SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
UM NOVO EQUILÍBRIO GLOBAL
Conteúdo estruturante




Unidade 1
Manual pp. 12-24

A SDN



Módulo 7

A geografia política após a 1ª Guerra Mundial
A difícil recuperação económica da Europa e a
dependência em relação aos EUA


Trouxe uma nova geografia política e uma nova ordem
internacional



Apenas os vencedores estiveram presentes




Destaque para a França, Inglaterra e EUA

Desta conferência saíram os tratados de paz:


Tratado de Versalhes (Alemanha)



Tratado de Saint-Germain-en-Laye (Áustria)



Tratado de Trianon (Hungria)



Tratado de Neuilly (Bulgária)



Tratado de Sèvres (Império Otomano)

IMPOSTOS AOS
PAÍSES VENCIDOS

CONFERÊNCIA DE PAZ (PARIS, 1919)
Os “14 pontos” do presidente Wilson
serviram de base às negociações.
Defendia:
• Diplomacia transparente;
• Liberdade de navegação e de trocas;
• Redução dos armamentos;
• Respeito para com as nacionalidades;

• Criação de uma liga de nações.

OS “14 PONTOS” DO PRESIDENTE WILSON
Ex. 2 e
5, p. 14
A GEOGRAFIA POLÍTICA APÓS A 1ª G. M.


Fundados no princípio do direito dos povos à autodeterminação, estes tratados
desenharam um novo mapa político da Europa e do Médio Oriente:


Os impérios autocráticos foram desmembrados (Impérios Alemão, Austro-Húngaro e Otomano)



Independência da Finlândia, Estónia, Letónia, Lituânia, Polónia, Checoslováquia,
Jugoslávia e Hungria;



Nascimento da Arábia;



Autonomia do Curdistão e da Arménia;



Síria e Líbano passam a mandatos da França;



Mesopotâmia e Palestina passam a mandatos da Grã-Bretanha;



França, Bélgica, Itália, Dinamarca, Roménia e Grécia ampliam as suas fronteiras.
A GEOGRAFIA POLÍTICA APÓS A 1ª G. M.



Fundados no princípio do direito dos povos à autodeterminação, estes tratados
desenharam um novo mapa político da Europa e do Médio Oriente:


Penalizações territoriais e económicas aos países derrotados:

- o império austro-húngaro sofreu uma cisão da qual resultaram dois países
independentes, a Áustria e a Hungria;
- o império otomano transformou-se na Turquia;
- a Alemanha sofreu duramente as condições ditadas pelo Tratado de Versalhes.
O anterior equilíbrio político e étnico foi profundamente
modificado no interior da Europa.
Na maioria, os novos estados constituíram-se como repúblicas
parlamentares, assentes no sufrágio universal e na democracia
representativa – triunfo da democracia liberal.
A Alemanha após a Guerra…
• destruições de guerra e crise económicosocial: perdas humanas; destruição do setor

produtivo;
• dificuldades de reconversão da economia;
• emissão maciça de moeda, para aumentar os
meios de pagamento para pagar dívidas;

• desvalorização acentuada do marco devido ao
aumento da moeda em circulação devido à
escassez de oferta de bens;
• imposições do Tratado de Versalhes:
indemnizações de guerra; perda do controlo
de regiões ricas em recursos naturais.
Objetivos da SDN

Razões do fracasso da SDN

Submeter as relações entre os Estados ao Direito Internacional

A exclusão dos países derrotados da SDN – a SDN passou a
assemelhar-se mais a uma coligação de Estados vencedores, do que a
uma organização geral de Estados, livremente consentida

Evitar o recurso à guerra pela promoção do desarmamento; punição
dos infratores com sanções morais, económicas ou mesmo militares;
consagração do princípio da segurança coletiva, pelo qual uma
agressão a um dos membros da Sociedade obrigava os outros a
defenderem a vítima; resolução pacífica dos conflitos pelo recurso à
arbitragem (mediação) e a um órgão judicial – o Tribunal Permanente
de Justiça Internacional – com sede em Haia

Promover a cooperação económica e financeira entre os estadosmembros

As condições humilhantes impostas aos vencidos
O descontentamento de alguns Estados vencedores com os acordos
de paz
A não adesão dos EUA e à ausência da URSS
A exigência da unanimidade nas deliberações
O facto de a arbitragem e as decisões do Tribunal Permanente de
Justiça Internacional não terem um caráter de obrigatoriedade

SOCIEDADE DAS NAÇÕES

C. Atv.
ex. 8, p. 7
Obstáculos a uma paz segura
• Exclusão dos países derrotados dos
tratados de paz e da SDN;
• Insatisfação de alguns vencedores

relativamente às resoluções dos tratados;
• Regulamentação de fronteiras e não
resolução da questão das minorias nacionais;
• Os EUA não integraram a SDN e não
aprovaram o Tratado de Versalhes;
• Os países vencedores privilegiaram a
questão das reparações de guerra.

