SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Disciplina;didática
Aluna: Luana Manoela de Oliveira Couto
Educação no século XXI
A importância da educação para sociedade
O que é educação?
 Educação é o ato de educar, de instruir, é polidez, disciplinamento.
 No seu sentido mais amplo, educação significa o meio em que os hábitos,
costumes e valores de uma comunidade são transferidos de uma geração para a
geração seguinte. A educação vai se formando através de situações presenciadas e
experiências vividas por cada indivíduo ao longo da sua vida.
 O conceito de educação engloba o nível de cortesia, delicadeza e civilidade
demonstrada por um indivíduo e a sua capacidade de socialização.
 De acordo com o filósofo teórico da área da pedagogia René Hubert, a educação é
um conjunto de ações e influências exercidas voluntariamente por um ser humano
em outro, normalmente de um adulto em um jovem. Essas ações pretendem
alcançar um determinado propósito no indivíduo para que ele possa desempenhar
alguma função nos contextos sociais, econômicos, culturais e políticos de uma
sociedade.
 No sentido técnico, a educação é o processo contínuo de desenvolvimento das
faculdades físicas, intelectuais e morais do ser humano, a fim de melhor se integrar
na sociedade ou no seu próprio grupo.
 Educação (do latim educations) no sentido formal é todo o processo contínuo de
formação e ensino aprendizagem que faz parte do currículo dos estabelecimentos
oficializados de ensino, sejam eles públicos ou privados.
 No Brasil, de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases, a Educação divide-se em
dois níveis, a educação básica e o ensino superior. A educação básica
compreende a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio. A
educação nacional remete para o grupo de órgãos que fazem a gestão do ensino
público e fiscalização do ensino particular.
 No processo educativo em estabelecimentos de ensino, os conhecimentos e
habilidades são transferidos para as crianças, jovens e adultos sempre com o
objetivo desenvolver o raciocínio dos alunos, ensinar a pensar sobre diferentes
problemas, auxiliar no crescimento intelectual e na formação de cidadãos capazes
de gerar transformações positivas na sociedade.
 A educação não se limita apenas a normais morais e intelectuais, mas também
pode estar relacionada com o aspecto físico, como é o caso da educação física.
Qual a importância da educação para a
sociedade do séculoXXI
 Tudo começa nos primeiros anos de nossa vida, através de nossos pais recebemos
a primeira educação. Com ela podemos interagir com o meio que estamos
acostumados a viver, e essa educação irá contribuir com parte de nossos valores
por toda nossa vida. Além da educação informal que recebemos de nossos pais,
logo em seguida, iremos para a escola para recebermos uma educação formal, que
irá contribuir para nossos valores profissionais que contribuirão para o sucesso de
nosso futuro. A educação tem como objetivo a interação social e cultural,
oportunizando as mais diversas formas de expressão e construção de
conhecimento. O conhecimento é adquirido com base no progresso social. Pois
com o passar do tempo sempre procuramos aperfeiçoar-se mais. Assim
poderemos instruir pessoas com fatos vivenciados no dia a dia.
 A educação é a chave para complementar a compreensão sobre as pessoas, suas
ações sobre o mundo ao seu redor.
As finalidades da educação
 Sabendo que a “EMMAM” faz parte de um Sistema de Ensino e que, como tal,
precisa considerar a legislação educacional é importante ressaltar o que diz a
LDB n.º 9394/96 sobre as finalidades da educação nos artigos 2º ,22º,32º.
 Art. 2º A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de
liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno
desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua
qualificação para o trabalho.
 Art. 22. A educação básica tem por finalidades desenvolver o educando,
assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e
fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.
 Art. 32. O ensino fundamental obrigatório, com duração de 9 (nove) anos, gratuito
na escola pública, iniciando-se aos 6 (seis) anos de idade, terá por objetivo a
formação básica do cidadão, mediante: (Redação dada pela Lei nº 11.274, de
2006)

