Design Didático e Avaliação

2.989 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.989
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
69
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Design Didático e Avaliação

  1. 1. Curso : PIGEAD / Lante / UFFMódulo: Ambientes Virtuais e Mídias de ComunicaçãoAluna: Olga Helena TwardowskyPólo: Nova IguaçuTema: O design e a avaliação da aprendizagem em um ambiente virtual
  2. 2. ImaginAção > InterAção > AvaliAção > EducAção
  3. 3. EaD > Ações em um Design didático• O design didático é um projeto didático com várias etapas, éum processo muito importante no desenvolvimento de cursos adistância , cujas ações sempre precisam ser avaliadas.• São várias as ações ao elaborar um design didático, que vãodesde da análise, do projeto , do desenvolvimento, daimplementação até a avaliação do curso e do aluno , segundo omodelo ADDIE.
  4. 4. ImaginAção >•A criatividade deve estar presente em todas as ações deum design didático.•A criatividade é a capacidade de inovar o estabelecido, éver além do horizonte, é produzir, e gerar novos significados.Podendo ser ,essencialmente,de natureza cognitiva.• Sempre é bom saber mais, leia sobre como desenvolvernossas reservas cognitivas em:http://www.cerebromelhor.com.br/reservas_funcionais.asp
  5. 5. InterAção >• Por sua vez, Costa e Marins(2012) citam o pensamento deAlencar e Fleith (2003) que destacam: “criatividade não ocorredentro dos indivíduos, mas é resultado da interação entre ospensamentos e o contexto sociocultural.•A concepção sócio-interacionista de Vygostsky vai deencontro ao pensamento dos autores citados acima. Confiramacessando o link sobre interações na Ead.http://caujak.blogspot.com.br/2012/04/aula-8-o-interacionismo-social-de.html
  6. 6. Análise >• Análise do desempenho do público-alvo,do conteúdo,das tarefas e da seleção das mídias. Voltar
  7. 7. Projeto >Costa e Marins (2012) apontam questões a serem resolvidas,na perspectiva de Lisle (1997) :• Design de interfaces• Design da aula• Sequênciação•Controle do que o aprendiz acessa Voltar
  8. 8. AvaliAção em EaD >Todas as ações e etapas do processo de aprendizagem devem ter suasavaliações no ensino a distância sempre acompanhando as evoluçõestecnológicas, que proporcionam recursos inovadores e desafiadores. Não há maisa limitação de lugar e tempo, dando oportunidade para a construção doconhecimento com mais autonomia do aluno, mas que, por ter a presença doprofessor distanciada, tem limitações dos valores agregados ao ensino presencial.As avaliações devem estar definidas previamente, devem fazer parte doplanejamento de todo professor ou tutor de um curso Ead , pois através delas oprofessor poderá diagnosticar a situação da aprendizagem e mudar o processo –do design didático às ações - , se necessário.Diante disso, percebe-se que há necessidade de uma revisão crítica da avaliaçãono ensino a distância e lembrando que o feedback é um instrumento derelevância para a construção do conhecimento significativo em um AVA.
  9. 9. Desenvolvimento > Equipe • Programadores • Designers gráficos • Roteiristas • Especialistas no assuntoAcompanhamento do design didático pela equipe de produçãoe professores conteúdista. Voltar
  10. 10. Implementação > • Efetivação do curso através da prática; • Acompanhamento da equipe para que tenham o feedback. Voltar
  11. 11. Avaliação do curso >• Avaliar e rever as propostas implementadas e saber dosresultados.Abaixo há o link de um vídeo interessante. Avaliação: uma odisseia no ciberespaçohttp://www.youtube.com/watch?v=HGvG-_YrCWI Voltar
  12. 12. Segundo Stuart (2003) estas etapas são confiáveis e produzemresultado satisfatório: • Definição dos objetivos de aprendizagem; • Definição das tarefas de aprendizagem; • Estruturação do curso; • Escolha das mídias adequadas; • Definição da avaliação adequada. Voltar > EaD > Ações em um Design didático
  13. 13. Natureza cognitiva : • Definição dos objetivos de aprendizagem; • Definição das tarefas de aprendizagem; • Estruturação do curso; • Escolha das mídias adequadas; • Definição da avaliação adequada. Voltar > EaD > Ações em um Design didático
  14. 14. ReferênciasAVALIAÇÃO: uma odisséia no ciberespaço .Filme 1- Parte 1 .Vídeo produzido por alunas da Pós-GraduaçãoScricto Sensu em Tecnologia da Informação e Comunicação na Formação em Educação à Distância, nível deMestrado Profissional pela Universidade Norte do Paraná -- UNOPAR e Universidade Federal do Ceará -- UFC.Disponível em http://www.youtube.com/watch?v=HGvG-_YrCWI . Acessado em 14 de junho de 2012.BRASILEIRO, Cristiane. Aula1 - Em busca de um olhar articulado. In: Desenvolvimento deCurso com Foco no Aluno.Disponível: emhttp://pigead.lanteuff.org/pluginfile. php/7887/mod_resource/content/2/Aula_1.pdf .Acessado em:23 de março de 2012.COSTA, Rosa Maria E.M da ; MARINS V. Aula1-Design Didático.In :Ambientes Virtuais e Mídias na Educação.Disponível em: http://pigead.lanteuff.org/course/view.php?id=105. Acessado em 23 de maio de 2012.COSTA, Rosa Maria E.M da ; MARINS V. Aula2-Interfaces.In :Ambientes Virtuais e Mídias na Educação.Disponível em: http://pigead.lanteuff.org/mod/resource/view.php?id=4519 . Acessado em 28 de maio de 2012.
  15. 15. JAK,Claudia. Aula 8 - O interacionismo social de Vygotsky. In: Docência em Curso Superior – EaD. .2012.Disponível em: http://caujak.blogspot.com.br/2012/04/aula-8-o-interacionismo-social-de.html . Acessado em 15de junho de 2012.RESERVAS Funcionais . In: Cérebro Melhor. Porque funciona. Disponívelhttp://www.cerebromelhor.com.br/reservas_funcionais.asp . Acessado em 14 de junho de 2012.ZYNGER, Elizabeth A. et al. Aula 2-Como eles aprendem, como podemos ensinar. Capacitação de Docentes emEducação a Distância – Módulo II. In: Desenvolvimento de Curso com Foco no Aluno. Disponível em:http://pigead.lanteuff.org/mod/resource/view.php?id=3519 . Acessado em 11 de abril de 2012.

×