Caricatura da época que satiriza o
Tratado de Versalhes retratando o
Kaiser alemão saindo do hospital.


Perto de 10 milhões de mortos e cerca de 20 milhões
de inválidos  envelhecimento da população,
excedente da população feminina e diminuição da mão
de obra;



Dificuldades de reconversão da economia de guerra (os
índices industriais da França e da Alemanha decaíram
acentuadamente entre 1913 e 1920);



Campos queimados;



Fábricas, minas , frotas e vias de comunicação
destruídas;



Finanças desorganizadas – défice da balança comercial
e endividamento;



Racionamento de bens  inflação;



Emissão de papel-moeda desproporcionada em relação
às reservas de metal precioso  desvalorização
monetária  inflação.

Otto Dix, O Vendedor de fósforos, 1920.
A ASCENSÃO DOS EUA


Durante a guerra: EUA forneceram à Europa
matérias-primas,
alimentos
e
armas;
empréstimos



Após a guerra: a Europa continua a importar
bens, serviços e capitais;



1920-21 – crise breve mas violenta devido à
diminuição da procura externa (ultrapassada
graças ao taylorismo e concentração de
empresas)



Início dos anos 20: EUA possuidores de
metade do ouro mundial; Nova Iorque
substitui Londres como principal centro
financeiro do Mundo
Doc. 9 A,
p. 24
A RECUPERAÇÃO EUROPEIA (1921-25)


Políticas de estabilização financeira (controlo dos défices orçamentais e da inflação).
Em 1922 foi decidido que as moedas europeias deveriam voltar à convertibilidade,
através do Gold Exchange Standard – na ausência de ouro, uma moeda poderia
passar a ser convertida noutra considerada forte (dólar americano e libra inglesa)



Recuperação económica europeia com base nos créditos americanos



Reconstituição do aparelho produtivo  diminuição das importações; aumento das
exportações; melhoria da situação orçamental



1925-29 – “felizes anos 20” na Europa; otimismo e confiança no capitalismo liberal
patente no lema “uma produção em massa para um consumo em massa”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

MODERNISMO EM PORTUGAL
MODERNISMO EM PORTUGALMODERNISMO EM PORTUGAL
MODERNISMO EM PORTUGAL
luisant
 
As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra MundialAs transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
Teresa Maia
 
Liberalismo em portugal
Liberalismo em portugalLiberalismo em portugal
Liberalismo em portugal
cattonia
 
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na CulturaMutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
gofontoura
 
Apresentação um novo equilíbrio global
Apresentação um novo equilíbrio globalApresentação um novo equilíbrio global
Apresentação um novo equilíbrio global
Escoladocs
 
As opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IAAs opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IA
Carlos Vieira
 
12º ano lh1 2ºt 2º p
12º ano lh1 2ºt 2º p12º ano lh1 2ºt 2º p
12º ano lh1 2ºt 2º p
Ana Cristina F
 

Mais procurados (20)

7 01 parte_2_as_transformações_das_primeiras_décadas_do_século_xx
7 01 parte_2_as_transformações_das_primeiras_décadas_do_século_xx7 01 parte_2_as_transformações_das_primeiras_décadas_do_século_xx
7 01 parte_2_as_transformações_das_primeiras_décadas_do_século_xx
 
MODERNISMO EM PORTUGAL
MODERNISMO EM PORTUGALMODERNISMO EM PORTUGAL
MODERNISMO EM PORTUGAL
 
8 01 nascimento e afirmação de um novo quadro geopolítico
8 01 nascimento e afirmação de um novo quadro geopolítico8 01 nascimento e afirmação de um novo quadro geopolítico
8 01 nascimento e afirmação de um novo quadro geopolítico
 
7 03 a degradação do ambiente internacional
7 03 a degradação do ambiente internacional7 03 a degradação do ambiente internacional
7 03 a degradação do ambiente internacional
 
Mundo capitalista
Mundo capitalistaMundo capitalista
Mundo capitalista
 
As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra MundialAs transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
 
