A regressão do demoliberalismo

3.034 visualizações

Publicada em

Síntese de informações sobre o panorama político europeu após a Primeira Guerra Mundial. Contextualização do aparecimento de correntes autoritárias, na Europa, nos anos 20.
Tem como público alvo os alunos do 12.º ano de escolaridade de História A.

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.034
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A regressão do demoliberalismo

  1. 1. A regressão do Demoliberalismo Após a Grande Guerra, a população europeia divide-se na adesão a políticas extremistas (quer de direita, quer de esquerda)
  2. 2. O impacto do socialismo revolucionário  A vitória bolchevique na URSS, ao provar a possibilidade do proletariado se tornar a classe dominante, serviu de exemplo a vários levantamentos revolucionários na Europa: Espartaquismo, Berlim, 1918, chefiado por Rosa Luxemburg e Karl Liebknecht. Revoltas dos operários e camponeses sem terra em Itália (1919/20).
  3. 3. A influência da III Internacional Comunista - Komintern • Realizou-se em 1919 e impôs o modelo russo como o único a ser seguido pelos outros países, que avançassem para a revolução socialista. • Internamente eliminou todas as correntes reformistas, dentro do Partido Comunista, e iniciou a depuração (perseguição a membros do Estado ou do Partido para tornar mais “pura” a prática do marxismo-leninismo)
  4. 4. Reações da extrema-direita na Europa • Destacam-se na Europa três situações que alcançaram algum apoio popular: – A Marcha sobre Roma, realizada em 1922, por Mussolini, que fez deslocar os Camisas Negras sobre a capital. – O putsh (tentativa de golpe de estado) realizado por Hitler, em 1923, e que o levou à prisão onde escreverá Mein Kampf. – A ditadura do general Primo de Rivera, em Espanha, de 1923 a 1930
  5. 5. Emergência de autoritarismos - causas • A inflação provocou graves dificuldades de subsistência. • A agitação social era constante (greves e manifestações). • As lutas partidárias causaram o descrédito nos sistemas parlamentares. • Os resultados da guerra (mortos e inválidos; desorganização financeira; instabilidade política) desiludiram as populações. • O medo do bolchevismo e dos ataques à propriedade privada pode explicar o apoio da classe média e alta às ideologias de extrema direita.
  6. 6. O clima de incerteza e pessimismo nas primeiras décadas do séc. XX • A Grande Guerra influenciou o pensamento dos sobreviventes, que passaram a ver a vida com maior relativismo. • Surge um período de transição da moral em que os valores e as regras são questionados (casamento, religião, papel da mulher) criando uma anomia (indeterminação dos valores morais a adotar pela sociedade).
  7. 7. O clima de incerteza e pessimismo nas primeiras décadas do séc. XX • A Grande Guerra influenciou o pensamento dos sobreviventes, que passaram a ver a vida com maior relativismo. • Surge um período de transição da moral em que os valores e as regras são questionados (casamento, religião, papel da mulher) criando uma anomia (indeterminação dos valores morais a adotar pela sociedade).

×