 I - o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o
pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo;
 II - a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da
tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade;
 III - o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a
aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores;
 IV - o fortalecimento dos vínculos de família, dos laços de solidariedade humana e
de tolerância recíproca em que se assenta a vida social.
 Ao afirmar que a educação é dever da família e do Estado, a legislação estabelece
um princípio importante: a parceria entre o Estado e a Sociedade, no sentido que
a educação é uma tarefa que deve ser compartilhada. Diante disso, cabe a Escola
criar um ambiente de colaboração entre todos os membros da Comunidade
Escolar.
 É importante ter em mente que na relação de ambigüidade entre os direitos e
deveres, a Instituição Escolar precisa se organizar para garantir os direitos,
oferecendo o acesso e a formação adequada aos educandos; e cobrar das famílias
os deveres que farão com que as crianças sejam matriculadas e que permaneçam
na escola.
 Orientada pela LDB n.º 9394/96, art. 22 a educação oferecida pela Escola deve
ter como objetivo articular a educação escolar com a vida social, oferecendo
condições de progressão nos estudos e, consequentemente, na vida profissional.
A Carta de Princípios da RME-BH(2001)
estabelece que é Função da Escola:
 · Garantir o direito à formação global e continuada do ser humano, considerando
as dimensões crítica, social, política, ética, ambiental, estética e cognitiva,
possibilitando ao educando conhecer e intervir na realidade social.
 · Instrumentalizar o aluno para que seja sujeito de sua própria formação.
 · Garantir a aprendizagem de múltiplas habilidades e conteúdos que são
necessários à vida em sociedade para o aluno compreender a realidade de que faz
parte, situar-se nela, interpretá-la, criticá-la e contribuir para sua formação, sem a
exclusão de seus benefícios.
 Garantir meios para a permanência do aluno no espaço escolar, combatendo toda
forma de exclusão
 · Incluir alunos portadores de necessidades especiais, respeitando suas diferenças
e oportunizando seu desenvolvimento.
 · Ser agente de inclusão ao aluno na sociedade.
 Propor e desenvolver políticas diversificadas e concebidas de modo que a
educação não seja um fator suplementar da exclusão social.
 · Respeitar os direitos fundamentais e os ritmos diferentes de
desenvolvimento.
 · Propiciar acesso às tecnologias modernas de comunicação, inserindo o
aluno em sua contemporaneidade.
 · Efetivar condições e possibilidades de acompanhamento e participação dos
pais ou responsáveis e da comunidade em geral no processo educacional.
· Fortalecer as instâncias de participação: colegiados, grêmios, conselhos, etc.
Referências bibliográficas:
 Sites; www.significado.com.br/educação
 Vivendo a pedagogia
 //emmam.webnode.com.br/finalidades%20da%20educação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

UNCME Compromisso com a Criança
UNCME   Compromisso com a CriançaUNCME   Compromisso com a Criança
UNCME Compromisso com a Criançauncmers
 
O direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fdeO direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fdeCinara Sampaio
 
Aulas papel social_escola
Aulas papel social_escolaAulas papel social_escola
Aulas papel social_escolaSonia Souza
 
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLAA FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLAAclecio Dantas
 
Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)
Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)
Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)tanilenatic
 
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXIEDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXIKELLENBARROS3
 
Etica protagonismo juvenil
Etica   protagonismo juvenilEtica   protagonismo juvenil
Etica protagonismo juveniltatyathaydes
 
A funcao social da escola - síntese
A funcao social da escola - sínteseA funcao social da escola - síntese
A funcao social da escola - sínteseJohnny Ribeiro
 
Lei de-bases-do-sistema-educativo
Lei de-bases-do-sistema-educativoLei de-bases-do-sistema-educativo
Lei de-bases-do-sistema-educativoAna Pinto
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da Escolanadjelena
 