Liberalismo em portugal
Liberalismo em portugalLiberalismo em portugal
Liberalismo em portugal
 
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na CulturaMutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
 
7 02 o_agudizar_anos 30
7 02 o_agudizar_anos 307 02 o_agudizar_anos 30
7 02 o_agudizar_anos 30
 
A regressão do demoliberalismo
A regressão do demoliberalismoA regressão do demoliberalismo
A regressão do demoliberalismo
 
Apresentação um novo equilíbrio global
Apresentação um novo equilíbrio globalApresentação um novo equilíbrio global
Apresentação um novo equilíbrio global
 
Resumo de História B
Resumo de História BResumo de História B
Resumo de História B
 
Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
 Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9  Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
 
Teste modulo 7
Teste modulo 7Teste modulo 7
Teste modulo 7
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
 
O imobilismo político e crescimento económico português do pós II Guerra Mund...
O imobilismo político e crescimento económico português do pós II Guerra Mund...O imobilismo político e crescimento económico português do pós II Guerra Mund...
O imobilismo político e crescimento económico português do pós II Guerra Mund...
 
9 01 fim da guerra fria
9 01 fim da guerra fria9 01 fim da guerra fria
9 01 fim da guerra fria
 
Anos 20
Anos 20Anos 20
Anos 20
 
As opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IAAs opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IA
 
12º ano lh1 2ºt 2º p
12º ano lh1 2ºt 2º p12º ano lh1 2ºt 2º p
12º ano lh1 2ºt 2º p
 

Destaque (8)

Ex inf13 nov2011_hist_a623
Ex inf13 nov2011_hist_a623Ex inf13 nov2011_hist_a623
Ex inf13 nov2011_hist_a623
 
As vanguardas artísticas
As vanguardas artísticasAs vanguardas artísticas
As vanguardas artísticas
 
Aula 04 cálculo das reações de apoio, estaticidade e estabilidade
Aula 04   cálculo das reações de apoio, estaticidade e estabilidadeAula 04   cálculo das reações de apoio, estaticidade e estabilidade
Aula 04 cálculo das reações de apoio, estaticidade e estabilidade
 
I vaga de descolonização
I vaga de descolonizaçãoI vaga de descolonização
I vaga de descolonização
 
2º vaga de descolonização
2º vaga de descolonização2º vaga de descolonização
2º vaga de descolonização
 
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
 
História A, 12º ano, Módulo 9, Unidade 1
História A, 12º ano, Módulo 9, Unidade 1História A, 12º ano, Módulo 9, Unidade 1
História A, 12º ano, Módulo 9, Unidade 1
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
 

Semelhante a 2 Um novo equilíbrio global

Resumo global-exame-historia-a
Resumo global-exame-historia-aResumo global-exame-historia-a
Resumo global-exame-historia-a
SARA MARTINS
 
Primeira Guerra Mundial motivos e fases.
Primeira Guerra Mundial motivos e fases.Primeira Guerra Mundial motivos e fases.
Primeira Guerra Mundial motivos e fases.
RuiMeireles15
 
I Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TL
I Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TLI Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TL
I Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TL
RuiMeireles15
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
Pablo Zanon
 
82095 transformacoes do_apos_guerra
82095 transformacoes do_apos_guerra82095 transformacoes do_apos_guerra
82095 transformacoes do_apos_guerra
ceufaias
 

Semelhante a 2 Um novo equilíbrio global (20)

resumo-global-exame-historia-a (1).pdf
resumo-global-exame-historia-a (1).pdfresumo-global-exame-historia-a (1).pdf
resumo-global-exame-historia-a (1).pdf
 
Resumo global-exame-historia-a
Resumo global-exame-historia-aResumo global-exame-historia-a
Resumo global-exame-historia-a
 
Aula 5 - A Guerra acabou, o mundo se modificou..pptx
Aula 5 - A Guerra acabou, o mundo se modificou..pptxAula 5 - A Guerra acabou, o mundo se modificou..pptx
Aula 5 - A Guerra acabou, o mundo se modificou..pptx
 
Caderno Diário 1ª guerra mundial
Caderno Diário 1ª guerra mundialCaderno Diário 1ª guerra mundial
Caderno Diário 1ª guerra mundial
 
Crises, embates e Mutações mas Primeiras Décadas do Século XX
Crises, embates e Mutações mas Primeiras  Décadas do Século XXCrises, embates e Mutações mas Primeiras  Décadas do Século XX
Crises, embates e Mutações mas Primeiras Décadas do Século XX
 
Século xx
Século xxSéculo xx
Século xx
 
Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...
Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...
Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
 
Tratado de versalhes
Tratado de versalhesTratado de versalhes
Tratado de versalhes
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Período entre guerras e 2ª guerra
Período entre guerras e 2ª guerraPeríodo entre guerras e 2ª guerra
Período entre guerras e 2ª guerra
 
Primeira Guerra Mundial motivos e fases.
Primeira Guerra Mundial motivos e fases.Primeira Guerra Mundial motivos e fases.
Primeira Guerra Mundial motivos e fases.
 
