SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
LÉVY: O QUE É O VIRTUAL?
Cap. 9 - O quadrívio ontológico
Epílogo: bem-vindos aos caminhos do virtual
“A virtualização, ou passagem à problemática, não é de modo algum um
desaparecimento no ilusório, nem uma desmaterialização. Convém antes
assimilá-la a uma “dessubstanciação", como pudemos verificar nos exemplos
do corpo-chama, do texto-fluxo e da economia dos acontecimentos.” (p. 135)
Subjetivação e objetivação
• “(…) implicação de dispositivos tecnológicos,
semióticos e sociais no funcionamento psíquico e
somático individual. Simetricamente, a objetivação
será definida como a implicação mútua dos atos
subjetivos ao longo de um processo de construção
de um mundo comum. Subjetivação e objetivação
são assim dois movimentos complementares da
virtualização.” (p. 135)
Virtualização está acelerada, mas
não é recente
• Operações de
virtualização: gramaticais,
dialéticas, retóricas
• O quadrívio ontológico: o
real, o possível, o atual e o
virtual
Quatro modos
de ser
Possível e virtual = latentes
Real e atual = patentes, manifestos
Articulação entre virtual e atual =
dialética do acontecimento, do ser
como criação - polo do acontecimento
Por sua vez, a realização seleciona
entre possíveis predeterminados, já
definidos. “(…) o possível é uma
forma à qual uma realização confere
uma matéria” (p. 137) - polo da
substância
Quadrívio
• O real (substância, coisa) subsiste, resiste
• O possível contém formas não manifestas,
determinações que insistem
• O virtual tem essência na saída, ele existe
• O atual acontece, sua operação é a ocorrência
Latente Manifesto
Substância Possível (insiste) Real (subsiste)
Acontecimento Virtual (existe) Atual (acontece)
Quatro passagens
• “Essas maneiras de ser passam constantemente de
uma para a outra, donde a definição de quatro
movimentos ou transformações principais, que
correspondem cada uma a formas de causalidade e
de temporalidade diferentes.” (p. 138)
• Analogia com as 4 causas de Aristóteles: causa
material (real), causa formal (possível) [seleção,
molar], causa eficiente (atual) e causa final (virtual)
[invenção, molecular].
Transformação Definição Ordem Causalidade Temporalidade
Realização
Eleição, queda
de potencial
Seleção Material Mecanismo
Potencializaçã
o
Produção de
recursos
Seleção Formal Trabalho
Atualização
Resolução de
problemas
Criação Eficiente Processo
Virtualização
Invenção de
problemas
Criação Final Eternidade
• As quatro transformações só podem ser distintas
conceitualmente.
• Mistura inextricável das quatro causas - Todas as
transformações são necessárias e complementares
umas das outras.
• “Longe de constituir os termos de uma classificação
exclusiva, a oposição possível/virtual nunca se
encontra definitivamente resolvida e se recria a cada
nova distinção.” (p. 141)
• “Real, possível, atual e virtual são quatro modos de ser
diferentes, mas quase sempre operando juntos em cada
fenômeno concreto que se pode analisar.” (p. 142)
• Os processos de potencialização e de realização só
adquirem sentido pela dialética da atualização e da
virtualização.
• Do mesmo modo, a realização e a potencialização
condiciona e influencia a criação.
• Polo do acontecimento e polo da substância criam
um ao outro. Há acontecimento. Há substâncias
permanentes e duráveis.
Epílogo: bem-vindos aos caminhos
do virtual
• A virtualização é o movimento pelo qual se
constituiu e continua a se criar a espécie humana.
• Porém, é frequentemente vivida como inumana.
• Emergência de uma nova virtualização, acelerada e
forte.
• Desterritorialização, turbilhão, acontecimento.
Nova morada do gênero humano. Caminhos do
virtual.

Mais conteúdo relacionado

Mais de Raquel Salcedo Gomes

Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasRaquel Salcedo Gomes
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Raquel Salcedo Gomes
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisRaquel Salcedo Gomes
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasRaquel Salcedo Gomes
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesRaquel Salcedo Gomes
 
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?Raquel Salcedo Gomes
 
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LEUma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LERaquel Salcedo Gomes
 
Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...
Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...
Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...Raquel Salcedo Gomes
 
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...Raquel Salcedo Gomes
 
LeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para LiderançaLeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para LiderançaRaquel Salcedo Gomes
 
Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED): Natural...
Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED):  Natural...Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED):  Natural...
Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED): Natural...Raquel Salcedo Gomes
 
Aplicando a Língua Inglesa à Segurança da Informação pela Wikipédia
Aplicando a Língua Inglesa à Segurança  da Informação pela WikipédiaAplicando a Língua Inglesa à Segurança  da Informação pela Wikipédia
Aplicando a Língua Inglesa à Segurança da Informação pela WikipédiaRaquel Salcedo Gomes
 
A mediação do livro didático do PNLD na educação linguística
A mediação do livro didático do PNLD na educação linguísticaA mediação do livro didático do PNLD na educação linguística
A mediação do livro didático do PNLD na educação linguísticaRaquel Salcedo Gomes
 
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”Raquel Salcedo Gomes
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes (20)

Cognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagemCognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagem
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
 
Educação na cultura digital
Educação na cultura digitalEducação na cultura digital
Educação na cultura digital
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
 
O que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre LévyO que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre Lévy
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitais
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidências
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and Challenges
 
Bergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha teseBergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha tese
 
Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)
 
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
 
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LEUma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
 
Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...
Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...
Jogos móveis de localização e suas agências em um inquérito sobre os modos de...
 