Conceitos de educação ad1 didática - slide
Conceitos de educação ad1  didática - slideConceitos de educação ad1  didática - slide
Conceitos de educação ad1 didática - slidePatrícia Neves
 

Mais procurados (20)

UNCME Compromisso com a Criança
UNCME   Compromisso com a CriançaUNCME   Compromisso com a Criança
UNCME Compromisso com a Criança
 
O direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fdeO direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fde
 
Ad1 de Didatica - Educação
Ad1 de Didatica - EducaçãoAd1 de Didatica - Educação
Ad1 de Didatica - Educação
 
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLAFUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
 
Aulas papel social_escola
Aulas papel social_escolaAulas papel social_escola
Aulas papel social_escola
 
C O N A E
C O N A EC O N A E
C O N A E
 
O Papel Social da Escola
O Papel Social da EscolaO Papel Social da Escola
O Papel Social da Escola
 
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLAA FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
 
Proposta de redação XI
Proposta de redação XIProposta de redação XI
Proposta de redação XI
 
Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)
Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)
Lei n.º 46barra86, de 14 de outubro (lbse)
 
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXIEDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
 
Etica protagonismo juvenil
Etica   protagonismo juvenilEtica   protagonismo juvenil
Etica protagonismo juvenil
 
Conae 2014
Conae 2014Conae 2014
Conae 2014
 
A funcao social da escola - síntese
A funcao social da escola - sínteseA funcao social da escola - síntese
A funcao social da escola - síntese
 
Livro etica e_cidadania
Livro etica e_cidadaniaLivro etica e_cidadania
Livro etica e_cidadania
 
Etica e cidadania
Etica e cidadaniaEtica e cidadania
Etica e cidadania
 
Lei de-bases-do-sistema-educativo
Lei de-bases-do-sistema-educativoLei de-bases-do-sistema-educativo
Lei de-bases-do-sistema-educativo
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da Escola
 
Conceitos de educação ad1 didática - slide
Conceitos de educação ad1  didática - slideConceitos de educação ad1  didática - slide
Conceitos de educação ad1 didática - slide
 
Ad1
Ad1Ad1
Ad1
 

Semelhante a Disciplina

Artigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campoArtigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campoJoão Bet
 
O papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociaisO papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociaisLoureni Reis
 
AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...
AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...
AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...AlineMiranda69
 
Oficina resolução see 2197
Oficina   resolução see 2197Oficina   resolução see 2197
Oficina resolução see 2197pipatcleopoldina
 
Trabalho sobre Educação!
Trabalho sobre Educação!Trabalho sobre Educação!
Trabalho sobre Educação!Analuiza Artimus
 
Obrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola pública
Obrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola públicaObrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola pública
Obrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola públicaMarilene dos Santos
 
Aula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileira
Aula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileiraAula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileira
Aula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileiraIsrael serique
 
Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2
Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2
Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2pibidsociais
 
Eixos estruturantes e transversais do currículo
Eixos estruturantes e transversais do currículoEixos estruturantes e transversais do currículo
Eixos estruturantes e transversais do currículoEunice Portela
 

Semelhante a Disciplina (20)

Didatica ad1
Didatica   ad1Didatica   ad1
Didatica ad1
 
AD 1 - Didática CEDERJ
AD 1 - Didática CEDERJAD 1 - Didática CEDERJ
AD 1 - Didática CEDERJ
 
Artigo assistente scial na escola
Artigo assistente scial na escolaArtigo assistente scial na escola
Artigo assistente scial na escola
 
Artigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campoArtigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campo
 
Ética e Cidadania
Ética e CidadaniaÉtica e Cidadania
Ética e Cidadania
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 
O papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociaisO papel da escola e suas demandas sociais
O papel da escola e suas demandas sociais
 
Avaliacao de didatica
Avaliacao de didaticaAvaliacao de didatica
Avaliacao de didatica
 
AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...
AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...
AD1 Didática -Oque é educação, qual a importância da educação no século XXI e...
 
didatica ensino superior 2
didatica ensino superior 2didatica ensino superior 2
didatica ensino superior 2
 
Oficina resolução see 2197
Oficina   resolução see 2197Oficina   resolução see 2197
Oficina resolução see 2197
 
Ad1 didatica -lydiane francisca avelino1
Ad1 didatica -lydiane francisca avelino1Ad1 didatica -lydiane francisca avelino1
Ad1 didatica -lydiane francisca avelino1
 
Trabalho sobre Educação!
Trabalho sobre Educação!Trabalho sobre Educação!
Trabalho sobre Educação!
 
psicologia geral
psicologia geralpsicologia geral
psicologia geral
 
Obrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola pública
Obrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola públicaObrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola pública
Obrigatoriedade do ensino fundamental na perspectiva da escola pública
 
Aula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileira
Aula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileiraAula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileira
Aula 4: Fundamentos legais e princípios da educação brasileira
 
Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2
Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2
Parâmetros Curriculares Nacionais - Grupo 2
 
Didática AD1
Didática AD1Didática AD1
Didática AD1
 
Eixos estruturantes e transversais do currículo
Eixos estruturantes e transversais do currículoEixos estruturantes e transversais do currículo
Eixos estruturantes e transversais do currículo
 

Último

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 

Último (20)

