SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
INTELIGÊNCIA COLETIVA
Pierre Lévy
By Raquel Salcedo Gomes
PRÓLOGO E INTRODUÇÃO
• Planeta nômade
• Economia
• Antropologia
• Laço social e relação com o saber
• Inteligência coletiva: compartilhada e distribuída,
emergente da colaboração entre muitos seres humanos
ENGENHARIA DO LAÇO
SOCIAL
• Ética dos justos: aqueles que impedem o pior
• Tecnologia molecular: vida, matéria, informação
• Civilização e democracia
• Da teologia para uma antropologia dos “corpos angélicos”: IC
= Deus, pensamento transpessoal contínuo
• Arte, arquitetura e estética: navegação, técnicos + humanistas
O ESPAÇO DO SABER
• Os quatro espaços: terra, território, mercadoria, saber
• O que é um espaço antropológico? Cultura e sentido
• Identidades: identidade sapiencial, identidades
quânticas, coexistência das quatro identidades
• Semióticas: terra=presença, território=corte,
mercadoria=ilusão, saber=produtividade semiótica
O ESPAÇO DO SABER
• Figuras de espaço e de tempo: 1) trilhas imemoriais, 2)
clausura, inscrição e história, 3) circuitos em tempo real,
4) tempos subjetivos e espaços interiores em devires
coletivos
• Instrumentos de navegação: relato, portulano, algoritmo;
sistemas de projeção; estatística e probabilidade;
cinemapas (banco de dados multimídia, mundo virtual
de significações compartilhadas)
O ESPAÇO DO SABER
• Objetos de conhecimento: 1) devir-começo eterno,
ritual; 2) geometria; 3) fluxos, informações, eco; 4)
inteligência coletiva e seus mundos, ecologias
cognitivas, novo devir
• Epistemologias: carne; livro; hipertexto; cosmopédia
• p. 190
O ESPAÇO DO SABER
• As relações entre os espaços: os quatro espaços
precisam coexistir, a fim de que sigamos
produzindo sentidos, sem um interferir ou
pretender dominar o outro.ATerra é a base, o
Espaço do Saber é um céu sem sol.
EPÍLOGO: VIAGEM A
CNOSSOS
• Palácio de Cnossos em Minos
• Sem muralhas, barreiras, defesa
• Paz, arte e técnica, investimento da arquitetura e na
estética
• Desistência do poder e da dominação
• Labirinto do conhecimento

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Inteligência Coletiva - Pierre Lévy

A cultura do palacio
A cultura do palacioA cultura do palacio
A cultura do palacio
Ana Barreiros
 
Comunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiro
Comunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiroComunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiro
Comunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiro
Adelina Silva
 
A produção cultural do renascimento parte 2
A produção cultural do renascimento parte 2A produção cultural do renascimento parte 2
A produção cultural do renascimento parte 2
Carla Teixeira
 
Seminário midiatização e cotidiano 17.09.2012
Seminário midiatização e cotidiano   17.09.2012Seminário midiatização e cotidiano   17.09.2012
Seminário midiatização e cotidiano 17.09.2012
claudiocpaiva
 
História - Introdução 2014 ok
História - Introdução 2014 okHistória - Introdução 2014 ok
História - Introdução 2014 ok
Fabio Salvari
 
PPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura Midiática
PPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura MidiáticaPPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura Midiática
PPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura Midiática
claudiocpaiva
 
3.a arte na grécia
3.a arte na grécia3.a arte na grécia
3.a arte na grécia
valdeck1
 
3.a arte na grécia
3.a arte na grécia3.a arte na grécia
3.a arte na grécia
valdeck1
 

Semelhante a Inteligência Coletiva - Pierre Lévy (20)

A cultura do palacio
A cultura do palacioA cultura do palacio
A cultura do palacio
 
Aula 1 antropologia
Aula 1   antropologiaAula 1   antropologia
Aula 1 antropologia
 
Comunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiro
Comunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiroComunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiro
Comunidades virtuais_ciantec_11_out_aveiro
 
Antiguidade clássica cultura grega - aula 06
Antiguidade clássica   cultura grega - aula 06Antiguidade clássica   cultura grega - aula 06
Antiguidade clássica cultura grega - aula 06
 
A produção cultural do renascimento parte 2
A produção cultural do renascimento parte 2A produção cultural do renascimento parte 2
A produção cultural do renascimento parte 2
 
A ciência e a arte.pptx
A ciência e a arte.pptxA ciência e a arte.pptx
A ciência e a arte.pptx
 
FILOSOFIA E ÉTICA- caderno de slides
FILOSOFIA E ÉTICA- caderno de slidesFILOSOFIA E ÉTICA- caderno de slides
FILOSOFIA E ÉTICA- caderno de slides
 
