃO Construir o que foi planejado
  • 6. 3ª Etapa: D E P UR AÇ ÃO Provocar, para melhorar.
  • 7. 4ª Etapa: A P R E S E N TA Ç Ã O Aprende-se mostrando o conhecimento produzido- construído Consolida Importante!!!! ção
  • 8. A U TO - 5ª Etapa: A V A L IA Ç Ã O Debate mediado pelo professor AU T O -C R ÍT I C A CRÍTICA CONSTRUTIVA Forma ç ã o do cidadão integral, crítico, reflexivo
  • 9. 6ª Etapa: A V A L IA Ç Ã O Professor avalia se os objetivos inicialmente listados foram atingidos, ponderando os motivos para o sucesso ou o fracasso de cada objetivo. S e os ob j tivos n ão foram atingid os , tu d o e be m , PROJETO NÃO É FÓRMULA MÁGICA!!
  • 10. Pedagogia dos Projetos e tecnologia De que modo a TIC vai Gerações Y e Z: contribuir? Tecnologia Multitarefas Dinamismo A tecnologia não é obrigatória Aluno-autor: produzindo e publicando na rede