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...
 
LeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para LiderançaLeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
 
Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED): Natural...
Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED):  Natural...Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED):  Natural...
Análise do artigo: Affectiva-MIT Facial Expression Dataset (AM-FED): Natural...
 
Aplicando a Língua Inglesa à Segurança da Informação pela Wikipédia
Aplicando a Língua Inglesa à Segurança  da Informação pela WikipédiaAplicando a Língua Inglesa à Segurança  da Informação pela Wikipédia
Aplicando a Língua Inglesa à Segurança da Informação pela Wikipédia
 
A mediação do livro didático do PNLD na educação linguística
A mediação do livro didático do PNLD na educação linguísticaA mediação do livro didático do PNLD na educação linguística
A mediação do livro didático do PNLD na educação linguística
 
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
 

Último

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptElifabio Sobreira Pereira
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 

Último (20)

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?

  • 1. LÉVY: O QUE É O VIRTUAL? Cap. 9 - O quadrívio ontológico Epílogo: bem-vindos aos caminhos do virtual
  • 2. “A virtualização, ou passagem à problemática, não é de modo algum um desaparecimento no ilusório, nem uma desmaterialização. Convém antes assimilá-la a uma “dessubstanciação", como pudemos verificar nos exemplos do corpo-chama, do texto-fluxo e da economia dos acontecimentos.” (p. 135)
  • 3. Subjetivação e objetivação • “(…) implicação de dispositivos tecnológicos, semióticos e sociais no funcionamento psíquico e somático individual. Simetricamente, a objetivação será definida como a implicação mútua dos atos subjetivos ao longo de um processo de construção de um mundo comum. Subjetivação e objetivação são assim dois movimentos complementares da virtualização.” (p. 135)
  • 4. Virtualização está acelerada, mas não é recente • Operações de virtualização: gramaticais, dialéticas, retóricas • O quadrívio ontológico: o real, o possível, o atual e o virtual
  • 5. Quatro modos de ser Possível e virtual = latentes Real e atual = patentes, manifestos Articulação entre virtual e atual = dialética do acontecimento, do ser como criação - polo do acontecimento Por sua vez, a realização seleciona entre possíveis predeterminados, já definidos. “(…) o possível é uma forma à qual uma realização confere uma matéria” (p. 137) - polo da substância
  • 6. Quadrívio • O real (substância, coisa) subsiste, resiste • O possível contém formas não manifestas, determinações que insistem • O virtual tem essência na saída, ele existe • O atual acontece, sua operação é a ocorrência
  • 7. Latente Manifesto Substância Possível (insiste) Real (subsiste) Acontecimento Virtual (existe) Atual (acontece)
  • 8. Quatro passagens • “Essas maneiras de ser passam constantemente de uma para a outra, donde a definição de quatro movimentos ou transformações principais, que correspondem cada uma a formas de causalidade e de temporalidade diferentes.” (p. 138) • Analogia com as 4 causas de Aristóteles: causa material (real), causa formal (possível) [seleção, molar], causa eficiente (atual) e causa final (virtual) [invenção, molecular].
  • 9. Transformação Definição Ordem Causalidade Temporalidade Realização Eleição, queda de potencial Seleção Material Mecanismo Potencializaçã o Produção de recursos Seleção Formal Trabalho Atualização Resolução de problemas Criação Eficiente Processo Virtualização Invenção de problemas Criação Final Eternidade
  • 10. • As quatro transformações só podem ser distintas conceitualmente. • Mistura inextricável das quatro causas - Todas as transformações são necessárias e complementares umas das outras. • “Longe de constituir os termos de uma classificação exclusiva, a oposição possível/virtual nunca se encontra definitivamente resolvida e se recria a cada nova distinção.” (p. 141) • “Real, possível, atual e virtual são quatro modos de ser diferentes, mas quase sempre operando juntos em cada fenômeno concreto que se pode analisar.” (p. 142)
  • 11. • Os processos de potencialização e de realização só adquirem sentido pela dialética da atualização e da virtualização. • Do mesmo modo, a realização e a potencialização condiciona e influencia a criação. • Polo do acontecimento e polo da substância criam um ao outro. Há acontecimento. Há substâncias permanentes e duráveis.
  • 12. Epílogo: bem-vindos aos caminhos do virtual • A virtualização é o movimento pelo qual se constituiu e continua a se criar a espécie humana. • Porém, é frequentemente vivida como inumana. • Emergência de uma nova virtualização, acelerada e forte. • Desterritorialização, turbilhão, acontecimento. Nova morada do gênero humano. Caminhos do virtual.