Seminário midiatização e cotidiano 17.09.2012
Seminário midiatização e cotidiano   17.09.2012Seminário midiatização e cotidiano   17.09.2012
Seminário midiatização e cotidiano 17.09.2012
 
26 - Renascimento
26 - Renascimento26 - Renascimento
26 - Renascimento
 
História - Introdução 2014 ok
História - Introdução 2014 okHistória - Introdução 2014 ok
História - Introdução 2014 ok
 
Aula inaug
Aula inaugAula inaug
Aula inaug
 
Aula inaug
Aula inaugAula inaug
Aula inaug
 
História, ciência e consciência histórica
História, ciência e consciência históricaHistória, ciência e consciência histórica
História, ciência e consciência histórica
 
PPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura Midiática
PPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura MidiáticaPPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura Midiática
PPGC Aula inaugural - Comunicação e Cultura Midiática
 
Introdução ao estudo da História para turmas de ensino fundamental
Introdução ao estudo da História para turmas de ensino fundamentalIntrodução ao estudo da História para turmas de ensino fundamental
Introdução ao estudo da História para turmas de ensino fundamental
 
3.a arte na grécia
3.a arte na grécia3.a arte na grécia
3.a arte na grécia
 
3.a arte na grécia
3.a arte na grécia3.a arte na grécia
3.a arte na grécia
 
Contexto da origem da filosofia
Contexto da origem da filosofiaContexto da origem da filosofia
Contexto da origem da filosofia
 
Renascimento: Formação da mentalidade moderna
Renascimento: Formação da mentalidade modernaRenascimento: Formação da mentalidade moderna
Renascimento: Formação da mentalidade moderna
 
Fundamentos interdisciplinares de arqueologia
Fundamentos interdisciplinares de arqueologia Fundamentos interdisciplinares de arqueologia
Fundamentos interdisciplinares de arqueologia
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes

Mais de Raquel Salcedo Gomes (20)

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da cultura
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemia
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cognição
 
Cognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagemCognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagem
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
 
Educação na cultura digital
Educação na cultura digitalEducação na cultura digital
Educação na cultura digital
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
 
O que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre LévyO que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre Lévy
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitais
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidências
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and Challenges
 
Bergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha teseBergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha tese
 
Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)
 
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
Mobilidade e tecnocultura: q linguajar é esse?
 
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LEUma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
Uma perspectiva sociocultural à educação linguística em LE
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
anapsuls
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 

Inteligência Coletiva - Pierre Lévy

  • 2. PRÓLOGO E INTRODUÇÃO • Planeta nômade • Economia • Antropologia • Laço social e relação com o saber • Inteligência coletiva: compartilhada e distribuída, emergente da colaboração entre muitos seres humanos
  • 3. ENGENHARIA DO LAÇO SOCIAL • Ética dos justos: aqueles que impedem o pior • Tecnologia molecular: vida, matéria, informação • Civilização e democracia • Da teologia para uma antropologia dos “corpos angélicos”: IC = Deus, pensamento transpessoal contínuo • Arte, arquitetura e estética: navegação, técnicos + humanistas
  • 4. O ESPAÇO DO SABER • Os quatro espaços: terra, território, mercadoria, saber • O que é um espaço antropológico? Cultura e sentido • Identidades: identidade sapiencial, identidades quânticas, coexistência das quatro identidades • Semióticas: terra=presença, território=corte, mercadoria=ilusão, saber=produtividade semiótica
  • 5. O ESPAÇO DO SABER • Figuras de espaço e de tempo: 1) trilhas imemoriais, 2) clausura, inscrição e história, 3) circuitos em tempo real, 4) tempos subjetivos e espaços interiores em devires coletivos • Instrumentos de navegação: relato, portulano, algoritmo; sistemas de projeção; estatística e probabilidade; cinemapas (banco de dados multimídia, mundo virtual de significações compartilhadas)
  • 6. O ESPAÇO DO SABER • Objetos de conhecimento: 1) devir-começo eterno, ritual; 2) geometria; 3) fluxos, informações, eco; 4) inteligência coletiva e seus mundos, ecologias cognitivas, novo devir • Epistemologias: carne; livro; hipertexto; cosmopédia • p. 190
  • 7. O ESPAÇO DO SABER • As relações entre os espaços: os quatro espaços precisam coexistir, a fim de que sigamos produzindo sentidos, sem um interferir ou pretender dominar o outro.ATerra é a base, o Espaço do Saber é um céu sem sol.
  • 8. EPÍLOGO: VIAGEM A CNOSSOS • Palácio de Cnossos em Minos • Sem muralhas, barreiras, defesa • Paz, arte e técnica, investimento da arquitetura e na estética • Desistência do poder e da dominação • Labirinto do conhecimento