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 

Disciplina

  • 2. Educação no século XXI A importância da educação para sociedade
  • 3. O que é educação?  Educação é o ato de educar, de instruir, é polidez, disciplinamento.  No seu sentido mais amplo, educação significa o meio em que os hábitos, costumes e valores de uma comunidade são transferidos de uma geração para a geração seguinte. A educação vai se formando através de situações presenciadas e experiências vividas por cada indivíduo ao longo da sua vida.
  • 4.  O conceito de educação engloba o nível de cortesia, delicadeza e civilidade demonstrada por um indivíduo e a sua capacidade de socialização.  De acordo com o filósofo teórico da área da pedagogia René Hubert, a educação é um conjunto de ações e influências exercidas voluntariamente por um ser humano em outro, normalmente de um adulto em um jovem. Essas ações pretendem alcançar um determinado propósito no indivíduo para que ele possa desempenhar alguma função nos contextos sociais, econômicos, culturais e políticos de uma sociedade.
  • 5.  No sentido técnico, a educação é o processo contínuo de desenvolvimento das faculdades físicas, intelectuais e morais do ser humano, a fim de melhor se integrar na sociedade ou no seu próprio grupo.  Educação (do latim educations) no sentido formal é todo o processo contínuo de formação e ensino aprendizagem que faz parte do currículo dos estabelecimentos oficializados de ensino, sejam eles públicos ou privados.
  • 6.  No Brasil, de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases, a Educação divide-se em dois níveis, a educação básica e o ensino superior. A educação básica compreende a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio. A educação nacional remete para o grupo de órgãos que fazem a gestão do ensino público e fiscalização do ensino particular.  No processo educativo em estabelecimentos de ensino, os conhecimentos e habilidades são transferidos para as crianças, jovens e adultos sempre com o objetivo desenvolver o raciocínio dos alunos, ensinar a pensar sobre diferentes problemas, auxiliar no crescimento intelectual e na formação de cidadãos capazes de gerar transformações positivas na sociedade.  A educação não se limita apenas a normais morais e intelectuais, mas também pode estar relacionada com o aspecto físico, como é o caso da educação física.
  • 7. Qual a importância da educação para a sociedade do séculoXXI  Tudo começa nos primeiros anos de nossa vida, através de nossos pais recebemos a primeira educação. Com ela podemos interagir com o meio que estamos acostumados a viver, e essa educação irá contribuir com parte de nossos valores por toda nossa vida. Além da educação informal que recebemos de nossos pais, logo em seguida, iremos para a escola para recebermos uma educação formal, que irá contribuir para nossos valores profissionais que contribuirão para o sucesso de nosso futuro. A educação tem como objetivo a interação social e cultural, oportunizando as mais diversas formas de expressão e construção de conhecimento. O conhecimento é adquirido com base no progresso social. Pois com o passar do tempo sempre procuramos aperfeiçoar-se mais. Assim poderemos instruir pessoas com fatos vivenciados no dia a dia.
  • 8.  A educação é a chave para complementar a compreensão sobre as pessoas, suas ações sobre o mundo ao seu redor.
  • 9. As finalidades da educação  Sabendo que a “EMMAM” faz parte de um Sistema de Ensino e que, como tal, precisa considerar a legislação educacional é importante ressaltar o que diz a LDB n.º 9394/96 sobre as finalidades da educação nos artigos 2º ,22º,32º.  Art. 2º A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.  Art. 22. A educação básica tem por finalidades desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.
  • 10.  Art. 32. O ensino fundamental obrigatório, com duração de 9 (nove) anos, gratuito na escola pública, iniciando-se aos 6 (seis) anos de idade, terá por objetivo a formação básica do cidadão, mediante: (Redação dada pela Lei nº 11.274, de 2006)   I - o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo;
  • 11.  II - a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade;  III - o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores;
  • 12.  IV - o fortalecimento dos vínculos de família, dos laços de solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social.  Ao afirmar que a educação é dever da família e do Estado, a legislação estabelece um princípio importante: a parceria entre o Estado e a Sociedade, no sentido que a educação é uma tarefa que deve ser compartilhada. Diante disso, cabe a Escola criar um ambiente de colaboração entre todos os membros da Comunidade Escolar.
  • 13.  É importante ter em mente que na relação de ambigüidade entre os direitos e deveres, a Instituição Escolar precisa se organizar para garantir os direitos, oferecendo o acesso e a formação adequada aos educandos; e cobrar das famílias os deveres que farão com que as crianças sejam matriculadas e que permaneçam na escola.  Orientada pela LDB n.º 9394/96, art. 22 a educação oferecida pela Escola deve ter como objetivo articular a educação escolar com a vida social, oferecendo condições de progressão nos estudos e, consequentemente, na vida profissional.
  • 14. A Carta de Princípios da RME-BH(2001) estabelece que é Função da Escola:  · Garantir o direito à formação global e continuada do ser humano, considerando as dimensões crítica, social, política, ética, ambiental, estética e cognitiva, possibilitando ao educando conhecer e intervir na realidade social.  · Instrumentalizar o aluno para que seja sujeito de sua própria formação.  · Garantir a aprendizagem de múltiplas habilidades e conteúdos que são necessários à vida em sociedade para o aluno compreender a realidade de que faz parte, situar-se nela, interpretá-la, criticá-la e contribuir para sua formação, sem a exclusão de seus benefícios.
  • 15.  Garantir meios para a permanência do aluno no espaço escolar, combatendo toda forma de exclusão  · Incluir alunos portadores de necessidades especiais, respeitando suas diferenças e oportunizando seu desenvolvimento.  · Ser agente de inclusão ao aluno na sociedade.
  • 16.  Propor e desenvolver políticas diversificadas e concebidas de modo que a educação não seja um fator suplementar da exclusão social.  · Respeitar os direitos fundamentais e os ritmos diferentes de desenvolvimento.  · Propiciar acesso às tecnologias modernas de comunicação, inserindo o aluno em sua contemporaneidade.  · Efetivar condições e possibilidades de acompanhamento e participação dos pais ou responsáveis e da comunidade em geral no processo educacional. · Fortalecer as instâncias de participação: colegiados, grêmios, conselhos, etc.
  • 17. Referências bibliográficas:  Sites; www.significado.com.br/educação  Vivendo a pedagogia  //emmam.webnode.com.br/finalidades%20da%20educação