Primeira Guerra.ppt.....................
Primeira Guerra.ppt.....................Primeira Guerra.ppt.....................
Primeira Guerra.ppt.....................
 
I Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TL
I Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TLI Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TL
I Guerra Mundial_9.º ano_Timor no mundo e a realidade em TL
 
primeira guerra mundial
primeira guerra mundialprimeira guerra mundial
primeira guerra mundial
 
Sociedade Das Naçoes
Sociedade Das NaçoesSociedade Das Naçoes
Sociedade Das Naçoes
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Primeira guerra
Primeira guerraPrimeira guerra
Primeira guerra
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
 
82095 transformacoes do_apos_guerra
82095 transformacoes do_apos_guerra82095 transformacoes do_apos_guerra
82095 transformacoes do_apos_guerra
 

Mais de Núria Inácio (6)

7 O modernismo português
7  O modernismo português7  O modernismo português
7 O modernismo português
 
4 A regressão do demoliberalismo
4   A regressão do demoliberalismo4   A regressão do demoliberalismo
4 A regressão do demoliberalismo
 
6 Descrença no positivismo e novas conceções científicas
6   Descrença no positivismo e novas conceções científicas6   Descrença no positivismo e novas conceções científicas
6 Descrença no positivismo e novas conceções científicas
 
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
 
1 gm
1 gm1 gm
1 gm
 
1ªguerra mundial
1ªguerra mundial1ªguerra mundial
1ªguerra mundial
 

Último

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 

Último (20)

Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 

2 Um novo equilíbrio global

  • 1. UM NOVO EQUILÍBRIO GLOBAL Conteúdo estruturante   Unidade 1 Manual pp. 12-24 A SDN  Módulo 7 A geografia política após a 1ª Guerra Mundial A difícil recuperação económica da Europa e a dependência em relação aos EUA
  • 2.  Trouxe uma nova geografia política e uma nova ordem internacional  Apenas os vencedores estiveram presentes   Destaque para a França, Inglaterra e EUA Desta conferência saíram os tratados de paz:  Tratado de Versalhes (Alemanha)  Tratado de Saint-Germain-en-Laye (Áustria)  Tratado de Trianon (Hungria)  Tratado de Neuilly (Bulgária)  Tratado de Sèvres (Império Otomano) IMPOSTOS AOS PAÍSES VENCIDOS CONFERÊNCIA DE PAZ (PARIS, 1919)
  • 3. Os “14 pontos” do presidente Wilson serviram de base às negociações. Defendia: • Diplomacia transparente; • Liberdade de navegação e de trocas; • Redução dos armamentos; • Respeito para com as nacionalidades; • Criação de uma liga de nações. OS “14 PONTOS” DO PRESIDENTE WILSON
  • 4. Ex. 2 e 5, p. 14
  • 5. A GEOGRAFIA POLÍTICA APÓS A 1ª G. M.  Fundados no princípio do direito dos povos à autodeterminação, estes tratados desenharam um novo mapa político da Europa e do Médio Oriente:  Os impérios autocráticos foram desmembrados (Impérios Alemão, Austro-Húngaro e Otomano)  Independência da Finlândia, Estónia, Letónia, Lituânia, Polónia, Checoslováquia, Jugoslávia e Hungria;  Nascimento da Arábia;  Autonomia do Curdistão e da Arménia;  Síria e Líbano passam a mandatos da França;  Mesopotâmia e Palestina passam a mandatos da Grã-Bretanha;  França, Bélgica, Itália, Dinamarca, Roménia e Grécia ampliam as suas fronteiras.
  • 6. A GEOGRAFIA POLÍTICA APÓS A 1ª G. M.  Fundados no princípio do direito dos povos à autodeterminação, estes tratados desenharam um novo mapa político da Europa e do Médio Oriente:  Penalizações territoriais e económicas aos países derrotados: - o império austro-húngaro sofreu uma cisão da qual resultaram dois países independentes, a Áustria e a Hungria; - o império otomano transformou-se na Turquia; - a Alemanha sofreu duramente as condições ditadas pelo Tratado de Versalhes. O anterior equilíbrio político e étnico foi profundamente modificado no interior da Europa. Na maioria, os novos estados constituíram-se como repúblicas parlamentares, assentes no sufrágio universal e na democracia representativa – triunfo da democracia liberal.
  • 7.
  • 8. A Alemanha após a Guerra… • destruições de guerra e crise económicosocial: perdas humanas; destruição do setor produtivo; • dificuldades de reconversão da economia; • emissão maciça de moeda, para aumentar os meios de pagamento para pagar dívidas; • desvalorização acentuada do marco devido ao aumento da moeda em circulação devido à escassez de oferta de bens; • imposições do Tratado de Versalhes: indemnizações de guerra; perda do controlo de regiões ricas em recursos naturais.
  • 9. Objetivos da SDN Razões do fracasso da SDN Submeter as relações entre os Estados ao Direito Internacional A exclusão dos países derrotados da SDN – a SDN passou a assemelhar-se mais a uma coligação de Estados vencedores, do que a uma organização geral de Estados, livremente consentida Evitar o recurso à guerra pela promoção do desarmamento; punição dos infratores com sanções morais, económicas ou mesmo militares; consagração do princípio da segurança coletiva, pelo qual uma agressão a um dos membros da Sociedade obrigava os outros a defenderem a vítima; resolução pacífica dos conflitos pelo recurso à arbitragem (mediação) e a um órgão judicial – o Tribunal Permanente de Justiça Internacional – com sede em Haia Promover a cooperação económica e financeira entre os estadosmembros As condições humilhantes impostas aos vencidos O descontentamento de alguns Estados vencedores com os acordos de paz A não adesão dos EUA e à ausência da URSS A exigência da unanimidade nas deliberações O facto de a arbitragem e as decisões do Tribunal Permanente de Justiça Internacional não terem um caráter de obrigatoriedade SOCIEDADE DAS NAÇÕES C. Atv. ex. 8, p. 7
  • 10. Obstáculos a uma paz segura • Exclusão dos países derrotados dos tratados de paz e da SDN; • Insatisfação de alguns vencedores relativamente às resoluções dos tratados; • Regulamentação de fronteiras e não resolução da questão das minorias nacionais; • Os EUA não integraram a SDN e não aprovaram o Tratado de Versalhes; • Os países vencedores privilegiaram a questão das reparações de guerra. Caricatura da época que satiriza o Tratado de Versalhes retratando o Kaiser alemão saindo do hospital.
  • 11.
  • 12.  Perto de 10 milhões de mortos e cerca de 20 milhões de inválidos  envelhecimento da população, excedente da população feminina e diminuição da mão de obra;  Dificuldades de reconversão da economia de guerra (os índices industriais da França e da Alemanha decaíram acentuadamente entre 1913 e 1920);  Campos queimados;  Fábricas, minas , frotas e vias de comunicação destruídas;  Finanças desorganizadas – défice da balança comercial e endividamento;  Racionamento de bens  inflação;  Emissão de papel-moeda desproporcionada em relação às reservas de metal precioso  desvalorização monetária  inflação. Otto Dix, O Vendedor de fósforos, 1920.
  • 13. A ASCENSÃO DOS EUA  Durante a guerra: EUA forneceram à Europa matérias-primas, alimentos e armas; empréstimos  Após a guerra: a Europa continua a importar bens, serviços e capitais;  1920-21 – crise breve mas violenta devido à diminuição da procura externa (ultrapassada graças ao taylorismo e concentração de empresas)  Início dos anos 20: EUA possuidores de metade do ouro mundial; Nova Iorque substitui Londres como principal centro financeiro do Mundo Doc. 9 A, p. 24
  • 14. A RECUPERAÇÃO EUROPEIA (1921-25)  Políticas de estabilização financeira (controlo dos défices orçamentais e da inflação). Em 1922 foi decidido que as moedas europeias deveriam voltar à convertibilidade, através do Gold Exchange Standard – na ausência de ouro, uma moeda poderia passar a ser convertida noutra considerada forte (dólar americano e libra inglesa)  Recuperação económica europeia com base nos créditos americanos  Reconstituição do aparelho produtivo  diminuição das importações; aumento das exportações; melhoria da situação orçamental  1925-29 – “felizes anos 20” na Europa; otimismo e confiança no capitalismo liberal patente no lema “uma produção em massa para um consumo em massa”